Esquemaria

9 Dicas de organização para você estudar melhor

23/02/2017
9 Dicas de organização para você estudar melhor
 

Com tantas distrações à nossa disposição no dia a dia (celular, computador, conversas de bebedouro) e uma quantidade cada vez maior de matérias para aprender, fica difícil se organizar para estudar melhor. As pessoas que sabem usar bem seu tempo são justamente aquelas que melhor aproveitam as horas em frente aos livros.

Pensando nisso, preparei uma lista com 9 dicas de organização para você conseguir estudar sem sufoco e sem desespero, com disciplina e foco! Vamos nessa?


 

1. Durma bem, com regularidade e mais rápido – organização depende de tempo

Quer uma boa rotina de estudos? Não diminua as horas de sono! Procure dormir bem, entre 6 e 8 horas por noite. Um estudante com o sono em dia terá mais disposição para estudar melhor, além de concentração quando estiver lendo as matérias mais difíceis e chatas.

Curiosidade: ao contrário do que muita gente pensa, as horas de sono ideiais não são necessariamente 8h/dia! Você pode realizar algumas das seguintes atividades, para diminuir horas de sono por dia sem ficar cansado.

Como colocar em prática?

A grande dica é dormir mais rápido. Muita gente sofre de dificuldades na hora do sono, então procure se livrar das distrações – e até dos estudos – para ganhar uma, duas horas a mais em seu dia. Para isso, as dicas são:

  • Livre-se de computadores, celulares, televisões ou qualquer aparelho eletrônico que forneça informações uma hora antes de dormir. No dia seguinte, você poderá responder às suas mensagens e ver coisas novas no momento certo.
  • Fique exausto: exaustão não é cansaço. Quando você está apenas cansado, você diz à sua mente que desistiu. Exaustão é chegar a um ponto em que você realmente não consegue seguir em frente. E a exaustão não é atingida apenas com os livros – não! Não estude cansado! Você consegue atingir exaustão com exercícios físicos (dica 6). Ficando exausto, você dorme quase que imediatamente.
  • Beba muita água: ok, ok, essa é clássica – mas acontece que, dentre outras coisas, a água também ajuda no sono. Acostume-se a beber água! Coloque como hábito em seu dia-a-dia de estudos.

 

2. Determine suas prioridades de estudo – organização depende de estratégia

Organização para estudar envolve uma boa distribuição das horas de estudo. Divida as disciplinas em “fáceis”, “médias” e “difíceis” – ou, até mesmo, em “disciplinas que errei”.

Ao planejar quantas horas serão dedicadas a cada matéria, separe mais horas de estudo para as  mais difíceis (ou que você tenha errado) e menos horas para aquelas que você já tem facilidade. Temos a tendência de estudar mais as matérias que mais gostamos, mas isso não vai te ajudar a conseguir notas melhores.

Como colocar em prática?

Para perceber as ou assuntos em que tem maior facilidade, faça uma análise SWOT de seus estudos. A análise SWOT consiste em você identificar suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças. Quando você as identifica, consegue determinar com maior eficácia as prioridades nos estudos.

A máxima, aqui, é fazer essa identificação para:

  • S (strengths – ou forças) – se concentrar nos seus pontos FORTES;
  • W (weaknesses? – ou fraquezas) – RECONHECER as suas fraquezas
  • O (opportunities – ou oportunidades) – APROVEITAR as suas oportunidades!
  • T (threats – ou ameaças) e AFASTAR as suas ameaças.


3. Atenção ao lugar de estudo – organização depende de planejamento

Vai estudar em casa? Na biblioteca? No cursinho? No trabalho?

O lugar não importa, desde que ele seja tranquilo, silencioso, livre de distrações e bem iluminado.

Organização para estudar envolve também um lugar limpo e adequado, no qual você possa se sentar de forma confortável e com boa postura.

Caso o lugar escolhido seja barulhento (e não tenha jeito), compre um tampão de ouvido. É baratinho (custa aproximadamente R$ 7,00) e resolve o problema.

 

4. Desligue-se das distrações – organização depende de atenção

Para estudar melhor, desligue-se completamente das distrações!

Já aconteceu de você estar em um site sobre concursos públicos (como o Esquemaria, por exemplo) e, de repente – sabe-se lá por quê! – você abre uma janela nova e digita o endereço do Face?

Parece até automático, né?

Esqueça Facebook, Twitter, Instagram, e-mail, SMS etc. Deixe as redes sociais para a hora do intervalo e volte completamente sua atenção para os estudos.

A internet pode ser uma grande aliada dos concurseiros, mas é preciso ficar esperto para não cair na tentação das redes sociais e desperdiçar seu precioso tempo de estudo.

Como colocar em prática?

  • Para começar, encare uma boa dose de disciplina. Percebeu que entrou no Face no automático? Saia de lá antes de começar a ler alguma coisa.
  • Mantenha poucas abas abertas em seu navegador. Com muitas abas, você perde com facilidade o foco no que está fazendo! Aqui no Esquemaria eu trouxe o botão de leitura focada exatamente porque sei que os elementos nos sites atrapalham a produtividade.
  • Use apps para as redes sociais não te atrapalharem mais. As redes podem te ajudar a estudar (os grupos do Facebook geralmente ajudam muito), mas não vá pelo caminho errado. O app para Google Chrome chamado News Feed Eradicator troca as mensagens inúteis do seu feed de notícias por uma frase de inspiração.
  • Não necessariamente para redes sociais, mas para a internet em geral: você pode salvar textos que você achou interessantes para depois com um outro plugin bacana – o Save to Pocket. Funciona assim: você vê o artigo bacana e clica no botão “Save to Pocket”. Depois, quando for o momento de ler os artigos mais legais, você dá um pulinho lá no plugin que ele te libera os textos. Massa, né?

 

5. Divida seu tempo de estudo entre leituras, exercícios e revisões – organização depende de prática

Para ser bem-sucedido em todas as provas, divida seu tempo entre leituras da matéria, realização de exercícios e revisões do que já foi lido anteriormente.

Assim, você adquire mais organização para estudar, enquanto pratica com os simulados de provas e ainda revê aquilo já aprendeu.

De acordo com a Teoria 10 – 20 – 70, 10% do que você aprende está relacionado à teoria pura. 20% está relacionado com aquilo que você compartilha com os outros (o famoso aprender ensinando, motivo pelo qual as redes sociais podem ser importantes para seus estudos). Os outros 70% estão relacionados com a prática.

E você sabe qual é a melhor maneira de colocar prática em seus estudos?

Resolvendo questões, é claro.

Não as deixe para depois. Resolva questões todos os dias.

 

6. Pratique atividades físicas – organização depende de exaustão

Uma boa forma de melhorar sua performance nos estudos é gastando energia nas horas vagas.

Lá na dica número um eu falei sobre a exaustão, e que ela pode ser atingida fazendo exercícios físicos.

Procure praticar atividades físicas ao menos uma vez por dia, como corridas e  caminhadas ou algum outro esporte que te agrade.

Seu corpo vai resistir melhor às horas sentado em frente aos livros, além de melhorar a qualidade de sua concentração.

 

7. Estabeleça metas para estudar melhor – organização depende de objetivos

Estabelecer metas é uma forma de motivar seus estudos e direcionar sua força de vontade para resultados efetivos.

Imagine onde você quer estar em um ano, em quais provas e concursos quer ser aprovado etc. E traga para o presente, realize, entre em ação.

Ter esses objetivos em mente faz com que você estude mais e melhor!

Como colocar na prática?

Toda semana, pegue sua meta e faça uma divisão de três objetivos para alcançá-las. Depois, estabeleça três atividades que devem ser feitas para cada um desses objetivos.

 

8. Marque as datas mais importantes em um calendário – organização depende de… bem… organização!

Ao definir uma meta, você não pergunta “o quê”, mas sim “quando”. Ao contrário dos sonhos, as metas são palpáveis, “atingíveis”, por assim dizer.

Por isso, que tal marcar todas as datas importantes que antecedem a prova em que você foca em um calendário? Além de te ajudar a lembrar as datas dos momentos mais importantes antes da prova, ter essas marcações à vista é também uma boa forma de estudar melhor,  já que toda vez que você pensar em se distrair ou se desligar dos estudos vai lembrar que a data da prova está cada vez mais próxima!

 

9. Não se esqueça do tempo de lazer – organização depende de uma mente saudável

Não seja um daqueles estudantes que se esquece de tudo e de todos e foca apenas nos livros.

Essa estratégia pode até parecer boa, mas é péssima para o rendimento de seus estudos a longo prazo.

Guarde sempre algumas horas nos finais de semana para descansar, ir ao cinema, sair com amigos e passar tempo com sua família.

Desde que, ao final, você volte com tudo para os estudos, tirar um tempinho por semana para você e as pessoas ao seu redor faz parte da rotina de estudos.




Gostou? Fique atento às nossas próximas dicas!

Notícias mais lidas

Concursos Públicos abertos com vagas para Pedagogos - 2018

O maior projeto em que você vai trabalhar é você.

Prefeitura de Cuitegi (PB) realiza Concurso Público!