2B Educação

Alvenaria: como cai em concursos de Engenharia Civil?

03/07/2020
Alvenaria: como cai em concursos de Engenharia Civil?

A alvenaria é uma etapa da construção civil destinada à criação das estruturas de uma casa ou de uma edificação.

 
A principal função da alvenaria é adequar e estabelecer a separação entre ambientes.
 
Não é raro que você se depare com esse tema nos concursos públicos para engenheiros/as civis, então, nesta matéria teremos resumo teórico + questões comentadas! Para ver tudo, leia até o final.
 
As principais propriedades que as alvenarias devem apresentar são:
 
• resistência à umidade e aos movimentos térmicos;
 
• resistência à pressão do vento;
 
• isolamento térmico e acústico;
 
• resistência às infiltrações de água pluvial;
 
• controle da migração de vapor de água e regulagem da condensação;
 
base ou substrato para revestimentos em geral;
 
segurança para usuários e ocupantes.
 

Alvenarias – Palavras-chave
 

Os termos comumente empregados na execução de alvenaria são:
 
Alvenaria estrutural – ou alvenaria armada é o tipo de alvenaria autoportante usada em edificações, dispensando as estruturas convencionais (viga e pilar) e requer projetos e técnicas construtivas especiais.
 
Argamassa de assentamento – é a mistura de aglomerantes (cimento e cal) e agregado (areia) em traço apropriado para assentamento de tijolos cerâmicos ou blocos de concreto.
 
Contraverga – componente estrutural localizado sob os vãos de alvenaria.
 
Escantilhão – é uma régua de madeira ou metálica de comprimento igual ao pé-direito, com dispositivos que permitem a graduação das fiadas nas alturas desejadas.
 
Juntas de amarração – sistema de assentamento dos componentes de alvenaria no qual as juntas verticais são descontínuas.
 
Juntas a prumo – sistema de assentamento dos componentes de alvenaria no qual as juntas verticais são contínuas.
 
Marcação ou locação – é a colocação das primeiras fiadas das paredes com a marcação dos vãos, sendo executadas com grande cuidado para obedecer ao projeto.
 
Prumada – é o alinhamento vertical da alvenaria, termo empregado pelo pessoal de obra para designar a necessidade de fazer ou verificar o alinhamento utilizando o prumo de pedreiro.

 
A norma ABNT NBR 8545:1984 – Execução de alvenaria sem função estrutural de tijolos e blocos cerâmicos fixa as condições exigíveis para execução e fiscalização de alvenaria sem função estrutural de componentes cerâmicos.
 
Segundo a referida norma, a execução das alvenarias deve obedecer ao projeto executivo nas suas posições e espessuras. Além disso, os tijolos ou blocos cerâmicos devem atender às especificações das normas vigentes.
 
As paredes devem ser moduladas de modo a utilizar o maior número possível de componentes cerâmicos, e o assentamento desses componentes deve ser executado com juntas de amarração.
 

Requisitos e recomendações da execução de uma alvenaria

 
Os principais requisitos e recomendações que compõem a norma para a execução de alvenaria são, respectivamente:
 
a) recomenda-se não deixar panos soltos de alvenaria por longos períodos e nem executá-los muito alto de uma só vez;
 
b) as alvenarias apoiadas em alicerces devem ser executadas no mínimo 24 horas após a impermeabilização destes;
 
c) recomenda-se molhar os componentes cerâmicos antes de seu emprego;
 
d) a execução da alvenaria deve ser iniciada pelos cantos principais ou pelas ligações com quaisquer outros componentes e elementos da edificação;
 
e) para obras com estrutura de concreto armado a alvenaria deve ser interrompida abaixo das vigas ou lajes. Este espaço deve ser preenchido após 7 dias, de modo a garantir o perfeito travamento entre a alvenaria e a estrutura.
 
f) sobre o vão de portas e janelas devem ser moldados ou colocados vergas. As vergas e contravergas devem exceder a largura do vão pelo menos 20cm de cada lado e devem ter altura mínima de 10cm.
Quando maiores que 2,4m, devem ser vigas.
 

Etapas da execução de uma alvenaria


As etapas de execução de uma alvenaria compreendem:
 
1. Marcação e 1ª fiada;
 
2. Marcação em altura e nivelamento;
 
3. Elevação da parede;
 
4. Fecho superior da parede.
 

Questões comentadas


(ENGENHEIRO CIVIL – UFT – COPESE – 2018)
Analise as afirmativas a seguir em relação à execução de alvenarias de vedação.
 
I. Para fazer a execução de alvenarias, conforme ela vai sendo levantada, deve ser feita a verificação do alinhamento vertical, através do prumo, e do alinhamento horizontal, através do escantilhão, de preferência a cada 3 ou 4 fiadas em toda a extensão da parede.
 
II. No encontro entre a alvenaria e os pilares, a amarração pode ser realizada com telas soldadas aparafusadas no pilar. Esta amarração é fixada entre fiadas na argamassa de assentamento.
 
III. Recomenda-se chapiscar a face da estrutura (lajes, vigas e pilares) que fica em contato com a alvenaria, pelo menos 24h antes da execução da alvenaria.
 
IV. As vergas e contravergas devem exceder a largura de no máximo 10 cm de cada lado da abertura.
 
Assinale a alternativa CORRETA.
 
A) Apenas as afirmativas I e II estão corretas.
 
B) Apenas as afirmativas I, II e III estão corretas.
 
C) Apenas as afirmativas II e III estão corretas.
 
D) Apenas as afirmativas I e IV estão corretas.
 
Afirmativa I: CORRETA. Para fazer a execução de alvenarias, conforme ela vai sendo levantada, deve ser feita a verificação do alinhamento vertical, através do prumo, e do alinhamento horizontal, através do escantilhão, de preferência a cada 3 ou 4 fiadas em toda a extensão da parede.
 
Afirmativa II: CORRETA. No encontro entre a alvenaria e os pilares, a amarração pode ser realizada com telas soldadas aparafusadas no pilar. Esta amarração é fixada entre fiadas na argamassa de assentamento.
 
Assertiva III: INCORRETA. A norma NBR 8545:1984 (Execução de alvenaria sem função estrutural de tijolos e blocos cerâmicos - Procedimento), em seu item 4.1.6, recomenda chapiscar a face da estrutura (lajes, vigas e pilares) que fica em contato com a alvenaria. A norma não afirma que deve ser realizado o chapisco pelo menos 24h antes da execução da
alvenaria.
 
Assertiva IV: INCORRETA. De acordo com a NBR 8545:1984 (Execução de alvenaria sem função estrutural de tijolos e blocos cerâmicos - Procedimento), no item 4.3.1.1: “as vergas e contra-vergas devem exceder a largura de pelo  menos 20 cm de cada lado e devem ter altura mínima de 10cm.”
 
Resposta: A

 
(ENGENHEIRO CIVIL – CELG/GT-GO – CELG/GT-GO – 2014)
 
Segundo a norma ABNT NBR 8545:1984 Execução de Alvenaria sem Função Estrutural de Tijolos e Blocos Cerâmicos, sobre o vão de portas e janelas devem ser moldadas ou colocadas vergas, que devem ser calculadas como vigas, quando o vão, em metros, for maior que:
 
A) 2,2
 
B) 2,4
 
C) 2,6
 
D) 2,8
 
E) 3,0
 
Resolução: De acordo com a norma NBR 8545 (ABNT, 1984), para vergas e contravergas, quando maiores que 2,4m, devem ser consideradas como vigas.
 
Resposta: B