2B Educação

Contador, e se a prova fosse hoje? [02]

13/06/2019

Contador, e se a prova fosse hoje? [02]
Sabemos que a prova do Exame de Suficiência do CFC 2019.1 está chegando, e para te ajudar nessa Reta Final, separamos uma questão comentada que caiu na prova do ano passado.

Informações da pergunta

-Nivél de dificuldade: Fácil
- Banca: Consulplan – 2018.1

Enunciado da questão

Em 31/03/2018, uma Sociedade Empresária contratou um seguro para veículos utilizados em atividades administrativas pelo valor total de R$ 12.000,00 para vigência de 12 meses a partir da mesma data. O contrato determinava que 25% do prêmio deveria ser pago à vista e o restante, em três parcelas iguais, mensais e consecutivas. Conforme o contrato, a Sociedade Empresária pagou os 25% do prêmio na mesma data de contração. Considerando-se apenas as  informações apresentadas, assinale, entre as opções a seguir, o lançamento contábil a ser feito pela Sociedade Empresária que reflete o registro dos fatos ocorridos em 31/03/2018.


A) 

Débito: Despesas com Seguros - Resultados  R$  9.000,00
Débito: Caixa - Ativo Circulante R$   3.000,00
Crédito: Seguros A Pagar - Passivo Circulante R$ 12.000,00

B) 

Débito: Prêmios de Seguro a Apropriar - Ativo Circulante  R$  9.000,00
Débito: Caixa - Ativo Circulante R$   3.000,00
Crédito: Seguros A Pagar - Passivo Circulante R$ 12.000,00

C) 

Débito: Prêmios de Seguro a Apropriar - Ativo Circulante R$  12.000,00
Débito: Caixa - Ativo Circulante R$    3.000,00
Crédito: Seguros A Pagar - Passivo Circulante R$    9.000,00

D) 

Débito: Despesas com Seguros - Resultados R$  12.000,00
Débito: Caixa - Ativo Circulante R$    3.000,00
Crédito: Seguros A Pagar - Passivo Circulante R$    9.000,00

 

Respostas

Alternativa A: INCORRETA. Reconhecer R$9.000,00 na conta de Despesas com Seguros – Resultado demonstra que esse foi a parcela apropriada pela Sociedade Empresária no resultado daquele mês.

Como a questão pede a contabilização no momento da contratação do seguro, essa informação não é verdadeira. Nesse momento, não deve haver reconhecimento de nenhuma parcela do contrato no resultado (a apropriação no resultado deve ocorrer após um mês da contratação e deve ser 1/12 do montante total do seguro por mês, ou seja, R$1.000,00 por mês).

O débito na conta de Caixa indica que a Sociedade recebeu R$3.000,00, sendo que esse foi o valor que a mesma desembolsou no momento inicial (pagamento de 25% do prêmio pago à vista). O crédito de R$12.000,00 no Passivo demonstra que não houve nenhum desembolso financeiro por parte da Sociedade Empresária, o que também não é verídico.

Alternativa B: INCORRETA. Na sugestão de contabilização dessa alternativa, aparece que o prêmio de seguros foi de apenas R$9.000,00. Assim como exposto na alternativa

A, o débito na conta de Caixa indica que a Sociedade recebeu R$3.000,00, sendo que esse foi o valor que a mesma desembolsou no momento inicial (pagamento de 25% do prêmio pago à vista). Da mesma forma, o crédito de R$12.000,00 no Passivo demonstra que não houve nenhum desembolso financeiro por parte da Sociedade Empresária, o que também não é verídico.

Alternativa C: CORRETA. No momento da contratação do seguro, ainda não deve  haver apropriação de parte do montante no resultado. Assim, R$12.000,00 deve ser debitado em conta de Ativo Circulante (haja vista o contrato ser de doze meses). Em contrapartida, devem ser feitos dois créditos: R$3.000,00 na conta de Caixa – Ativo Circulante, referente à parcela paga à vista (25%), e R$9.000,00, referente ao montante remanescente, o qual será pago em três parcelas iguais na conta de Seguros a Pagar – Passivo Circulante.

Alternativa D: INCORRETA. Reconhecer R$12.000,00 na conta de Despesas com Seguros – Resultado demonstra que essa foi a parcela apropriada pela Sociedade Empresária no resultado daquele mês. Como a questão pede a contabilização no momento da contratação do seguro, essa informação não é verdadeira. Nesse momento, não deve haver reconhecimento de nenhuma parcela do contrato no resultado (a apropriação no resultado deve ocorrer após um mês da contratação e deve ser 1/12 do montante total do seguro por mês, ou seja, R$1.000,00 por mês).

Como visto na Alternativa C, os créditos de R$3.000,00 na conta de Caixa – Ativo Circulante e R$9.000,00 na conta Seguros a Pagar – Passivo Circulante estão corretos, haja vista que 25% do contrato foi pago à vista e o saldo remanescente será pago em três parcelas mensais iguais e consecutivas.

Quer mais questões como essa?

E aí, acertou? Essa e outras várias questões que ajudarão atingir sua aprovação você encontra no livro preparatório para o CFC.

 

Super Preparatório Exame de Suficiência do CFC - Edição 2019

 

Confira materiais de estudo!

-CFC