Pedagoga Concurseira
27/02/2018
Desafio da Pedagoga
(PREF. MANDAGUARI/PR - FAUEL - 2015) Atualmente um dos maiores desafios dos professores está no processo
de "avaliação", pois mesmo sendo ratificado pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação, este processo
ainda apresenta "falhas" na prática escolar. De acordo como embasamento legal, sobre a "avaliação",
podemos afirmar:
A) Deve ser classificatória, excludente.
B) Deve ser emancipadora, processual, contínua,
com aspectos qualitativos sobre os
quantitativos.

C) Deve ser formativa, somativa, com aspectos quan-
titativos sobre os qualitativos.

D) Deve ser semestral, cumulativa e classificatória,
com prevalência quantitativa.



Grau de Dificuldade: Baixo



DICA DO AUTOR: Para a LDB 9394/96, a Ed. Básica será
organizada de acordo com algumas regras, entre
elas, “[...] a classificação em qualquer série ou etapa,
exceto a primeira do ensino fundamental” que pode
ser feita: por promoção, para alunos que cursaram,
com aproveitamento, a série ou fase anterior, na
própria escola; por transferência, para candidatos
procedentes de outras escolas; independentemen-
te de escolarização anterior, mediante avaliação
feita pela escola; por progressão parcial, desde que
preservada a sequência do currículo, observadas as
normas do respectivo sistema de ensino; poderão
organizar-se classes, ou turmas, com alunos de sé-
ries distintas, com níveis equivalentes de adianta-
mento na matéria, para o ensino de línguas estran-
geiras, artes, ou outros componentes curriculares.

Alternativa A: INCORRETA. O embasamento legal é
respalda a avaliação classificatória e aponta os ca-
minhos, porém, visa incluir por meio de aceleração,
possibilidades de avanços, aproveitamento de estu-
dos e obrigatoriedade de recuperação.

Alternativa B: CORRETA. Segundo a LDB 9394/96, a
avaliação escolar deve ser “[...] contínua e cumula-
tiva do desempenho do aluno, com prevalência dos
aspectos qualitativos sobre os quantitativos e dos
resultados ao longo do período sobre os de even-
tuais provas finais”.

Alternativa C: INCORRETA. Na lei não fica clara o ca-
ráter formativo da avaliação, porém, como já citado
anteriormente, os aspectos qualitativos devem pre-
valecer sobre os quantitativos.

Alternativa D: INCORRETA. A lei não determina a pe-
riodicidade. Determina que deverá ser processual e
cumulativa, sem prevalência do quantitativo.

Essa e outras questões você encontra no livro: 600 questões comentadas de Provas e Concursos em Pedagogia
#
Pedagoga Concurseira
27/02/2018
ATENDIMENTO: Seg. a Sex.: 09h-18h | (71) 3023-2707 | atendimento@editora2b.com.br