2B Educação

Isostática e sua importância na grade curricular de Engenharia Civil

13/03/2019

Ao se deparar com a matéria de isostática na faculdade, muitos alunos não compreendem a dimensão de sua importância para o bom aproveitamento de todo o curso. Será que uma das primeiras matérias do ciclo específico pode influenciar tanto no curso inteiro?

1.000 QUESTÕES COMENTADAS DE CONCURSOS EM ENGENHARIA CIVIL


Tópicos da postagem:
  1. 1. Isostática e a sua importância
  2. 2. Aplicações da Isostática
    1. A) Análise da estaticidade
    2. B) Cálculo dos esforços externos
    3. C) Cálculo dos esforços internos
    4. D) Elaboração dos Diagramas de Esforços Cortantes (DEC), Esforços Normais (DEN) e Momento Fletor (DMF)
  3. 3. Isostática em Concursos
  4. 4. Materiais de estudos
    1. A) Livros
    2. B) Cursos
    3. C) Provas gabaritadas
 

1.  Isostática e a sua importância

A isostática é uma "ferramenta" que o aluno e o engenheiro formado usarão por toda a vida. Seja na resolução de exercícios acadêmicos, em questões de concursos, na distribuição correta de uma carga em seus projetos, no dimensionamento correto dos materiais de uma estrutura, enfim, em todas essas e entre outras diversas situações, a sua aplicação será essencial.

Quer receber dicas em seu e-mail, materiais de estudos e notícias sobre os editais que virão? Clique aqui e inscreva-se já

2.  Aplicações da Isostática

A isostática é a aplicação dos efeitos da física e da matemática, que buscam o equilíbrio de um corpo nos eixos de um plano (Eixo X e Eixo Y), além de determinar esforços importantes como os esforços de cortante, normal e momento fletor.
 
Nós não damos conta, mas nos deparamos com estruturas isostáticas o tempo todo, seja atravessando uma passarela, abrindo uma porta, andando de skate, ou até mesmo observando a vista em uma varanda, a isostática está em todo lugar.
 
Para uma análise correta de uma estrutura é necessário elaborar os seguintes passos:
 
  1.  A) Análise da estaticidade

Nesse passo, o aluno e/ou engenheiro classificará a estrutura como hipostática, isostática, ou hiperestática, comparando os seus apoios (1°, 2° e 3° gêneros) com o número de equações da estática no plano (3 equações: ∑Fx = 0, ∑Fy = 0, ∑Mo = 0)
 
  1. B) Cálculo dos esforços externos

Nesse passo será determinado as reações de esforços externos, aqueles que são combatidos pelos aparelhos de apoios e que permitem assim o equilíbrio geral da estrutura.
 
  1. C) Cálculo dos esforços internos

Aqui serão analisados os esforços internos, através de cortes/seções na estrutura para determinação dos esforços de cortante, normal e momento fletor, os quais serão utilizados no dimensionamento dos materiais para a correta sustentação da estrutura.
 
  1. D) Elaboração dos Diagramas de Esforços Cortantes (DEC), Esforços Normais (DEN) e Momento Fletor (DMF)

Nesse passo todos os dados obtidos serão apresentados em formas de diagramas, nos quais, darão uma visão mais ampla do comportamento da estrutura.
 

3. Isostática em concursos

Como dito no começo do texto, a isostática é uma matéria que se fará presente por toda a vida do engenheiro, seja ele aluno ou formado.

Para aqueles que buscam alcançar uma vaga no concurso dos sonhos, não é diferente. Para alcançar todos os benefícios de ser nomeado, como boa remuneração, estabilidade de emprego e financeira e jornada de trabalho reduzida, a matéria em questão não pode ser deixada de lado, uma vez que ela se faz fortemente presente em provas de diversos editais.

Entenda mais sobre a engenharia civil e concursos:

 

4. Materiais de estudos:

  1. A) Livros
  2. B) Cursos
 

5. Conclusão

Com a prática, você aprenderá a resolver muitas questões de forma simples e rápida, mas para isso deverá ter muita dedicação. É nítido em toda turma do curso de Engenharia, alunos que dominam a isostática tem muito mais facilidade durante o decorrer do curso e um melhor aproveitamento.
E você o que está esperando, vamos praticar?
 
LEIA TAMBÉM:
A  diferença entre NR X NBR!
O significado do símbolo da engenharia civil
Saiba mais sobre Isostática: A matéria base de todo cálculo estrutural!

 

 

 

Palavras recomendadas: Número de reações, é igualmente, necessário para impedir, estruturas hiperestáticas, movimento da estrutura, rede social, é igual ao número de equações de equilíbrio, inferior ao número de equações de equilíbrio