2B Educação

O Que é Pedagogia? Conceito, Histórico e mais.

30/10/2018

Sendo o terceiro curso mais procurado no Brasil, Pedagogia é a graduação ideal para quem almeja ensinar, orientar e educar pessoas nos diversos estágios da vida. Criada na Grécia Antiga, a Pedagogia vem para se preocupar com a Educação de Excelência e atuar nos mais diversos campos da educação. Entenda o que é pedagogia e saiba mais das atações de um pedagogo. 

O Que é Pedagogia? Conceito, Histórico e mais.

O termo Pedagogia vem da terminologia grega paidagogós, o termo paidos significa criança e gogía significa acompanhar, conduzir. Esse conceito, na época, fazia referência à situação em que um escravo levava as crianças para a escola, porém ele é fundamental para o entendimento do que é pedagogia. Nas comunidades tribais, a educação era passada de pai para filho, o saber era igualitário já que todos tinham o mesmo conhecimento, assim, nessa época, o pai era o educador, aquele que transferia o conhecimento. Foi a partir da Antiga Grécia que os filósofos começaram a se preocupar em qual seria a melhor maneira de repassar a educação. Foi aí que começou a surgir a Pedagogia.

História da Pedagogia

A história levou séculos para compreender o que é pedagogia e conferir o status de cientificidade à atividade dos pedagogos apesar de a problemática pedagógica estar presente em todas as etapas históricas a partir da Antiguidade. O processo de educação do homem foi de fundamental importância para o desenvolvimento dos grupos sociais e das sociedades, razão pela qual o conhecimento de sua hist´ria e experiências passadas é fundamental para compreender os rumos tomados pela educação no presente. Além disso, o pedagogo, ao longo da sua caminhada histórica se viu sempre a mercê de quem estava no poder. No século V, na Grécia, a pedagogia teve seu início quando as explicações religiosas deixaram de ser a única resposta para as indagações existentes. As explicações deixaram de ser divinas, pois o pensamento crítico juntamente com a razão buscava responder às inquietações tomando como base a realidade. Os filósofos, então, começaram a se questionar acerca do por que ensinar? Ou, para que ensinar? Qual a melhor forma de ensinar?

Mas foi impulsionado pela Revolução Industrial e a consequente urbanização e aumento demográfico, que o entendimento do que é pedagogia foi disseminado e o modelo de educação centrada na figura do professor como transmissor do pensamento se expandiu ao longo dos séculos XVIII e XIX. Além disso, o fortalecimento e expanção dos regimes democráticos inspirou a reivindicação pelo acesso à escoal enquanto direito inerente ao cidadão. Com isso, a educação passa a ser atruibída como um tarefa responsável pela formação do cidadão, ciente de dos seus direitos e deveres e capaz de exercê-lo perante a sociedade na qual está incluído. 

O Que é Pedagogia? Conceito, Histórico e mais.

Pedagogia no Brasil

No período imperial do Brasil, a educação não era prioridade, logo, não havia necessidade de nenhum método pedagógico específico. Porém, mesmo com esse descaso pela educação, o governo criou, em 1835) a Escola Normal de Niterói, com o objetivo de formar professores que pudessem repassar os conteúdos escolares por meio do método lancasteriano do ensino mútuo. Nesse período, o país não tinha um planejamento de pedagogia nacional e, por isso, baseava seus projetos nos ideais europeus e norte-americanos.

O curso de pedagogia propriamente dito surge como bacharelado na Faculdade Nacional de Filosofia na Universidade do Brasil, numa “Seção de Pedagogia”. No início o bacharelado em pedagogia tinha a duração de três anos e tinha como objetivo formar “técnicos em educação”. No período da ditadura militar, uma das reformas ocorridas foi a reordenação do ensino superior, decorrente da Lei 5.540/68, que modificou o currículo do curso de Pedagogia, fracionando-o em habilitações técnicas, para formação de especialistas, e orientando-o tendencialmente não apenas para a formação do professor do curso normal, mas também do professor primário em nível superior, mediante o estudo da Metodologia e Prática de Ensino de 1° Grau.

Afinal, o que é Pedagogia?

A compreensão do fenômeno educativo e sua intervenção intencional fez surgir um saber específico que modernamente associa-se ao termo pedagogia. Assim, a relação inseparável entre a prática educativa e a sua teorização elevou o saber pedagógico ao nível científico e isso é fundamental para se entender o que é pedagogia. Com este caráter, o pedagogo passa a ser, de fato e de direito, investido de uma função reflexiva, investigativa e, portanto, científica do processo educativo.

Pode-se entender pedagogia como um conjunto de técnicas, princípios, métodos e estratégias da educação e do ensino, que visam compreender a educação, relacionados à administração de escolas e à condução dos assuntos educacionais em um determinado contexto.  

Talvez você não saiba o que é pedagogia e nem imagine que esse é um dos cursos de graduação mais procurados pelos brasileiros perdendo apenas para Direito e Administração.

A Pedagogia é o curso ideal para quem almeja ensinar, orientar e educar pessoas nos diversos estágios da vida, seja  na pré escola ou quando adultos. Essa ciência estuda os ideais de educação, segundo uma determinada concepção de vida, e dos processos e técnicas mais eficientes para realizá-los, para, assim, aperfeiçoar e estimular a capacidade das pessoas no ambiente escolar.

Portanto, o significado de pedagogia é uma ciência que tem como objetos de estudo a educação, os processos de ensino e a aprendizagem, ou seja, é obrigatório o estudante ter amor pelo próximo e querer colocar em prática os recursos humanos.

O pedagogo é o profissional graduado em pedagogia que pode trabalhar dentro da área da administração escolar, em cargos como supervisor, orientador ou diretor de escola, psicopedagogo e também no magistério. Porém, pode-se dizer que o campo de atuação do pedagogo é vasto, não podendo ser resumido ao âmbito escolar. Talvez esse seja um dos motivos que vem gerando o conflito de identidade desse profissional, haja vista que o próprio pedagogo tem uma visão e formação restrita de seu desempenho quanto ao seu trabalho.


Veja os 7 filmes indispensáveis para um pedagogo


O curso em Pedagogia

O curso de Pedagogia dura em média quatro anos e a empregabilidade e a diversidade no mercado de trabalho são fatores que contam muitos pontos para o sucesso do curso. Para entender o que é pedagogia, é necessártio ter noção de alguns conteúdos que são recorrentes na faculdade e o que estuda um pedagogo, como aqueles referentes às áreas:

- Teorias pedagógicas;

- Psicologia (educacional e desenvolvimento infantil)

- Sociologia (o papel da educação e da instituição escolar e a dinâmica da sociedade);

- Metodologia do ensino de disciplinas básicas (língua portuguesa, matemática e ciências naturais);

- Legislação educacional, entre outros.  

A graduação de pedagogia, por parte do Ministério da Educação e Cultura (MEC), é um curso que, essencialmente, cuida dos assuntos relacionados à Educação por Excelência. Portanto, se trata de uma licenciatura cuja grade curricular, estipulada pelo MEC, confere a esse profissional, de uma só vez, para o mercado de trabalho, as habilidades em:

- Educação infantil e ensino fundamental;

- Educação de jovens e adultos;

- Coordenação educacional;

- Gestão escolar;

- Orientação educacional;

- Pedagogia social;

- Pedagogia empresarial;

- Supervisão educacional.

Além dessas áreas de atuação, o pedagogo atua, em falta de professores, lecionando as disciplinas que fazem parte do Ensino Fundamental e Médio, além de se dedicar à área técnica e científica da Educação, como por exemplo, prestar assessoria educacional. Devido a sua abrangência, a Pedagogia engloba diversas disciplinas, que podem ser reunidas em três grupos básicos: Disciplinas Fisiológicas, Disciplinas Científicas e Disciplinas Técnico-Pedagógicas. A partir disso é possível notar a complexidade de se entender o que é pedagogia e como essa profissão pode influenciar na vida de todo ser humano. 

Educação Escolar Atual

Olhando para o cenário mundial, com todas as transformações tecnológicas em aumento exponencial, está sendo exigido da educação escolar a formulação de sucessivas e constantes modificações nas propostas pedagógicas vigentes, bem como dos métodos de ensino, principalmente visando uma escola cada vez mais inclusiva e que proporcione o melhor ensino para todos.

O momento atual pode ser considerado como um divisor de águas para os métodos de ensino, ultrapassando os tradicionais e dando cada vez mais espaço aos novos, que por sua vez precisam de constante desenvolvimento, devida interação entre os educandos e o mundo, que interferem no processo de aprendizagem.

Mesmo que em muitas partes do mundo ainda exista um atraso no ensino e no compartilhamento das informações, essas barreiras já estão sendo vencidas nos grandes centros onde existem maiores condições de acesso à informação e à cultura escolarizada. Ou seja, cada vez mais os pedagogos precisam se adaptar a essa nova realidade para levar para os educandos todas as possibilidades de interações possíveis com o mundo a sua volta.