Concurso público é a opção escolhida por milhares de pessoas que estão em busca de segurança e bom salário. Depois de tantas colunas sobre o tema, reunimos os tópicos mais importantes para auxiliar na sua trajetória até a vaga.
 
No total serão 100 dicas, divididas entre os temas projeto (1 a 12), organização (13 a 32), estudo (33 a 63), direito (64 e 65), matemática (66), edital (67 a 73), véspera de prova (74 a 78), prova (79 a 87), pós-prova (88 a 95), além de dicas gerais (96 a 100).
 

Série 3 - Estudo

33 - Comece pelas matérias básicas da área escolhida.

34 - Estude todo o grupo de matérias de forma paralela.

35 - Estude as piores matérias nos horários do dia e da semana em que você rende mais.

36 - Alterne matérias de exatas, se houver, com matérias de leitura – usam áreas diferentes do cérebro.

37 - Você vai estudar matérias que nunca viu antes – não se preocupe com isso.

38 - Volte a cada matéria no máximo a cada 2 semanas, para não esquecer o que já estudou.

39 - Tenha um bom material de apoio para cada matéria (basta 1).

40 - O estudo precisa ser dinâmico para você manter a concentração.

41 - Se estiver só “virando as folhas do livro”, pare, porque algo está errado: estudo é tempo retornando como aprendizado.

42 - Leia a teoria e em seguida faça exercícios com consulta – facilitam o entendimento e ajudam a fixar.

43 - No início, parece que estudamos e não aprendemos – é natural; o conhecimento precisa de muitas repetições para ser assimilado.

44 - Sublinhe as informações mais importantes.

45 - Prepare fichas-resumo para revisões posteriores.

46 - Quando estudar toda a teoria, faça provas de concursos similares que já aconteceram, para testar seu conhecimento.

47 - A partir disso, observe se precisa aprofundar o estudo da teoria ou estudar novos tópicos.

48 - Todo mundo tem uma ou mais disciplinas muito difíceis; é somente uma questão de mais dedicação e perseverança.

49 - Use feriados ou separe uma semana de vez em quando para estudar só uma matéria que esteja muito difícil.

50 - Quando concluir o estudo das matérias básicas, coloque-as em “manutenção”: revisões a partir do material que você preparou e provas de concursos anteriores.

51 - As matérias que estão em manutenção podem ter o tempo de estudo reduzido, para você incluir as específicas no planejamento.

52 - Matérias básicas ficam no planejamento até a aprovação.

53 - Matérias que caem em muitos editais da área, mas não em todos, podem ficar no planejamento, ao menos a cada 2 semanas.

54 - Matérias específicas de um edital (legislação do órgão, por exemplo), entram no planejamento quando o edital estiver para ser publicado e saem após a prova.

55 - Se possível, reserve férias no trabalho para quando sair um bom edital (mas só use quando tiver chances reais de ser aprovado).

56 - O planejamento é uma meta a ser seguida, mas intercorrências acontecem, porque a vida é dinâmica.

57 - Todo final de mês, examine o planejamento e faça os ajustes necessários para o mês seguinte.

58 - Se observar que há algum período em que o estudo não rende, procure as causas e corrija; se necessário, altere o planejamento.

59 - Se observar que já tem condições de estudar durante mais tempo, altere o horário no planejamento.

60 - Se perceber que planejou estudar mais tempo do que consegue na verdade, reduza os períodos de estudo no seu quadro de horários.

61 - É natural acontecerem períodos com menor rendimento, em especial quando enfrentamos problemas; mesmo assim, é importante seguir estudando.

62 - Gravar aulas e ficar ouvindo ocupa muito tempo em relação ao conteúdo que é assimilado (vale se estiver no transporte, por exemplo).

63 - Passar matéria a limpo toma muito tempo e também não significa aprendizado.
 


Siga as páginas de acordo com sua área:

Administrador Concurseiro
Contador Concurseiro
Pedagoga Concurseira
Assistente Social Concurseira

Veja também:Série 1 PROJETO
                    Série 2 ORGANIZÇÃO
 
ATENDIMENTO: Seg. a Sex.: 09h-18h | (71) 3023-2707 | atendimento@editora2b.com.br