Postagens

15 AUG

PEDAGOGO, e se a Prova fosse hoje? Confira a resposta! [18]

Pedagoga Concurseira
Mulher sentada lendo livro e sorrindo
 
  • Questão: (TÉCNICO EM EDUCAÇÃO – UFRB – FUNRIO - 2014)
O currículo há muito vem sendo entendido como um campo de estudos importantes para a educação e tais estudos vem contribuindo cada vez mais para as práticas escolares. Em seu desenvolvimento na escola, os componentes do currículo são:
 
A) As etapas do processo didático-metodológico.
B) Porque ensinar e aprender os conteúdos escolares.
C) A sequenciação dos processos de ensino.
D) O que, como e quando ensinar e o que, como e quando avaliar.
E) A hierarquização dos conteúdos das áreas de conhecimento. 
 
  • RESOLUÇÃO DA QUESTÃO:

GRAU DE DIFICULDADE INTERMEDIÁRIO
 
Alternativa A: INCORRETA.
As etapas do processo didático-metodológico só poderão ser idealizadas e concretizadas de acordo com os objetivos definidos na construção do currículo escolar.

Alternativa B: INCORRETA.
Os conteúdos escolares precisam aparecer na organização curricular sem se desvincular da análise do contexto social, cultural e educativo em que se insere a proposta da instituição escolar.

Alternativa C: INCORRETA.
Para Ribeiro (2002), a organização e sequência do processo de ensino-aprendizagem devem ser planificadas em termos de tipos de atividades, experiências e situações de aprendizagem e proporcionar, incluindo, pois, ações do professor e ações do aluno: estratégias/métodos, atividades, materiais e meios de ensino-aprendizagem.

Alternativa D: CORRETA.
A natureza do currículo deve seguir a organização dos elementos, tais como: finalidades a objetivos; matérias a conteúdos; estratégias a atividades e avaliação. Ou seja, elementos que se relacionam e definem a organização e sequenciação de todo o processo de ensino e aprendizagem.

Alternativa E: INCORRETA.
Segundo Ribeiro (2002) o modelo de organização curricular centrado em disciplinas ou matérias, sobrevaloriza os conteúdos programáticos, subordinando-lhes os objetivos curriculares; em contrapartida, uma estrutura curricular assente em núcleos de problemas ou experiências atribui grande relevo às experiências, atividades e situações de aprendizagem, sem se preocupar muito com o âmbito dos conteúdos a incluir. 

E aí, acertou? Essa e outras 299 questões você encontra no livro 600 questões comentadas de Provas e Concursos em Pedagogia:

               

Encontre informações sobre concursos: Pedagoga Concurseira.
 
13 FEB

7 matérias mais cobradas em concursos para Pedagogos.

2B Educação
7 matérias mais cobradas em concursos para Pedagogos.
Aprovação em concurso é um desejo em comum entre muitos de nós, mas às vezes não sabemos como alcança-la, nem mesmo como começar a estudar para ela. Então como você já sabe, nós da 2B queremos te ajudar com isso. Se liga nessas dicas das matérias mais cobradas em concursos para Pedagogos.
 
Confira os melhores concursos disponíveis!
 
Tópicos da postagem:
  1. 1. Matérias mais cobradas
  2. 2. Funções do Pedagogo em órgãos públicos
  3. 3. Principais Bancas
  4. 4. Estrutura das provas
  5. 5. Etapas e aplicação das provas
  6. 6. Vantagens de ser Servidor Público
     

1. Matérias mais cobradas

Pedagogia é uma área essencial desde a antiguidade, afinal, o que seria de nós sem nossos professores? Principalmente quando lidamos com crianças e adolescentes.
Quando se trata de concurso público então, devemos saber mais do que nossa própria área de atuação dentro da pedagogia.
 Pensando nisso separamos as sete matérias mais cobradas para concursos da área:
 
  • - Legislação da Educação

Esse assunto refere-se à lei nº 9.394/96. Está é o assunto mais cobrado nas maiorias dos concursos, pois trata-se dos princípios básicos da educação no nosso país. Pode cair tanto exigindo sua aplicabilidade como sua teoria.
  • - Didática

Como o candidato está concorrendo para vagas em sua maioria para lecionar na rede de ensino brasileira, é necessário ter domínio didático. Por isso, é um ponto que além de ser importante para passar em um concurso, é extremamente relevante para o dia a dia do professor.
  • - Aspectos Éticos, Filosóficos e Sociológicos da Educação

Como os professores são responsáveis pela construção do saber e principalmente do desenvolvimento como pessoa de seu aluno, ele deve quebrar paradigmas, propondo assim novos caminhos baseados no saber Filosófico, Ético e Sociológico.  
  • - Língua Portuguesa

Dentro dessa matéria, os pontos mais cobrados são acentuação, concordância, interpretação de texto e regência.
  • - Psicologia da educação

Este conteúdo é basilar para um profissional que pretende lidar com ensino fundamental, por isso, nas principais bancas têm havido uma cobrança assídua. Sua aplicabilidade é a forma mais comum de cair nas questões. Saber a história do uso da psicologia na educação fará você ter facilidade para responder a matéria.
  • - Gestão escolar

Para cargos que envolvam a gestão escolar, como diretor, coordenador é necessário ter conhecimento desta matéria. Sua teoria e sua aplicabilidade são fundamentais. Entender como um colégio funciona de forma geral, será um ponto forte para gabaritar esta matéria.
  • - Matemática e raciocínio lógico

Sabe aquelas questões que parecem “bobinhas”, mas que se não soubermos pode se tornar nosso “bicho papão”? Então, é neste tópico que isso mais acontece, por isso não podemos descuidar. Estude principalmente conteúdos de porcentagem, regra de três e conjuntos. As questões que mais caem abragem estes assuntos.
Material de estudos
Quer saber mais sobre os temas acima e de uma forma diferenciada? Confira nossos cursos, livros e dicas que foram preparados especialmente para você!
 
Conferir principais Cursos.
Conferir principais Livros.
Conferir principais Dicas.

 

2. Funções do Pedagogo em Órgãos Públicos

A função do Pedagogo está sempre em evidência, pois a base de uma sociedade bem desenvolvida é a educação e esta deve ser de qualidade desde seus ciclos iniciais.
Hoje, exercer a função de professor da rede pública é um grande desafio.  Isso se deve a falta de qualidade do pilar educacional brasileiro, como podemos analisar com o estudo feito pela UOL:
 
“Hoje, no Brasil, de 97% dos estudantes com idade entre 7 e 14 anos se encontram na escola, no entanto, o restante desse percentual, 3%, respondem por aproximadamente 1,5 milhão de pessoas com idade escolar que estão fora da sala de aula.
• Para cada 100 alunos que entram na primeira série, somente 47 terminam o 9º ano na idade correspondente, 14 concluem o ensino médio sem interrupção e apenas 11 chegam à universidade.
• 61% dos alunos do 5ºano não conseguem interpretar textos simples. 60% dos alunos do 9ºano não interpretam textos dissertativos.
• 65% dos alunos do 5ºano não dominam o cálculo, 60% dos alunos do 9º ano não sabem realizar cálculos de porcentagem.”
 

Fonte : UOL.
 

Estes dados só não são piores pois há professores gabaritados nesta rede de ensino, porém mudanças como redirecionamento de recursos financeiros para a educação e a valorização destes professores são medidas que ainda devem ser tomadas, tratando-se de um déficit até para concursados.

 
  1. 3. Principais Bancas

Sabemos que há uma variedade ilimitada de bancas para concursos e sabemos que cada uma possui características específicas na hora das provas. Um dos grandes segredos para passar em um concurso público é conhecer especialmente esses detalhes da banca que está à frente da prova do edital o qual você está concorrendo.

Para lhe ajudar neste ponto, separamos dicas das principais bancas:
 
  • - Vunesp

Uma das bancas mais exigentes da atualidade. Cobra de forma quase que interina temas atuais que se relacionam com as partes teóricas do tema em questão.
 
  • - Consulplan

Costuma cobrar de seus concurseiros questões diretas e objetivas. Ela segue o conteúdo programático a risca, mesmo que de forma indireta.  
 
  • - Cespe

Temas da atualidades sobre o cargo ou as atividades que este deve seguir são questões bastante cobradas por essa banca, além de ter relevância na teoria de suas provas.

 
  1. 4 - Estrutura das provas

É sempre importante ler o edital do concurso o qual você que prestar para se preparar devidamente para a prova e entender todas as etapas para ser nomeado, mas para facilitar, listamos alguns processos que podem ter presença marcada para sua aprovação:
 
  • - Provas com questões dissertativas

Questões dissertativas são aquelas sem opções de respostas, ou seja, o candidato tem que respondê-la em um pequeno espaço de forma escrita. A banca espera ver qual seu posicionamento, e grau de conhecimento sobre a questão cobrada. Não existe um padrão para esse tipo de questão.
 
  • - Provas com questões objetivas

São as mais comuns em processos seletivos de concursos. São questões que estão acompanhadas com uma série de alternativas, que sugerem a resposta. Porém só uma é a resposta adequada. O padrão mais conhecido para essa modalidade é o de alternativas nomeadas com letras do alfabeto.
 
  • - Prova prática  

Dependendo da segmentação da especialidade do cargo em questão, será exigido uma prova prática podendo ser ela variante. Podem ser considerados, como exemplos desta categoria, provas que avaliem direção, digitação e dicção.
 
  • - Avaliação Psicológicos

Este processo consiste basicamente em classificar o candidato como apto ou não para exercer o cargo determinado. Seus principais pontos podem ser a análise de concentração, raciocínio lógico, controle emocional e possíveis personalidades prejudiciais que restrinjam a posse ao cargo.
 
  • - Avaliação Física

Essa modalidade avaliativa que tem como foco a eliminação de candidatos não aptos para execução do cargo. A ideia é classificar a capacidade física e orgânica do indivíduo. Este, é comum em concursos militares, e não tem padrões de aplicações.
 
  • - Exames Médicos

Para estar apto para assumir um cargo público, por lei o candidato não pode ter nenhuma doença pré-existente grave, contagiosa ou que não tenha cura na sua admissão. Por isso, é necessário a realização de exames médicos para que seja comprovada a aptidão orgânica do candidato. Como pode haver uma eliminação por conta dos resultados, estes são considerados parte do processo dos concursos públicos. Não há uma listagem regular dos exames pedidos, podendo assim serem variantes por concurso e por edições.
 
 
  1. 5 - Etapas e aplicação das provas

Sabemos que encarar um Concurso Público é um processo complexo e previamente arquitetado (Calma! Estamos com você nessa!). Para aumentar suas chances de aprovação você precisa entender como esses procedimentos são feitos e organizados.
 
Vale lembrar que há uma variação significativa de um concurso para o outro, e podemos apontar como principais fatores a diferença de bancas, modalidades, áreas e tipos de concursos. Por isso, fizemos um pequeno resumo dos principais procedimentos para que você aprenda a logística:
 
  • - Razão para criação do concurso

Ausência ou escassez de servidores para determinada(s)  área(s).
 
  • - Solicitação para execução

É necessária a autorização do órgão ou autoridade responsável.
 
  • - Escolha da banca

Aprovado as novas vagas, a prioridade é a escolha de uma banca que represente o Concurso Público. Está será responsavél pela elaboração da prova.
 
  • - Edital

A partir de todo processo burocrático arquitetado, será divulgado o Edital. Esse é um compilado de todas as informações para aquele concurso. Desde matérias que serão cobradas até prazos de inscrições.   
 
  • - Aplicação da prova

Quando chegar a data divulgada haverá a aplicação da prova. Este processo poderá ser feito em um único dia, ou dividido em mais datas quando há mais de uma modalidade de prova.
 
  • - Divulgação do gabarito

A banca responsável pelo concurso divulgará  de forma oficial as respostas da prova aplicada. O prazo deste procedimento pode variar, mas é comum ter a data prevista no edital.
 
  • - Convocação para etapas secundárias

Caso o candidato tenha sido aprovado na primeira prova, ele deverá passar pelos processos secundários, que serão executados nas datas pré avisadas no edital. Estes podem varias em exames médicos, provas práticas, dentre outros.
 
  • - Divulgação dos resultados

Na data prevista, será feita a divulgação no Diário Oficial o nome dos Aprovados.

 

6. Vantagens de ser Servidor Público

Sabemos que o mercado de trabalho é algo bem complexo em nosso país por diversos motivos e cada vez mais pessoas estão procurando concursos públicos para se assegurar. Mas é sempre bom lembrar quais são os principais motivos para ser servidor público, para isso fizemos uma listinha, afim de te motivar a passar no seu concurso.
 
  • - Estabilidade

Para quem é aprovado no concurso público, passa por três anos de estágio probatório. Caso esse tempo seja bem sucedido o concursado não pode ser demitido, exceto por justa causa, isto é, ser considerado culpado por processos administrativos ou sindicais.
 
  • - Aposentadoria

Para quem se aposenta por entidades privadas o teto da aposentadoria é de R$ 2.894,00, não importando qual era o valor recebido mensalmente enquanto estava ativo. Já para setores públicos o valor de aposentadoria pode ser até mesmo integral, fazendo com que o concursado receba o valor que estava acostumado a receber periodicamente.
 
Podem não ser muitos as vantagens, mas as poucas já nos fazem querer arriscar para prestar concursos. Além disso há muitos concursos que têm ótimas remunerações, basta dar aquela pesquisada (ou entrar em nosso site e já ter tudo de mão beijada). Como exemplo, temos o concurso do município de Curitiba (PR) que o salário para Pedagogos está em R$ 2.372,47. Quer conferir mais sobre esse edital que está com as inscrições abertas é só clicar aqui!
 

palavras chaves: mogi das Cruzes; Prefeitura de Santos; Secretaria de estado.

 
09 OCT

Só hoje (09/10): Livros com até 58% de desconto!

2B Educação

Só hoje (09/10): Livros com até 58% de desconto!

Está se preparando para fazer uma prova ou concurso e precisa de materiais de qualidade para dar uma impulsionada nos seus estudos?

Então se liga nos descontos que estão rolando na 2B Educação.

Apenas hoje (09/10), livros de todas as áreas com descontos que variam de 47% a 58%.

Dá só uma olhada nas ofertas e corra para aproveitar:

 

1. Pedagogia:

O livro preparatório para concursos de Pedagogia está com 50% de desconto na Super Oferta Relâmpago. Livro 600 questões comentadas de Provas e Concursos em Pedagogia por apenas R$69,90. Já pensou em ter acesso ao melhor livro preparatório para Concurso de Pedagogia por esse preço?

Clique aqui e aproveite essa oferta!




 

2. Engenharia Civil:

O livro 300 questões comentadas de Provas e Concursos em Engenharia Civil evoluiu. Agora ele tem 1.000 questões! Isso mesmo, 1.000 questões! E, para melhorar, ele ainda está com 47% de desconto. Agora é só hoje (09/10)! Livro 1.000 questões comentadas de Provas e Concursos em Engenharia Civil por apenas R$79,90!

Clique aqui para não perder essa super oferta!




 

3. Serviço Social:

Que tal garantir um combo com 600 questões comentadas de Provas e Concursos em Serviço Social? Apenas nessa terça-feira, 09/10, você pode adquirir os livros 300 questões comentadas de Provas e Concursos em Serviço Social Volume 01 e Volume 02 com um desconto de 58%!! O combo com os dois livros custará apenas R$99,90. Não vai ficar de fora, né?

Então clique aqui e garanta o seu combo logo!





 

4. Educação Física:

Está estudando para concursos em Educação Física? Que tal facilitar os seus estudos com o Combo 1.800 questões de Educação Física para Concursos? O combo é composto pelos livros Mais de 1.500 questões Gabaritadas de Provas e Concursos em Educação Física e 300 questões comentadas de Provas e Concursos em Educação Física. Apenas nessa terça-feira, dia 09/10, esse combo está com 50% de desconto. Por apenas R$99,90 você levará mais de 1.800 questões para se preparar para o seu concurso público ou dar uma alavancada nos seus estudos!

Clique aqui e aproveite!




 

5. Arquitetura:

Você que está se preparando para concursos em Arquitetura, se ligue nessa dica: livro 300 questões comentadas de Provas e Concursos em Arquitetura por apenas R$59,90. Isso mesmo! Apenas hoje, dia 09/10, você pode adquirir o seu preparatório para concursos em Arquitetura com 53% de desconto.

Clique aqui para aproveitar!




 

6. CFC:

Vai fazer a próxima prova do CFC? Que tal já começar a se preparar e, ainda por cima, com 57% de desconto? Só hoje, dia 09/10, você adquire o livro Super Preparatório para o Exame de Suficiência do CFC – Edição 2018 por apenas R$59,90!

Clique aqui para aproveitar essa oferta!

 

 

 

 


 

24 SEP

Gestão e Educação para Concursos Públicos

Antônia Lúcia Sousa Silva

A importância de se estudar gestão escolar para concursos públicos. 

Gestão e Educação para Concursos Públicos

A Gestão Escolar é diferente da Administração Escolar por trazer, para o contexto educacional, elementos e conceitos fundamentais para aumentar a eficiência dos processos institucionais e melhorar o ensino. Você que está se preparando para o concurso público e deseja se destacar nas provas, não pode deixar de dar uma atenção especial ao assunto gestão educacional, pois o número de questões relacionadas a este conteúdo varia em média de 04 a 06 questões por prova nos concursos de pedagogia.
 

Dinâmica educacional para o gestor pedagógico

Neste âmbito é muito importante os plano educacionais, a proposição de referencial curricular, a avaliação do trabalho pedagógico, a elaboração do Projeto Político Pedagógico que possibilite situar o contexto educacional a partir de seus fundamentos econômicos, políticos, socioculturais, psicológicos e antropológicos. Um outro ponto a se considerar é a gestão democrática da escola pública. Dentro da gestão educacional ainda damos especial enfoque ao papel do pedagogo e seus diferentes contextos. Visando exercício de sua função com qualidade, a Escola necessita contar com professores capacitados e com gestores que a compreendam o contexto social e que sejam capazes de articular com competência os sujeitos, os recursos físicos e financeiros e a comunidade escolar para o alcance de objetivos educacionais. Sendo assim o profissional que busca um cargo de coordenação pedagógica ou professor necessita conhecer toda a dinâmica educacional, bem como os diferentes enfoques a nível de gestão objetivando êxito em sua profissão.
 

A atuação do Pedagogo

A atuação do Pedagogo no contexto da educação escolar ocorre ou por meio da docência ou da coordenação pedagógica nas instituições de ensino. O Pedagogo possui formação acadêmica condizente ao desempenho esperado no processo de gestão escolar no que tange a melhoria da qualidade do ensino, em conjunto(conselhos escolares) ou individualmente, para além da reprodução técnica de saberes específicos historicamente elaborados. Portanto ele pode ser considerado como um profissional da educação que atua na organização de processos educativos e que tais processos é de sua responsabilidade.

Neste sentido, pode-se dizer que o Pedagogo é um empreendedor de si, alguém que necessita estar “preparado” para o exercício da docência e suas diferentes frentes de trabalho. Alguém que precisa de uma ininterrupta e incessante formação buscando considerar a si mesmo um profissional competente, capaz de realizar grandes feitos pela educação e valorização social.

Formar professores não é uma tarefa fácil, muitos aspectos ainda precisam ser revistos, é preciso que o professor conheça a Lei de Diretrizes e bases da Educação nacional, também chamada de Lei Darcy Ribeiro, a fim de que reconheça a valorização da sua profissão e possa fazer valer os seus direitos. Quanto a formação docente, a lei dedica o Título VI a esse tema.

Atualmente, discute-se muito a gestão democrática no ambiente escolar. Essas práticas diferenciadas são importantes e requerem a participação de toda a comunidade, portanto o pedagogo necessita estar envolvido em todo o processo a fim de mediar todas as discussões e interações entre a participação da comunidade escolar e comunidade local.

Então a hora é agora, você está mergulhando rumo a conquista da concretização de mais uma vitória, não pode deixar de dar uma ênfase especial ao estudo do tópico gestão e educação, lembrando da sua presencialidade nas provas de concurso para área de pedagogia como um todo e do quantitativo de questões em tais provas.
 

PREPARATÓRIO PARA CONCURSOS DE PREFEITURAS


Esse e muitos outros assuntos são abordados no nosso livro preparatório para concursos de prefeituras contanto com mais de 750 questões comentadas da área de pedagogia. O livro conta com as disciplinas mais cobradas em concursos de pedagogia, as questões são comentadas uma a uma e todas são classificadas por grau de dificuldade, assim você pode nivelar e acompanhar o seu grau de aprendizado. Clique aqui e conheça mais!

27 MAR

Desafio da Pedagoga 27/03/2018

Pedagoga Concurseira
Desafio da Pedagoga

(PREF. URUAÇU/GO - IBGE - 2014) A Avaliação_______________apresenta indicações sobre conhecimentos, aptidões, interesses (ou outras qualida-des do aluno). Determina a posição dos alunos no início de uma unidade de ensino, período ou ano,além das causas subjacentes de dificuldades de aprendizagem. Marque a alternativa que representa o tipo de avaliação apresentada no enunciado da questão:

A) Formativa.
B) Somativa.
C) Diagnóstica.
D) Crítica.
E)Cooperativa.

DICA DO AUTOR: As duas últimas alternativas não
estão conceituadas como concepção de avaliação.
Parecem ser usadas apenas para confundir o can-
didato.

Alternativa A: INCORRETA. A avaliação formativa en-
globa a avaliação diagnóstica, regulatória e somati-
va. Esse tipo de avaliação se preocupa em conhecer
os processos de aprendizagem do aluno, contudo,
não resume o seu trabalho ao início de um determi-
nado período, mas abrange todo processo de ensi-
no-aprendizagem.

Alternativa B: INCORRETA. A avaliação somativa visa
sintetizar e apresentar os resultados do processo de
ensino-aprendizagem ao final de determinado pe-
ríodo (unidade, ano, ciclo). Ela fornece dados para
que novos diagnósticos sejam feitos e as estratégias
sejam planejadas.

Alternativa C: CORRETA. A avaliação diagnóstica tem
objetivo de “[...] conhecer o que cada um dos alunos
sabe, sabe fazer e é, e o que pode chegar a ser, sa-
ber fazer ou ser [...]” (ZABALA, 1998, p. 199). Ocorre no
início de um período específico, pois norteia toda a
prática pedagógica.

Alternativa D: INCORRETA. A criticidade é uma
premissa de qualquer forma de avaliação que se
preocupa com o desenvolvimento do processo de
aprendizagem. No entanto, esta não se aplica como
concepção de avaliação.

Alternativa E: INCORRETA. Toda forma de avaliação
formativaA tem caráter cooperativo, por entender que
os sujeitos do processo são participantes ativos do
ato avaliativo. Porém, a avaliação descrita na ques-
tão está demarcada por em tempo determinado,
manifestando-se no início da atividade de ensino, a
fim de possibilitar ao professor o conhecimento so-
bre o que os alunos sabem, para a partir desses da-
dos, ajustar o trabalho pedagógico às necessidades
educativas dos alunos.

Essa e outras questões você encontra no livro: 600 questões comentadas de Provas e Concursos em Pedagogia
07 FEB

Desafio da Pedagoga 07/02/2018

Pedagoga Concurseira


(PREF. PINHALÃO/PR - FAFIPA - 2015) A Pedagogia Nova faz uma crítica à Pedagogia Tradicional, esboçando uma nova maneira de interpretar a educação. São carac-
terísticas da Pedagogia Nova, exceto:
A) Ênfase no aluno.
B) Professor estimulador.
C) Espontaneidade.
D) Diretivismo.



Grau de Dificuldade: Baixo



Alternativa A: INCORRETA. Esta alternativa que trata
da “ênfase no aluno” é um dos princípios primor-
diais da Pedagogia Nova, por compreender que os
processos educacionais devam estar centrados na
pessoa/sujeito, o qual deve ser respeitado tal qual é
para que se desenvolva em seu processo constante
de vir a ser. Considera que as pessoas são diferentes,
cada indivíduo é único e a escola precisa se adap-
tar a isso, pois o aluno é o núcleo da aprendizagem.
Desse modo, é uma alternativa que não pode ser to-
mada como a correta, haja vista que a solicitação
requer apontar a característica que não contempla
a Pedagogia Nova.

Alternativa B: INCORRETA. Esta opção também não
contempla a solicitação da questão, uma vez que
na Pedagogia Nova o professor é tomado como o
facilitador, o estimulador da aprendizagem; aquele
que promove os meios para que o aluno entre em
contato com situações provocativas do dia a dia e,
assim, envolva-se com a construção do conhecimen-
to, como autor de si mesmo. O professor estimula
e busca facilitar, mas a iniciativa para a construção
do conhecimento e de formação pessoal é do aluno.

Alternativa C: INCORRETA. A característica apontada
nesta opção é típica da Pedagogia Nova, a qual de-
fende que a espontaneidade é um pressuposto bá-
sico e fundamental de aprendizagem do sujeito, na
medida em que aprender é uma atividade de desco-
berta que só acontece se o sujeito se interessar e se
envolver no processo de construção do conhecimen-
to. Até porque a espontaneidade gera autoaprendi-
zagem e emerge em cada sujeito de forma única.
Logo, essa alternativa é inválida.

Alternativa D: CORRETA. Esta é a única alternativa
que satisfaz a solicitação da questão, tendo em vista
que das características citadas, o “diretivismo” é a
única que a Pedagogia Nova despreza/abomina por
acreditar que o diretivismo tira do sujeito à auto-
nomia, o direito de se descobrir e de produzir com
envolvimento e inteireza, Ademais, ofende o ato de
conhecer-se a si mesmo. Na visão de Karl Rogers, a
não diretividade promove ao aluno um clima pro-
pício de confiança, um conhecimento de si próprio,
consequentemente, uma aceitação de si, a partir da
autodescoberta. O professor não diretivo, parte do
princípio que o raciocínio já nasce com o sujeito e
cabe-lhe promover os meios para este sujeito seja
despertado. Assim, para a Pedagogia Nova, a não di-
retividade refere-se essencialmente a não emissão

Essa e outras questões você encontra no livro: 600 questões comentadas de Provas e Concursos em Pedagogia
01 FEB

Pedagoga fala sobre melhor momento de colocar os filhos na escola

Editora 2B
Pedagoga fala sobre melhor momento de colocar os filhos na escola
 

Todo início de ano é complicado para saber a hora certa de ingressar os filhos pequenos na escola. Saber o momento certo de ‘’cortar o cordão umbilical’’ é extremamente difícil para qualquer pai e mãe. Os pais que ainda vão estrear essa fase com seus filhos pequenos, resta uma dúvida: Qual o momento ideal de colocar as crianças na escola?

A pedagoga Carmem Oliveira esclarece essa dúvida. Para ela, quanto mais cedo os pais colocarem os filhos no ambiente escolar melhor. "A criança vai ter todo um processo de adaptação tranquilo, com segurança, e obedecendo o limite dela", observa. "Outra vantagem é a socialização, a criança aprende essa convivência com o outro, o respeito ao limite do outro e ao dele. E as possibilidades são inúmeras, pois trabalha toda a parte motora, linguagem, etc." A idade mínima, afirma Carmem, é seis meses, quando a criança já pode ser acolhida em creches. Momento em que o cérebro está fazendo 3 trilhões de novas conexões, onde a criança tem maior possibilidade de ser bem sucedido e ter maiores benefícios.

 

30 JAN

Desafio da Pedagoga

Pedagoga Concurseira
Desafio da Pedagoga

(PREF. ARARUAMA/RJ - FUNCAB - 2015) Sobre o currículo por aquisição de conhecimentos,
base para a maioria dos currículos tradicionalmente em curso no país, é correto afirmar que:
A) A ênfase é dada nos processos.
B) O objetivo do encontro educacional é a aplicação do conhecimento.

C) É centrado no aluno que apresenta suas curiosidades e interesses.

D) O curso ou treinamento é definido pela construção de conteúdos específicos.

E) Os resultados do processo de aprendizagem são auferidos pela avaliação formativa.


Grau de Dificuldade: Baixo


Alternativa A: CORRETA. De fato, o currículo com base na construção do conhecimento analisa o processo,o percurso que o aprendiz trilhou para alcançar seu processo de formação.

Alternativa B: INCORRETA. Não se busca aplicar conhecimentos, mas construir, através das inter-relações, nas interferências, numa perspectiva de co-orientação, favorecendo a construção e não a transmissão.

Alternativa C: INCORRETA. Não se restringe apenas àqueles que apresentam interesses e curiosidades, mas busca oportunizar uma relação dialógica, criando espaços de múltiplas discussões e negociação do conhecimento.

Alternativa D: INCORRETA. Não há treinamento para desenvolvimento de competências, mas a construção de pensamentos estruturados de forma interdisciplinar, permitindo ao aprendiz construir suas estratégias interligando com o mundo real.

Alternativa E: INCORRETA. O processo de aprendizagem envolve estruturas funcionais significativas, contribuindo para que o aprendiz perceba o seu processo de crescimento.


Essa e outras questões você encontra no livro: 600 questões comentadas de Provas e Concursos em Pedagogia

 
17 JAN

Concurso Pref. São Lourenço do Oeste (SC) 2017

Pedagoga Concurseira


A PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LOURENÇO DO OESTE, no estado de Santa Catarina
, publicou edital referente à realização de concurso público com vagas para Pedagogia.


- Vagas, remuneração e carga horária do Concurso Pref. São Lourenço do Oeste (SC) 2017

-  03 + CR Vagas para Educação Infantil com remuneração de R$ 2.551,93 para a carga horária semanal de 40h
-  08+ CR Vagas para Anos Iniciais do Ensino Fundamental com remuneração de R$ 2.551,93 para a carga horária semanal de 40h
 
 
- A Prova do Concurso Pref. São Lourenço do Oeste (SC) 2017

O Concurso Público não terá prova objetiva, porém serão avaliadas:

I - Para a classificação dos candidatos inscritos para atuarem na Educação Infantil:

a) Especialização na Área da Educação Infantil;
b) Pedagogia ou Normal Superior - habilitação mínima em Educação Infantil;
c) Conclusão da 5ª fase (semestre) de Pedagogia - habilitação mínima em Educação Infantil;
d) Habilitação em Pedagogia de Anos Iniciais;
e) Concluída a 1ª fase (semestre) de Pedagogia em Educação Infantil;
f) Concluída a 1ª fase (semestre) de Pedagogia em Anos Iniciais do Ensino Fundamental;
g) Diploma ou certificado de conclusão do Magistério (Ensino Médio).

II - Para a classificação dos candidatos inscritos para atuarem nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental:

a) Especialização nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental;
b) Pedagogia ou Normal Superior - habilitação mínima em Anos Iniciais;
c) Conclusão da 5ª fase (semestre) de Pedagogia em Anos Iniciais do Ensino Fundamental;
d) Habilitação em Pedagogia de Educação Infantil;
e) Concluída a 1ª fase (semestre) de Pedagogia em Anos Iniciais do Ensino Fundamental;
f) Concluída a 1ª fase (semestre) de Pedagogia em Educação Infantil;
g) Diploma ou certificado de conclusão do Magistério (Ensino Médio).
   

PEDAGOGA, PREPARE-SE para o Concurso Pref. São Lourenço do Oeste (SC) 2017


- Inscrições para o Concurso Pref. São Lourenço do Oeste (SC) 2017

As inscrições devem ser efetuadas do dia 16/01/2017 a 18/01/2017 através do site SÃO LOURENÇO


- Realização da Prova do Concurso Pref. São Lourenço do Oeste (SC) 2017

O Concurso não consiste de provas.
 
Acesse o edital completo do concurso clicando aqui.
 
06 JAN

UFBA (BA) realiza concurso público

Editora 2B
UFBA (BA) realiza concurso público

A UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
, no estado da Bahia, retificou seu edital referente à realização de concurso público com vagas para Contabilidade, Pedagogia, Administração e Serviço Social.


- Vagas, remuneração e carga horária do Concurso UFBA (BA) 2017

- 03 Vagas para Administrador com remuneração de R$ 4.180,66 para a carga horária semanal de 40h.
- 02 Vagas para Assistente Social com remuneração de R$ 4.180,66 para a carga horária semanal de 40h.
- 02 Vagas para Contador com remuneração de R$ 4.180,66 para a carga horária semanal de 40h.
- 02 Vagas para Pedagogo com remuneração de R$ 4.180,66 para a carga horária semanal de 40h.
- 01 Vaga para Engenheiro Civil com remuneração de R$ 4.180,66 para a carga horária semanal de 40h.
 
Clique aqui, cadastre-se e receba informações sobre concursos públicos! 

- A Prova do Concurso UFBA (BA) 2017

O Concurso Público consistirá de prova objetiva, de caráter eliminatório. Os assuntos abordados na prova objetiva serão os seguintes:
 
  • Língua Portuguesa – 20 questões 
  • Administração Pública – 15 questões
  • Informática – 15 questões 
  • Raciocínio Lógico – 10 questões 
  • Conhecimentos Específicos – 50 questões

ASSISTENTE, PREPARE-SE para o Concurso UFBA (BA) 2017

CONTADOR, PREPARE-SE para o Concurso UFBA (BA) 2017
 
ADMINISTRADOR, PREPARE-SE para o Concurso UFBA (BA) 2017

PEDAGOGO, PREPARE-SE para o Concurso UFBA (BA) 2017

ENGENHEIRO CIVIL, PREPARE-SE para o Concurso UFBA (BA) 2017


- Inscrições para o Concurso UFBA (BA) 2017

As inscrições devem ser efetuadas do dia 14/08 a 14/09/2017, através do site CONCURSOS UFBA


- Realização da Prova do Concurso UFBA (BA) 2017

A prova objetiva será aplicada no dia 29 de outubro de 2017.

 
Acesse o edital completo do concurso clicando aqui.