A Empresa:

Em 2009, um grupo de estudantes da Unicamp, USP e FGV se reuniram para discutir como gerar impacto no país e, ao mesmo tempo, se prepararem para futuros desafios. Desta discussão, que contou com opiniões de grandes políticos e gestores à época, nasceu o Vetor Brasil. O objetivo era o de estruturar planos de desenvolvimento para pequenos municípios, em que esses próprios jovens – conectando estudo e percepção local – eram os responsáveis pelo trabalho. A primeira cidade a receber o projeto foi Araguaçu (TO), e a proposta de trazer pessoas de background diferentes para auxiliar e aprender com municípios na ponta parecia promissora. Estava consolidado o que seria posteriormente chamado de Vetor 1.0.


Alguns anos depois, foi lançado o Vetor 2.0. Nesta etapa, direcionou-se o foco para a área de educação, atendendo mais municípios e envolvendo uma maior quantidade de jovens. A experiência da elaboração de planos de desenvolvimento era rica tanto para os analistas quanto para as cidades, mas havia um vácuo que, ao mesmo tempo, era uma oportunidade: a garantia de que de fato as ações seriam implementadas. Foi então que decidiu-se estruturar o Vetor 3.0, que se propõe a selecionar jovens talentos e alocá-los em secretarias pré-selecionadas, para que haja de fato uma experiência única para todos os envolvidos – tanto em implementação de políticas públicas na ponta, quanto em experiências profissional e pessoal.


De 2009 pra cá, o Vetor contou com a participação direta e indireta de quase cem pessoas, de forma voluntária e idealista. Busca-se agora dar sequência a este sonho com este ambicioso passo, o qual pode se tornar uma referência para desenvolvimento de jovem lideranças e gestão pública.

O Programa:

"Você irá desempenhar funções analíticas e de gestão de projetos dentro da equipe do governo. Isto significa, por exemplo: realizar análises de desempenho e benchmarks, identificar problemas e suas causas-raízes, discutir soluções para os problemas encontrados e gerenciar a implementação das soluções aprovadas pelo governo. Mas mais do que isso, esperamos que você coloque a mão na massa e trabalhe na operacionalização dos projetos – não só nas análises de planilhas, mas em conversas com a comunidade para entender os desafios e encontrar as melhores formas de viabilização de projetos. Será um trabalho muito adaptativo, o qual inclui análise, estudo, diálogo, visão local, pró-atividade para encontrar oportunidades e mão na massa."

Pré-requisitos:

“Buscamos jovens com vontade de trabalhar com impacto social em grande escala, com valores éticos sólidos e com alto comprometimento para enfrentar problemas complexos. Dispostos a assumir riscos e dispostos para atuar em governos estaduais ou municipais por todo Brasil. São elegíveis para este processo seletivo jovens graduados em quaisquer cursos de ensino superior ou com graduação prevista até setembro de 2016.”

Etapas:

1. Cadastro de Informações Pessoais
2. Testes (Atualidades, Lógica e Inglês)
3. Vídeo e Questões de Valores e Motivações
4. Entrevista de Mapeamento de Competências
5. Entrevista de Caso
6. Entrevista com gestor do Governo

Remuneração:

Como você será contratado pelo governo, o seu salário vai depender do valor que as secretarias pagam a seus funcionários. O valor exato do seu salário e seus benefícios serão informados após sua aprovação no processo seletivo e antes que você aceite a proposta. As secretarias oferecem salários para viabilizar a sua estadia na cidade.

Saiba mais detalhes e faça a sua inscrição até o dia 09 de abril clicando aqui.
 

Livros:

ATENDIMENTO: Seg. a Sex.: 09h-18h | (71) 3023-2707 | atendimento@editora2b.com.br