Página inicialSped 8ª edição
Sped 8ª edição Sped 8ª edição

Sistema Público de Escrituração Digital

Esta obra, única no mercado, apresenta com riqueza de detalhes cada uma das vertentes deste sistema: SPED Fiscal (EFD); SPED Contábil (ECD), SPED ECF, EFD-Contribuições e NF-e (Nota Fiscal Eletrônica). 
O livro explica como os contribuintes devem se adequar a essa obrigação. Traz exemplos práticos da escrituração, leiautes do sistema, perguntas e respostas e legislação básica que disciplina o novo sistema. Trata-se de uma obra fundamental para o trabalho diário de contadores e advogados, além de supervisores e analistas que militam na área fiscal.
Caro leitor, a nossa 8ª edição, foi revisada e atualizada e, entre as alterações, destacamos:  
 

SPED ECF 


- A pessoa jurídica pela segunda vez está obrigada a enviar para Receita Federal o “SPED ECF”, reunindo informações  “contábeis” (ECD) e os aspectos fiscais (e-Lalur, e-Lacs, cálculo do IRPJ e da CSLL).
- Novidades estão ocorrendo a exemplo:  do “Prazo de entrega”, “ampliou-se à Obrigatoriedade” para outras pessoas jurídicas, novo “Manual da ECF” , criação do “Bloco Q” (demonstrativo do Livro Caixa).
- Pela primeira vez, a empresa irá Recuperar o conteúdo do Sped Contabil dentro do Sped ECF.
- Foi mantida a altíssima Multa pela entrega fora do prazo. 
- Na Parte “A” do Lalur , o fisco exige a indicação do número da “Conta ou Subconta” para evidenciar os valores não dedutíveis e não tributáveis.
- Inserimos comentários sobre as principais informações acerca do arquivo texto, composto de Blocos e registros.
 

SPED CONTÁBIL   

 
- Desde  01.01.2014, as pessoas jurídicas passaram  a elaborar a ECD (Sped Contábil). 
- Novos critérios para entrega da ECD às pessoas jurídicas “Imunes ou Isentas”  e do regime do “Lucro Presumido”. 
- Novo “Prazo” de envio da ECD para o SPED. 
- Autenticação De Livros: Em relação à “autenticação dos livros”, o  Dec. nº 8.683/2016 trouxe novos procedimentos visando a desburocratização dos processos. 
- Livro “Z” :Momento em que obriga a empresa a transmitir o “Livro Razão Auxiliar Das Subcontas” (RAS).
- Nova informação de saldos das contas de resultado antes do encerramento do período imediatamente anterior.  Registros específicos para informar sobre “MOEDAFUNCIONAL”. 
- Subcontas: as situações que exigem o controle de operações contábeis por subcontas; 
- Cartórios: Pessoa jurídica registrada em Cartório deve observar nova forma para autenticação de seus livros contábeis.


SPED CONTRIBUIÇÕES


Apresentamos informações sobre a obrigatoriedade, Forma de apresentação, Prazo,
Multa pelo atraso na entrega, Periodicidade  eRetificação de dados. 

CPRB-Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta – As INs RFB n°s 1.436/2014 e 1.523/2014 foram publicadas no sentido de sanarem várias dúvidas que o contribuinte possuía a respeito do enquadramento, da base, do cálculo, da receita e outras. O leitor vai encontrar um resumo dessas orientações em capítulo específico da CPRB.
Multas. A Lei nº 12.973/2014 trouxe alterações sobre as penalidades a serem aplicadas em caso de atraso ou incorreções do “SPED ECF”.
Nota Técnica 2015/001 – estabelece como novo evento da NF-e a solicitação de pedido de prorrogação do prazo de industrialização por encomenda.
Nota Técnica 2015/002 – estabelece novas validações e a tabela de códigos do código de enquadramento legal do IPI.
Nota Técnica 2015/003 – cria novos campos para informar o CEST (Código Especificador da Substituição Tributária), e o diferencial de alíquota decorrente das vendas a não contribuinte, devido a EC 87/15, além de novas validações.
Bloco K no EFD ICMS/IPI – nova obrigação a partir de 01.01.2017, que substituirá o livro de produção e do estoque (modelo 3), passando a obrigação para o mundo digital e obrigando o contribuinte a ter novos controles;
Atualizações dos projetos SPED – atualizações significativas de validações ou leiaute nos vários projetos SPED.


Autores: Osmar Reis Azevedo, Paulo Antonio Mariano

Editora 2B
Product ID: 36
R$223.90

Sped 8ª edição

Sped 8ª edição
POSTAGEM PREVISTA PARA:
DE R$ 223,90
POR R$ 223,90 à vista ou
6x de R$ 37,32 sem juros

PRODUTO INDISPONÍVEL
NO MOMENTO


QUEM COMPROU ESTE ITEM TAMBÉM COMPROU

Sistema Público de Escrituração Digital

Esta obra, única no mercado, apresenta com riqueza de detalhes cada uma das vertentes deste sistema: SPED Fiscal (EFD); SPED Contábil (ECD), SPED ECF, EFD-Contribuições e NF-e (Nota Fiscal Eletrônica). 
O livro explica como os contribuintes devem se adequar a essa obrigação. Traz exemplos práticos da escrituração, leiautes do sistema, perguntas e respostas e legislação básica que disciplina o novo sistema. Trata-se de uma obra fundamental para o trabalho diário de contadores e advogados, além de supervisores e analistas que militam na área fiscal.
Caro leitor, a nossa 8ª edição, foi revisada e atualizada e, entre as alterações, destacamos:  
 

SPED ECF 


- A pessoa jurídica pela segunda vez está obrigada a enviar para Receita Federal o “SPED ECF”, reunindo informações  “contábeis” (ECD) e os aspectos fiscais (e-Lalur, e-Lacs, cálculo do IRPJ e da CSLL).
- Novidades estão ocorrendo a exemplo:  do “Prazo de entrega”, “ampliou-se à Obrigatoriedade” para outras pessoas jurídicas, novo “Manual da ECF” , criação do “Bloco Q” (demonstrativo do Livro Caixa).
- Pela primeira vez, a empresa irá Recuperar o conteúdo do Sped Contabil dentro do Sped ECF.
- Foi mantida a altíssima Multa pela entrega fora do prazo. 
- Na Parte “A” do Lalur , o fisco exige a indicação do número da “Conta ou Subconta” para evidenciar os valores não dedutíveis e não tributáveis.
- Inserimos comentários sobre as principais informações acerca do arquivo texto, composto de Blocos e registros.
 

SPED CONTÁBIL   

 
- Desde  01.01.2014, as pessoas jurídicas passaram  a elaborar a ECD (Sped Contábil). 
- Novos critérios para entrega da ECD às pessoas jurídicas “Imunes ou Isentas”  e do regime do “Lucro Presumido”. 
- Novo “Prazo” de envio da ECD para o SPED. 
- Autenticação De Livros: Em relação à “autenticação dos livros”, o  Dec. nº 8.683/2016 trouxe novos procedimentos visando a desburocratização dos processos. 
- Livro “Z” :Momento em que obriga a empresa a transmitir o “Livro Razão Auxiliar Das Subcontas” (RAS).
- Nova informação de saldos das contas de resultado antes do encerramento do período imediatamente anterior.  Registros específicos para informar sobre “MOEDAFUNCIONAL”. 
- Subcontas: as situações que exigem o controle de operações contábeis por subcontas; 
- Cartórios: Pessoa jurídica registrada em Cartório deve observar nova forma para autenticação de seus livros contábeis.


SPED CONTRIBUIÇÕES


Apresentamos informações sobre a obrigatoriedade, Forma de apresentação, Prazo,
Multa pelo atraso na entrega, Periodicidade  eRetificação de dados. 

CPRB-Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta – As INs RFB n°s 1.436/2014 e 1.523/2014 foram publicadas no sentido de sanarem várias dúvidas que o contribuinte possuía a respeito do enquadramento, da base, do cálculo, da receita e outras. O leitor vai encontrar um resumo dessas orientações em capítulo específico da CPRB.
Multas. A Lei nº 12.973/2014 trouxe alterações sobre as penalidades a serem aplicadas em caso de atraso ou incorreções do “SPED ECF”.
Nota Técnica 2015/001 – estabelece como novo evento da NF-e a solicitação de pedido de prorrogação do prazo de industrialização por encomenda.
Nota Técnica 2015/002 – estabelece novas validações e a tabela de códigos do código de enquadramento legal do IPI.
Nota Técnica 2015/003 – cria novos campos para informar o CEST (Código Especificador da Substituição Tributária), e o diferencial de alíquota decorrente das vendas a não contribuinte, devido a EC 87/15, além de novas validações.
Bloco K no EFD ICMS/IPI – nova obrigação a partir de 01.01.2017, que substituirá o livro de produção e do estoque (modelo 3), passando a obrigação para o mundo digital e obrigando o contribuinte a ter novos controles;
Atualizações dos projetos SPED – atualizações significativas de validações ou leiaute nos vários projetos SPED.


Autores: Osmar Reis Azevedo, Paulo Antonio Mariano