Prova Concurso - Engenharia - 2007-PREFEITURA-DE-RIO-BRANCO-AC-ENGENHEIRO-CIVIL - CESPE - PREFEITURA - 2007

Prova - Engenharia - 2007-PREFEITURA-DE-RIO-BRANCO-AC-ENGENHEIRO-CIVIL - CESPE - PREFEITURA - 2007

Detalhes

Profissão: Engenharia
Cargo: 2007-PREFEITURA-DE-RIO-BRANCO-AC-ENGENHEIRO-CIVIL
Órgão: PREFEITURA
Banca: CESPE
Ano: 2007
Nível: Superior

Downloads dos Arquivos

prova.pdf
gabarito.pdf

Provas relacionadas

ENGENHEIRO-NUCLEARAMAZUL2018
ENGENHEIRO-AREA-MECANICAUFPA2018
ENGENHEIRO-ENGENHARIA-MECANICAUFPA2018

Gabarito

cespe-2007-prefeitura-de-rio-branco-ac-engenheiro-civil-gabarito.pdf-html.html

 

2/9/2007

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO

CONCURSO PÚBLICO

GABARITOS OFICIAIS DEFINITIVOS DAS PROVAS OBJETIVAS

Aplicação: 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

E

C

C

E

E

C

E

E

C

C

E

E

C

C

E

E

E

C

C

C

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

E

C

C

C

C

E

E

E

E

C

C

E

E

E

C

C

C

E

E

C

41

42

43

44

45

46

47

48

49

50

51

52

53

54

55

56

57

58

59

60

E

C

E

E

C

C

C

E

E

C

E

E

C

C

E

C

C

C

E

E

61

62

63

64

65

66

67

68

69

70

71

72

73

74

75

76

77

78

79

80

C

E

C

E

C

C

E

C

E

C

E

E

E

C

C

E

C

C

E

E

81

82

83

84

85

86

87

88

89

90

91

92

93

94

95

96

97

98

99

100

C

C

E

E

C

E

E

C

E

C

E

C

E

E

E

E

C

C

C

E

101

102

103

104

105

106

107

108

109

110

111

112

113

114

115

116

117

118

119

120

E

C

C

E

C

C

E

E

C

E

E

C

E

C

C

C

E

E

E

E

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Item

Gabarito

Item

Gabarito

Item

Gabarito

Item

Gabarito

Item

Gabarito

CARGO 19: ENGENHEIRO CIVIL - CADERNO Q

Item

Gabarito

Prova

cespe-2007-prefeitura-de-rio-branco-ac-engenheiro-civil-prova.pdf-html.html
cespe-2007-prefeitura-de-rio-branco-ac-engenheiro-civil-prova.pdf-html.html

U nB /C E S P E   –  P MR B  

C aderno Q

Cargo 19: Engenheiro Civil

– 1 –

De acordo com o comando a que cada um dos itens de 1 a 120 se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo

designado com o código C, caso julgue o item CERTO ; ou o campo designado com o código E, caso julgue o item ERRADO.
A ausência de marcação ou a marcação de ambos os campos não serão apenadas, ou seja, não receberão pontuação negativa. Para as
devidas marcações, use a folha de respostas, único documento válido para a correção das suas provas.

Nos itens que avaliam Noções de Informática, a menos que seja explicitamente informado o contrário, considere que todos os

programas mencionados estão em configuração-padrão, em português, que o mouse  está configurado para pessoas destras e que
expressões como clicar, clique simples e clique duplo referem-se a cliques com o botão esquerdo do mouse. Considere também que
não há restrições de proteção, de funcionamento e de uso em relação aos programas, arquivos, diretórios e equipamentos mencionados.

CONHECIMENTOS BÁSICOS

1

À semelhança do Brasil, o Acre compõe-se de uma

grande diversidade de povos indígenas, cujas situações frente

à sociedade nacional também são muito variadas. Enquanto

4

a grande maioria dos grupos se encontra em contato

permanente ou regular com a população regional (mestiça ou

branca), alguns ainda são classificados pelo órgão indigenista

7

como “isolados”.

As sociedades indígenas acreanas dividem-se de

maneira desigual em duas grandes famílias lingüísticas: Pano

10

e Arawak. Alguns desses povos encontram-se também nas

regiões peruanas e bolivianas fronteiriças ao Acre. Do ponto

de vista da antropologia, o conhecimento sobre as sociedades

13

indígenas do estado é muito desigual. Se alguns povos, como

os Kaxinawá ou os Ashaninka, atraíram o interesse de vários

pesquisadores, as informações etnográficas disponíveis sobre

16

a maior parte dos povos indígenas acreanos ainda são muito

incipientes.

Os povos indígenas ocuparam um lugar marginal na

19

historiografia do Acre. Como no resto da Amazônia, o

imaginário ocidental sobre a natureza e a alteridade humana

projetou seus fantasmas na região acreana e nos seus

22

primeiros habitantes indígenas. A “conquista do deserto

ocidental” e a incorporação do Acre à nação revelam alguns

mitos fundadores do pensamento ocidental e brasileiro sobre

25

a Amazônia e os povos indígenas.

José Pimenta. Internet: <ambienteacreano.blogspot.com> (com adaptações).

Em relação ao texto acima, julgue os itens que se seguem.

1

A substituição de “cujas” (

R

.2) por as quais mantém a

correção gramatical do período e as relações lógicas

originais.

2

Na linha 4, a forma verbal “encontra” está no singular para

concordar com “a grande maioria”.

3

A substituição de “dividem-se” (

R

.8) por são divididas

mantém a correção gramatical do período.

4

Em “encontram-se” (

R

.10), o pronome “se” indica que o

sujeito da oração é indeterminado, o que contribui para a

impessoalização do texto.

5

A palavra “incipientes” (

R

.17) está sendo empregada no

sentido de pouco confiáveissuspeitos.

6

O emprego da palavra “alteridade” (

R

.20) está relacionado ao

sentido de diferença,  diversidade,  distinção, ou seja, ao

sentido de outro.

1

Viajando pelas bocas dos rios Juruá e Purus no

início do século XIX, os naturalistas alemães Spix e M artius

anotaram, em seus diários, a presença de “índios selvagens”

4

e a falta de “civilização”, que, segundo os autores,

caracterizavam a região. Além da exploração da região e de

suas riquezas naturais, as primeiras expedições oficiais ao

7

Purus e ao Juruá, lideradas, respectivamente, por João

Rodrigues Cametá e Romão José de Oliveira, em meados do

século XIX, tinham como objetivo a atração e a pacificação

10

dos índios.

Essas entradas permaneceram limitadas, subindo os

rios apenas parcialmente, mas inauguraram uma série de

13

explorações da região durante as décadas de 50 e 60 do

século XIX. Entre essas expedições, destaca-se a viagem, a

mando da Royal Geographical Society de Londres, do

16

geógrafo inglês W illiam Chandless, que subiu o P urus em

1864/65 e o Juruá em 1867. Todavia, a historiografia

regional consagrou os nomes de M anoel Urbano, explorador

19

do Purus em 1858, e de João da Cunha Corrêa, que percorreu

o Juruá em 1861, como os primeiros “desbravadores” e

“descobridores” das terras acreanas.

Idem, ibidem (com adaptações).

Considerando o texto acima, julgue os itens a seguir.

7

De acordo com o texto, os alemães Spix e M artius

integraram as primeiras expedições oficiais aos rios Juruá e

Purus.

8

Os objetivos das expedições lideradas por João Rodrigues

Cametá e Romão José de Oliveira, de acordo com o texto,

circunscreviam-se à pacificação dos índios da região.

9

O emprego de itálico em “entradas” (

R

.11) indica que essa

expressão está sendo utilizada com sentido adaptado ao

contexto, pois seu sentido original não abrange expedições

da região Norte.

10

O uso de vírgula após “Chandless” (

R

.16) justifica-se por

isolar oração subordinada adjetiva explicativa.

11

O termo “Todavia” (

R

.17) pode, sem prejuízo para a correção

gramatical e para as informações originais do período, ser

substituído por qualquer um dos seguintes: Porém, Contudo,

Entretanto, No entanto, Porquanto, Conquanto.

cespe-2007-prefeitura-de-rio-branco-ac-engenheiro-civil-prova.pdf-html.html

U nB /C E S P E   –  P MR B  

C aderno Q

Cargo 19: Engenheiro Civil

– 2 –

Considerando que os fragmentos incluídos nos itens seguintes, na
ordem em que são apresentados, são partes sucessivas de um texto
de José Pimenta (Internet: <ambienteacreano.blogspot.com>),
julgue-os quanto à correção gramatical.

12

Última tentativa do governo boliviano para ocupar a região
acreana, a criação do Bolivian Syndicate exigiu da antiga
colônia espanhola concessões enormes de soberania. Segundo
os termos do contrato assinado em julho de 1901, a Bolívia
oferecia a companhia internacional, compostas por grandes
grupos financeiros, principalmente norte-americanos, uma
concessão de trinta anos para a exploração da seringueira
na região.

13

O consórcio capitalista dispunha de plena autoridade sobre o
comércio da borracha e também de direitos políticos e
judiciais essenciais. Ele usufruía o direito de compra e venda
dos seringais, o direito de navegar e de controlar os rios por
meio de uma polícia própria e o direito de estabelecer as leis
e exercer a justiça. Em contrapartida, a Bolívia recebia 60%
da arrecadação realizada pela companhia.

14

A criação do Bolivian Syndicate foi um dos momentos-chave
do conflito acreano, um evento crítico que levou à
incorporação do Acre ao Brasil. Para os seringueiros
brasileiros, o Bolivian Syndicate surgiu como uma espécie de
companhia colonial que controlava não só a terra, mas também
toda a organização do trabalho extrativista da borracha. Essa
situação revoltou a população acreana, que conseguiu superar
suas divisões internas e se organizar contra o inimigo comum.

15

O sentimento do povo acreano espalhou-se além das bacias do
Purus e do Juruá e comoveu o país que deu um apoio decisivo
à luta dos seringueiros. A formação do Bolivian Syndicate
criou um fervor nacionalista e patriótico que cimentou a
nação, contra os inimigos do Brasil. M anifestações contra os
americanos e bolivianos se organizaram em Manaus, Belém e
Rio de Janeiro. Orgulho da nação, a Amazônia era novamente
cobiçada pelo capital estrangeiro.

1

Poderíamos definir o amazonismo  como um conjunto

de idéias e de discursos, produzidos pelo imaginário ocidental
sobre a Amazônia e as populações nativas, destinado a

4

viabilizar interesses políticos e econômicos. Como espaço
imaginado pelo Ocidente, o amazonismo  partilha muitas
características com o orientalismo. Todavia, enquanto Said

7

nos apresenta um Oriente construído de maneira negativa por
um Ocidente hegemônico, o amazonismo  constitui um
campo ambíguo, catalisador de imagens e de discursos

10

contraditórios, que podem ser mobilizados para servir a
interesses muito divergentes.

Primeiras testemunhas da Amazônia e de seus

13

habitantes, Carvajal (1542) e Acuña (1641) elaboraram relatos
em que combinaram o fantástico e o exótico e edificaram as
bases do amazonismo: mito das amazonas, inferno verde,

16

eldorado, seres canibais e nobre selvagem. A Amazônia e seus
primeiros habitantes concentraram e continuam concentrando
sentimentos e fantasias ocidentais. Símbolo de riqueza e

19

miséria, de medo e esperanças, de sonhos e pesadelos, de
futuro e passado, de inferno e paraíso. A alteridade é o espelho
invertido do ocidente e é manipulada conforme os interesses

22

em jogo. Essas imagens contraditórias acompanharam e
informaram a conquista da América e o encontro com as
populações indígenas. Além de legitimarem a ocupação e a

25

exploração econômica, os mitos também serviram para
sustentar os interesses políticos e ideológicos da Europa.

Idem, ibidem (com adaptações).

Considerando o texto acima, julgue os itens de 16  a  20.

16

Pelo emprego de expressões coloquiais, pela
informalidade, pelas escolhas lexicais e sintáticas, a
linguagem do texto é inadequada para documentos oficiais.

17

O emprego do plural em “Poderíamos” (

R

.1) é suficiente

para se considerar o texto subjetivo e pessoal, em oposição
a um texto impessoal, neutro, objetivo.

18

O termo “catalisador” (

R

.9) está sendo empregado no

mesmo sentido que tem na seguinte frase: O mito é
catalisador de sentimentos e fantasias em relação ao
universo amazônico.

19

O sinal de dois-pontos após “amazonismo” (

R

.15)

justifica-se por anteceder uma enumeração de itens.

20

O termo “manipulada” (

R

.21) está no feminino singular

para concordar com “alteridade” (

R

.20).

A figura acima mostra uma janela do W ord 2002, com parte de
um texto em processo de edição, no qual a palavra “oeste” está
destacada. Com relação a esse texto, ao W ord 2002 e à situação
ilustrada na figura, julgue os itens que se seguem.

21

Para se centralizar e aplicar negrito ao título do texto —
“Acre” — , é suficiente aplicar um clique duplo entre duas

letras desse título, clicar 

 e, a seguir, pressionar

simultaneamente as teclas 

§

 e 

c

.

22

Ao se clicar o botão 

, passam a ser exibidas algumas

marcas de formatação, como, por exemplo, marcas de
parágrafo. Embora essas marcas sejam exibidas na janela
mostrada, elas não são impressas em papel quando é
realizada impressão.

23

A ferramenta 

 permite ampliar ou reduzir a

exibição do documento ativo.

24

Caso se pressione a tecla 

µ

, a palavra “oeste”,

que está selecionada, será excluída do texto. Caso se
deseje desfazer essa exclusão, é suficiente clicar, logo após

a exclusão, o botão 

.

25

Para se copiar a palavra “Acre”, no título do texto, para o
final do parágrafo iniciado em “O Acre é uma”, é

suficiente: selecionar a referida palavra; clicar 

; clicar

onde se deseja colar a referida palavra, no final do

parágrafo; clicar 

.

cespe-2007-prefeitura-de-rio-branco-ac-engenheiro-civil-prova.pdf-html.html

U nB /C E S P E   –  P MR B  

C aderno Q

Cargo 19: Engenheiro Civil

– 3 –

Com relação a conceitos de Internet e intranet, julgue os próximos
itens.

26

Não é possível, em uma intranet, a troca de mensagens de
correio eletrônico entre dois usuários de dois computadores
pertencentes a essa intranet.

27

A seqüência de caracteres joao@ empresa.com.br é um
exemplo de URL, ou endereço de página da W eb, e a
seqüência de caracteres www.empresa.com.br é um exemplo
de endereço de correio eletrônico.

A figura acima mostra uma janela do Internet Explorer 6 (IE6), em
que é exibida uma página da W eb. Com relação a essa figura, ao
IE6 e à Internet, julgue os itens subseqüentes.

28

Ao se clicar o botão 

, é disponibilizada uma ferramenta

que tem como função principal permitir ao usuário a
visualização de detalhes na página em exibição.

29

Ao se clicar o botão 

, será exibida a página da W eb que

havia sido acessada anteriormente à atual.

A figura acima mostra uma janela do Excel 2002, com uma
planilha contendo os preços, em reais, de vários componentes de
um equipamento. Com relação a essa figura e ao Excel 2002,
julgue os itens seguintes.

30

Para se aplicar itálico ao conteúdo da célula 

A5

, é suficiente

clicar essa célula e, em seguida, clicar 

.

31

Para se calcular a soma dos preços contidos nas células

de 

B2

 a 

B5

 e pôr o resultado na célula 

B6

, é suficiente

clicar essa célula, digitar 

=B2+B3+B4+B5 

e, em seguida,

teclar 

«

.

32

O botão 

 tem a função de permitir o salvamento de

alterações em um arquivo que já havia sido

salvo anteriormente, e ao qual já foi atribuído um nome.

Já o botão 

, ao ser clicado, causa a abertura da janela

Salvar como

, que permite salvar apenas o arquivo que ainda

não foi salvo, nem teve um nome atribuído a ele.

Considerando a figura acima, que mostra uma janela exibida em

um computador cujo sistema operacional é o W indows XP,

julgue os itens a seguir.

33

Ao se aplicar um clique com o botão esquerdo do mouse

sobre o ícone 

, o arquivo do W ord de nome

Planejamento

 será aberto. Caso se clique com o botão

direito, o ícone será excluído e enviado para a 

Lixeira

.

34

Para se maximizar a janela mostrada, é suficiente clicar

o botão 

.

Com relação a mensagens de correio eletrônico, julgue o item

abaixo.

35

Normalmente, os programas que viabilizam o uso de

correio eletrônico possuem funcionalidade que permite

encaminhar uma mensagem recebida para um outro

endereço de correio eletrônico.

cespe-2007-prefeitura-de-rio-branco-ac-engenheiro-civil-prova.pdf-html.html

U nB /C E S P E   –  P MR B  

C aderno Q

Cargo 19: Engenheiro Civil

– 4 –

A alta nos preços do petróleo e a necessidade de conter o

aquecimento global estão fazendo os japoneses voltarem a olhar
em direção ao Brasil, depois de 25 anos de afastamento nas
relações bilaterais. Atendendo à solicitação do governo japonês e
de empresários, o ministro de Negócios Estrangeiros, Taro Aso,
chegou ao Brasil para conhecer de perto as etapas de produção e
exportação do etanol.

Jornal do Brasil, 20/8/2007, p. A19 (com adaptações).

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando a
amplitude e a inserção do tema por ele focalizado no mundo
contemporâneo, julgue os itens seguintes.

36

Após a derrota na Segunda Guerra Mundial, o Japão
empreendeu vitorioso esforço de recuperação material, para o
qual contou com apoio norte-americano. Em algumas décadas,
o país se transformou em uma das maiores potências
econômicas mundiais, posição que ainda preserva.

37

O texto menciona uma questão que está na ordem do dia do
mundo atual e que se identifica com o perigoso aumento do
efeito estufa, em larga medida gerado pela emissão
descontrolada de gases poluentes na atmosfera.

38

O petróleo deixou de ser a base propulsora do sistema
produtivo mundial a partir do momento em que a principal
região produtora e exportadora, o Oriente Médio, viu-se em
acentuada instabilidade política, com sucessivas guerras e a
ação desenvolta de grupos terroristas.

39

A utilização da cana-de-açúcar para a produção de
combustíveis é inovação brasileira recente, surgida após o fim
do regime militar, possível graças à disponibilidade financeira
decorrente da auto-suficiência de petróleo conquistada
pelo Brasil. 

40

Ao visitar recentemente o M éxico e países da América
Central, o presidente Lula enfatizou a importância da
tecnologia brasileira para a produção do etanol e frisou que a
expansão dessa atividade não implica redução da capacidade
de produção de alimentos.

Poucos sabem que o aquecimento global também tem

conseqüências positivas. Uma delas é permitir a agricultura em
altas latitudes. Diante do impacto distinto em diferentes áreas do
planeta, os cientistas, entre outros, apontam os perigos regionais
como importantes. Em certas áreas, como o semi-árido, pode surgir
o deserto, em outras, podem desaparecer ecossistemas inteiros.

Aqui no B rasil, determinamos que apenas 20%  das

propriedades na Amazônia podem ser exploradas. No cerrado, essa
cota é de 35%. A medida conseguiu deter um pouco o
desmatamento. M as é questionada, porque 80%  é um número
cabalístico diante de uma região diversa. Daí a proposta de fazer
zoneamento ecológico e econômico para precisar muito claramente
o que se pode ou não se pode fazer.

Todas essas observações nos levam a reforçar uma

tendência que já existe no Brasil, inspirada pelo geógrafo M ilton
Santos, que é a de colocar o território no centro das políticas
públicas. M esmo as cidades terão de ser delimitadas, claramente,
para que se possa orientar o seu desenvolvimento sustentável.

Fernando Gabeira. Política e territórioInFolha
de S.Paulo
, 16/6/2007, p. A2 (com adaptações).

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando
as múltiplas implicações do tema por ele abordado, julgue os
itens de 41  a  50.

41

O fenômeno do aquecimento global é consensualmente

considerado uma tragédia ambiental justamente porque

deteriora, de maneira ampla e igualmente negativa, as

condições de vida em todas as regiões do planeta.

42

Cientistas alertam para o fato de que o aquecimento global

acarreta, entre outras conseqüências, o derretimento de

geleiras, o que pode determinar a elevação do nível dos

mares e seu potencial de destruição, particularmente nas

zonas litorâneas.

43

Apesar do cenário de seca com o qual convive

historicamente, o Nordeste brasileiro, segundo o texto,

estaria a salvo de eventuais efeitos negativos causados pelo

aquecimento global.

44

Ao se fixar na homogeneidade que caracteriza a Amazônia,

o texto sugere que o percentual de área permitido à

exploração econômica é compatível com as necessidades

da região e positivo para o país.

45

A urbanização do Brasil contemporâneo, acompanhada de

significativo despovoamento do campo, mostra-se

demasiado rápida e, em geral, desprovida do necessário

planejamento, o que contribui para a ampliação dos

problemas que tendem a caracterizar, especialmente, as

grandes regiões metropolitanas.

46

O conceito de desenvolvimento sustentável ganha força

nos dias atuais e se fundamenta no princípio de que atender

às necessidades do presente não pode significar a

destruição dos recursos indispensáveis à vida das gerações

futuras.

47

O Protocolo de Kyoto é um texto de abrangência que se

pretende planetária, suscitado pela crescente compreensão

de que algo precisa ser feito para minimizar as

c o n s e q ü ê n c ia s   n e g a ti v a s   d e   u m   m o d e lo   d e

desenvolvimento econômico consagrado pela Revolução

Industrial.

48

Ao propor medidas que levem à redução dos níveis de

emissão de gases ampliadores do efeito estufa, o Protocolo

de Kyoto foi referendado pelo conjunto dos Estados

integrantes da Organização das Nações Unidas, a começar

pelos sete países mais ricos (G-7).

49

Como reconhecido no texto, o Brasil não consegue deter a

marcha do desmatamento de suas florestas, razão por que

sofre pressão de setores ambientalistas, de organizações

não-governamentais e de organismos multilaterais.

50

O texto salienta o que foi uma das grandes contribuições

teóricas oferecidas por M ilton Santos, geógrafo brasileiro

falecido há poucos anos, cuja produção intelectual colheu

reconhecimento internacional.

cespe-2007-prefeitura-de-rio-branco-ac-engenheiro-civil-prova.pdf-html.html

U nB /C E S P E   –  P MR B  

C aderno Q

Cargo 19: Engenheiro Civil

– 5 –

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Poço tubular profundo é uma alternativa para a captação de água.
Para o bom funcionamento desse processo de captação, o
conjunto de bombeamento é elemento essencial, sendo muito
utilizado o conjunto motobomba submerso. Acerca desse
equipamento, julgue os itens seguintes.

51

O conjunto motobomba submerso deve ser instalado acima
do nível estático, para garantir a auto-escorva.

52

O conjunto motobomba de reserva deve ser instalado em
paralelo ao conjunto efetivamente em uso.

A drenagem urbana é importante no manejo das águas pluviais,
com reflexos tanto nos aspectos econômicos como nos de saúde
para a população das cidades. Acerca de sistemas de drenagem,
julgue os itens a seguir.

53

No sistema separador absoluto, esgoto sanitário e águas
pluviais são transportados em canalizações independentes.

54

As galerias de drenagem de águas pluviais são componentes
do sistema de microdrenagem.

55

O sistema de macrodrenagem é constituído exclusivamente
de canais artificiais.

56

O conjunto formado por guia e sarjeta, com considerável
capacidade de vazão, permite reduzir a extensão de galerias.

57

O número de bocas-de-lobo em determinado ponto depende
da vazão a ser encaminhada para a galeria de águas pluviais.

Resíduos sólidos podem ser classificados quanto aos riscos
potenciais de contaminação do meio ambiente. Com relação a
essa classificação, julgue os seguintes itens.

58

Resíduo de classe I refere-se a resíduos perigosos e abrange
resíduos com características de inflamabilidade ou
corrosividade.

59

Resíduo de classe II refere-se a resíduos não-perigosos e
abrange resíduos da construção civil que não oferecem risco
à saúde.

60

Resíduo de classe IV refere-se a resíduos orgânicos e está
relacionado ao resíduos provenientes de restos de alimento.

Aterro sanitário é uma solução adequada para disposição final de
resíduos sólidos, devendo para isso respeitar critérios
construtivos e operacionais. Considerando esse assunto, julgue os
itens que se seguem.

61

O cercamento da área do aterro é etapa inicial para a sua
implantação e deve ser mantido durante a sua operação.

62

A impermeabilização do aterro deve ser feita diariamente ao
final do fechamento da célula de disposição.

63

A queima dos gases gerados no aterro é procedimento
ambientalmente correto e recomendado.

Com relação aos aspectos legais e princípios gerais do orçamento
público, julgue os itens subseqüentes.

64

Para um mesmo ente federativo, devem ser previstos
diversos orçamentos.

65

O orçamento deve cobrir um período limitado
correspondente ao ano financeiro.

66

Para garantir a publicidade, o orçamento federal deve ser
publicado no Diário Oficial da União.

Existem diretrizes para a implementação de medidas de controle
e sistemas preventivos de segurança nos processos, nas condições
e no meio ambiente de trabalho na indústria da construção.
Acerca dessas diretrizes, julgue os próximos itens.

67

É facultativa a comunicação prévia à delegacia regional do
trabalho do número de trabalhadores previstos para a obra.

68

Projeto das proteções coletivas é parte integrante do
programa de condições e meio ambiente de trabalho na
indústria da construção.

69

São proibidas instalações móveis, inclusive contêineres, em
áreas de vivência de canteiro de obra e frentes de trabalho.

70

As instalações sanitárias nas áreas de vivência não devem ser
ligadas diretamente aos locais destinados às refeições.

71

Os alojamentos dos canteiros de obra devem ter paredes
construídas exclusivamente em alvenaria.

Em obras de construção civil, os andaimes devem obedecer a
requisitos mínimos para garantir a segurança das pessoas. Acerca
da segurança para andaimes, julgue os itens a seguir.

72

O piso de andaimes provisórios não necessita ter cobertura
antiderrapante.

73

Sobre pisos de andaimes, podem ser colocadas escadas,
desde que elas tenham pés traváveis.

74

Os montantes dos andaimes devem ser apoiados utilizando-
se sapatas sobre bases sólidas.

75

Os acessos verticais a um andaime fachadeiro devem ser
feitos em escada incorporada à própria estrutura do andaime
ou por meio de torre de acesso.

76

Os andaimes móveis podem ser utilizados em superfícies
inclinadas, mas, para isso, devem ter rodízios providos de
travas, de modo a se evitarem deslocamentos acidentais.

O abastecimento de água é uma das condições mais importantes
para garantir adequada condição de ocupação das cidades. Para
tanto, o sistema de abastecimento de água deve ser constituído de
componentes com características técnicas bem definidas. Com
relação a esses componentes, julgue os itens seguintes.

77

M anancial superficial ou subterrâneo é o corpo d’água de
onde a água é retirada.

78

A adução é o componente que transporta água, tanto bruta
como tratada.

79

Reservatório de distribuição é a barragem junto à captação
responsável pela regularização da vazão do rio.

80

A unidade de tratamento de água só é necessária para águas
superficiais.

As tubulações componentes de um sistema de esgoto sanitário
têm características de funcionamento bem definidas e são
classificadas em função dessas características. Acerca de
tubulação, julgue os itens a seguir.

81

A rede coletora recebe contribuição de esgoto entre poços de
visita.

82

O interceptor é a tubulação que recebe contribuições de
esgoto nos poços de visita.

83

O emissário que funciona como conduto livre recebe
contribuição de esgoto nos poços de visita.

cespe-2007-prefeitura-de-rio-branco-ac-engenheiro-civil-prova.pdf-html.html

U nB /C E S P E   –  P MR B  

C aderno Q

Cargo 19: Engenheiro Civil

– 6 –

Uma rede coletora de esgotos sanitários tem órgãos acessórios
com funções muito importantes na operação e na manutenção
dessa rede. A respeito desses órgãos acessórios, julgue os itens
que se seguem.

84

Para mudanças de direção horizontal, poços de visita podem
ser substituídos por curvas de raio longo.

85

Sifões invertidos são canalizações rebaixadas utilizadas para
a travessia de canais.

86

Tanques fluxíveis são instalados antes de elevatórias e
garantem o armazenamento de esgoto em situações de
emergência.

Acompanhando as demandas constitucionais brasileiras e uma
imposição da sociedade, o município de Rio Branco produziu seu
plano diretor, configurado na Lei M unicipal n.º 1.611/2006.
Acerca dessa lei, julgue os próximos itens.

87

A abrangência geográfica do plano diretor de Rio Branco
restringe-se às áreas urbanas do município.

88

O direito de preempção, instrumento de indução de
desenvolvimento, poderá ser aplicado para criação de
espaços públicos.

89

O parcelamento do solo, quando feito por loteamento, isenta
o empreendedor de transferência de parte da gleba para o
patrimônio público.

90

O sistema viário, dentro do perímetro urbano, terá
hierarquização das vias de acordo com a função destas.

O levantamento altimétrico, ou simplesmente nivelamento,
entendido como a operação que determina as diferenças de nível
ou distâncias verticais entre pontos, envolve diferentes conceitos
e pode ser executado de diferentes formas. A respeito desse
assunto, julgue os itens que se seguem.

91

O nivelamento barométrico baseia-se na diferença da pressão
com a altitude: a altitude de um ponto da superfície terrestre
é diretamente proporcional à pressão atmosférica no local.

92

No nivelamento trigonométrico, a determinação da altitude
baseia-se na medida de distâncias horizontais e ângulos de
inclinação para a determinação da altitude, ou cota, de um
ponto por relações trigonométricas.

93

A cota de um ponto da superfície terrestre é a distância
vertical desse ponto a uma superfície de referência
horizontal denominada geóide.

A concepção de obras civis contempla projetos diversos como
arquitetônico, estrutural, elétrico e hidráulico. A respeito das
exigências que devem ser observadas em cada um desses
projetos, julgue os seguintes itens.

94

Quaisquer dos itinerários que comuniquem horizontal e
verticalmente todas as dependências e serviços do edifício,
entre si e com o exterior, deverão ser acessíveis às pessoas
portadoras de necessidades especiais.

95

Nas fundações constituídas de blocos, deve-se verificar a
total ausência de esforços de tração, pois esse tipo de
fundação não suporta qualquer esforço de tração.

96

Tratando-se de fundações convencionais, a carga de trabalho
deve ser inferior ou igual à capacidade de suporte do solo.

Na elaboração do projeto do sistema de condicionamento de ar de
um prédio, a escolha do tipo de sistema a ser adotado depende
das características do ambiente. Com relação a sistemas de ar
condicionado, julgue os itens subseqüentes.

97

Os sistemas multizonas são recomendados para locais que
possuem espaços com múltiplas condições de função e
operação, requerendo grande flexibilidade de temperatura e
umidade, como os estúdios de rádio e TV.

98

Os sistemas VAV (volume de ar variável) são recomendados
para ambientes de carga variável que requeiram temperatura
constante, como prédio de escritórios com diferentes
horários de funcionamento.

Um aspecto relevante na construção civil é a especificação
correta das características dos materiais a serem empregados. A
respeito das especificações das areias a serem utilizadas em
concreto armado e argamassas, julgue os itens seguintes.

99

Para concreto armado, deve-se utilizar areia lavada, de grãos
grandes e angulosos, isenta de sais e matéria orgânica.

100

Para o reboco, argamassa usada no revestimento final, deve-
se utilizar areia fina com adição de pequenas quantidades de
argila.

A rede apresentada na figura acima mostra o cronograma físico-
financeiro de uma obra hipotética, construído com a utilização
das técnicas PERT-CPM , na qual a duração (t) está expressa em
meses e o custo, em milhões de reais. Admitiu-se a data de início
t = 0 e a data fixada para o término, t = 20 meses. Com base
nessas informações, julgue os itens a seguir.

101

No primeiro mês, duas atividades estão em execução (com
base na data mais cedo de início), originando um custo total
de 130 milhões de reais.

102

No quinto mês, posição mais avançada do cronograma, o
custo conjunto de todas as atividades em execução (com
base na data mais cedo de início) é de 75 milhões de reais.

103

A atividade (2,3) pode ser iniciada com um atraso de 14
meses sem comprometer a duração total do cronograma.

A execução de obra civil pelo poder público é uma atividade
complexa que envolve não apenas a construção propriamente dita
da obra, mas também atividades de acompanhamento e
fiscalização. Julgue os itens subseqüentes relacionados a esse
assunto.

104

O processo de acompanhamento e controle de uma obra
resume-se a verificar se os prazos reais de execução de cada
etapa e os recursos consumidos em cada uma delas estão em
conformidade com o cronograma físico-financeiro
estabelecido para a obra.

105

As quantidades de materiais que entram na obra são
controladas pelas respectivas notas fiscais quando da entrega
desses materiais no almoxarifado.

J. Wiest e F. Levy. PERT-CPM: Método de Planejamento
e Programação
. Editora Clássica, 1980, p. 140.

cespe-2007-prefeitura-de-rio-branco-ac-engenheiro-civil-prova.pdf-html.html

U nB /C E S P E   –  P MR B  

C aderno Q

Cargo 19: Engenheiro Civil

– 7 –

106

Para emissão de nota fiscal e respectivo pagamento, é

imprescindível a medição dos serviços executados que será

realizada pela fiscalização, na presença do representante da

empresa contratada, e consistirá no levantamento das

quantidades executadas e concluídas de cada serviço.

107

O canteiro de obras deve ser projetado e construído seguindo

as normas específicas vigentes no país, e o seu projeto deve

ser anexado ao projeto da obra principal.

O funcionamento correto das coberturas com superfícies

cimentícias (lajes) está associado, entre outros fatores, ao

processo de impermeabilização. A respeito da impermeabilização

com mantas asfálticas, julgue os itens que se seguem.

108

M esmo que a superfície da cobertura (laje) apresente falhas

de concretagem, ou irregularidades, não há necessidade de

reparo prévio, pois a manta é elástica e se adapta às

irregularidades da superfície.

109

Para garantir a correta aderência da manta na superfície da

cobertura, é necessário queimar o polietileno protetor de alta

densidade e, também, a tinta de imprimação.

110

A manta deverá ser colocada no sentido do caimento da

cobertura, começando da parte mais alta para a parte mais

baixa até cobrir toda a superfície.

A execução de edificações pequenas, em alvenaria estrutural que

empreguem blocos cerâmicos com função estrutural ou blocos

vazados de concreto, exige a observância de determinados

requisitos e critérios. Julgue os itens seguintes a respeito desse

assunto.

111

Nas paredes sem armação, os blocos vazados devem ser

assentados com os vazados na posição horizontal enquanto

nas paredes com armação os blocos devem ser assentados

com os vazados na posição vertical.

112

O assentamento da alvenaria somente poderá ser feito sobre

bases de concreto niveladas e adequadamente resistentes.

113

O assentamento da alvenaria poderá ser feito sob chuva

somente no caso de usar blocos cerâmicos.

A fiscalização e o controle de obras envolve, entre outras

atividades, a realização de vistorias. O laudo é o resultado dessa

vistoria e consiste de parecer emitido por técnico ou perito. A

respeito dos requisitos e exigências que devem ser observados na

elaboração do laudo, julgue os itens que se seguem.

114

O laudo deve conter um resumo indicando os seus objetivos,

um breve histórico dos fatos, acontecimentos, incidentes etc.,

que resultaram na necessidade do parecer.

115

O parecer deve conter, obrigatoriamente, as avaliações

realizadas relatando as observações de detalhes,

experiências, pesquisas, medições e outras operações

realizadas, mencionando os meios, os métodos e critérios

utilizados, com justificativa da escolha e as respectivas

fontes de informações.

É comprovado o benefício da irrigação na agricultura, contudo

especial atenção deve ser dada à escolha do método de irrigação

para garantir o sucesso da operação. Sob essa ótica, julgue os

itens abaixo.

116

Em solos arenosos, com baixo conteúdo de material coesivo,

deve-se dar preferência aos sistemas localizados de irrigação

e não aos sistemas de irrigação por inundação.

117

A irrigação por aspersão torna-se mais eficiente com a

presença de ventos, que ajudam a espalhar a água sobre a

cultura.

118

O sistema de irrigação por pivô central é mais recomendado

para culturas plantadas em fileiras.

A pavimentação urbana tem incorporado, recentemente, a

dimensão ambiental entre seus critérios de concepção e

dimensionamento, de forma que este tipo de obra, além de

facilitar o deslocamento de veículos, contribua também para o

controle dos problemas decorrentes das inundações. A esse

respeito, julgue os itens seguintes.

119

Em estacionamentos destinados a veículos de grande porte

(caminhões, ônibus etc.) é recomendada a adoção de blocos

intertravados em substituição ao pavimento betuminoso

usinado a quente, pois contribuem para a redução do

escoamento superficial.

120

A utilização de pavimento poroso nas ruas das cidades

contribui para o controle do escoamento pluvial, mas

compromete a segurança do trânsito de veículos.