Prova Concurso - Pedagogia - 2008-SEPLAG-DF-PROFESSOR-ATIVIDADES - CESPE - SEPLAG - 2008

Prova - Pedagogia - 2008-SEPLAG-DF-PROFESSOR-ATIVIDADES - CESPE - SEPLAG - 2008

Detalhes

Profissão: Pedagogia
Cargo: 2008-SEPLAG-DF-PROFESSOR-ATIVIDADES
Órgão: SEPLAG
Banca: CESPE
Ano: 2008
Nível: Superior

Downloads dos Arquivos

prova.pdf
gabarito.pdf

Provas relacionadas

PEDAGOGOUFPA2018
PEDAGOGOUNIFESSPA2018
PEDAGOGOEBSERH2018

Gabarito

cespe-2008-seplag-df-professor-atividades-gabarito.pdf-html.html

SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO (SEPLAG/DF)

Data de aplicação: 17/11/2008

51

52

53

54

55

56

57

58

59

60

61

62

63

64

65

66

67

68

69

70

E

C

E

E

E

C

C

C

E

E

C

C

E

E

C

E

E

C

X

E

71

72

73

74

75

76

77

78

79

80

81

82

83

84

85

86

87

88

89

90

C

C

E

E

E

E

C

C

E

C

E

E

C

E

C

C

E

E

E

C

91

92

93

94

95

96

97

98

99

100

101

102

103

104

105

106

107

108

109

110

C

E

X

C

C

E

C

X

E

C

E

C

E

E

C

C

E

E

C

E

111 112

113

114

115

116

117

118

119

120

X

E

E

C

C

E

C

C

E

C

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

GABARITOS OFICIAIS DEFINITIVOS DA PROVA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CARGO 14: PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA/ÁREA 2 – COMPONENTE CURRICULAR: ATIVIDADES

Item

Gabarito

Item

Gabarito

0

#REF!

Item

Gabarito

Item

Gabarito

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Prova

cespe-2008-seplag-df-professor-atividades-prova.pdf-html.html
cespe-2008-seplag-df-professor-atividades-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – SEPLAG/DF

Cargo 14: Professor de Educação Básica/Área 2 – Componente Curricular: Atividades

– 1 –

De acordo com o comando a que cada um dos itens de 51 a 120 se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo
designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado com o código E, caso julgue o item ERRADO.
A ausência de marcação ou a marcação de ambos os campos não serão apenadas, ou seja, não receberão pontuação negativa. Para as
devidas marcações, use a folha de respostas, único documento válido para a correção das suas provas.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Considerando os tipos de liderança e as relações humanas no

trabalho, julgue os itens que se seguem.

51

O tamanho do grupo a ser liderado é determinante para a

escolha do tipo de liderança a ser adotado pelo líder.

52

No estilo autocrático, a obediência dos subordinados é a

atitude mais exigida pelo líder.

53

A iniciativa individual e a criatividade dos liderados são

atitudes essenciais para uma liderança considerada

democrática.

54

Um líder liberal estimula que os liderados tenham atitudes

de cooperação para o sucesso do trabalho.

55

A afetividade é um motivador muito desenvolvido no estilo

liberal e no democrático.

56

A empatia é muito desenvolvida no estilo democrático e

pouco no estilo liberal.

57

A escolha do tipo de liderança deve ter como objetivo

fortalecer ou minimizar as características de determinado

grupo.

Com relação às bases psicológicas da aprendizagem, julgue os

itens de 58 a 64.

58

Comportamentos objetivamente observáveis e

condicionantes operantes são características do

behaviorismo.

59

Ausubel afirma que existem funções que ainda não

amadureceram, porém estão em maturação, e que a

aprendizagem ocorre por meio da mediação de outros

sujeitos.

60

Para Piaget, a aprendizagem deve ser significativa, por

meio de organizadores prévios para o desenvolvimento de

conceitos subsunçores. 

61

A autenticidade é uma característica importante na teoria de

Carl Rogers, sendo que o professor deve exercer o papel de

facilitador do processo de aprendizagem.

62

Para Gardner, tanto a inteligência como a aprendizagem

são diversificadas e a presença mais evidenciada de uma

inteligência não nega a existência de outra.

63

Para Vigotsky, as capacidades humanas não são inatas, mas

sim o resultado da interação do sujeito com o meio, e o

professor deve ser um desequilibrador de estruturas.

64

O gestaltismo prevê três elementos primordiais para a

aprendizagem: aquisição, retenção e transferência, além de

negar o conhecimento cumulativo.

Julgue os itens a seguir de acordo com as teorias tradicionais,

críticas e pós-críticas de currículo.

65

Ensino, planejamento e eficiência são conceitos enfatizados

pela teoria tradicional de currículo.

66

A teoria crítica põe em relevo os conceitos de subjetividade,

multiculturalismo e identidade.

67

Os conceitos de ideologia, emancipação e reprodução

cultural são próprios da teoria pós-crítica.

68

Para Bobbitt, o currículo deveria ser organizado de acordo

com os princípios da administração científica de Taylor.

69

As dimensões de gênero, de sexualidade ou de etnia são

freqüentemente trabalhadas por meio do currículo oculto.

70

Para o pós-estruturalismo, a diferença é uma característica

natural e, portanto, absoluta, e assim deve ser tratada no

currículo.

71

Para alguns teóricos críticos, o importante não é saber se o

conhecimento é verdadeiro, mas as formas pelas quais os

conhecimentos são tidos como legítimos ou ilegítimos.

Com relação à pesquisa participante como instrumento de ensinar

e aprender, julgue os itens de 72 a 78.

72

A pesquisa participante tem como objetivo a análise da

realidade e sua transformação em benefício dos próprios

participantes.

73

Por seu caráter participativo, a extensão e a natureza da

participação de todos são invariáveis.

74

Os métodos tradicionais de coleta de dados não devem ser

utilizados em uma pesquisa dessa natureza.

cespe-2008-seplag-df-professor-atividades-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – SEPLAG/DF

Cargo 14: Professor de Educação Básica/Área 2 – Componente Curricular: Atividades

– 2 –

75

A fase de aplicação do plano de ação resultante da pesquisa

é considerada a última etapa do processo.

76

A redação final do relatório técnico da pesquisa com a

comunicação dos resultados obtidos é uma tarefa pessoal e

individual do intelectual orgânico. 

77

O antidogmatismo e a autenticidade são princípios

metodológicos da pesquisa participante.

78

O equilíbrio da ação e da reflexão é um princípio que

materializa a dimensão emancipatória dessa pesquisa.

A partir da concepção de interdisciplinaridade e da metodologia

de projetos na organização do trabalho pedagógico, julgue os

itens que se seguem.

79

Na metodologia de projetos, as disciplinas curriculares

tornam-se fins da construção do conhecimento.

80

A interdisciplinaridade é uma possibilidade de superação

da fragmentação e da compartimentalização do saber.

81

A centralidade da metodologia de projetos está no ensino

de habilidades e competências.

82

A interdisciplinaridade requer a superação das

especificidades das diferentes áreas de conhecimento.

83

A metodologia de projetos permite o diálogo de diferentes

formas de saber, pois inter-relaciona conceitos e métodos.

84

No trabalho com uma metodologia de projetos, a autoridade

do professor é outorgada pela instância superior.

85

O diálogo do senso comum com o conhecimento científico

é uma das características da metodologia de projetos.

Julgue os itens de 86 a 91 de acordo com as concepções

pedagógicas.

86

A escola que adota uma orientação humanística clássica e

trata os conteúdos como verdades absolutas repassadas de

uma geração a outra está assentada nos pressupostos da

concepção liberal tradicional.

87

A concepção liberal renovada não-diretiva tem em Maria

Montessori uma de suas principais representantes e baseia-se

no trabalho de estimulação da resolução de problemas.

88

A Lei n.º 5.692/1971 teve como sustentação os princípios da

concepção liberal renovada progressivista em sua vertente de

formação profissionalizante.

89

Os processos autogestionários e a vivência grupal para a

construção do conhecimento são traços marcantes da

concepção progressista libertadora.

90

Freinet desenvolveu um trabalho significativo em relação à

concretização da concepção progressista libertária.

91

O confronto entre a experiência do aluno e os saberes

historicamente sistematizados caracteriza a concepção

investigada especialmente por Dermeval Saviani.

Acerca da Constituição Federal (CF) e da Lei de Diretrizes e

Bases da Educação Nacional (LDB), julgue os itens

subseqüentes.

92

A CF prevê como princípio a gestão democrática do ensino

público e privado, na forma da lei.

93

A União e o Distrito Federal devem aplicar, anualmente,

nunca menos de 18% da receita resultante de impostos,

compreendida a proveniente de transferências, na

manutenção e no desenvolvimento do ensino.

94

Participar da elaboração da proposta pedagógica da escola

é uma das incumbências dos docentes previstas na LDB.

95

Caso não tenha documento comprobatório, o aluno pode ter

sua matrícula efetuada em determinada etapa mediante

avaliação feita pela escola e conforme regulamentação do

respectivo sistema de ensino.

96

A avaliação na educação infantil só tem objetivo de

promoção no acesso ao ensino fundamental.

97

O ensino fundamental tem a duração de nove anos, com

início a partir dos seis anos de idade.

cespe-2008-seplag-df-professor-atividades-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – SEPLAG/DF

Cargo 14: Professor de Educação Básica/Área 2 – Componente Curricular: Atividades

– 3 –

De acordo com a perspectiva sociológica da educação, segundo

Gramsci,

98

a escola é considerada um aparelho ideológico do Estado,

pois reproduz as relações de exploração da sociedade.

99

o processo educativo ocorre pela transmissão de valores e

saberes da geração mais velha para aquelas mais jovens.

100

a função da escola está relacionada à busca de transformação

da sociedade que é desigual.

101

a escola deve contribuir com o aumento da produtividade,

por meio da adaptação dos indivíduos.

102

a conquista da hegemonia na sociedade por meio da

formação do intelectual orgânico é a função da escola.

103

a experimentação é o método mais eficaz para a realização

da função social de uma instituição educativa.

Julgue os itens a seguir, relativos ao processo de planejamento

educacional.

104

A missão de uma instituição é estabelecida no nível

operacional do planejamento. 

105

Uma liderança liberal tem como atitude principal a iniciativa

dos indivíduos e uma liderança autocrática, a obediência. 

106

A teoria positivista e o taylorismo são os pressupostos da

abordagem tradicional de planejamento.

107

A centralidade na questão orçamentária e a avaliação com

ênfase nos produtos são características de uma abordagem

emancipadora de planejamento.

108

Para o sucesso do planejamento de caráter participativo, os

grupos devem ser formados homogeneamente, sem a

participação de muitas pessoas.

109

O planejamento participativo requer um elemento de

coordenação, mesmo tendo um caráter essencialmente

democrático.

A respeito da gestão em educação e do projeto político-

pedagógico (PPP), julgue os itens subseqüentes.

110

Na gestão democrática, os espaços são coletivos, as relações,

verticais e as decisões, descentralizadas.

111

O diretor da escola tem como função primordial ser

representante do governo junto à comunidade em uma

perspectiva de gestão tradicional.

112

A perspectiva emancipadora do PPP requer ações

intencionais e objetivos implícitos, além da participação de

todos os segmentos da escola.

113

A dimensão política tem prevalência sobre a técnica em um

projeto pedagógico.

114

A ênfase na avaliação externa e em processos burocráticos

são características do PPP na perspectiva estratégico-

empresarial.

115

A unicidade entre a teoria e a prática é um componente

essencial da perspectiva emancipadora do PPP.

Considerando a concepção, os princípios e as diretrizes contidos

nos Parâmetros Curriculares Nacionais, julgue os itens a seguir.

116

A lógica da organização do trabalho pedagógico é a seriada,

por meio de áreas de conhecimento.

117

Existe previsão de adaptações curriculares para atendimento

das peculiaridades regionais e locais.

118

Os temas transversais não devem ser constituídos como

espaços específicos, mas sim como ferramentas que visam

propiciar a integração das áreas de conhecimento.

119

Meio ambiente, orientação sexual e arte são considerados

temas transversais.

120

Na perspectiva de organização pedagógica, os conteúdos

deixam de ser fins e passam a ser meios para a construção do

conhecimento.