Prova Concurso - Administração - 2008-TERMOACU-ADMINISTRADOR-JUNIOR - CESGRANRIO - TERMOACU - 2008

Prova - Administração - 2008-TERMOACU-ADMINISTRADOR-JUNIOR - CESGRANRIO - TERMOACU - 2008

Detalhes

Profissão: Administração
Cargo: 2008-TERMOACU-ADMINISTRADOR-JUNIOR
Órgão: TERMOACU
Banca: CESGRANRIO
Ano: 2008
Nível: Superior

Downloads dos Arquivos

prova.pdf
gabarito.pdf

Provas relacionadas

AGENTE-ADMINISTRATIVO-PREVIDENCIARIOCONCURSOS2018
ASSISTENTE-DE-ADMINISTRACAOFUNPAPA2018
AUXILIAR-DE-ADMINISTRACAOFUNPAPA2018

Gabarito

cesgranrio-2008-termoacu-administrador-junior-gabarito.pdf-html.html

                            

 

 

 
 

GABARITOS DO DIA 27/01/08 - NÍVEL MÉDIO 

 

Língua Portuguesa I 

Língua Inglesa I 

Matemática 

1- C 

11- D 

16- C 

2- B 

12- A 

17- D 

3- E 

13- B 

18- E 

4- B 

14- C 

19- D 

5- E 

15- D 

20- B 

6- A 

 

 

7- A 

 

 

8- E 

 

 

9- D 

 

 

                                10- C 

 

 

 

 

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 

Eletricista  

Especializado 

Mecânico  

Especializado 

Operador  I 

Supridor I 

Técnico de  

Inspeção de 

Equipamentos 

 Instalações I 

Técnico  

de 

Instrumentação 

Técnico  

de 

Química 

Técnico 

de 

Segurança 

21 E 21 A 21 

E 21 C 21 D 21 D 21 B 21 

22 E 22 E 22 

E 22 D 22 A 22 D 22 E 22 

23 C  23 A  23 D 23 E  23 C  23 B  23 C  23 A 

24 C 24 B 24 

A 24 A  24 B 24 D 24 D 24 A 

25 A  25 C  25 C 25 B  25 A  25 D  25 A  25 E 

26 B  26 A  26 B 26 D  26 D  26 E  26 B  26 C 

27 A 27 A 27 

D 27 A  27 B 27 A 27 A 27 B 

28 C 28 B 28 

B 28 D  28 C 28 C 28 B 28 D 

29 C  29 A  29 C 29 A  29 E  29 E  29 E  29 D 

30 D 30 C 30 

A 30 C  30 E 30 E 30 C 30 A 

31 A  31 C  31 C 31 D  31 E  31 D  31 E  31 E 

32 C 32 C 32 

B 32 C  32 B 32 A 32 D 32 C 

33 B 33 D 33 

D 33 D  33 A 33 B 33 C 33 D 

34 B  34 A  34 C 34 E  34 B  34 A  34 C  34 B 

35 E 35 B 35 

E 35 A 35 D 35 D 35 D 35 

36 A  36 D  36 E 36 B  36 B  36 B  36 A  36 D 

37 B  37 E  37 A 37 C  37 E  37 E  37 D  37 A 

38 C 38 B 38 

A 38 D  38 C 38 C 38 E 38 C 

39 D 39 C 39 

D 39 E  39 B 39 A 39 D 39 E 

40 D  40 E  40 C 40 D  40 A  40 E  40 E  40 A 

41 B 41 B 41 

D 41 A  41 A 41 A 41 A 41 C 

42 E 42 E 42 

D 42 B 42 D 42 D 42 A 42 

43 B 43 D 43 

A 43 E  43 A 43 C 43 C 43 E 

44 B 44 B 44 

B 44 A  44 A 44 D 44 C 44 B 

45 E 45 C 45 

E 45 C 45 E 45 A 45 A 45 

46 D 46 D 46 

B 46 E  46 E 46 A 46 B 46 D 

47 C  47 E  47 E 47 D  47 C  47 B  47 E  47 A 

48 D  48 A  48 B 48 C  48 D  48 E  48 A  48 D 

49 A  49 E  49 C 49 B  49 E  49 B  49 B  49 B 

50 D 50 D 50 

A 50 A  50 B 50 A 50 B 50 A 

 

cesgranrio-2008-termoacu-administrador-junior-gabarito.pdf-html.html

                          

 

                         
                           

                          GABARITOS DO DIA 27/01/08 - Nível Superior 

 

Língua Portuguesa II 

Língua Inglesa II 

1- B 

11- C 

2- A 

12- A 

3- D 

13- E 

4- E 

14- C 

5- A 

15- B 

6- D 

16- C 

7- C 

17- D 

8- D 

18- E 

9- B 

19- B 

                       10- D 

20- D 

 

 

                           CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 

 

Administrador 

Júnior 

 

Analista de  

Sistemas Júnior 

Contador Júnior 

Enfermeiro 

Júnior 

Engenheiro de 
Equipamentos 

Júnior (Elétrica) 

Engenheiro de 
Equipamentos 

Júnior (Eletrônica) 

Engenheiro de 
Equipamentos 

Júnior(Mecânica) 

Engenheiro de 

Meio Ambiente 

júnior 

Engenheiro de 

Processamento 

Júnior 

 

Engenheiro de 

Segurança 

Júnior 

21 D 21 B 21 B 21 

D 21 

D  21 C  21 

C  21 

D 21 E 21 C 

22 A 22 D 22 B 22 

C 22 

C  22 B  22 

D  22 

E 22 C 22 A 

23 E 23 A 23 A 23 

D 23 

B  23 D  23 

E  23 

C 23 E 23 C 

24 D  24 E  24 A  24 C 24 E  24 B  24 A  24 A  24 A  24  D 
25 C 25 A 25 A 25 

E 25 

A  25 D  25 

C  25 

E 25 C 25 D 

26 B  26 E  26 C  26 E 26 B  26 D  26 D  26 B  26 E  26  A 
27 E  27 C  27 E  27 E 27 A  27 A  27 B  27 D  27 B 27  A 
28 A 28 A 28 D 28 

B 28 A  28 C  28 

E  28 

E 28 A 28 A 

29 E 29 D 29 D 29 

A 29 

C  29 A  29 

B  29 

D 29 C 29 B 

30 E 30 D 30 A 30 

B 30 

A  30 B  30 

B  30 

A 30 D 30 B 

31 B 31 D 31 C 31 

B 31 

B  31 A  31 

C  31 

D 31 A 31 E 

32 D 32 B 32 D 32 

B 32 

D  32 E  32 

C  32 

E 32 A 32 E 

33 D  33 E  33 D  33 A 33 E  33 E  33 D  33 A  33 D 33  D 
34 A 34 D 34 E 34 

C 34 B  34 A  34 

B  34 

C 34 C 34 E 

35 A 35 B 35 A 35 

E 35 B  35 C  35 

A  35 

B 35 D 35 A 

36 B  36 B  36 A  36 B 36 C  36 C  36 A  36 B  36 B 36  B 
37 C 37 E 37 E 37 

A 37 

C 37 A  37 

A  37 

E 37 C 37 E 

38 A 38 C 38 E 38 

D 38 C  38 D  38 

B  38 

C 38 B 38 B 

39 C 39 C 39 C 39 

A 39 

C  39 E  39 

E  39 

C 39 E 39 A 

40 A 40 C 40 D 40 

C 40 

D  40 E  40 

C  40 

D 40 D 40 E 

41 C  41 A  41 C  41 A 41 C  41 E  41 E  41 C  41 D 41  C 
42 E 42 C 42 A 42 

D 42 

E  42 D  42 

B  42 

C 42 B 42 A 

43 D  43 E  43 D  43 C 43 E  43 D  43 C  43 B  43 D 43  C 
44 B  44 E  44 C  44 D 44 E  44 B  44 B  44 B  44 B 44  C 
45 E 45 D 45 B 45 

B 45 

C  45 C  45 

C  45 

A 45 E 45 D 

46 D 46 C 46 C 46 

C 46 

A  46 C  46 

D  46 

A 46 D 46 D 

47 A 47 A 47 D 47 

D 47 D  47 B  47 

A  47 

E 47 A 47 C 

48 E 48 E 48 E 48 

E 48 

E  48 A  48 

E  48 

B 48 B 48 E 

49 D  49 A  49 B  49 A 49 A  49 B  49 E  49 C  49 A 49  C 
50 B 50 C 50 B 50 

C 50 

D  50 B  50 

A  50 

D 50 C 50 D 

51 B  51 D  51 E  51 E 51 D  51 B  51 A  51 A  51 C 51  A 
52 B 52 B 52 B 52 

E 52 

D  52 C  52 

C  52 

D 52 B 52 E 

53 E 53 B 53 C 53 

C 53 

E  53 B  53 

E  53 

B 53 E 53 D 

54 D 54 C 54 D 54 

A 54 

C  54 A  54 

A  54 

E 54 E 54 B 

55 B 55 B 55 B 55 

C 55 

C  55 B  55 

C  55 

A 55 E 55 B 

56 B  56 A  56 B  56 B 56 E  56 C  56 D  56 A  56 A  56  E 
57 A 57 A 57 C 57 

E 57 A  57 E  57 

D  57 

C 57 E 57 C 

58 A 58 D 58 B 58 

B 58 

A  58 D  58 

A  58 

C 58 A 58 B 

59 D 59 D 59 B 59 

E 59 

D  59 B  59 

B  59 

E 59 E 59 E 

60 D  60 E  60 D  60 A 60 C  60 D  60 C  60 D  60 C 60  A 

 

Prova

cesgranrio-2008-termoacu-administrador-junior-prova.pdf-html.html

LÍNGUA PORTUGUESA II

LÍNGUA INGLESA II

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

1 a 5

6 a 10

1,5
2,5

11 a 15
16 a 20

1,5
2,5

21 a 40
41 a 60

1,0
2,0

09

ADMINISTRADOR JÚNIOR

ADMINISTRADOR JÚNIOR

ADMINISTRADOR JÚNIOR

ADMINISTRADOR JÚNIOR

ADMINISTRADOR JÚNIOR

JANEIRO / 2008

01    -

Você recebeu do fiscal o seguinte material:

a) este caderno, com as 60 questões das Provas Objetivas, sem repetição ou falha, assim distribuídas:

b) CARTÃO-RESPOSTA destinado às respostas às questões objetivas formuladas nas provas.

02    -

Verifique se esse material está em ordem e se o seu nome e número de inscrição conferem com os que aparecem no
CARTÃO. Caso contrário, notifique IMEDIATAMENTE o fiscal.

03    -

Após a conferência, o candidato deverá assinar no espaço próprio do CARTÃO, preferivelmente a caneta
esferográfica de tinta na cor preta.

04    -

No CARTÃO-RESPOSTA, a marcação das letras correspondentes às respostas certas deve ser feita cobrindo a letra
e preenchendo todo o espaço compreendido pelos círculos, a caneta esferográfica de tinta na cor preta, de forma
contínua e densa. A LEITORA ÓTICA é sensível a marcas escuras; portanto, preencha os campos de marcação
completamente, sem deixar claros.

Exemplo:    

A

C

D

E

05    -

Tenha muito cuidado com o CARTÃO, para não o  DOBRAR,  AMASSAR  ou  MANCHAR.
CARTÃO SOMENTE poderá ser substituído caso esteja danificado em suas margens superior ou inferior - BARRA DE
RECONHECIMENTO PARA LEITURA ÓTICA.

06    -

Para cada uma das questões objetivas são apresentadas 5 alternativas classificadas com as letras (A),
(B), (C), (D) e (E); só uma responde adequadamente ao quesito proposto. Você só deve assinalar UMA
RESPOSTA
: a marcação em mais de uma alternativa anula a questão, MESMO QUE UMA DAS RESPOSTAS ESTEJA
CORRETA.

07    -

As questões objetivas são identificadas pelo número que se situa acima de seu enunciado.

08    -

SERÁ ELIMINADO do Concurso Público o candidato que:
a) se utilizar, durante a realização das provas, de máquinas e/ou relógios de calcular, bem como de rádios gravadores,

headphones, telefones celulares ou fontes de consulta de qualquer espécie;

b) se ausentar da sala em que se realizam as provas levando consigo o Caderno de Questões e/ou o CARTÃO-

RESPOSTA.

Obs.: Por medida de segurança, o candidato só poderá retirar-se da sala após 1(uma) hora contada a partir do início
das provas e NÃO poderá levar o Caderno de Questões, a qualquer momento.

09    -

Reserve os 30 (trinta) minutos finais para marcar seu CARTÃO-RESPOSTA. Os rascunhos e as marcações assinaladas

no Caderno de Questões NÃO SERÃO LEVADOS EM CONTA.

10    -

Quando terminar, entregue ao fiscal  O CADERNO DE QUESTÕES E O CARTÃO-RESPOSTA E ASSINE A LISTA DE
PRESENÇA.

11        -

O TEMPO DISPONÍVEL PARA ESTAS PROVAS DE QUESTÕES OBJETIVAS É DE 3 (TRÊS) HORAS E 30 (TRINTA)
MINUTOS.

12    -

As questões e os gabaritos das Provas Objetivas serão divulgados, no dia útil seguinte à realização das provas, na

página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br).

LEIA  ATENTAMENTE  AS  INSTRUÇÕES  ABAIXO.

cesgranrio-2008-termoacu-administrador-junior-prova.pdf-html.html

ADMINISTRADOR JÚNIOR

2

LÍNGUA PORTUGUESA II

10

5

15

20

25

30

Os pescadores de camarão, nas noites de escuro,
iluminavam a lagoa com suas tochas e candeeiros e
na água mansa deitavam as redes, furavam a terra com
varas, faziam rumor, e no silêncio e na paz da noite escura
pareciam uma multidão de guerreiros. Às vezes conver-
savam, cantavam e o sacudir das redes na lagoa ecoava
surdamente até longe. A noite inteira na pescaria monó-
tona, sem os grandes rasgos do alto-mar, a luta com os
peixes grandes e as ondas bravias. Ali era no manso.
Quando a lagoa se encrespava e o vento cortava forte,
deixavam o trabalho para a outra noite. Nos tempos de
frio agüentavam quase despidos a crueldade do sudoeste.
Mas ficavam até o clarear do dia, no duro, manobrando
as redes, sofrendo horrores. Só queriam a lagoa quieta,
sem água revolta. Os pescadores de largo curso olhavam
para eles com certo desprezo. Aquilo era serviço de
mulher. Aonde a coragem de se meter no mar alto, de se
deixar cercar pelos tubarões, de lutar braço a braço com
os peixes gigantes, os meros de dentes afiados, os
cações de três braças e vencer, e sangrar os bichos,
retalhar as carnes e trazer os troféus sangrentos,
marcas de dentadas, cortes fundos dos combates.
Pescar camarão de lamparina acesa, ficar ali horas como
se estivessem em velório de defunto, bebendo cachaça
no descanso, para matar o frio, dormir até em cima das
canoas, tudo aquilo era mesmo para gente mofina, sem
disposição ao perigo. E, no entanto, os pescadores de
camarão sabiam que não era fácil assim o seu trabalho,
que as dificuldades do seu ofício não eram tão maneiras.
O vento da noite cortava-lhes o lombo, atravessava-lhes a
carne até os ossos. O céu estrelado, a escuridão da
noite, os terrores das histórias de almas penadas,
as dores, tudo ficava com eles, no silêncio prolongado.
Às vezes cantavam. Cantavam tristes, vozes conduzidas
pelo pavor da escuridão, vozes que se elevavam de dentro
dos seus corações, como se estivessem chamando
gente em socorro. Não era um cantar de trabalho festivo,
era mais um lamento. As barcaças que desciam para o
porto passavam a horas mortas por eles, e, um grito de
boa noite, um dito de camaradagem, era como se todo
o mundo se aproximasse para aconchegá-los. Caras
tristes, corpos marcados de fome e insônia, curtidos pela
cachaça. De manhã, chegavam ao mercado do peixe para
negociar a presa da noite. E conversavam, falavam ainda,
discutiam os preços com o cesto carregado da mercadoria
que lhes custara a noite inteira, o sono e o medo das
horas de solidão. Viam-se cercados pelos fregueses.
Vinham cozinheiras, homens de importância da terra,
para conversar, regatear. Respondiam às perguntas,
recusavam ofertas, não cediam no preço. Pareciam
quietos, de noite bem dormida, mas a cara amarela,
os lábios roxos, o olhar vivo, diriam do esforço, da resis-
tência contra o frio e o sono.

LINS DO REGO, José. Água-Mãe. Ficção Completa. Vol. II.

Rio de Janeiro: Nova Aguilar, S.A. 1976.

35

40

45

50

1

A frase “Aquilo era serviço de mulher.” (

l

. 16-17), a respeito

do trabalho dos pescadores da lagoa, se configura como
manifestação
(A) de disfarçada solidariedade.
(B) claramente depreciativa.
(C) simplesmente realista.
(D) de falsa comiseração.
(E) de forte indignação.

2

“Pescar camarão de lamparina acesa, [...] era mesmo para
gente mofina,” (

l

. 23-26)

A esse respeito, os pescadores de longo curso considera-
vam que a pesca de camarão na lagoa NÃO exigia
(A) resistência ao frio.
(B) audácia e destemor.
(C) luta com peixes gigantes.
(D) trabalho em águas revoltas.
(E) exposição a situações de risco.

3

A realidade dos pescadores de camarão se contrapunha à
opinião dos pescadores de alto-mar. A passagem em que
se estabelece essa oposição é
(A) “Às vezes [...] longe.” (

l

. 5-7)

(B) “Quando [...] noite.” (

l

. 10-11)

(C) “Aonde [...] combates.” (

l

. 17-22)

(D) “E, no entanto, [...] prolongado.” (

l

. 27-33)

(E) “De manhã, [...] a presa da noite.” (

l

. 43-44)

4

“recusavam ofertas, não cediam no preço.” (

l

. 50)

Isto ocorria porque
(A) a demanda era grande e o produto escasso.
(B) a prática de regatear preço era comum na negociação.
(C) a discussão de preço sempre favorecia a aproximação

com os homens importantes da terra.

(D) o trabalho cansativo os predispunha contra qualquer tipo

de conversa.

(E) os pescadores haviam agregado o sofrimento do duro

trabalho noturno ao preço.

5

“vozes que se elevavam de dentro dos seus corações, como
se estivessem chamando gente em socorro.” (

l

. 35-37)

Pode-se inferir que o lamento que irrompia do coração dos
pescadores encontrava eco
(A) num grito de boa noite ou num dito de camaradagem

lançado à distância.

(B) no silêncio e solidão das noites de trabalho.
(C) nos freqüentadores do mercado de peixe.
(D) nas histórias que ouviam contar.
(E) nas tristes cantigas de trabalho.

cesgranrio-2008-termoacu-administrador-junior-prova.pdf-html.html

ADMINISTRADOR JÚNIOR

3

6

Considere as afirmações a seguir sobre o emprego dos pro-
nomes nas frases.

I – “O vento da noite cortava-lhes o lombo,” (

l

. 30) –

Pronome pessoal com sentido possessivo.

II – “Os pescadores de largo curso olhavam para eles

com certo desprezo.” (

l

. 15-16) – Pronome indefinido

atenuando o sentido do substantivo desprezo.

III – “era como se todo o mundo se aproximasse para

aconchegá-los.” (

l

. 40-41) – Pronome indefinido todo

equivalendo a qualquer.

É(São) verdadeira(s), APENAS, a(s) afirmação(ões)
(A) I
(B) II
(C) III
(D) I e II
(E) II e III

7

Analise as frases.

– Desejavam saber o preço __________ venderiam o

camarão.

– Com cenário iluminado, a pesca na lagoa foi a mais

bonita __________ assistiu.

– O barco __________ estavam os que se dirigiam ao

porto passava distante dos pescadores.

Tendo em vista a regência verbal, as frases acima se
completam com
(A) de que / em que / com que
(B) de que / em que / do qual
(C) pelo qual / a que / em que
(D) pelo qual / que / de que
(E) com o qual / com que / em que

8

A classificação que NÃO corresponde à palavra em
destaque é
(A) “...até o clarear do dia,” (

l

. 13) – substantivo

(B) “...era serviço de mulher.” (

l

. 16-17) – locução adjetiva

(C) “...sabiam que não era fácil assim o seu trabalho,” (

l

. 28)

– conjunção

(D) “de noite bem dormida,” (

l

. 51) – adjetivo

(E) “diriam do esforço, da resistência contra o frio e o sono.”

(

l

. 52-53) – preposição

9

A cidade ___________ morta, o frio e a fome ___________
inclementes deixavam os pescadores mais ______ .

De acordo com a norma culta da língua, as palavras que
completam a frase são
(A) meio – bastante – só
(B) meio – bastante – sós
(C) meio – bastantes – sós
(D) meia – bastante – só
(E) meia – bastantes – sós

10

O termo da oração em destaque está identificado de acordo
com a sintaxe em
(A) “Cantavam tristes,” (

l

. 34) – adjunto adverbial de modo

(B) “De manhã, chegavam ao mercado do peixe...” (

l

. 43) –

adjunto adverbial de lugar

(C) “Viam-se cercados pelos fregueses.” (

l

. 47) – objeto

indireto

(D) “Vinham cozinheirashomens de importância da

terra,” (

l

. 48) – núcleos do sujeito composto

(E) “Pareciam quietos, de noite bem dormida,” (

l

. 50-51) –

objeto direto

)

CONTINUA

cesgranrio-2008-termoacu-administrador-junior-prova.pdf-html.html

ADMINISTRADOR JÚNIOR

4

LÍNGUA INGLESA II

Alarming UN report on climate change too rosy, many say

By Elisabeth Rosenthal and James Kanter

International Herald Tribune, November 18, 2007

10

5

15

20

25

30

35

40

VALENCIA, Spain: The blunt and alarming final report of
the United Nations Intergovernmental Panel on Climate
Change (IPPC), released here by UN Secretary General
Ban Ki Moon, may well underplay the problem of climate
change, many experts and even the report’s authors admit.

The report describes the evidence for human-induced
climate change as “unequivocal.” The rise in greenhouse
gases in the atmosphere thus far will result in an average
rise in sea levels of up to 4.6 feet, or 1.4 meters, it
concluded.

“Slowing - and reversing - these threats is the defining
challenge of our age,” Ban said upon the report’s release
Saturday. Ban said he had just completed a whirlwind
tour of some climate change hot spots, which he called
as “frightening as a science-fiction movie.”

He described ice sheets breaking up in Antarctica, the
destruction of the Amazon rainforest in Brazil, and children
in Chile having to wear protective clothing because an
ozone hole was letting in so much ultraviolet radiation.

The panel’s fourth and final report summarized and
integrated the most significant findings of three sections
of the panel’s exhaustive climate-science review, to create
an official “pocket guide” to climate change for policy
makers who must now decide how the world will respond.
The first covered climate trends; the second, the world’s
ability to adapt to a warming planet; the third, strategies
for reducing carbon emissions.

“The sense of urgency when you put these pieces together
is new and striking,” said Martin Parry, a British climate
expert who was co-chairman of the delegation that wrote
the second report.

This report’s summary was the first to acknowledge that
the melting of the Greenland ice sheet could result in a
substantive sea level rise over centuries rather than
millennia. “Many of my colleagues would consider that
kind of melt a catastrophe” so rapid that mankind would
not be able to adapt, said Michael Oppenheimer, a climate
scientist at Princeton University who contributed to the
IPCC.

Delegations from hundreds of nations will be meeting in
Bali, Indonesia in two weeks to start hammering out a
global climate agreement to succeed the Kyoto Protocol,
the current climate change treaty.

50

“It’s extremely clear and is very explicit that the cost of
inaction will be huge compared to the cost of action,” said
Jeffrey Sachs, head of Columbia University’s Earth
Institute. “We can’t afford to wait for some perfect accord
to replace Kyoto, whose first phase expires in 2012, for
some grand agreement. We can’t afford to spend years
bickering about it. We need to start acting now.”

He said that delegates in Bali should take action
immediately by public financing for demonstration projects
on new technologies like “carbon capture,” a “promising
but not proved” system that pumps emissions underground
instead of releasing them into the sky. He said the energy
ministers should start a global fund to help poor countries
avoid deforestation, which causes emissions to increase
because growing plants absorb carbon in the atmosphere.

Although the scientific data is not new, this was the first
time it had been looked at together in its entirety, leading
the scientists to new emphasis and more sweeping
conclusions.

“And the new science is saying: ‘You thought it was bad?
No it’s worse.’ ”

The IPCC chairman, Rajendra Pachauri, an engineer and
economist from India, acknowledged the new trajectory.
“If there’s no action before 2012, that’s too late,” Pachauri
said. “What we do in the next two to three years will
determine our future.”

http://www.iht.com/articles/2007/11/18/europe/climate.php

45

55

60

65

11

The main purpose of the text is to
(A) remind the world that the first phase of the Kyoto Treaty

ends in 2012.

(B) warn against the destruction of the Amazon forest and

the breaking up of ice sheets in Antartica.

(C) alert about the sense of urgency to take action on

problems brought about by climate change.

(D) criticize the release of the report by United Nations

Intergovernmental Panel on Climate Change.

(E) suggest that delegates in Bali should vote for public funds

that will help research on new technologies such as carbon
capture.

12

The fragment “… the melting of the Greenland ice sheet could
result in a substantive sea level rise over centuries rather
than millennia.” (lines 33-35) means that
(A) abrupt changes in the Earth environment might happen

sooner than expected.

(B) the rise of sea levels will definitely only take place a

thousand years from now.

(C) ice sheets will endure the sudden climate change caused

by harmful greenhouse gases.

(D) it is impossible to predict whether the melting of polar ice

sheets will actually take place.

(E) the melting of polar ice sheets is a much welcome

phenomenon that has been caused by sudden climate
change.

cesgranrio-2008-termoacu-administrador-junior-prova.pdf-html.html

ADMINISTRADOR JÚNIOR

5

13

According to Jeffrey Sachs, head of Columbia University’s
Earth Institute,
(A) it is better to be accused of inaction than to act wrongly.
(B) energy officers should finance deforestation projects in

poor countries.

(C) no public financing should be given to projects on new

technologies like ‘carbon capture’.

(D) we must now only work towards a perfect agreement to

substitute the Kyoto treaty in 2012.

(E) it is essential to act immediately on the threats to life in

our planet as we cannot wait any further.

14

Where in the article does the author present alarming
evidences of human impact on climate change?
(A) Paragraph 3, only (lines 11-15)
(B) Paragraph 5, only (lines  20-27)
(C) Paragraphs 2 and 4 (lines 6-10 ; 16-19)
(D) Paragraphs 4 and 5 (lines 16-27)
(E) Paragraphs 8 and 9 (lines 40-50)

15

Which alternative contains a correct correspondence of
meaning?
(A) “underplay” (line 4) is the opposite of  “minimize”.
(B) “unequivocal” (line  7) means the same as “clear”.
(C) “trends” (line  25) and “tendencies” are not synonyms.
(D) “acknowledge” (line  32) means “acquire”.
(E) “substantive” (line  34) and “significant” are  antonyms.

16

The boldfaced item introduces a result in
(A) “…children in Chile having to wear protective clothing

because an ozone hole was letting in so much ultraviolet
radiation.” (lines  17-19)

(B) “…the melting of the Greenland ice sheet could result in

a substantive sea level rise over centuries rather than
millennia.” (lines  33-35).

(C) “Many of my colleagues would consider that kind of melt

a catastrophe” so rapid that mankind would not be able
to adapt” (lines  35-37).

(D) “…system that pumps emissions underground instead

of releasing them into the sky.” (lines 54-55).

(E) “Although the scientific data is not new, this was the

first time it had been looked at together in its entirety,”
(lines 59-60).

17

In terms of reference, it is correct to affirm that
(A) “It” (line  9) refers to “rise” (line  7).
(B) “Which” (line  14) refers to “threats” (line  11).
(C) “Whose” (line  48) refers to “Jeffrey Sachs” (line  46).
(D) “Them” (line  55) refers to “emissions” (line  54).
(E) “Its” (line  60) refers to “time” (line  60).

18

In “… delegates in Bali should take action immediately by
public financing for demonstration projects on new
technologies…”  
(lines 51-53),  the verb that can replace
should without changing the meaning of the sentence is
(A) will
(B) may
(C) might
(D) would
(E) ought to

19

Which statement does NOT represent the opinion expressed
by one of the experts mentioned?
(A) According to Secretary General Ban Kin Moon, the

major challenge of our times is to reduce and combat
the threats of climate change.

(B) Secretary General Ban Kin Moon believes that the

problems caused by climate change are as exciting and
fun as watching a science-fiction movie’.

(C) Martin Parry’s opinion is that finding solutions for the

problems of climate change is a pressing fact that must
be considered immediately.

(D) Michael Oppenheimer considers that the melting of the

Greenland ice sheet can result in a disastrous problem
which will be difficult to adjust to.

(E) Rajendra Pachauri insists that humanity cannot wait for

the 2012 agreement to decide what to do, and must act
now, in the next couple of years.

20

The text as a whole is both
(A) argumentative and optimistic.
(B) subjective and informative.
(C) comforting and creative.
(D) persuasive and alarming.
(E) hopeful and enthusiastic.

)

CONTINUA

cesgranrio-2008-termoacu-administrador-junior-prova.pdf-html.html

ADMINISTRADOR JÚNIOR

6

Faixa salarial

(em salários mínimos)

Freqüência

relativa

0 a 2

25%

2 a 4

40%

4 a 6

20%

6 a 10

15%

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

21

Em determinada cidade, 80 pessoas foram entrevistadas
sobre o meio de transporte utilizado para ir ao trabalho.
Quarenta e duas responderam ônibus, 28 responderam
carro e 30 responderam metrô. Doze utilizam ônibus e
carro, 14, carro e metrô e 18, ônibus e metrô. Cinco utilizam
ônibus, carro e metrô. Dentre as pessoas que responderam
que utilizam pelo menos um desses três meios de transporte,
a probabilidade de que uma pessoa selecionada ao acaso
utilize somente um desses veículos é
(A) 27/56
(B) 56/61
(C) 56/80
(D) 27/61
(E) 27/80

22

Em certa turma, 40% dos homens e 20% das mulheres
falam inglês fluentemente. 80% das pessoas são homens.
A probabilidade de um aluno fluente na língua inglesa,
selecionado ao acaso, ser homem é
(A) 8/9
(B) 1/2
(C) 2/5
(D) 8/25
(E) 4/25

23

O Departamento de Recursos Humanos de uma empresa
realizou um levantamento dos salários dos 120 funcionários
do setor administrativo e obteve o seguinte resultado:

Não existem observações coincidentes com os extremos
das classes.

A média, a mediana e o desvio padrão dos salários, em salá-
rios mínimos, são, aproximadamente,

Média

Mediana

Desvio padrão

(A)

3,65

3,00

1,50

(B)

4,25

3,00

1,50

(C)

4,25

3,25

2,26

(D)

3,65

3,00

2,26

(E)

3,65

3,25

2,26

24

A tabela a seguir apresenta a distribuição dos 50 milhões de

domicílios particulares por recebimento de dinheiro de programa

social do governo federal, segundo as classes de rendimento

mensal domiciliar per capita, em salários mínimos.

Um domicílio é selecionado aleatoriamente. Sabendo-se que

esse domicílio recebe dinheiro de pelo menos um programa

social do governo, a probabilidade de sua renda familiar ser

inferior a 

¼

 do salário mínimo é, aproximadamente,

(A)   0,04%

(B)   4,00%

(C) 15,90%

(D) 25,16%

(E) 50,63%

Domicílios particulares, por recebimento de dinheiro de programa

social do governo no mês de referência e classes de rendimento

mensal domiciliar

per capita (salários mínimos)

Classe de

rendimento mensal

domiciliar

per

capita

Não

receberam

dinheiro de

programa

social do

governo no

mês de

referência

Receberam

dinheiro de

programa

social do

governo no

mês de

referência

– somente

de um

programa

Receberam

dinheiro de

programa

social do

governo no

mês de

referência –

de mais de

um programa

Total

Até 1/4

3,8%

2,1%

1,9%

7,9%

Mais de 1/4 a 1/2

10,0%

3,5%

2,6%

16,0%

Mais de 1/2 a 1

22,6%

3,1%

1,5%

27,3%

Mais de 1 a 2

23,8%

0,8%

0,3%

24,9%

Mais de 2

23,8%

0,1%

0,0%

23,9%

Total

84,0%

9,6%

6,3%

100,0%

Fonte: IBGE / PNAD

cesgranrio-2008-termoacu-administrador-junior-prova.pdf-html.html

ADMINISTRADOR JÚNIOR

7

25

Analise as afirmativas abaixo  sobre responsabilidade
socioambiental no Brasil.

I - As estratégias devem ser baseadas em ações sociais

de outros países.

II - A cultura brasileira não incentiva a valorização do tema.
III - O surgimento de entidades e órgãos relacionados ao

tema denota o crescimento da sua valorização.

Está(ão) correta(s) APENAS a(s) afirmativa(s)
(A) I
(B) II
(C) III
(D) I e II
(E) II e III

26

Estágio evolutivo da gestão ambiental é
(A) a preocupação excessiva com o meio ambiente.
(B) a implantação de práticas de gestão ambiental em uma

dada empresa.

(C) o estágio da evolução natural do meio ambiente, que

está sempre em transformação.

(D) o desenvolvimento de entidades, órgão e prêmios que

tratem da questão da gestão ambiental.

(E) um estágio mais evoluído de preocupação e integração

com o meio ambiente, comparável aos países desenvol-
vidos.

27

A Governança Corporativa diz respeito aos sistemas de
controle e monitoramento estabelecidos para atender aos
interesses dos
(A) gestores.
(B) governos.
(C) auditores.
(D) sindicatos.
(E) acionistas.

28

A negociação de ações emitidas por companhias que
adotam boas práticas de governança corporativa na Bolsa
de Valores de São Paulo está associada ao segmento de
listagem chamado de
(A) Novo Mercado.
(B) Mercado Financeiro.
(D) Ações Ordinárias.
(C) Ações Preferenciais.
(E) Ações Extra-ordinárias.

29

Dentre as seguintes estratégias, a que NÃO representa
uma estratégia genérica de diferenciação que traria uma
vantagem competitiva atraente é
(A) oferecer aos compradores um produto de qualidade

superior às marcas rivais.

(B) dedicar parte considerável do orçamento a esforços de

comunicação de marketing.

(C) prestar suporte maior às necessidades dos consumi-

dores após a compra do produto.

(D) buscar ativamente todas as oportunidades de reduzir

custos que não afetem a diferenciação.

(E) optar por reduzir os benefícios do produto em troca de

uma redução ainda maior em seus custos.

30

Em relação às forças competitivas em uma indústria,
pode-se afirmar que são provenientes de:

I - disputa entre firmas rivais, em busca de uma melhor

posição no mercado e das manobras para se obter
vantagem competitiva;

II - existência de produtos substitutos que possuam

custos competitivos e/ou ameaça de entrada de novos
participantes no mercado;

III - capacidade de fornecedores e compradores exercerem

poder de barganha.

Está(ão) correto(s) o(s) item(s)
(A) I, apenas
(B) III, apenas
(C) I e II, apenas
(D) II e III, apenas
(E) I, II e III

31

A seqüência de níveis hierárquicos de uma empresa, do nível
mais alto para o mais baixo, é:
(A) tático, estratégico, operacional.
(B) estratégico, tático, operacional.
(C) estratégico, tático, operacional.
(D) operacional, estratégico, tático.
(E) operacional, estratégico, tático.

32

Em relação às estruturas organizacionais, tem-se que a
estrutura
(A) a estrutura física é idêntica em qualquer empresa.
(B) informal é mais importante do que a estrutura formal.
(C) a estrutura informal é reconhecida juridicamente, de fato

e de direito.

(D) a estrutura formal não está sujeita aos sentimentos e

relacionamentos.

(E) a estrutura formal não pode ser representada pelo

organograma da empresa.

cesgranrio-2008-termoacu-administrador-junior-prova.pdf-html.html

ADMINISTRADOR JÚNIOR

8

33

Em relação ao planejamento estratégico, tem-se que
(A) o processo de formação da estratégia tem início e fim,

podendo durar até, no máximo, um ano inteiro.

(B) a estratégia é sempre formulada de maneira solitária e

completa pelo presidente da empresa, ou o executivo
mais alto na hierarquia.

(C) o processo de formação da estratégia não pode ser ne-

gociado internamente entre os principais executivos e
os acionistas da empresa.

(D) uma estratégia de uma empresa tipicamente emerge de

um processo dirigido, onde os gerentes de cada nível
constroem seus planos de ação estratégicos indepen-
dentemente.

(E) a grande maioria das empresas, ao final do ano, verá

que a estratégia realizada foi fruto exclusivo do planeja-
mento, e não das decisões que emergiram ao longo do
ano e que não fizeram parte do planejamento.

34

O planejamento estratégico empresarial deve considerar
diversos objetivos de diferentes dimensões. A ordem dos
objetivos das empresas, conforme sua orientação para
acionistas, empregados, fornecedores e ambiente natural, é:
(A) maximizar o lucro; reter e atrair pessoal qualificado;

manter relações comerciais éticas e promover o desen-
volvimento sustentável.

(B) maximizar o lucro; reter e atrair pessoal qualificado;

promover o desenvolvimento sustentável e promover
relacionamento socialmente responsável com a comu-
nidade na qual se insere.

(C) manter relações comerciais éticas; promover relaciona-

mento socialmente responsável com a comunidade na
qual se insere; reter e atrair pessoal qualificado e promover
o desenvolvimento sustentável.

(D) manter relações comerciais éticas; reter e atrair pessoal

qualificado; desenvolver poder de barganha e promover o
desenvolvimento sustentável.

(E) reter e atrair pessoal qualificado; promover o desenvolvi-

mento sustentável; manter relações comerciais éticas e
maximizar o lucro.

35

Uma determinada companhia foi criada no início deste ano,
com um caixa constituído de R$30.000,00. As vendas nos
meses de janeiro e fevereiro foram R$300.000,00 e
R$400.000,00. Do total das vendas efetuadas, 30% são
recebidas no próprio mês das vendas e 70% são recebi-
das no mês seguinte. Estima-se que os custos totais de
produção alcancem 80% da receita, sendo pagos 50% no
próprio mês e 50% no mês seguinte. Os produtos são
vendidos no próprio mês em que são fabricados.
Desconsiderando-se quaisquer outros recebimentos ou
despesas, pode-se garantir que o caixa ao final de fevereiro,
em reais, será
(A) 50.000,00

(B) 55.000,00

(C) 60.000,00

(D) 65.000,00

(E) 70.000,00

36

A empresa NoteBem produz computadores portáteis de
última geração. Segue o orçamento de vendas da empresa
para o próximo trimestre.

    Mês        Unidades
    Abril

   500

   Maio            400
  Junho

   200

A empresa tem a política de manter em estoque no fim de
cada mês 40% da produção do mês seguinte.
O processo produtivo envolve uma matéria-prima básica
(composto plástico para a parte externa), e cada unidade
produzida consome 200 gramas de matéria-prima, que
custa R$100,00 o quilo (R$20,00 cada 200 gramas). Assim,
o orçamento de compras desta matéria-prima, em reais,
para o mês de maio, é
(A) 4.800,00

(B) 6.400,00

(C) 6.800,00

(D) 8.000,00

(E) 9.600,00

37

Uma empresa tomou um empréstimo junto a uma instituição
financeira, usando uma determinada taxa de juros. A dívida
pode ser quitada de três maneiras diferentes:

I - à vista;
II - em 10 prestações iguais;
III - em 10 prestações iguais, mas com um determinado

prazo de carência (diferimento).

Analisando essas possibilidades, conclui-se que
(A) o valor de cada prestação da opção III será menor do

que o valor de cada prestação da opção II.

(B) os valores das prestações das opções II e III serão iguais.
(C) o somatório das prestações da opção II será menor do

que o somatório das prestações da opção III.

(D) o somatório das prestações da opção II será menor do

que o valor à vista.

(E) o somatório das prestações da opção III será menor do

que o valor à vista.

38

Os dados sobre os retornos (esperado) e os riscos (desvio
padrão) de 5 projetos são apresentados na tabela a seguir.

Considerando condições de eficiência e diferenças no
grau de aversão a risco, os projetos que poderiam vir a ser
escolhidos isoladamente seriam:
(A) A, B e C

(B) A, C e D

(C) A, D e E

(D) B, D e E

(E) C, D e E

PROJETOS

A

B

C

D

E

Retorno Esperado

6%

4%

2%

6%

2%

Desvio padrão

10% 8%

4%

15% 5%

cesgranrio-2008-termoacu-administrador-junior-prova.pdf-html.html

ADMINISTRADOR JÚNIOR

9

1

2

3

4

5

6

A,8

C,6

E,3

D,11

B,4

F,9

G,2

39

O Departamento de Compras tem como uma de suas res-
ponsabilidades, dentre várias, a aquisição de materiais, pe-
ças e suprimentos necessários para fabricar ou fornecer uma
mercadoria ou serviço. Considerando que uma determinada
peça, material ou serviço tenha um valor monetário anual
elevado, a providência a ser tomada pelo Departamento de
Compras é
(A) encomendar a peça ou material no fornecedor no exercí-

cio fiscal posterior ao do fechamento do pedido.

(B) adquirir a peça ou material de um concorrente que tenha

o produto com qualidade comprovada.

(C) realizar um exame da função da peça e dos materiais

comprados por meio da análise de valor.

(D) trocar o fornecedor da peça ou material com o propósito

de incrementar o ciclo de suprimento.

(E) aumentar o número de fornecedores e reduzir o prazo de

pagamento da peça ou material comprado.

40

Qual é uma das principais características da programação
Just in  Time de suprimentos?
(A) Relações privilegiadas com poucos fornecedores.
(B) Garantia de produtos aos consumidores com grandes

estoques.

(C) Aumento do tempo de suprimento entre o fornecedor e a

empresa.

(D) Aumento do tempo e dos custos associados, que

permite alcançar boas soluções.

(E) Uso da informação eficiente para gerar estoques e

atender aos consumidores.

41

Qual ferramenta utilizada na gestão pela qualidade total avalia
a existência de correlação entre os valores de duas variá-
veis?
(A) Análise de Pareto.
(B) Diagrama de Ishikawa.
(C) Diagrama de dispersão.
(D) Folha de verificação.
(E) Histograma.

42

Existem muitas tecnologias que compartilham e analisam
as informações na cadeia de suprimentos, sendo que uma
das existentes é o EDI (Eletronic Data Interchange). Uma
característica deste sistema é que
(A) oferece propaganda de produtos aos consumidores no

sistema de gerenciamento.

(B) fornece visibilidade global da informação da empresa para

os clientes externos.

(C) reduz a eficiência na comunicação entre empresa e con-

sumidores dos produtos.

(D) aumenta os serviços internos e os custos associados

ao negócio da empresa.

(E) permite emissão de pedidos de compras aos fornecedo-

res instantaneamente.

43

O PERT (Program Evaluation and Review Technique) é
um método utilizado no planejamento e na coordenação
de projetos que faz uso de uma rede para apresentar as
principais atividades de projeto e suas relações seqüenciais,
conforme a ilustração abaixo.

Legenda:
As letras maiúsculas representam cada uma das atividades e o número
seguido da vírgula, o tempo, em semanas, da atividade. (Por exemplo:
A,2 mostra que a atividade A tem duração de 2 semanas. A atividade A
é representada pelo conjunto de nós 1 e 2).

A duração esperada do projeto, em semanas, é
(A) 15

(B) 17

(C) 19

(D) 21

(E) 23

44

Os estoques constituem uma parte vital nos negócios.
Eles são necessários para as operações e contribuem para
o nível de satisfação do cliente. Uma das principais funções
do estoque é
(A) melhorar operações com o uso do Sistema  Just in

Time.

(B) proporcionar proteção contra incertezas na demanda.
(C) reduzir as despesas com movimentação.
(D) minimizar os custos de distribuição.
(E) incrementar o ciclo de produção.

45

Suponha que o Magazine Berta Ltda tenha em seu estoque
aproximadamente 28.800 itens diferentes. No inventário do
ano anterior verificou-se que havia, em média, 20 unidades
de cada item. Supondo que um colaborador possa contar,
em média, 60 unidades por minuto, quantas pessoas serão
necessárias para contar todos os itens em dois dias de
trabalho, com jornada de trabalho padrão?
(A) 30

(B) 25

(C) 20

(D) 15

(E) 10

46

Uma empresa consome mensalmente 5.000 unidades de uma
peça de código TMC–012. O estoque de segurança desta
peça é de 500 unidades, e o tempo de reposição, de 45 dias.
O ponto de pedido ou lote padrão é
(A) 500
(B) 650
(C) 835
(D) 8.000
(E) 225.500

cesgranrio-2008-termoacu-administrador-junior-prova.pdf-html.html

ADMINISTRADOR JÚNIOR

10

47

A empresa Ferro S.A. está com problemas na área de esto-
que, pois um de seus equipamentos está paralisado há um
mês, em manutenção. O setor de manutenção justifica a
demora alegando que depende da aquisição de uma deter-
minada peça, que está em falta. Entretanto, a área de com-
pras informa que existem três peças em estoque, pois a
planilha do banco de dados identifica a existência dessas
peças, muito embora o responsável pelo setor de estoque
não encontre nenhuma dessas peças na prateleira. Deste
modo, o departamento de compras não efetiva nova compra
de peças tendo em vista a potencial existência da mesma
em estoque.
Nesta situação, duas técnicas de controle de estoque que
não foram utilizadas pelo setor de estoques, que poderiam
ter prevenido o impasse em questão, são:
(A) Acurácia dos Controles e Análise ABC.
(B) Gráfico de Pareto e Benchmarking.
(C) Teste de Consistência e Romaneio.
(D) Análise ABC e Roteirização.
(E) Fluxograma e Romaneio.

48
Uma indústria fabricante de portas e janelas de alumínio tem
8.000 unidades de determinado insumo disponíveis em seu
estoque, sendo que utiliza anualmente 60.000 unidades. Su-
pondo que um período de suprimento é uma mensuração do
número equivalente de dias de estoque disponível, com base
na utilização e na informação de que esta indústria trabalhe
300 dias por ano, o período de suprimento, em dias, é
(A) 90

(B) 70

(C) 60

(D) 50

(E) 40

49
Os três fatores mais relevantes para uma empresa no
processo de seleção de fornecedores são:
(A) flexibilidade, atendimento e localização dispersa.
(B) lead time, custos e comprometimento elevados.
(C) preço, atendimento e prioridade de programação elevados.
(D) política de estoque do fornecedor, garantias e lead time

flexível.

(E) qualidade dos materiais, prazos curtos e relacionamento

imparcial.

50
A Higiene no Trabalho, também conhecida como Higiene
Industrial, tem como principais objetivos:

I

− eliminar ou reduzir os fatores que propiciem o surgimento

das doenças profissionais;

II

− reduzir os efeitos prejudiciais provocados pelo trabalho;

III

− maximizar os fatores que propiciam o surgimento das

doenças profissionais;

IV

− prevenir lesões ou deficiências apresentadas pelos

empregados;

V

− avaliar a cultura organizacional da empresa.

Estão corretos, APENAS, os objetivos
(A) I, II, III

(B) I, II, IV

(C) II, III, IV

(D) II, III, V

(E) III, IV, V

51

É sabido que cada decisão a respeito da escolha entre
diversos candidatos envolve o indivíduo em um tipo de
resolução a ser tomada, um tratamento. De acordo com o
tratamento, é possível identificar qual o modelo de decisão
adotado em uma determinada situação. O modelo em que
há um só candidato e uma só vaga a ser preenchida por
aquele candidato, que não inclui a alternativa de rejeição e
em que candidato apresentado deve ser admitido, sem
sofrer qualquer rejeição, é denominado
(A) seleção
(B) colocação
(C) comparação
(D) classificação
(E) categorização

52

Considere as afirmativas a seguir.
Toda organização precisa ter alguma dose de estabilidade
como complemento ou suplemento à mudança.

PORQUE

Uma organização altamente mutável e pouco estável
tem tanta probabilidade de sair do mercado quanto uma
organização pouco adaptativa, com características rígidas
e imutáveis.

Analisando as afirmativas acima, conclui-se que:
(A) ambas são verdadeiras, e a segunda justifica a primeira.
(B) ambas são verdadeiras, e a segunda não justifica a

primeira.

(C) a primeira é verdadeira e a segunda, falsa.
(D) a primeira é falsa e a segunda, verdadeira.
(E) ambas são falsas.

53

Sabe-se que existem dois tipos puros de recrutamento:
interno e externo. Ambos apresentam vantagens e desvan-
tagens. Uma determinada empresa, em suas diretrizes de
gestão de pessoas, preconiza o investimento no mercado
interno de trabalho. Diante disso, é possível apontar as
seguintes vantagens desse tipo de seleção:

I - enriquece o patrimônio humano;
II - demanda a socialização organizacional;
III - favorece a rotina atual;
IV - incentiva a fidelidade dos funcionários;
V - motiva o desenvolvimento profissional.

São verdadeiras APENAS as vantagens
(A) I e II
(B) I e V
(C) II e III
(D) III e IV
(E) IV e V

cesgranrio-2008-termoacu-administrador-junior-prova.pdf-html.html

ADMINISTRADOR JÚNIOR

11

54

Levando-se em conta o grau de assertividade (tentativa
de satisfazer os próprios interesses e objetivos) ou de
cooperação (tentativa de satisfazer os interesses de outras
pessoas) é possível compor um modelo que retrata cinco
estilos de administração de conflitos: evitação ou fuga;
acomodação ou suavização; competição ou comando
autoritário; compromisso; colaboração ou solução de
problemas. O estilo de compromisso
(A) é usado quando o problema é trivial, requer tempo para

obter informação ou um desacordo pode ser oneroso ou
perigoso, ou quando não há chance de ganhar.

(B) funciona quando as pessoas sabem o que é errado,

quando um assunto é muito importante ou quando man-
ter a harmonia é o mais importante.

(C) é usado quando uma ação decisiva deve ser rapidamente

imposta em situações importantes ou impopulares, ou
em que a urgência ou a emergência são necessárias
ou indispensáveis

(D) ocorre quando os componentes têm igual poder e

ambos os lados querem reduzir as diferenças ou
quando é preciso chegar a uma solução temporária sem
pressão de tempo.

(E) é utilizado quando os interesses de ambos os lados são

importantes, quando os pontos de vista das partes
podem ser combinados para uma solução mais ampla
e quando o compromisso requer consenso.

55

Sabe-se que os benefícios sociais podem ser classificados
quanto à sua exigibilidade legal, quanto à sua natureza e
quanto aos seus objetivos. No que diz respeito à natureza,
os planos de benefícios podem ser
(A) legais
(B) monetários
(C) recreativos
(D) espontâneos
(E) assistenciais

56

As recompensas podem ser classificadas como financeiras
e não financeiras. Além disso, as recompensas financeiras
podem ser diretas e indiretas. Entre as recompensas diretas
encontram-se
(A) férias
(B) prêmios
(C) gorjetas
(D) promoções
(E) gratificações

57

A contribuição sindical possui natureza tributária e é recolhida
compulsoriamente pelos empregadores no mês de
(A) Janeiro
(B) Março
(C) Junho
(D) Agosto
(E) Setembro

58

As teorias sobre motivação tratam de diferentes variáveis de
resultados. Enquanto algumas são voltadas à explicação da
rotatividade, outras enfatizam a produtividade. A teoria que,
embora não ofereça muita explicação sobre a satisfação dos
funcionários, nem sobre sua decisão de deixar a empresa,
é útil no papel de previsora de fatores tais como qualidade e
quantidade de trabalho, persistência de esforço, absenteísmo,
impontualidade e taxas de acidentes é a
(A) do reforço
(B) da equidade
(C) da expectativa
(D) das necessidades
(E) da fixação dos objetivos

59

O sistema de avaliação que contempla a opinião da chefia,
dos colegas e pares, dos subordinados (se existirem), dos
clientes internos e externos e dos fornecedores é denominado
(A) bilateral
(B) holístico
(C) sistêmico
(D) 360 graus
(E) relacional

60

Sabe-se que o desenvolvimento organizacional é uma
abordagem de mudança organizacional por meio da qual os
próprios funcionários estabelecem e implementam a mudança
necessária. Cada técnica de desenvolvimento organizacional
atua em determinados níveis de intervenção. Diante disso, a
metodologia de análise transacional atua no nível
(A) intergrupal
(B) intragrupal
(C) intrapessoal
(D) interpessoal
(E) intra-organizacional