Prova Concurso - Arquitetura - 2008-TJ-CE-ANALISTA-JUDICIARIO-ARQUITETURA - CESPE - TJ - 2008

Prova - Arquitetura - 2008-TJ-CE-ANALISTA-JUDICIARIO-ARQUITETURA - CESPE - TJ - 2008

Detalhes

Profissão: Arquitetura
Cargo: 2008-TJ-CE-ANALISTA-JUDICIARIO-ARQUITETURA
Órgão: TJ
Banca: CESPE
Ano: 2008
Nível: Superior

Downloads dos Arquivos

prova.pdf
gabarito.pdf

Provas relacionadas

ARQUITETOEBSERH2018
ESPECIALISTA-PORTUARIO-ARQUITETURAEMAP2018
ARQUITETOPREFEITURA2018

Gabarito

cespe-2008-tj-ce-analista-judiciario-arquitetura-gabarito.pdf-html.html

APLICAÇÃO: 12/10/2008

ESTADO DO CEARÁ

PODER JUDICIÁRIO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM 

CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

C

C

C

C

C

E

E

E

C

C

C

C

C

E

C

E

C

E

C

E

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

C

E

E

E

C

C

C

E

C

E

C

E

C

E

C

E

E

E

C

C

41

42

43

44

45

46

47

48

49

50

51

52

53

54

55

56

57

58

59

60

C

E

E

E

E

C

C

C

E

C

C

E

C

E

C

E

C

E

C

C

61

62

63

64

65

66

67

68

69

70

71

72

73

74

75

76

77

78

79

80

E

E

C

E

C

E

C

E

E

C

C

E

C

C

E

C

C

C

C

E

81

82

83

84

85

86

87

88

89

90

91

92

93

94

95

96

97

98

99

100

C

C

C

E

C

E

E

E

C

E

C

E

E

E

C

C

E

E

E

C

101 102

103

104

105

106

107

108

109

110

111

112

113

114

115

116

117

118

119

120

E

E

E

C

C

C

E

C

E

E

C

C

C

E

E

C

E

E

C

E

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Gabarito

Gabarito

Item

Gabarito

Item

GABARITOS OFICIAIS DEFINITIVOS DAS PROVAS OBJETIVAS

0

CARGO 3: ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: TÉCNICO-ADMINISTRATIVA – ESPECIALIDADE: ARQUITETURA

Item

Gabarito

Item

Gabarito

Item

Gabarito

0

Item

CADERNO E

Obs.: ( X ) item anulado.

Prova

cespe-2008-tj-ce-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html
cespe-2008-tj-ce-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – TJCE 

Caderno E

Cargo 3: Analista Judiciário – Área: Técnico-Administrativa – Especialidade: Arquitetura

– 1 –

De acordo com o comando a que cada um dos itens de 1 a 120 se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo
designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado com o código E, caso julgue o item ERRADO.
A ausência de marcação ou a marcação de ambos os campos não serão apenadas, ou seja, não receberão pontuação negativa. Para
as devidas marcações, use a folha de respostas, único documento válido para a correção das suas provas.

Nos itens que avaliam Noções de Informática, a menos que seja explicitamente informado o contrário, considere que: todos os
programas mencionados estão em configuração-padrão, em português; o mouse está configurado para pessoas destras; expressões
como clicar, clique simples e clique duplo referem-se a cliques com o botão esquerdo do mouse; teclar corresponde à operação
de pressionar uma tecla e, rapidamente, liberá-la, acionando-a apenas uma vez. Considere também que não há restrições de
proteção, de funcionamento e de uso em relação aos programas, arquivos, diretórios, recursos e equipamentos mencionados.

Sempre que utilizadas, as siglas subseqüentes devem ser interpretadas com a significação associada a cada uma delas, da
seguinte forma: EUA = Estados Unidos da América; MP = Ministério Público; OAB = Ordem dos Advogados do Brasil;
TJCE = Tribunal de Justiça do Estado do Ceará.

CONHECIMENTOS BÁSICOS

Tudo parece ter começado a mudar nos últimos anos

1

e as revisões profundas por que estão passando os discursos
e as práticas identitárias deixam no ar a dúvida sobre se a
concepção hegemônica da modernidade se equivocou na

4

identificação das tendências dos processos sociais, ou se tais
tendências se inverteram totalmente em tempos recentes, ou,
ainda, sobre se se está perante uma inversão de tendências

7

ou, antes, perante cruzamentos múltiplos de tendências
opostas sem que seja possível identificar os vetores mais
potentes. Como se calcula, as dúvidas são acima de tudo

10

sobre se o que presenciamos é realmente novo ou se é apenas
novo o olhar com que o presenciamos. Estamos em uma
época em que é muito difícil ser-se linear. Porque estamos

13

em uma fase de revisão radical do paradigma epistemológico
da ciência moderna, é bem possível que seja sobretudo o
olhar que esteja mudando. Mas, por outro lado, não parece

16

crível que essa mudança tivesse ocorrido sem nada ter
mudado no objeto do olhar que o olha.

Boaventura Souza Santos. Modernidade, identidade e a cultura
de fronteira. Tempo Social, USP, 1993, p. 39 (com adaptações).

Acerca das idéias do texto acima e de suas estruturas lingüísticas,
julgue os itens de 1 a 9.

1

A retirada da expressão “ter começado a” (

R

.1) preservaria a

correção gramatical e a coerência da argumentação do texto,
mas a idéia de que o processo de mudança se estende do
passado ao presente seria perdida.

2

Na linha 2, o uso da preposição “por” antes do pronome
relativo deve-se à regência da forma verbal “passando”, que
está empregada no texto com a acepção de vivenciando.

3

A preposição “sobre” (

R

.3), que introduz os complementos da

palavra “dúvida” (

R

.3), está subentendida imediatamente

antes da primeira ocorrência de “se” (

R

.5).

4

Na linha 8, a preposição “perante”, no contexto em que
ocorre, contribui para que a “inversão de tendências” (

R

.7)

seja interpretada como um processo ainda em curso.

5

O desenvolvimento das idéias do texto permite inserir, na
linha 10, sem prejudicar sua correção gramatical, uma
vírgula logo após “são” e outra logo após “tudo”,
demarcando-se a expressão “acima de tudo”.

6

No período “Estamos em uma época em que é muito difícil
ser-se linear” (

R

.12-13), a expressão “em uma época” tem a

função de localizar no tempo a afirmação de “ser-se linear”.
Por isso, a preposição “em” logo após “época”, que tem
igual função, poderia ser eliminada sem que houvesse
prejuízo para a coerência e a correção gramatical do texto. 

7

Mantendo-se a relação de sentidos originalmente
estabelecida entre os três períodos finais do texto, pode-se
suprimir o ponto antes de “Porque” (

R

.13), desde que esta

palavra seja reescrita com inicial minúscula.

8

Segundo o texto, enquanto houver a confusão e a indefinição
do “paradigma epistemológico da ciência moderna”
(

R

.14-15), as práticas identitárias estarão baseadas em

dúvidas.

9

No desenvolvimento das idéias do texto, a expressão “essa
mudança” (

R

.17) retoma a idéia de “o olhar que esteja

mudando” (

R

.15-16).

Em primeiro lugar, é preciso definir o que vem a ser

1

igualdade social. Esse conceito pressupõe que todos sejam
forçados a viver em casas idênticas, ganhar os mesmos
salários, comer as mesmas comidas e acreditar nos mesmos

4

valores? Essa abordagem já foi tentada e os resultados foram
e são desastrosos, para não dizer trágicos. Como os
fundadores dos EUA sabiam muito bem, é impossível para

7

um governo arcar com a missão de assegurar igualdade para
todos os cidadãos. As pessoas não nascem iguais. Elas
possuem habilidades e talentos próprios. O principal papel

10

de um governo não é ir contra essa realidade e forçar algo
que não existe nem existirá. O bom governo é aquele que
oferece oportunidades iguais para todos buscarem a própria

13

felicidade.

Veja, 3/9/2008, p.17-20 (com adaptações).

Com base na organização do texto acima, julgue os itens
subseqüentes.

10

Na linha 1, a forma verbal “vem” está no singular porque
concorda com o pronome demonstrativo “o”.

11

Preservam-se a coerência textual e a correção gramatical ao
se escrever, em lugar da oração desenvolvida “que todos
sejam forçados” (

R

.2-3), a reduzida equivalente serem todos

forçados.

12

O desenvolvimento da argumentação permite a inserção da
preposição  a imediatamente antes de “ganhar” (

R

.3), de

“comer” (

R

.4) e de “acreditar” (

R

.4), sem se prejudicar a

correção gramatical do texto.

13

A retirada da expressão “e são” (

R

.6) preserva a coerência da

argumentação, mas omite do texto a explicitação de que
“os resultados” (

R

.5) continuam desastrosos.

14

Na linha 7, se o termo “dos EUA” fosse substituído por um
termo no singular, como, por exemplo, do meu país, a
flexão de plural em “sabiam” deveria também ser alterada
para o singular, para que fosse mantida a correção gramatical
do texto.

15

O desenvolvimento das idéias no texto permite a inserção,
nas linhas 9 e 10, de conectivo de valor explicativo entre as
orações, da seguinte forma: iguais, pois elas possuem.

16

Seriam mantidas a correção gramatical e a coerência de
sentidos ao se substituir “essa realidade” (

R

.11) por à

realidade.

cespe-2008-tj-ce-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – TJCE 

Caderno E

Cargo 3: Analista Judiciário – Área: Técnico-Administrativa – Especialidade: Arquitetura

– 2 –

ESTADO DO CEARÁ
PODER JUDICIÁRIO
TRIBUNAL DE JUSTIÇA

CARTA-CONVITE N.º 13/2008
DO PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO
À (AO)

1. Pela presente, convidamos V.S.ª para apresentar proposta para
Contratação de serviços de decoração e arranjos florais a fim de
atender às necessidades do Poder Judiciário do Estado do Ceará,
observando-se o disposto nos ANEXOS 1 – Projeto de decoração,
e II – Minuta de contrato.
2. (...)

Fortaleza – CE, 3 de junho de 2008

Fulano de Tal

Presidente da Comissão Permanente de Licitação

Internet: <www.tjce.jus.br> (com adaptações).

Considerando as normas de redação de documentos oficiais, julgue os
seguintes itens, a respeito do fragmento de texto acima.

17

O timbre colocado acima do documento identifica o órgão
público emissor da carta-convite; por isso, não é necessário o
código TJCE completando o número do documento, como seria
necessário caso não houvesse o timbre.

18

Considerando que, no corpo do documento, o destinatário recebe
tratamento de “V.S.ª”, o sobrescrito do envelope que contiver
esse documento deverá apresentar o tratamento Excelentíssimo
Senhor.

19

Seria preservado o respeito às exigências de formalidade e de
correção gramatical dos documentos oficiais ao se redigir a parte
final do primeiro item do documento em questão da seguinte
forma: observando-se o disposto no Projeto de decoração e na
Minuta de contrato, em anexo.

20

Como se vê no texto, por ser documento objeto de publicação,
a carta-convite é datada ao final, depois do texto informativo,
antes da identificação do emissor, de modo semelhante ao ofício
e ao memorando.

Considerando a figura acima, que mostra uma janela do MS Word
com um documento em processo de edição em um microcomputador
com o sistema operacional Windows XP, julgue os itens de 21 a 25,
acerca do Word 2003.

21

A palavra 

antecipada 

está formatada com negrito,

sublinhado e tamanho 13,5, e o parágrafo no qual ela se
encontra está justificado.

22

Ao se pressionar o botão 

, abre-se uma janela na

qual é possível definir a medida das margens da página.

23

Ao se salvar o documento na pasta 

Meus documentos

, o

sistema operacional Windows XP cria um backup que,
automaticamente, protege as informações do ataque
de vírus.

24

Ao se clicar o botão 

, uma planilha do Excel será

inserida ao final do texto. 

25

Caso o computador tenha recursos para isso, o arquivo
pode ser salvo em pendrive, que, normalmente, possui
capacidade de armazenamento maior que a do disquete
de 3½".

Considerando a figura acima, que mostra uma janela do
Internet Explorer 6 (IE6), julgue os itens a seguir. 

26

O IE6 permite definir diversas características de
navegação por intermédio das 

Opções da Internet

,

acessadas por meio do menu 

Ferramentas

27

A ferramenta acessada por meio do botão 

 permite

pesquisar sinônimos de palavras.

28

Para se acessar a Internet, é necessária a instalação de
uma placa de rede de banda larga. 

29

Ao se executar a instalação-padrão do Windows XP, o
IE6 é instalado automaticamente. 

30

Para se copiar um texto de página da Internet para um
documento do Word, o seguinte procedimento pode
ser adotado: selecionar o texto; clicar a opção 

Copiar

 do

menu 

; abrir o documento do Word e clicar a

opção 

Colar 

do menu 

.

cespe-2008-tj-ce-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – TJCE 

Caderno E

Cargo 3: Analista Judiciário – Área: Técnico-Administrativa – Especialidade: Arquitetura

– 3 –

O aprofundamento da crise nos EUA não pára de

fazer sombra na economia chinesa, mostrando que os dois
países estão mais ligados nos efeitos do desaquecimento
global do que se imaginava. Notícias da China deixam
preocupados os analistas asiáticos, que já consideram a
hipótese de a quarta maior economia do mundo estar
desacelerando mais do que o desejável.

O Globo, 13/9/2008, p. 33 (com adaptações).

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando
aspectos marcantes do cenário econômico mundial
contemporâneo, julgue os itens subseqüentes.

31

O caráter global da economia contemporânea sugere que
uma crise aguda, surgida em determinado local, tenda a
se disseminar e seus efeitos sejam sentidos, com maior ou
menor intensidade, em várias partes do planeta.

32

Nos dias atuais, a globalização elimina protecionismos ao
exigir a mais ampla liberdade para a circulação de
mercadorias pelos mercados mundiais crescentemente
ampliados.

33

Considerado um dos principais países emergentes, a
China tem demonstrado extrema vitalidade econômica,
com índices anuais de crescimento superiores a 10% e
presença cada vez mais vigorosa no comércio mundial.

34

Infere-se do texto que os efeitos negativos da atual crise
econômico-financeira norte-americana concentram-se na
China, o que permite que outras áreas, como o Japão e a
zona européia do euro, fiquem praticamente imunes
a eles.

35

A crise que envolve os EUA na atualidade teve sua
origem mais explícita no sistema de financiamento
imobiliário praticado no país e nos altos índices de
inadimplência, que atingiram frontalmente poderosas
instituições financeiras.

36

Em clara sintonia com o ideário liberal, que preconiza a
mais absoluta liberdade para o mercado, o governo norte-
americano recusou-se a tomar medidas que pudessem
salvar instituições privadas, no que foi imitado pelos mais
ricos países capitalistas.

37

A expressão “desaquecimento global”, tal como
apresentada no texto, deve ser entendida como melhoria
das condições ambientais graças à atual redução das
temperaturas médias do planeta.

38

Ao abandonar o modelo econômico socialista e se tornar
plenamente capitalista, a China abriu sua economia à
iniciativa privada, nacional e estrangeira, dela afastando
toda e qualquer ingerência estatal.

39

Diferentemente do que ocorre na economia, em termos
políticos a China mantém-se fechada e não dá sinais de
que pretenda abrandar o regime.

40

Brasil e Índia são dois países considerados emergentes,
que se esforçam por ocupar espaços em um mercado
mundial extremamente competitivo.

Julgue os itens seguintes, relativos ao Código de Divisão e
Organização Judiciária do Estado do Ceará – Lei n.º 12.342/1994.

41

Considere a seguinte situação hipotética.
O prefeito de um município do Ceará reuniu-se com o
presidente do TJCE para tentar viabilizar a implantação de uma
comarca em sua cidade em razão da crescente quantidade de
demandas judiciais reprimidas. O município tem uma população
de 5.000 habitantes e 800 eleitores inscritos.
Nessa situação, o presidente do TJCE, ainda que acolha os
fundamentos do prefeito, não poderá implantar a comarca, pois
o município não atende aos requisitos essenciais estabelecidos
em lei para tal implantação.

42

Considere a seguinte situação hipotética.
Cláudio, que é bacharel em ciências sociais, foi convidado por
juiz titular de vara cível da comarca de Fortaleza para exercer
o cargo em comissão de diretor de secretaria da vara.
Nessa situação, Cláudio não poderá ocupar o cargo, pois este só
pode ser ocupado por bacharéis em direito.

43

As seções especializadas do serviço de distribuição do foro
judicial da justiça de primeiro grau da comarca de Fortaleza
devem verificar, na distribuição dos processos, a existência de
prevenção e dependência. Em seguida, devem encaminhar os
autos à seccional da OAB para identificação de impedimento ou
suspeição dos advogados.

44

Um analista judiciário lotado em vara cível na comarca de
Fortaleza deve exercer atividades judiciárias complexas em
assistência aos magistrados, como a conciliação em audiências
e a oitiva de testemunhas, de maneira a racionalizar os serviços
das varas.

45

O titular do cargo de meirinho, que é privativo de bacharel em
direito, exerce atividades judiciárias de nível técnico, como a
realização de pregões de aberturas, chamadas das partes e
advogados, e elaboração de minutas de sentenças para os juízes.

46

Considere a seguinte situação hipotética.
Um analista judiciário de comarca do estado do Ceará, 15 dias
após completar um ano de exercício, pediu licença para tratar
de interesse particular. O pedido foi deferido, sendo a licença
concedida por um período de três anos e remunerada com a
metade do salário que o analista recebia na atividade.
Nessa situação, o pedido deferido é irregular, pois tal licença
só poderia ser concedida após dois anos de exercício e sem
vencimentos.

47

Considere a seguinte situação hipotética.
Lucas, técnico judiciário do estado do Ceará, decidiu mudar
com sua família da cidade onde reside. Formulou pedido de
remoção para outra comarca do mesmo estado ao presidente do
TJCE, fundamentando-o com a alegação de grave doença de sua
esposa, que necessitava de sessões de quimioterapia e
acompanhamento semanal de equipe médica especializada.
Nessa situação, caso seja provada a referida alegação, Lucas
deve ter seu pedido deferido, independentemente de vaga e do
interesse da administração.

48

Vício em jogo proibido ou embriaguez habitual caracterizados
podem acarretar a demissão a bem do serviço público.

49

Considere a seguinte situação hipotética.
Osvaldo respondeu a inquérito administrativo em razão de
insubordinação em serviço. Ao final do inquérito, seu superior
hierárquico aplicou-lhe sanção disciplinar de suspensão.
Nessa situação, a pena imposta não deverá constar nos
assentamentos individuais de Osvaldo.

50

Caso um pai queira registrar seu testamento deixando uma
fazenda e dois lotes para seu filho, ele deverá fazê-lo perante o
oficial de registro de distribuição de protestos.

cespe-2008-tj-ce-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – TJCE 

Caderno E

Cargo 3: Analista Judiciário – Área: Técnico-Administrativa – Especialidade: Arquitetura

– 4 –

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Estratégias de condicionamento térmico:

A

– aquecimento artificial

B

– incidência solar

C

– massa térmica para manter aquecimento

interno

D

– conforto térmico com baixa umidade

E

– zona de conforto térmico

F

– conforto térmico com renovação de ar

H e I – massa térmica para refrigeração interna

K

– refrigeração artificial

L

– umidificação do ar

Com base na carta bioclimática apresentada acima, e nas demais

informações, é correto concluir que

51

o clima da cidade a que se refere a carta acima é ameno

durante a maior parte do ano. 

52

não existe amplitude térmica entre o verão e o inverno.

53

é recomendável manter ventilação cruzada nos ambientes nas

zonas indicadas, no gráfico, pelas letras I e J.

54

é recomendável a desumidificação dos ambientes nas zonas

indicadas, no gráfico, pelas letras G e H.

y

Figura I: máscara de sombra

Figura II: fachada com 

brise-soleil

Com base nas figuras acima, julgue o item seguinte.

55

O brise-soleil não corresponde à necessidade de proteção

solar indicada pela máscara.

Considerando as atribuições profissionais inseridas na Resolução

n.º 218, de 29/6/1973, julgue os itens a seguir.

56

Cabe ao arquiteto a locação e o traçado de cidades.

57

As atividades de vistoria, perícia, avaliação, arbitramento,

laudo e parecer técnico são de competência de arquitetos e

engenheiros.

Com base na Lei n.º 5.194/1966, que regulamenta as profissões

de arquiteto e engenheiro, julgue os itens subseqüentes.

58

As placas que contêm os nomes do autor e dos co-autores do

projeto, assim como os dos responsáveis pela execução dos

trabalhos, devem ser legíveis e mantidas em locais visíveis

na obra até, pelo menos, o início dos trabalhos de

acabamento.

59

Alterações no projeto original de arquitetura ou engenharia

somente podem ser feitas pelo profissional que o tenha

elaborado, a não ser em caso de recusa ou impedimento

comprovado do autor. 

60

O autor do projeto tem assegurado o direito de acompanhar

a obra, assim como os profissionais especializados que

participarem, como co-responsáveis, da sua elaboração.

61

Caso o arquiteto seja um profissional reconhecido

publicamente por sua obra, não será necessário mencionar os

demais técnicos que, por ventura, tenham colaborado na

realização do projeto.

Internet: <www.labeee.ufsc.br>.

cespe-2008-tj-ce-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – TJCE 

Caderno E

Cargo 3: Analista Judiciário – Área: Técnico-Administrativa – Especialidade: Arquitetura

– 5 –

Quanto às instalações elétricas e hidrossanitárias, julgue os
próximos itens.

62

Para escoamento de águas pluviais de um edifício de planta
retangular, caso se opte por uma calha central no sentido
longitudinal com as águas da cobertura convergindo para ela,
o risco de infiltração em caso de obstrução dos tubos de
queda será minimizado.

63

A representação de um projeto de instalação elétrica contém
muitos símbolos. Entre eles, seta branca significa tomada
baixa; seta preta, tomada alta; e seta metade branca metade
preta, tomada a 1,30 m do piso.

64

Instalações elétricas executadas sob pisos elevados
monolíticos de PVC dispensam aterramento, já que esses
pisos, além de econômicos e de fácil limpeza, são feitos com
material isolante.

compartimento
da máquina

pe

rc

ur

so

1.300

1.600

2.

20

0

2.

00

0

1.

00

0

80

0

2.

00

0

2.

90

0

O desenho acima consiste em um corte esquemático de um poço
de elevador que comunica pavimentos com pé-direito de 2,90 m.
Com base nesse desenho, julgue os itens que se seguem.

65

O dimensionamento dessa casa de máquinas não favorece
uma manutenção confortável.

66

Considerando que esse edifício tenha 10 pavimentos, é
correto concluir que o percurso total desse elevador será de
29 m. 

67

Considerando que esse edifício tenha 3 pavimentos e que
cada laje acabada tenha 20 cm de espessura, então o poço
somado à casa de máquinas deverá ter 11,30 m, incluindo a
laje que cobre a casa de máquinas.

68

O poço em apreço mede 1,30 m × 1,60 m.

escritórios

lojas

Considerando a fórmula acima, constante da NBR
n.º 13.822/1997, referente à quantificação de pontos telefônicos,
julgue os itens a seguir.

69

O trabalho desenvolvido em um escritório é normalmente
mais informatizado que o de uma loja comercial e, portanto,
é poupador de mão-de-obra. Assim, uma loja precisa de mais
pontos telefônicos, já que o número de pessoas que ali
trabalham é, em geral, maior do que em um escritório de
mesma área.

70

Em um escritório que mede 20,00 m × 10,00 m, são
necessários pelo menos 6 pontos telefônicos.

RASCUNHO

cespe-2008-tj-ce-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – TJCE 

Caderno E

Cargo 3: Analista Judiciário – Área: Técnico-Administrativa – Especialidade: Arquitetura

– 6 –

A respeito das instalações de cabeamento estruturado, julgue os
itens subseqüentes.

71

Uma LAN  (local area network) é uma rede geralmente
privada que permite conectar várias estações de trabalho.
Uma WAN (wide area network) conecta várias LANs. Nesse
sentido, a Internet pode ser corretamente considerada uma
WAN pública. 

72

Fibras ópticas são o melhor meio atualmente disponível para
conectar as redes. Elas substituíram com vantagem o
filamento de cobre, já que, nelas, as imagens têm melhor
qualidade.

Em um levantamento de quantitativos, constatou-se que

uma parede, de 4,00 m de comprimento por 2,50 m de altura, será
construída com tijolos maciços comuns de 19 cm × 4 cm × 9 cm.
As juntas deverão ter espessura de 1 cm e o revestimento será
feito com argamassa de cimento e areia com traço de 300 kg de
cimento por metro cúbico de argamassa.

Considerando esses dados, julgue os próximos itens.

73

Serão necessários 1.000 tijolos para a execução dessa
parede. 

74

Serão necessários 3 sacos de 50 kg de cimento para o
revestimento de 2,5 cm de ambos os lados da parede, caso
não se utilize o chapisco.

Com base na Lei n.º 6.938/1981, regulamentada pelo Decreto
n.º 99.274/1990, julgue os itens seguintes relativos à legislação
ambiental e urbanística.

75

Compete ao IBAMA a suspensão de uma atividade devido
ao não-cumprimento das medidas necessárias à preservação
ou à correção dos inconvenientes e dos danos causados pela
degradação da qualidade ambiental.

76

Os incentivos à produção e à instalação de equipamentos
voltados para a melhoria da qualidade ambiental fazem parte
dos instrumentos da Política Nacional do Meio Ambiente.

77

A degradação da qualidade ambiental resultante de
atividades que, direta ou indiretamente, criem condições
adversas às atividades sociais e econômicas é considerada
poluição.

O método de modelagem por CSG — constructive solid geometry
(geometria sólida construtiva) — utiliza um esquema de
representação de sólidos por intermédio de operações booleanas
ou combinações de objetos sólidos a partir de operações de conjuntos.
Acerca desse tema, referente à informática aplicada à arquitetura,
julgue os itens que se seguem.

78

As principais operações booleanas de combinações de
sólidos são união, interseção e diferença.

79

Os modeladores de sólidos devem gerar objetos que, mesmo
não sendo reais, possam ser construídos. Nesse caso, os
sólidos são considerados válidos.

80

Entre os modeladores de sólidos CSG incluem-se os
softwares AutoCAD e SKETCHUP.

A computação gráfica é uma área que engloba pelo menos três
subáreas: a síntese, o processamento e a análise de imagens. A
imagem, por sua vez, é o resultado de estímulos luminosos
produzidos por um suporte bidimensional. Esse processo de
conversão de dados em uma imagem é conhecido pelo nome de
visualização, cuja simulação está materializada na síntese de
imagens. A aplicação da computação gráfica para gerar qualquer
objeto sintético pode atender a diversas áreas, sendo uma das
mais promissoras a visualização dos ambientes arquitetônicos
ainda não construídos, já que essa ferramenta permite ao leigo o
entendimento do projeto. Acerca desse assunto, julgue os itens a
seguir.

81

Na representação vetorial das imagens, são usados como
elementos básicos os pontos, as linhas, as curvas, as
superfícies tridimensionais ou mesmo os sólidos que
descrevem esses elementos. Juntos, esses elementos formam
as imagens sinteticamente no computador.

82

Na representação matricial, as imagens são descritas por um
conjunto de células em um arranjo bidimensional, uma
matriz. Cada célula representa a localização espacial e a cor
do pixel.

83

O AutoCAD, o CorelDraw e o Illustrator são exemplos de
softwares que usam a representação vetorial como principal
meio para gerar imagens sintéticas.

RASCUNHO

cespe-2008-tj-ce-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – TJCE 

Caderno E

Cargo 3: Analista Judiciário – Área: Técnico-Administrativa – Especialidade: Arquitetura

– 7 –

Com relação ao AutoCAD, julgue os itens subseqüentes.

84

Considere que as imagens abaixo foram obtidas por meio do

programa AutoCAD. Nesse caso, a ferramenta utilizada para

produzir o efeito demonstrado na imagem I foi a 

Fillet

,

enquanto, na imagem II, foi a 

Offset

.

P1

P2

imagem I

P1

P2

imagem II

85

O comando 

Pick points 

delimita a área a ser hachurada.

86

O comando que permite fazer um objeto similar a outro é o

Mirror

.

87

Executado o comando 

Line

, independentemente do modo,

aparecerá na área de comandos a mensagem specify first

point (especifique o primeiro ponto). O ponto solicitado

pode ser definido digitando-se a coordenada referente a um

ponto qualquer contido na linha.

Julgue os itens seguintes, de acordo com o disposto na

NBR-9050, que trata da acessibilidade de pessoas portadoras de

necessidades especiais.

88

Uma sala de um edifício de escritórios é considerada de uso

público.

89

Para que o usuário faça uma manobra de 90º em uma cadeira

giratória, sem deslocar sua base de apoio, é necessário um

espaço de 1,20 m × 1,20 m.

90

No que se refere a alcance manual, as alturas mínima e

máxima para a colocação de comandos e controles são,

respectivamente, de 0,50 m e 1,00 m.

91

Cone visual corresponde à área de visão obtida apenas com

o movimento inconsciente dos olhos.

92

Simbolizando pisos por p e espelhos por e, é correto afirmar

que o dimensionamento de escadas fixas deve atender

às seguintes especificações: 28 cm < p < 32 cm;

16 cm < e  < 18 cm; 63 cm < 2p + e < 65 cm.

alto

baixo

100 m

50 m

Considerando a Lei n.º 6.766/1979, regulamentada pela Lei
n.º 9.785/1999, e a figura apresentada acima, que mostra uma
planta de terreno com caimento de 1 metro por curva, julgue os
itens que se seguem.

93

Não é permitido o parcelamento do solo no terreno
representado acima, pois este apresenta uma declividade
superior a 30%.

94

Os espaços livres de uso público serão proporcionais ao
número de habitantes do município em que se situem.

95

Os usos permitidos e os índices urbanísticos de parcelamento
e ocupação do solo são definidos por lei municipal.

RASCUNHO

cespe-2008-tj-ce-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – TJCE 

Caderno E

Cargo 3: Analista Judiciário – Área: Técnico-Administrativa – Especialidade: Arquitetura

– 8 –

Ergonomia (ou fatores humanos) é a disciplina que trata das

interações entre os seres humanos e outros elementos de um

sistema e que aplica teorias, princípios, dados e métodos a

projetos que visam otimizar o bem-estar humano e o desempenho

global dos sistemas. Acerca desse assunto, julgue os itens a

seguir.

96

Quando projeta um ambiente de trabalho, o arquiteto utiliza-

se do conhecimento da ergonomia para determinar o correto

dimensionamento dos espaços.

97

Um ambiente de trabalho projetado com base nos

conhecimentos da ergonomia promove a integração entre os

empregados.

98

A ergonomia garante maior produtividade no desempenho

das tarefas.

99

A ergonomia tem por objetivo tornar o ambiente mais

bonito.

Tendo em vista a racionalização da construção, julgue os

próximos itens.

100

Considere que um vão de esquadrias equivalente a um

módulo estrutural de 9,90 m seja composto de 9 módulos de

vedação, que são submúltiplos deste módulo estrutural

(medidas eixo-a-eixo), e que, nas extremidades, dois pilares

de 40 cm × 40 cm estejam integrados à esquadria. Nesse

caso, o primeiro e o último panos de vidro devem ter 90 cm.

101

Cisternas para captação de água pluvial, aquecimento solar,

instalações moduladas, cabeamento de lógica e vedações

externas com vidro inteligente são fatores que diferenciam a

construção racionalizada da convencional.

102

Os componentes de linhas de produção industrial — como

as louças sanitárias — caracterizam uma construção

industrializada.

Considerando a linguagem e a representação do projeto

arquitetônico, julgue os itens que se seguem.

103

Os cortes, no Brasil, valorizam a diferenciação de traços,

enfatizando os elementos horizontais, inclusive a linha de

terra. Em outros países, como os EUA, por exemplo, essa

diferenciação de traços enfatiza o distanciamento entre os

diferentes planos (próximos e afastados).

104

Entre as três principais fases de trabalho de um arquiteto —

estudo preliminar, anteprojeto e projeto executivo —,

somente a primeira requer informações subjetivas, tais como:

escala humana nos cortes, automóveis nos estacionamentos,

vegetação etc.

No  design de interiores, a iluminação ocupa um lugar
extremamente importante, já que o correto uso da luz pode
contribuir para tornar o ambiente mais agradável. No que se
refere a esse assunto, julgue os itens subseqüentes.

105

Embora apresente baixo rendimento, a iluminação indireta
é bastante uniforme, pois elimina as sombras duras e cria um
efeito agradável.

106

O efeito wall washing, que consiste em “lavar” as paredes
com luz, permite destacar a textura destas.

107

Uplight é uma técnica que serve para iluminar elementos de
um ambiente. Nesse caso, a fonte de luz fica na parte
superior e a luz é dirigida de cima para baixo.

108

Built-in, um sistema de iluminação em que o ponto de luz
fica oculto, é muito usado porque não provoca ofuscamento.

109

O LED — light-emitting diode (diodo emissor de luz) — é
uma opção de iluminação viável para ambientes modernos.
Entretanto, é muito pouco usado porque, apesar de
apresentar um custo inicial baixo, consome muito mais
energia que uma lâmpada incandescente.

Considerando que as cores podem contribuir para modificar a
aparência dos ambientes, julgue os itens seguintes.

110

Cores escuras fazem o ambiente parecer mais amplo e
sofisticado. Paredes brilhantes são mais reflexivas, dão a
sensação de local aberto e arejado e potencializam o efeito
criado pela luz.

111

Um forro parecerá mais baixo se for pintado com uma cor
escura.

RASCUNHO

cespe-2008-tj-ce-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – TJCE 

Caderno E

Cargo 3: Analista Judiciário – Área: Técnico-Administrativa – Especialidade: Arquitetura

– 9 –

Uma empresa de consultoria na elaboração de projetos

para ambientes jurídicos recomenda, entre outras, que os projetos
sigam as seguintes orientações:
a)  separar as funções judiciais das administrativas e de serviço

ao público;

b)  concentrar as necessidades do público no primeiro andar do

prédio; 

c)  manter três padrões distintos de circulação — para os juízes,

para o público e para os presos;

d)  contemplar um sistema moderno de segurança;
e)  aproveitar os avanços da tecnologia para auxiliar no manejo

do andamento dos processos, no fornecimento de
informações internas e externas e na manutenção dos
registros necessários;

f)  enfatizar os pontos de contato entre o público e os

funcionários do Poder Judiciário, a fim de assegurar que esse
contato seja rápido e eficiente;

g)  evitar contatos inadequados entre os magistrados e o  público,

para aumentar a eficiência da administração da justiça;

h)  refletir o significado simbólico de um centro de justiça em

uma sociedade civil.

Como conclusão, tem-se que as salas de julgamento

modernas devem se localizar em um pavimento separado, com
três entradas diferenciadas para os juízes, o público e os presos.
Os juízes devem acessar as salas de julgamento por meio de uma
área de circulação segura; o público, por um corredor público; e
os presos devem circular por um corredor separado, seguro,
oriundos de celas localizadas no pavimento térreo. O público
deverá ser acomodado em assentos elevados, que permitam uma
boa visão dos procedimentos.

7,00 m

14,00 m

corredor de segurança

corredor de segurança

registro de

procedimentos

 segurança

 preparação

de testemunha

 preparação

de testemunha

corredor de 

acesso público

público

 juiz

 sala do júri

 sala de

deliberação

 escrevente

advogado de 

acusação

 júri

 testemunha

Figura I – planta  de uma sala de justiça.

Figura II – vista de uma sala de justiça.

Com base no texto e nas imagens mostradas acima, julgue os
itens de 112 a 120.

112

As recomendações listadas no texto anterior tratam de
segurança, eficiência e fluxos (função), bem como de
simbolismo (forma). Entretanto, para que o triângulo
vitruviano fique completo, é necessário informar também as
recomendações sobre a construção em si.

113

Partindo-se do pressuposto de que um programa se configura
complexo quando a arquitetura resultante apresenta
circulações diferenciadas, é correto afirmar que o projeto de
uma sala de justiça é complexo.

114

Introduzir um sistema moderno de segurança é uma condição
para atender às recomendações das alíneas a, b, e g listadas
no texto.

115

Devido a suas peculiaridades, as instalações de uma sala de
justiça moderna prescindem de um projeto de lógica.

116

Para conferir significado simbólico a um edifício jurídico,
um arquiteto pode optar por um frontão triangular e por
colunas na fachada que fazem alusão à justiça dos antigos
romanos.

117

Para dar uma majestade ao edifício jurídico, um arquiteto
pode propor um imponente pé-direito triplo no hall de
entrada com 3 m de altura.

118

As figuras I e II podem se referir à mesma sala, sendo que a
representada na figura II enfatiza, em primeiro plano, os
assentos elevados.

119

Para projetar a elevação dos assentos, conforme ilustrado na
figura II, é correto se recorrer a uma construção geométrica
conhecida pelo nome de curva de visibilidade.

120

Considerando que a sala de justiça tenha 4 m de pé-direito e
desconsiderando os vazios correspondentes a portas e
janelas, é correto concluir que serão necessários 98 m² de
alvenaria para executar as paredes externas desta sala.

RASCUNHO

cespe-2008-tj-ce-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – TJCE 

Caderno E

Cargo 3: Analista Judiciário – Área: Técnico-Administrativa – Especialidade: Arquitetura

– 10 –

PROVA DE REDAÇÃO

Nesta prova, que vale dez pontos, faça o que se pede, usando o espaço para rascunho indicado no presente caderno. Em seguida,
transcreva o texto para a FOLHA DE TEXTO DEFINITIVO DA PROVA DE REDAÇÃO, no local apropriado, pois não será
avaliado fragmento de texto escrito em local indevido.

Qualquer fragmento de texto além da extensão máxima de trinta linhas será desconsiderado.

Na folha de texto definitivo, identifique-se apenas no cabeçalho da primeira página, pois não será avaliado texto que tenha
qualquer assinatura ou marca identificadora fora do local apropriado.

A estimativa de que existam, no país, 9 mil presos com pena já cumprida — e que,

portanto, já deveriam estar em liberdade — é um dramático exemplo da falência do sistema
carcerário brasileiro. Se a este número forem adicionados os 133 mil detentos que, segundo
o Departamento Penitenciário Nacional, aguardam julgamento em prisão preventiva,
certamente havendo entre eles réus sem culpa formada, chega-se à dimensão de uma
explosiva tragédia. Não por acaso, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) lançou um mutirão
cívico, convocando juízes de execuções penais a retirar dos presídios os detentos com pena
vencida e aqueles com direito aos regimes aberto e semi-aberto.

O Globo, 13/9/2008, p. 6 (com adaptações).

Considerando que o texto acima tem caráter unicamente motivador, redija texto dissertativo acerca do seguinte tema.

JUSTIÇA E SISTEMA PENITENCIÁRIO: DESAFIO A SER ENFRENTADO

Ao redigir seu texto, aborde, necessariamente, os seguintes aspectos:

<

problemas que afetam o atual quadro dos presídios brasileiros;

<

ação emergencial do CNJ;

<

uma política de reinserção do preso à sociedade.

cespe-2008-tj-ce-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – TJCE 

Caderno E

Cargo 3: Analista Judiciário – Área: Técnico-Administrativa – Especialidade: Arquitetura

– 11 –

P

ROVA DE 

R

EDAÇÃO 

 

R

ASCUNHO

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30