Prova Concurso - Administração - 2008-TJ-DFT-ANALISTA-JUDICIARIO-ADMINISTRACAO - CESPE - TJ - 2008

Prova - Administração - 2008-TJ-DFT-ANALISTA-JUDICIARIO-ADMINISTRACAO - CESPE - TJ - 2008

Detalhes

Profissão: Administração
Cargo: 2008-TJ-DFT-ANALISTA-JUDICIARIO-ADMINISTRACAO
Órgão: TJ
Banca: CESPE
Ano: 2008
Nível: Superior

Downloads dos Arquivos

prova.pdf
gabarito.pdf

Provas relacionadas

AGENTE-ADMINISTRATIVO-PREVIDENCIARIOCONCURSOS2018
ASSISTENTE-DE-ADMINISTRACAOFUNPAPA2018
AUXILIAR-DE-ADMINISTRACAOFUNPAPA2018

Gabarito

cespe-2008-tj-dft-analista-judiciario-administracao-gabarito.pdf-html.html

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

C

E

E

C

C

C

C

C

C

C

E

E

E

E

C

E

E

C

C

C

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

E

E

C

C

E

E

E

C

C

E

E

C

C

C

E

E

C

C

C

E

41

42

43

44

45

46

47

48

49

50

51

52

53

54

55

56

57

58

59

60

E

E

C

E

E

C

X

E

C

C

E

C

E

C

C

C

E

E

E

C

61

62

63

64

65

66

67

68

69

70

71

72

73

74

75

76

77

78

79

80

C

E

E

C

C

C

E

E

E

E

C

C

E

C

C

E

E

E

C

C

81

82

83

84

85

86

87

88

89

90

91

92

93

94

95

96

97

98

99

100

C

C

E

C

C

E

C

E

E

E

C

C

C

C

E

E

E

C

E

E

101

102

103

104

105

106

107

108

109

110

111

112

113

114

115

116

117

118

119

120

E

C

C

C

C

E

C

E

C

E

E

C

E

C

E

E

E

C

E

C

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Obs.: ( X ) item anulado

PODER JUDICIÁRIO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E DOS TERRITÓRIOS (TJDFT)

CONCURSO PÚBLICO

GABARITOS OFICIAIS DEFINITIVOS DAS PROVAS OBJETIVAS

Gabarito

CARGO 1: ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: ADMINISTRATIVA

Item

0

Item

Gabarito

Item

Item

Gabarito

Item

Gabarito

Item

Gabarito

Gabarito

2/3/2008

Aplicação: 

0

Prova

cespe-2008-tj-dft-analista-judiciario-administracao-prova.pdf-html.html
cespe-2008-tj-dft-analista-judiciario-administracao-prova.pdf-html.html

TJDFT

Cargo 1: Analista Judiciário – Área: Administrativa

– 1 –

De acordo com o comando a que cada um dos itens de 1 a 120 se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo
designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado com o código E, caso julgue o item ERRADO.
A ausência de marcação ou a marcação de ambos os campos não serão apenadas, ou seja, não receberão pontuação negativa. Para as
devidas marcações, use a folha de respostas, único documento válido para a correção das suas provas.

CONHECIMENTOS BÁSICOS

Agora olhavam as lojas, as toldas, a mesa do leilão. E conferenciavam pasmados. Tinham percebido que

1

havia muitas pessoas no mundo. Ocupavam-se em descobrir uma enorme quantidade de objetos. Comunicaram
baixinho um ao outro as surpresas que os enchiam. Impossível imaginar tantas maravilhas juntas. O menino mais
novo teve uma dúvida e apresentou-a timidamente ao irmão. Seria que aquilo tinha sido feito por gente? O menino

4

mais velho hesitou, espiou as lojas, as toldas iluminadas, as moças bem vestidas. Encolheu os ombros. Talvez aquilo
tivesse sido feito por gente. Nova dificuldade chegou-lhe ao espírito, soprou-a no ouvido do irmão. Provavelmente
aquelas coisas tinham nomes. O menino mais novo interrogou-o com os olhos. Sim, com certeza as preciosidades

7

que se exibiam nos altares da igreja e nas prateleiras das lojas tinham nomes. Puseram-se a discutir a questão
intrincada. Como podiam os homens guardar tantas palavras? Era impossível, ninguém conservaria tão grande soma
de conhecimentos. Livres dos nomes, as coisas ficavam distantes, misteriosas. Não tinham sido feitas por gente.

10

E os indivíduos que mexiam nelas cometiam imprudência. Vistas de longe, eram bonitas. Admirados e medrosos,
falavam baixo para não desencadear as forças estranhas que elas porventura encerrassem.

Graciliano Ramos. Vidas secas. São Paulo: Martins, 1972, p.125.

No texto apresentado acima, dois personagens do romance Vidas Secas, o menino mais velho e o menino mais novo, deixam a fazenda
em que seu pai trabalhava como vaqueiro, para irem à festa de Natal em uma pequena cidade. Com base nessas informações e no
fragmento do texto de Graciliano Ramos, julgue os itens subseqüentes.

1

No texto acima, pela linguagem literária, o autor aborda uma questão universal — a construção do conhecimento do mundo pelo
homem por meio da nomeação dos objetos —, a partir da narrativa de uma experiência particular dos personagens — a primeira
visita de dois meninos a uma pequena cidade.

2

No trecho “Talvez aquilo tivesse sido feito por gente” (

R

.5-6), o verbo concorda com “gente”, sujeito da oração na voz passiva.

3

O emprego da linguagem figurada, como em “soprou-a no ouvido do irmão” (

R

.6), e a ausência do discurso direto confirmam o

que está evidente no trecho “O menino mais novo interrogou-o com os olhos” (

R

.7), isto é, que em ambos os momentos a

comunicação entre os dois personagens prescinde da linguagem verbal.

4

No trecho “as preciosidades que se exibiam nos altares da igreja e nas prateleiras das lojas tinham nomes” (

R

.7-8), os objetos

religiosos e as mercadorias estão reunidos sob a designação comum de “nomes”, o que está de acordo com a associação feita pelos
meninos entre as coisas espirituais e as coisas “feitas por gente” (

R

.10).

5

Considerando-se a linguagem usada pelo escritor para narrar a experiência dos meninos na cidade, é correto afirmar que a questão
abordada no texto pode ser considerada “intrincada” (

R

.9) não apenas para os personagens, mas também para o autor e o leitor.

Os seres humanos, nas culturas orais primárias, não afetadas por qualquer tipo de escrita, aprendem muito,

1

possuem e praticam uma grande sabedoria, porém não “estudam”. Eles aprendem pela prática — caçando com
caçadores experientes, por exemplo —, pelo tirocínio, que constitui um tipo de aprendizado; aprendem ouvindo,
repetindo o que ouvem, dominando profundamente provérbios e modos de combiná-los e recombiná-los,

4

assimilando outros materiais formulares, participando de um tipo de retrospecção coletiva — não pelo estudo no
sentido estrito.

Quando o estudo, no sentido estrito de análise seqüencial ampla, se torna possível com a interiorização

7

da escrita, uma das primeiras coisas que os letrados freqüentemente estudam é a própria linguagem e seus usos. A
fala é inseparável da nossa consciência e tem fascinado os seres humanos, além de trazer à tona reflexões
importantes sobre ela própria, desde os mais antigos estágios da consciência, muito tempo antes do surgimento da

10

escrita.

Walter Ong. Oralidade e cultura escrita. Papirus, 1998, p. 17 (com adaptações).

A partir da organização do texto acima, julgue os seguintes itens.

6

O desenvolvimento da argumentação do texto permite que se empregue tanto “afetadas” (

R

.1) quanto a correspondente flexão de

masculino, afetados, sem que seja prejudicada a correção gramatical. 

7

As regras de pontuação da língua portuguesa são respeitadas tanto substituindo-se os travessões, nas linhas 2 e 3, por parênteses,
como substituindo-se o primeiro deles por vírgula e eliminando-se o segundo. 

8

Na linha 5, o emprego de “pelo”, regendo “estudo”, indica que está subentendida, antes dessa contração, a forma verbal
aprendem, como utilizado na linha 2.

9

Na linha 9, mesmo que o verbo que antecede a locução adverbial “à tona” não exigisse objeto regido pela preposição a, como
exige esse emprego do verbo “trazer”, o sinal indicativo de crase seria obrigatório nesse contexto.

cespe-2008-tj-dft-analista-judiciario-administracao-prova.pdf-html.html

TJDFT

Cargo 1: Analista Judiciário – Área: Administrativa

– 2 –

Os sistemas simbólicos e, particularmente, a língua exercem um papel fundamental na comunicação entre

1

os sujeitos e no estabelecimento dos significados compartilhados, que permitem interpretações dos objetos, eventos
e situações do mundo real. Na ausência de um sistema de signos compartilhado e articulado, como a língua humana,
somente o tipo de comunicação mais primitivo e limitado é possível.

4

O surgimento do pensamento verbal e da língua como sistema de signos é crucial no desenvolvimento da

espécie humana, momento mesmo em que o biológico transforma-se no histórico e em que emerge a centralidade
da mediação simbólica na constituição do psiquismo humano.

7

Martha Kohl de Oliveira. História, consciência e educação. In: Viver Mente&Cérebro. Edição Especial, 2005, p. 10 (com adaptações).

Julgue os seguintes itens, a respeito da organização das idéias no texto acima.

10

Na linha 1, a retirada do advérbio “particularmente” e das vírgulas que o demarcam preservaria a correção gramatical do texto,
mas prejudicaria suas relações semânticas, pois permitiria a interpretação de que a língua não faz parte dos “sistemas simbólicos”.

11

Na linha 2, o pronome relativo “que” retoma o antecedente “os sujeitos”; por essa razão, a forma verbal “permitem” está no plural.

12

A flexão de singular em “é crucial” (

R

.5) admite a substituição pelo plural correspondente, são cruciais, sem prejuízo da coerência

ou da correção do texto, porque o sujeito da oração é composto por dois núcleos, “pensamento verbal” e “língua”.

A economia mundial experimentou, nos últimos seis anos, um período de prosperidade rara. A guerra no Iraque

e a conseqüente alta no preço do petróleo não tiveram força suficiente para deter a velocidade de crescimento das
economias, em especial a dos países emergentes. Antes, fontes de dor de cabeça para seus cidadãos e para o mundo,
gigantes como a China e a Índia abraçaram o que a economia capitalista globalizada tem de melhor, a capacidade de
produzir riqueza, e incorporaram bilhões de pessoas ao mercado consumidor.

A globalização produziu ganhadores e perdedores, solidez e fragilidade. A maior de todas as fragilidades da

globalização é justamente o que lhe dá sustentação, a simultaneidade de processos e a interligação instantânea dos
mercados, via Internet. Essa situação propiciou o aumento da produção e o barateamento dos produtos, dando chance
aos países de crescer rapidamente sem despertar o dragão inflacionário. O lado negativo da integração é que a queda
de um grande parceiro pode arrastar todos os demais. Foi esse o perigo que o mundo correu e corre quando a economia
que responde por 25% de toda a riqueza planetária, os Estados Unidos da América (EUA), escorregou feio em uma
casca de banana que, paradoxalmente, estava à vista de todos havia muito tempo.

Veja, 30/1/2008, p. 64-7 (com adaptações).

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando os múltiplos aspectos que envolvem o tema por ele abordado, julgue os
itens que se seguem.

13

Uma das inovações trazidas pela globalização é o caráter autônomo da economia, ou seja, instabilidades políticas ou confrontações
bélicas deixaram de exercer influência sobre os mecanismos de produção, circulação e fixação de preços das mercadorias.

14

China e Índia, citadas como exemplos marcantes de países emergentes na atualidade, creditam parcela significativa de seu êxito
ao fato de terem promovido reformas políticas que as levaram a adotar o modelo de democracia ocidental.

15

Ainda que China e Índia tenham ampliando consideravelmente a capacidade produtiva e incorporado bilhões de pessoas ao
mercado consumidor, como assinalado no texto, não se pode afirmar que a globalização ocorra de maneira simétrica, reduzindo
as desigualdades entre os países.

16

O fato de um país poderoso entrar em crise econômica e arrastar consigo os demais parceiros é risco real trazido pela globalização,
situação desconhecida nas etapas anteriores da evolução histórica do capitalismo. 

17

Infere-se do texto que, na atual realidade econômica mundial, mais do que em qualquer outra época, crescimento e inflação são
faces da mesma moeda, em que uma não sobrevive sem a outra.

18

A “casca de banana” aludida no texto, referindo-se à atual crise norte-americana, relaciona-se à concessão irrestrita de crédito
— sobretudo imobiliário — a consumidores que se mostraram sem condições de pagar como fator relevante para o
desencadeamento de uma crise que afeta diversos setores da economia.

19

Uma das principais razões que explicam a formação dos atuais blocos econômicos, entre os quais se situam a União Européia e
o Mercado Comum do Sul, é o fato de oferecerem aos seus integrantes condições mais favoráveis de inserção no competitivo
mercado global.

20

Na atualidade, um dos clássicos sintomas de crise ou de instabilidade financeira é o comportamento volátil das bolsas de valores,
que, em escala planetária, tende a expressar a insegurança dos investidores.

cespe-2008-tj-dft-analista-judiciario-administracao-prova.pdf-html.html

TJDFT

Cargo 1: Analista Judiciário – Área: Administrativa

– 3 –

CONHECIMENTOS COMPLEMENTARES

Acerca do Regimento Interno do TJDFT, cada um dos itens
subseqüentes apresenta uma situação hipotética, seguida de uma
assertiva a ser julgada.

21

Fábio foi nomeado, entre os desembargadores mais antigos,
para integrar o Conselho Especial do TJDFT. 
Nessa situação, nos afastamentos e impedimentos de Fábio,
a sua substituição se dará pelos suplentes na ordem
decrescente da votação obtida.

22

Durante o julgamento de um 

habeas corpus, pelo Conselho

Especial, certo desembargador pediu vista dos autos, para
melhor analisar a questão. Os demais desembargadores,
sentindo-se habilitados, proferiram seus votos. Na segunda
sessão subseqüente, o desembargador que havia pedido vista
afastou-se, razão pela qual foram computados apenas os
votos já proferidos, que resultaram no empate de 8 votos a
favor e 8 contra. 
Nessa situação, haverá a necessidade de adiamento da sessão
de julgamento, com sua continuidade na sessão mais próxima
possível.

23

Partido político com representação na Câmara Legislativa do
Distrito Federal ajuizou ação direta de inconstitucionalidade,
com pedido de liminar, pleiteando a suspensão da eficácia de
determinado dispositivo de lei distrital, até o julgamento do
mérito da questão. 
Nessa situação, se concedida a liminar, esta será dotada de
eficácia 

ex nunc, salvo se o Conselho Especial entender de

conceder-lhe eficácia retroativa.

24

O Distrito Federal (DF), devidamente intimado de decisão
que deferiu liminar em mandado de segurança, contra ato do
governador, requereu a suspensão da segurança, visando
evitar grave lesão à economia pública. O presidente do
TJDFT, ao analisar a questão, entendeu estarem presentes os
requisitos para a concessão de tal medida e deferiu a
suspensão da segurança. 
Nessa situação, da decisão caberá agravo regimental.

25

Paulo é desembargador presidente do TJDFT. 
Nessa situação, ao término de seu mandato, integralmente
cumprido, Paulo poderá participar do escrutínio subseqüente
e candidatar-se à reeleição para o mesmo cargo.

26

Antônio, presidente do TJDFT, em virtude do término do seu
mandato, foi sucedido por Luciana, corregedora do TJDFT.
Nessa situação, Antônio ocupará o cargo de sua sucessora e
será titular do cargo de corregedor.

27

Em meados do mês de outubro de 2007, João, juiz de direito
do TJDFT, foi consultado pela presidência do tribunal a
respeito de sua preferência por atuação na área cível ou
criminal, se convocado para substituição, em caso de vaga ou
afastamento de desembargador. João, em ato formal,
declinou que sua preferência era pela área cível. 
Nessa situação, e com base no regimento em questão, o
Conselho Especial somente poderá indicar João para uma
das turmas cíveis do TJDFT, para eventual substituição.

28

Uma das turmas do TJDFT, durante sessão ordinária, julgou

apenas 18 dos 48 feitos incluídos na respectiva pauta.

Nessa situação, é obrigatória a convocação de sessão

extraordinária para julgamento dos feitos pendentes.

29

Determinado desembargador, designado relator em ação

penal de competência originária do TJDFT, proferiu decisão

rejeitando a denúncia, por manifesta ilegitimidade da parte.

Nessa situação, a referida decisão deve ser submetida ao

Conselho Especial.

30

Pedro, à época juiz de direito do TJDFT, proferiu sentença

de mérito acolhendo pedido formulado nos autos de

determinada ação. A referida sentença foi reformada

integralmente pelo tribunal e transitou em julgado.

Nessa situação, se Pedro for agora desembargador, não

poderá participar do julgamento de ação rescisória ajuizada

contra o acórdão. 

31

Foi instaurado conselho de disciplina, para exame da perda

da graduação pela prática de transgressão disciplinar grave,

contra Henrique, praça da Polícia Militar do Distrito Federal.

Nessa situação, o procedimento deverá ser julgado por uma

das turmas criminais do TJDFT.

32

Dentro do prazo legal, foram opostos embargos de

declaração contra acórdão proferido por uma das turmas do

TJDFT, sob o fundamento de que havia divergência entre a

ementa e o acórdão. 

Nessa situação, o relator poderá indeferir liminarmente os

referidos embargos declaratórios.

33

O Conselho Especial do TJDFT, ao analisar determinada

matéria, proferiu, consecutivamente, quatro julgamentos

concordantes, por maioria absoluta de seus membros. 

Nessa situação, os enunciados correspondentes a esses

julgamentos poderão ser sumulados.

34

O edital de um concurso público para ingresso na

magistratura do DF previu que todas as questões não

reguladas no instrumento convocatório serão resolvidas pela

presidência da comissão do respectivo concurso. 

Nessa situação, a análise das referidas questões será de

responsabilidade do vice-presidente do TJDFT, no uso de

suas atribuições.

35

Em processo de apuração de falta disciplinar punível com

perda do cargo de magistrado, presentes todos os membros

do Conselho Administrativo, nove desembargadores votaram

no sentido da penalização, enquanto os demais votaram pela

absolvição do magistrado.

Nessa situação, o colegiado condenou o magistrado.

cespe-2008-tj-dft-analista-judiciario-administracao-prova.pdf-html.html

TJDFT

Cargo 1: Analista Judiciário – Área: Administrativa

– 4 –

Cada um dos próximos itens apresenta uma situação hipotética,
seguida de uma assertiva a ser julgada com base na Lei de
Organização Judiciária do Distrito Federal e dos Territórios
(LOJDFT).

36

Roberto e Paula ocupam, respectivamente, os cargos de
vice-presidente e corregedora do TJDFT. 
Nessa situação, se faltarem menos de 6 meses para o término
dos mandatos e houver vacância do cargo de vice-presidente,
este será substituído por Paula.

37

Rogério foi preso em flagrante pelo crime de tentativa de
homicídio. Em virtude de supostas irregularidades no ato da
prisão e outras nulidades, Rogério impetrou 

habeas corpus.

Nessa situação, a competência para processar e julgar o
habeas corpus é do tribunal do júri da circunscrição
judiciária do DF em que ocorreu o fato.

38

Alberto, menor de 17 anos de idade, praticou ato infracional
descrito pela legislação penal como crime de furto. Em
virtude da reiteração no cometimento de outras infrações de
mesma natureza, o juiz da Vara da Criança e do Adolescente
determinou a internação por prazo indeterminado, não
superior a 3 anos. 
Nessa situação, caso Alberto permaneça internado após
completar 18 anos de idade, a competência para prosseguir
a execução da referida medida passará a ser da Vara de
Execuções Criminais.

39

Antônio desapareceu de seu domicílio, sem ter dado notícias
e sem ter deixado procurador ou representante para
administrar seus bens. Os familiares de Antônio, diante dessa
situação, decidiram requerer judicialmente a declaração de
ausência e a nomeação de um curador dos bens deixados por
Antônio. 
Nessa situação, de acordo com a lei em apreço, a
competência para processar e julgar o aludido feito é da vara
de família.

40

Sérgio, empregado público do DF, no exercício de suas
funções, sofreu acidente de trabalho que resultou na perda
parcial dos movimentos de um de seus membros. Em razão
desse fato, Sérgio ajuizou ação acidentária para obter a
devida reparação. 
Nessa situação, a competência para processar e julgar o
referido feito é de uma das varas de fazenda pública do DF.

Com base na LOJDFT, julgue os itens a seguir.

41

Em sessão do Tribunal Pleno Administrativo, cujo objeto da
pauta seja a aprovação de emendas ao Regimento Interno do
TJDFT, o desempate de votação de proposta é feito pelo
presidente, em conjunto com o vice-presidente e o
corregedor, acaso presentes.

42

Conforme dispõe a lei em apreço, para cada região
administrativa do DF corresponde uma área de jurisdição das
circunscrições judiciárias do DF.

43

Nos termos da referida lei, as cartas precatórias relativas a
processos de falência devem ser cumpridas pela Vara de
Falências e Concordatas.

Cada um dos próximos itens apresenta uma situação hipotética,

seguida de uma assertiva a ser julgada com base na LOJDFT.

44

Jailson impetrou mandado de segurança em face de ato do

Tribunal de Contas do DF, o qual foi distribuído para uma

das turmas cíveis do TJDFT. 

Nessa situação, se o relator designado para presidir o

mandado de segurança verificar que a competência para o

julgamento é do Conselho Especial, ele deverá elaborar

relatório e encaminhá-lo aos demais membros da Turma,

pedindo pauta para julgamento, para que a questão da

competência seja decidida pelo órgão colegiado.

45

Em ação de demarcação, em que litigam dois particulares, o

DF foi oficiado para informar sobre eventual interesse que

possuísse na causa. Analisada a questão pelos órgãos

competentes, o DF percebeu que parcela do imóvel objeto

do litígio encontrava-se em terras públicas, de sua

titularidade. 

Nessa situação, a propositura de embargos de terceiros pelo

DF para defesa da posse atrai a competência para processar

e julgar a causa aos juízes das varas de fazenda pública do

DF.

46

Marcos é juiz de direito titular da vara cível de numeração

mais alta da Circunscrição Judiciária de Brasília – DF. 

Nessa situação, se ocorrer falta ocasional ou ausência do juiz

de direito substituto, Marcos deverá ser substituído pelo juiz

da 1.ª Vara Cível da mesma circunscrição judiciária.

47

Flávia é juíza de direito de uma das varas da Circunscrição

Judiciária de Taguatinga – DF. 

Nessa situação, considerando o que dispõe a LOJDFT, é

correto concluir que Flávia preencheu o respectivo cargo por

promoção e que à época era juíza de direito substituta.

48

Bruno possui 4 anos de efetivo exercício na magistratura do

DF. Fernanda possui 4 anos e 2 meses na magistratura, mas

teve de se afastar durante um período de 6 meses, em virtude

de licença para tratamento de saúde. 

Nessa situação, Bruno é considerado mais antigo que

Fernanda, para efeito de promoção por antiguidade.

49

Rodrigo é juiz de direito do TJDFT, ocupando cargo de

titular de uma das varas cíveis da Circunscrição Judiciária de

Taguatinga – DF. 

Nessa situação, Rodrigo não poderá concorrer à promoção

por antiguidade para o provimento de cargos de

desembargador do TJDFT.

50

Fabiana é juíza de direito titular e foi escolhida pelo

Conselho Especial para integrar a Turma Recursal Cível.

Nessa situação, o mandato de Fabiana no referido conselho

será de 2 anos, sendo permitida a recondução.

cespe-2008-tj-dft-analista-judiciario-administracao-prova.pdf-html.html

TJDFT

Cargo 1: Analista Judiciário – Área: Administrativa

– 5 –

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Com referência a noções de administração financeira, julgue os

itens que se seguem.

51

Na aplicação dos recursos da organização, com o objetivo

de obter os melhores retornos de capital, o administrador

financeiro deve procurar alternativas que ofereçam ou o

menor risco ou o maior retorno. 

52

Considere que, em uma operação comercial, sejam

apresentadas duas opções de pagamento da dívida: 

<

10 parcelas com juros compostos de 1,5% ao mês; ou 

<

24 parcelas com juros compostos de 4,7% ao trimestre.

Nessa situação, o uso do cálculo da equivalência de taxas

permite identificar a melhor alternativa.

53

Considere que uma dívida de R$ 50.000,00 deverá ser

quitada por este valor em 2 meses e que ela foi contratada

com juros de 2% ao mês sob o regime de capitalização

composta. Nessa situação, o seu valor presente é inferior a

R$ 48.000,00.

54

O tempo necessário para se recuperar um investimento

efetuado é chamado de 

payback.

55

A análise dos valores registrados no ativo circulante e no

passivo circulante permite avaliar a capacidade de uma

empresa saldar suas dívidas de curto prazo.

Julgue os itens a seguir, que versam acerca de noções de

administração de recursos humanos.

56

Experiência, conhecimentos, aptidões e habilidades,

características comportamentais e circunstâncias pessoais,

como local de residência e posse de automóvel, são atributos

requeridos em processos de recrutamento e seleção.

57

Na adoção da descentralização das atividades de recursos

humanos, devem ser mantidas centralizadas as atividades

de seleção e treinamento para evitar a adoção de critérios

pessoais conflitantes com as políticas da organização. 

58

Uma característica das equipes autogerenciadas é a ausência

de chefes, gerentes e líderes. 

59

Na fase de diagnóstico das necessidades de treinamento, a

utilização da análise das tarefas permite a identificação das

áreas que necessitam de ações de treinamento.

60

A adequação dos salários de uma organização aos praticados

pelo mercado de trabalho proporciona o equilíbrio externo

da remuneração.

61

Escolha forçada, avaliação por resultados, escalas gráficas,

pesquisa de campo e avaliação 360 graus são métodos de

avaliação de desempenho.

A respeito de noções de administração de material, julgue os
próximos itens.

62

Considere a seguinte movimentação hipotética de
determinado material em uma empresa:
10/8: entrada de 100 unidades ao valor unitário de R$ 11,00;
20/8: entrada de 50 unidades ao valor unitário de R$ 10,00;
30/8: saída de 100 unidades; 
10/9: entrada de 70 unidades ao valor unitário de R$ 9,00; 
20/9: saída de 40 unidades.
Com base nos dados acima e considerando a avaliação de
estoques pelo método PEPS, o valor do estoque em 21/9 é
superior a de R$ 800,00.

63

O sistema 

just-in-time é um método de gestão de estoques

destinado a reduzir a probabilidade de desabastecimento do
setor produtivo em função da maximização dos volumes em
estoque. 

64

Considera-se que há sazonalidade no consumo de
determinado bem quando seus dados referentes ao consumo
apresentam variação regular em alguns períodos.

65

É correto utilizar a curva ABC para classificar materiais em
função do valor e da quantidade de consumo.

66

A soma do estoque de segurança com o lote de compra
resulta no estoque máximo.

RASCUNHO

cespe-2008-tj-dft-analista-judiciario-administracao-prova.pdf-html.html

TJDFT

Cargo 1: Analista Judiciário – Área: Administrativa

– 6 –

Consistentes estudos de estoques têm seu início na previsão do
consumo de material. Nesse sentido, considere o seguinte
consumo de determinado material.

mês

unidades

janeiro

50

fevereiro

60

março

70

abril

75

maio

73

junho

78

julho

84

agosto

93

Com base nessas informações, julgue os itens a seguir.

67

Caso tivesse sido empregado o método da média móvel para
3 períodos para se calcular a previsão de consumo para o
mês de abril, então o valor previsto teria sido superior ao
consumo efetivo.

68

Caso seja utilizado o método da média móvel com
ponderação exponencial para previsão do consumo em
setembro, então os dados de junho, julho e agosto terão
maior peso que os dados iniciais da série.

Pedro Santos entrou na justiça contra uma empresa

construtora por quebra de contrato, pois, mesmo tendo pago o
serviço contratado, este sequer havia sido começado. Após o
julgamento, foi decidido que a empresa construtora pagaria a
Pedro Santos uma indenização de R$ 100.000,00, além de multa
contratual e mais um valor a título de dano moral. Na decisão
judicial constou que, na data do pagamento, o valor de
R$ 100.000,00 correspondente à indenização deveria ser
corrigido a uma taxa nominal de juros compostos de 24% ao ano,
com capitalização mensal, contados a partir de 1.º de janeiro de
2002. 

Considerando essa situação hipotética e tomando 1,13 como valor
aproximado para (1,02)

6

, julgue os itens seguintes.

69

A taxa de 24% apresentada na sentença judicial corresponde
também à taxa efetiva de juros que será praticada no
pagamento da indenização citada.

70

Se, com honorários de advogados, tiverem sido gastos
R$ 15.000,00, e essa soma tiver correspondido a 12% do
valor recebido por Pedro Santos, é correto afirmar que o
valor da indenização paga foi superior a R$ 126.000,00.

71

As taxas de juros compostos de 24% ao ano e de 2% ao mês
são taxas proporcionais.

72

Em um regime de juros simples, taxas proporcionais são
taxas equivalentes.

Ainda considerando a situação hipotética anterior e o valor
numérico de aproximação mencionado, julgue os itens que se
seguem.

73

Em um regime de juros simples, com a taxa de 2% ao mês,
se o pagamento da indenização tivesse ocorrido no dia 1.º de
junho de 2004, o total recebido teria sido superior a
R$ 160.000,00.

74

Considerando que a indenização tenha sido paga em 1.º de
janeiro de 2003, a taxa efetiva de correção da indenização
teria sido superior a 27%.

75

Se Pedro Santos tiver recebido sua indenização corrigida
no dia 1.º de agosto de 2003, o valor recebido terá sido
superior a R$ 143.000,00.

76

Uma taxa de juros compostos de 24% ao ano, com
capitalização anual, é equivalente a uma taxa de juros
compostos de 4% ao bimestre, com capitalização bimestral.

77

Se Pedro Santos recebesse como indenização, após correções
monetárias, um total de R$ 116.500,00, esse pagamento teria
ocorrido em 2003.

78

Considerando-se que, no primeiro semestre de 2002, a taxa
de inflação tivesse sido igual a 5%, então, nesse período, a
taxa real de correção da indenização teria sido inferior a 7%.

RASCUNHO

 

cespe-2008-tj-dft-analista-judiciario-administracao-prova.pdf-html.html

TJDFT

Cargo 1: Analista Judiciário – Área: Administrativa

– 7 –

Em 2007, os brasilienses passaram mais cheques sem

fundo do que a média dos brasileiros. Em cada mil folhas de

cheque dadas pelo pagamento de algum bem ou serviço, 30 foram

devolvidas na capital federal, enquanto, na média nacional, o

volume cai para 20 a cada mil. Ao longo de 2007, no Brasil,

foram 30 milhões de devoluções, 6 milhões a menos do que em

2006. Em 2006, a inadimplência era de 21 a cada mil folhas.

Correio Braziliense, 24/1/2008 (com adaptações).

A partir das informações apresentadas acima, julgue os itens

subseqüentes.

79

No Brasil, no ano de 2007, o total de folhas de cheques

dadas pelo pagamento de algum bem ou serviço foi superior

a 1,4 bilhão.

80

Os números mostram que, de 2006 para 2007, houve uma

redução na utilização de cheques: a quantidade de folhas

dadas pelo pagamento de algum bem ou serviço em 2007

corresponde a menos de 90% dessa quantidade em 2006. 

81

Considere-se que, no ano de 2007, uma pessoa tenha

recebido, de brasilienses, em três dias consecutivos, três

folhas de cheque pelo pagamento de algum bem ou serviço.

Nessa situação hipotética, a probabilidade de que exatamente

uma dessas três folhas tenha sido devolvida será superior a

0,08 e inferior a 0,10.

nota

freqüência

0

2

1

10

2

20

3

47

4

46

total

125

A tabela acima apresenta a distribuição de freqüência absoluta
das notas dadas por 125 usuários de um serviço público, em uma
avaliação da qualidade do atendimento. Considerando essas
informações, julgue os próximos itens.

82

A média, a moda e a mediana dos valores apresentados na
tabela são superiores a 2,8 e inferiores a 3,3.

83

O desvio-padrão das notas apresentadas na tabela é superior
a 1,1.

RASCUNHO

cespe-2008-tj-dft-analista-judiciario-administracao-prova.pdf-html.html

TJDFT

Cargo 1: Analista Judiciário – Área: Administrativa

– 8 –

Julgue os itens que se seguem.

84

Para a identificação da função administrativa como função

do Estado, os doutrinadores administrativistas têm se valido

dos mais diversos critérios, como o subjetivo, o objetivo

material e o objetivo formal.

85

Um conceito válido para a função administrativa é o que a

define como a função que o Estado, ou aquele que lhe faça

às vezes, exerce na intimidade de uma estrutura e regime

hierárquicos e que, no sistema constitucional brasileiro, se

caracteriza pelo fato de ser desempenhada mediante

comportamentos infralegais ou, excepcionalmente,

infraconstitucionais vinculados, submissos ao controle de

legalidade pelo Poder Judiciário.

Acerca dos princípios explícitos e implícitos da administração

pública, julgue os itens subseqüentes.

86

A Constituição Federal faz menção expressa apenas aos

princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade e

publicidade.

87

Diversos princípios administrativos, embora não estejam

expressamente dispostos no texto constitucional, podem

ser dela deduzidos logicamente, como conseqüências

i n a r r e d á v e i s   d o   p r ó p r i o   s i s t e m a

administrativo-constitucional.

A entidade privada Delta, criada sob forma empresarial e

lucrativa, cuja finalidade era a promoção do desenvolvimento

tecnológico, habilitou-se como organização social e firmou

contrato de gestão com determinado ministério.

Acerca da situação hipotética acima narrada e de aspectos legais

correlatos, julgue os itens a seguir.

88

O contrato de gestão firmado entre o ministério e a empresa

Delta é um contrato de parceria firmado segundo comum

acordo entre a empresa e a entidade estatal supervisora, que

independe de qualquer deliberação pelo conselho de

administração da empresa.

89

A finalidade para a qual está dirigida a entidade Delta não se

inclui entre as atividades suscetíveis de qualificar uma

entidade como organização social.

90

Na situação hipotética em questão, a empresa Delta preenche

os requisitos relativos à finalidade lucrativa para obter sua

qualificação como organização social.

91

No caso de o Poder Executivo verificar qualquer motivo para

a desqualificação da entidade como organização social, a

exemplo do não cumprimento das metas estipuladas no

contrato de gestão, deverá instaurar processo administrativo,

no qual se assegure o direito de ampla defesa.

A expressão terceiro setor foi difundida a partir da

década de setenta do século passado e tem sido utilizada pelas
ciências sociais para se referir às organizações formadas pela
sociedade civil cujo objetivo não é a busca pelo lucro, mas a
satisfação de um interesse social.

Gustavo Justino de Oliveira (Coord.). Terceiro setor,
empresas e estado: novas fronteiras entre o público e o
privado. Belo Horizonte: Fórum, 2007 (com adaptações).

Acerca do terceiro setor, mencionado no fragmento de texto
apresentado, julgue os itens que se seguem.

92

O uso indiscriminado da expressão terceiro setor acabou por
tornar o conceito demasiadamente abrangente, fazendo que
nele se possam enquadrar todos os modelos de entidades que
não se incluam no conceito do primeiro setor, o Estado, e do
segundo setor, o mercado.

93

Embora seja possível identificar dissenso na doutrina acerca
das características das entidades do terceiro setor, são
comumente apontadas como diferenciais das entidades que
o compõem a natureza privada, a ausência de finalidade
lucrativa, a auto-administração, a institucionalização e o fato
de serem voluntárias.

94

Ao termo publicização do terceiro setor podem ser atribuídos
pelo menos dois sentidos. Um é o que se refere à prestação
de serviços de interesse público por entidades componentes
do terceiro setor, com o apoio do Estado. O segundo
refere-se à transformação de entidades públicas em entidades
privadas sem fins lucrativos. 

Julgue os itens a seguir, acerca dos órgãos públicos.

95

Os órgãos ou entidades integram a estrutura da administração
pública indireta.

96

Os órgãos são centros de competência com personalidade
jurídica própria, cuja atuação é imputada aos agentes
públicos que os representam.

97

Os órgãos podem firmar contrato de gestão com outras
pessoas jurídicas, mas não o podem fazer com outros órgãos.

O estado X editou uma lei que determina única e

exclusivamente às distribuidoras de combustível a
responsabilidade pela instalação de lacres em tanques de
combustíveis dos postos de revenda, ficando elas sujeitas a multa,
em caso de descumprimento da determinação legal. O governador
do estado, por meio de decreto estadual, responsabilizou também
os postos revendedores pela não-instalação dos lacres nos
respectivos tanques de combustível, sob pena de aplicação de
multa.

Em relação à situação hipotética acima, julgue os itens que se
seguem.

98

Na situação narrada, o governador extrapolou do poder
regulamentar, visto que fixou, por decreto, uma
responsabilidade não-prevista na referida lei.

99

A edição do decreto observou fielmente os limites impostos
ao Poder Executivo de editar atos normativos.

100

Na hipótese em questão, o decreto é um ato primário do
Poder Executivo e tem caráter interno.

cespe-2008-tj-dft-analista-judiciario-administracao-prova.pdf-html.html

TJDFT

Cargo 1: Analista Judiciário – Área: Administrativa

– 9 –

Supondo que o DF possua um imóvel que se constitua em um

prédio público desativado e destinado a aferição de renda, julgue

os itens a seguir.

101

A descrição em comento corresponde a um bem público

considerado bem de uso especial.

102

O bem descrito pode ser alienado.

103

O bem descrito constitui o patrimônio do DF como objeto de

direito real.

Considere as seguintes situações, identificadas em numeração

sucessiva.

Fábio prestou concurso público e foi aprovado (1). Após

ser nomeado (2), tomou posse (3) no cargo e entrou em exercício

(4). Contudo, Fábio prestara também um outro concurso público

e foi chamado a assumir o novo cargo público. Após meditar,

Fábio resolveu pedir exoneração (5) do cargo que exercia para

assumir o novo cargo, inacumulável, em outro órgão (6). 

Tendo por base a narrativa acima, julgue os itens subseqüentes.

104

A situação 2 é forma de provimento de cargo público.

105

A situação 3 só se verificou em decorrência de, previamente,

ter ocorrido a nomeação.

106

As situações identificadas pelos números 5 e 6 configuram

remoção.

107

A situação 4 identifica o efetivo desempenho das atribuições

do cargo público.

108

Após a ocorrência da situação 3, Fábio teria 30 dias para

praticar a ação 4.

109

A situação 5 constitui forma de vacância do cargo público.

Acerca da organização do Estado, na forma como prevista pela

Constituição Federal, julgue os itens a seguir.

110

Estaria em conformidade com a Constituição Federal a

vinculação do reajuste de vencimentos de servidores

estaduais ou municipais a índices federais de correção

monetária.

111

A organização e a manutenção dos serviços locais de

segurança pública do DF (Polícia Militar, Polícia Civil e

Corpo de Bombeiros) são de competência privativa do

próprio DF.

112

São da competência legislativa da União a definição dos

crimes de responsabilidade e o estabelecimento das

respectivas normas de processo e julgamento.

113

Compete ao DF legislar sobre a cobrança de preço de

estacionamento de veículos em áreas pertencentes a

instituições particulares de ensino fundamental, médio e

superior instaladas no DF.

A respeito do Provimento Geral da Corregedoria, julgue os itens
seguintes.

114

É facultado à Ordem dos Advogados do Brasil, seção do DF,
acompanhar as inspeções judiciais.

115

A inspeção extraordinária poderá ser feita a qualquer tempo,
mediante aviso de situações específicas que a justifiquem.

116

As cartas precatórias devem ser cumpridas
independentemente de preparo prévio.

117

As cartas precatórias gozam de presunção de veracidade;
assim, não é permitido que o juiz solicite qualquer tipo de
confirmação no que diz respeito a sua autenticidade.

118

Nas varas criminais, os processos relativos a réus presos
terão andamento prioritário.

119

O réu preso deverá ser trazido ao cartório da vara criminal
para ser intimado das sentenças.

120

Os cálculos, nos juizados especiais, deverão ser elaborados
pela contadoria.

RASCUNHO

cespe-2008-tj-dft-analista-judiciario-administracao-prova.pdf-html.html

TJDFT

Cargo 1: Analista Judiciário – Área: Administrativa

– 10 –

PROVA DISCURSIVA

Nesta prova, que vale dez pontos, faça o que se pede, usando os espaços indicados no presente caderno para rascunho. Em
seguida, transcreva o texto para a FOLHA DE TEXTO DEFINITIVO DA PROVA DISCURSIVA, no local apropriado, pois
não será avaliado fragmento de texto escrito em local indevido.

Qualquer fragmento de texto além da extensão máxima de trinta linhas será desconsiderado.

Na folha de texto definitivo, identifique-se apenas no cabeçalho da primeira página, pois não será avaliado texto que tenha
qualquer assinatura ou marca identificadora fora do local apropriado.

Diversos dispositivos da Lei de Imprensa (Lei n.º 5.250/1967) foram suspensos, em caráter liminar, pelo

relator da ação de argüição de descumprimento de preceito fundamental ajuizada, no Supremo Tribunal Federal, pelo

PDT. Na ação, o advogado e deputado Miro Teixeira pedia a revogação da lei, em sua totalidade, por ter sido “imposta

à sociedade pela ditadura militar” e conter “dispositivos totalmente incompatíveis com o estado democrático de direito

estabelecido pela atual Carta”. O ministro Ayres Britto deferiu parcialmente a liminar, para determinar que juízes e

tribunais suspendam o andamento de processos e os efeitos de decisões judiciais ou de qualquer outra medida que

versem sobre determinados artigos e incisos da Lei de Imprensa. Os mais importantes são os que se referem às penas

nos crimes de calúnia, injúria e difamação, que são maiores, na lei de 1967, do que no Código Penal.

Jornal do Brasil, 22/2/2008, p. A6 (com adaptações).

Constituição Federal de 1988

Art. 220. A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou

veículo, não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§1.º Nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística

em qualquer veículo de comunicação social, observado o disposto no art. 5.º, IV, V, X, XIII e XIV.

Art. 5.º (...)

IV – é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
V – é assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano material, moral ou

à imagem.

Considerando que os textos acima têm caráter unicamente motivador, redija um texto dissertativo a respeito do tema a seguir.

LIBERDADE E RESPONSABILIDADE NO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO

Em seu texto, aborde, sintética e necessariamente, os seguintes tópicos:

<

Carta de 1988 como marco jurídico-político da redemocratização brasileira;

<

papel do Poder Judiciário em face das demandas da sociedade e dos demais poderes;

<

liberdade como fundamento da democracia.

cespe-2008-tj-dft-analista-judiciario-administracao-prova.pdf-html.html

TJDFT

Cargo 1: Analista Judiciário – Área: Administrativa

– 11 –

Rascunho

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30