Prova Concurso - Administração - 2009-CESP-TECNICO-DE-ADMINISTRACAO-BIBLIOTECONOMIA - VUNESP - CESP - 2009

Prova - Administração - 2009-CESP-TECNICO-DE-ADMINISTRACAO-BIBLIOTECONOMIA - VUNESP - CESP - 2009

Detalhes

Profissão: Administração
Cargo: 2009-CESP-TECNICO-DE-ADMINISTRACAO-BIBLIOTECONOMIA
Órgão: CESP
Banca: VUNESP
Ano: 2009
Nível: Superior

Downloads dos Arquivos

prova.pdf
gabarito.pdf

Provas relacionadas

AGENTE-ADMINISTRATIVO-PREVIDENCIARIOCONCURSOS2018
ASSISTENTE-DE-ADMINISTRACAOFUNPAPA2018
AUXILIAR-DE-ADMINISTRACAOFUNPAPA2018

Gabarito

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-gabarito.pdf-html.html

Companhia

Energética de

São Paulo

SECRETARIA DE

SANEAMENTO E ENERGIA

 

 
 

C

ONCURSO 

P

ÚBLICO

 

 
 

29.11.2009 

 
 
 

A

UXILIAR DE 

R

ECURSOS 

H

UMANOS

 

 

1 - C 

2 - A 

3 - D 

4 - B 

5 - E 

6 - A 

7 - D 

8 - C 

9 - B 

10 - A 

11 - E 

12 - D 

13 - A 

14 - B 

15 - C 

16 - E 

17 - D 

18 - E 

19 - B 

20 - C 

21 - A 

22 - C 

23 - E 

24 - B 

25 - E 

26 - A 

27 - D 

28 - E 

29 - C 

30 - C 

31 - D 

32 - D 

33 - B 

34 - B 

35 - A 

36 - D 

37 - B 

38 - C 

39 - A 

40 - E 

 

E

LETRICISTA

 

 

1 - C 

2 - A 

3 - B 

4 - A 

5 - D 

6 - C 

7 - B 

8 - E 

9 - A 

10 - E 

11 - C 

12 - B 

13 - E 

14 - A 

15 - D 

16 - C 

17 - A 

18 - D 

19 - B 

20 - C 

21 - E 

22 - D 

23 - C 

24 - D 

25 - C 

26 - A 

27 - B 

28 - C 

29 - D 

30 - A 

31 - C 

32 - B 

33 - A 

34 - E 

35 - B 

36 - E 

37 - A 

38 - D 

39 - E 

40 - B 

 

M

ECÂNICO

 

 

1 - C 

2 - A 

3 - B 

4 - A 

5 - D 

6 - C 

7 - B 

8 - E 

9 - A 

10 - E 

11 - C 

12 - B 

13 - E 

14 - A 

15 - D 

16 - C 

17 - A 

18 - D 

19 - B 

20 - C 

21 - E 

22 - E 

23 - A 

24 - D 

25 - D 

26 - D 

27 - B 

28 - C 

29 - B 

30 - E 

31 - A 

32 - E 

33 - D 

34 - B 

35 - E 

36 - A 

37 - C 

38 - D 

39 - C 

40 - A 

 

O

PERADOR DE 

S

UBESTAÇÃO E 

U

SINA

 

 

1 - E 

2 - C 

3 - D 

4 - E 

5 - B 

6 - C 

7 - B 

8 - C 

9 - A 

10 - B 

11 - D 

12 - A 

13 - A 

14 - C 

15 - A 

16 - A 

17 - B 

18 - C 

19 - E 

20 - E 

21 - D 

22 - C 

23 - B 

24 - A 

25 - D 

26 - D 

27 - E 

28 - B 

29 - C 

30 - A 

31 - B 

32 - C 

33 - A 

34 - A 

35 - B 

36 - E 

37 - C 

38 - B 

39 - C 

40 - E 

41 - D 

42 - D 

43 - A 

44 - A 

45 - D 

46 - A 

47 - E 

48 - E 

49 - C 

50 - B 

 

S

ECRETÁRIA

 

 

1 - E 

2 - C 

3 - D 

4 - E 

5 - B 

6 - C 

7 - B 

8 - D 

9 - E 

10 - C 

11 - A 

12 - B 

13 - E 

14 - D 

15 - A 

16 - A 

17 - C 

18 - B 

19 - A 

20 - E 

21 - E 

22 - B 

23 - D 

24 - C 

25 - B 

26 - A 

27 - D 

28 - D 

29 - C 

30 - A 

31 - B 

32 - C 

33 - A 

34 - E 

35 - D 

36 - C 

37 - B 

38 - D 

39 - E 

40 - A 

41 - E 

42 - B 

43 - A 

44 - C 

45 - D 

46 - B 

47 - A 

48 - C 

49 - D 

50 - A 

 

CESP0901 

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-gabarito.pdf-html.html

T

ÉCNICO 

E

CONÔMICO 

F

INANCEIRO

 

 

1 - E 

2 - D 

3 - E 

4 - C 

5 - C 

6 - B 

7 - D 

8 - A 

9 - C 

10 - A 

11 - E 

12 - B 

13 - D 

14 - C 

15 - B 

16 - A 

17 - D 

18 - D 

19 - C 

20 - A 

21 - B 

22 - E 

23 - A 

24 - B 

25 - C 

26 - B 

27 - B 

28 - E 

29 - E 

30 - C 

31 - A 

32 - C 

33 - D 

34 - B 

35 - A 

36 - E 

37 - D 

38 - C 

39 - A 

40 - B 

41 - D 

42 - E 

43 - B 

44 - C 

45 - E 

46 - C 

47 - D 

48 - A 

49 - B 

50 - E 

 
 

T

ÉCNICO DE 

A

DMINISTRAÇÃO 

(B

IBLIOTECONOMIA

 

1 - E 

2 - C 

3 - D 

4 - E 

5 - B 

6 - C 

7 - B 

8 - D 

9 - E 

10 - C 

11 - A 

12 - B 

13 - E 

14 - D 

15 - A 

16 - A 

17 - C 

18 - B 

19 - A 

20 - E 

21 - E 

22 - B 

23 - D 

24 - C 

25 - B 

26 - A 

27 - D 

28 - D 

29 - C 

30 - A 

31 - B 

32 - C 

33 - A 

34 - E 

35 - D 

36 - C 

37 - B 

38 - D 

39 - E 

40 - A 

41 - A 

42 - E 

43 - B 

44 - C 

45 - D 

46 - E 

47 - A 

48 - D 

49 - C 

50 - B 

 
 

T

ÉCNICO DE 

A

DMINISTRAÇÃO

 

T

ÉCNICO DE 

M

EIO 

A

MBIENTE

 

T

ÉCNICO DE 

R

ECURSOS 

H

UMANOS 

(A

DMINISTRAÇÃO

T

ÉCNICO DE 

R

ECURSOS 

H

UMANOS 

(T

REINAMENTO

 

1 - E 

2 - C 

3 - D 

4 - E 

5 - B 

6 - C 

7 - B 

8 - D 

9 - E 

10 - C 

11 - A 

12 - B 

13 - E 

14 - D 

15 - A 

16 - A 

17 - C 

18 - B 

19 - A 

20 - E 

21 - A 

22 - B 

23 - C 

24 - E 

25 - D 

26 - E 

27 - D 

28 - C 

29 - B 

30 - A 

31 - C 

32 - B 

33 - D 

34 - D 

35 - E 

36 - A 

37 - B 

38 - C 

39 - E 

40 - A 

41 - B 

42 - C 

43 - A 

44 - E 

45 - D 

46 - C 

47 - B 

48 - D 

49 - E 

50 - A 

 
 

T

ÉCNICO DE 

C

OMUNICAÇÃO

 

 

1 - E 

2 - D 

3 - E 

4 - C 

5 - C 

6 - B 

7 - D 

8 - A 

9 - C 

10 - A 

11 - E 

12 - B 

13 - D 

14 - C 

15 - B 

16 - A 

17 - D 

18 - D 

19 - C 

20 - A 

21 - E 

22 - A 

23 - D 

24 - E 

25 - B 

26 - D 

27 - B 

28 - C 

29 - A 

30 - C 

31 - D 

32 - E 

33 - C 

34 - B 

35 - A 

36 - C 

37 - C 

38 - D 

39 - E 

40 - A 

41 - A 

42 - B 

43 - D 

44 - B 

45 - B 

46 - E 

47 - E 

48 - D 

49 - B 

50 - A 

 
 

T

ÉCNICO DE 

C

ONTABILIDADE

 

 

1 - E 

2 - D 

3 - E 

4 - C 

5 - C 

6 - B 

7 - D 

8 - A 

9 - C 

10 - A 

11 - E 

12 - B 

13 - D 

14 - C 

15 - B 

16 - A 

17 - D 

18 - D 

19 - C 

20 - A 

21 - C 

22 - B 

23 - D 

24 - A 

25 - E 

26 - D 

27 - C 

28 - E 

29 - A 

30 - B 

31 - E 

32 - A 

33 - C 

34 - B 

35 - A 

36 - E 

37 - D 

38 - E 

39 - C 

40 - C 

41 - A 

42 - B 

43 - E 

44 - D 

45 - B 

46 - C 

47 - A 

48 - D 

49 - D 

50 - B 

 
 
 
 

CESP0901 

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-gabarito.pdf-html.html

 

T

ÉCNICO DE 

E

LETRICIDADE

 

 

1 - E 

2 - D 

3 - E 

4 - C 

5 - C 

6 - B 

7 - D 

8 - A 

9 - C 

10 - A 

11 - E 

12 - B 

13 - D 

14 - C 

15 - B 

16 - A 

17 - D 

18 - D 

19 - C 

20 - A 

21 - D 

22 - E 

23 - B 

24 - C 

25 - D 

26 - A 

27 - C 

28 - E 

29 - C 

30 - B 

31 - D 

32 - B 

33 - D 

34 - D 

35 - B 

36 - A 

37 - B 

38 - A 

39 - E 

40 - B 

41 - C 

42 - E 

43 - D 

44 - C 

45 - A 

46 - A 

47 - E 

48 - C 

49 - E 

50 - C 

 
 
 

T

ÉCNICO DE 

E

LETRÔNICA

 

 

1 - E 

2 - D 

3 - E 

4 - C 

5 - C 

6 - B 

7 - D 

8 - A 

9 - C 

10 - A 

11 - E 

12 - B 

13 - D 

14 - C 

15 - B 

16 - A 

17 - D 

18 - D 

19 - C 

20 - A 

21 - D 

22 - D 

23 - B 

24 - C 

25 - A 

26 - B 

27 - C 

28 - A 

29 - C 

30 - D 

31 - E 

32 - C 

33 - D 

34 - A 

35 - B 

36 - E 

37 - A 

38 - D 

39 - E 

40 - D 

41 - B 

42 - A 

43 - C 

44 - B 

45 - B 

46 - A 

47 - E 

48 - E 

49 - C 

50 - E 

 
 

T

ÉCNICO DE 

I

NFORMÁTICA 

(R

EDES

 

1 - E 

2 - D 

3 - E 

4 - C 

5 - C 

6 - B 

7 - D 

8 - A 

9 - C 

10 - A 

11 - E 

12 - B 

13 - D 

14 - C 

15 - B 

16 - A 

17 - D 

18 - D 

19 - C 

20 - A 

21 - A 

22 - E 

23 - E 

24 - D 

25 - A 

26 - C 

27 - B 

28 - D 

29 - B 

30 - E 

31 - D 

32 - C 

33 - B 

34 - E 

35 - E 

36 - C 

37 - B 

38 - B 

39 - C 

40 - C 

41 - A 

42 - C 

43 - D 

44 - A 

45 - A 

46 - D 

47 - D 

48 - A 

49 - E 

50 - B 

 
 

T

ÉCNICO DE 

I

NFORMÁTICA 

(S

ISTEMAS

 

1 - E 

2 - D 

3 - E 

4 - C 

5 - C 

6 - B 

7 - D 

8 - A 

9 - C 

10 - A 

11 - E 

12 - B 

13 - D 

14 - C 

15 - B 

16 - A 

17 - D 

18 - D 

19 - C 

20 - A 

21 - E 

22 - C 

23 - B 

24 - D 

25 - A 

26 - E 

27 - D 

28 - A 

29 - E 

30 - A 

31 - A 

32 - B 

33 - C 

34 - C 

35 - E 

36 - B 

37 - D 

38 - D 

39 - A 

40 - C 

41 - B 

42 - E 

43 - B 

44 - C 

45 - C 

46 - A 

47 - D 

48 - E 

49 - B 

50 - A 

 
 

T

ÉCNICO DE 

M

ECÂNICA

 

 

1 - E 

2 - D 

3 - E 

4 - C 

5 - C 

6 - B 

7 - D 

8 - A 

9 - C 

10 - A 

11 - E 

12 - B 

13 - D 

14 - C 

15 - B 

16 - A 

17 - D 

18 - D 

19 - C 

20 - A 

21 - A 

22 - A 

23 - C 

24 - D 

25 - A 

26 - B 

27 - A 

28 - B 

29 - C 

30 - D 

31 - D 

32 - C 

33 - E 

34 - B 

35 - E 

36 - D 

37 - B 

38 - B 

39 - C 

40 - D 

41 - D 

42 - E 

43 - D 

44 - C 

45 - B 

46 - C 

47 - C 

48 - C 

49 - A 

50 - E 

 
 
 
 
 

CESP0901 

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-gabarito.pdf-html.html

 

T

ÉCNICO DE 

O

BRAS

 

 

1 - E 

2 - D 

3 - E 

4 - C 

5 - C 

6 - B 

7 - D 

8 - A 

9 - C 

10 - A 

11 - E 

12 - B 

13 - D 

14 - C 

15 - B 

16 - A 

17 - D 

18 - D 

19 - C 

20 - A 

21 - D 

22 - B 

23 - C 

24 - B 

25 - B 

26 - A 

27 - C 

28 - D 

29 - D 

30 - A 

31 - A 

32 - B 

33 - E 

34 - A 

35 - B 

36 - C 

37 - C 

38 - D 

39 - E 

40 - A 

41 - E 

42 - B 

43 - C 

44 - E 

45 - C 

46 - D 

47 - E 

48 - E 

49 - D 

50 - A 

 
 

T

ÉCNICO DE 

S

EGURANÇA DO 

T

RABALHO

 

 

1 - E 

2 - D 

3 - E 

4 - C 

5 - C 

6 - B 

7 - D 

8 - A 

9 - C 

10 - A 

11 - E 

12 - B 

13 - D 

14 - C 

15 - B 

16 - A 

17 - D 

18 - D 

19 - C 

20 - A 

21 - C 

22 - E 

23 - A 

24 - B 

25 - D 

26 - A 

27 - E 

28 - B 

29 - D 

30 - C 

31 - B 

32 - A 

33 - C 

34 - E 

35 - D 

36 - E 

37 - C 

38 - B 

39 - D 

40 - A 

41 - D 

42 - B 

43 - A 

44 - E 

45 - C 

46 - C 

47 - D 

48 - A 

49 - E 

50 - B 

 
 

T

ÉCNICO DE 

S

UPRIMENTOS

 

 

1 - E 

2 - C 

3 - D 

4 - E 

5 - B 

6 - C 

7 - B 

8 - C 

9 - A 

10 - B 

11 - D 

12 - A 

13 - A 

14 - C 

15 - A 

16 - A 

17 - B 

18 - C 

19 - E 

20 - E 

21 - D 

22 - C 

23 - B 

24 - A 

25 - D 

26 - D 

27 - E 

28 - B 

29 - C 

30 - A 

31 - D 

32 - C 

33 - E 

34 - B 

35 - A 

36 - E 

37 - C 

38 - E 

39 - B 

40 - D 

41 - C 

42 - A 

43 - B 

44 - C 

45 - B 

46 - D 

47 - E 

48 - A 

49 - D 

50 - A 

 
 

A

DVOGADO

 

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - E 

12 - B 

13 - A 

14 - C 

15 - D 

16 - A 

17 - B 

18 - C 

19 - E 

20 - D 

21 - B 

22 - B 

23 - C 

24 - D 

25 - C 

26 - A 

27 - E 

28 - A 

29 - D 

30 - B 

31 - C 

32 - A 

33 - E 

34 - D 

35 - B 

36 - B 

37 - E 

38 - A 

39 - D 

40 - C 

41 - B 

42 - C 

43 - A 

44 - C 

45 - E 

46 - D 

47 - A 

48 - E 

49 - B 

50 - E 

51 - D 

52 - C 

53 - B 

54 - C 

55 - E 

56 - C 

57 - E 

58 - A 

59 - C 

60 - D 

61 - C 

62 - A 

63 - E 

64 - C 

65 - D 

66 - B 

67 - D 

68 - A 

69 - E 

70 - B 

 
 

A

DVOGADO 

E

SPECIALISTA 

(D

IREITO 

A

DMINISTRATIVO

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - E 

12 - B 

13 - A 

14 - C 

15 - D 

16 - A 

17 - B 

18 - C 

19 - E 

20 - D 

21 - B 

22 - B 

23 - C 

24 - D 

25 - C 

26 - A 

27 - E 

28 - A 

29 - D 

30 - B 

31 - D 

32 - A 

33 - C 

34 - B 

35 - A 

36 - D 

37 - E 

38 - D 

39 - C 

40 - B 

41 - C 

42 - A 

43 - E 

44 - D 

45 - B 

46 - B 

47 - E 

48 - A 

49 - D 

50 - C 

51 - B 

52 - C 

53 - A 

54 - C 

55 - E 

56 - D 

57 - A 

58 - E 

59 - B 

60 - E 

61 - D 

62 - C 

63 - B 

64 - C 

65 - E 

66 - C 

67 - E 

68 - A 

69 - C 

70 - D 

71 - C 

72 - A 

73 - E 

74 - C 

75 - D 

76 - B 

77 - D 

78 - A 

79 - E 

80 - B 

CESP0901 

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-gabarito.pdf-html.html

 

A

DVOGADO 

E

SPECIALISTA 

(D

IREITO 

S

OCIETÁRIO

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - E 

12 - B 

13 - A 

14 - C 

15 - D 

16 - A 

17 - B 

18 - C 

19 - E 

20 - D 

21 - B 

22 - B 

23 - C 

24 - D 

25 - C 

26 - A 

27 - E 

28 - A 

29 - D 

30 - B 

31 - C 

32 - A 

33 - E 

34 - D 

35 - B 

36 - B 

37 - E 

38 - A 

39 - D 

40 - C 

41 - B 

42 - C 

43 - A 

44 - C 

45 - E 

46 - D 

47 - A 

48 - E 

49 - B 

50 - E 

51 - D 

52 - C 

53 - B 

54 - C 

55 - E 

56 - C 

57 - E 

58 - A 

59 - C 

60 - D 

61 - C 

62 - A 

63 - E 

64 - C 

65 - D 

66 - B 

67 - D 

68 - A 

69 - E 

70 - B 

71 - E 

72 - C 

73 - A 

74 - D 

75 - B 

76 - B 

77 - E 

78 - A 

79 - D 

80 - C 

 
 
 

A

DVOGADO 

E

SPECIALISTA 

(P

ROCESSO 

C

IVIL

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - E 

12 - B 

13 - A 

14 - C 

15 - D 

16 - A 

17 - B 

18 - C 

19 - E 

20 - D 

21 - B 

22 - B 

23 - C 

24 - D 

25 - C 

26 - A 

27 - E 

28 - A 

29 - D 

30 - B 

31 - C 

32 - A 

33 - E 

34 - D 

35 - B 

36 - B 

37 - E 

38 - A 

39 - D 

40 - C 

41 - B 

42 - C 

43 - A 

44 - C 

45 - E 

46 - D 

47 - A 

48 - E 

49 - B 

50 - E 

51 - C 

52 - D 

53 - B 

54 - A 

55 - E 

56 - C 

57 - B 

58 - D 

59 - E 

60 - E 

61 - D 

62 - C 

63 - B 

64 - C 

65 - E 

66 - C 

67 - E 

68 - A 

69 - C 

70 - D 

71 - C 

72 - A 

73 - E 

74 - C 

75 - D 

76 - B 

77 - D 

78 - A 

79 - E 

80 - B 

 
 
 

A

NALISTA 

E

CONÔMICO 

F

INANCEIRO 

(C

ONTABILIDADE

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - C 

12 - C 

13 - E 

14 - A 

15 - C 

16 - A 

17 - C 

18 - C 

19 - D 

20 - B 

21 - E 

22 - D 

23 - A 

24 - C 

25 - B 

26 - E 

27 - B 

28 - C 

29 - E 

30 - D 

31 - E 

32 - A 

33 - B 

34 - A 

35 - C 

36 - D 

37 - A 

38 - C 

39 - B 

40 - D 

41 - B 

42 - D 

43 - D 

44 - C 

45 - C 

46 - B 

47 - A 

48 - E 

49 - C 

50 - E 

 
 
 

A

NALISTA 

E

CONÔMICO 

F

INANCEIRO 

(F

INANÇAS

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - E 

12 - A 

13 - C 

14 - A 

15 - C 

16 - D 

17 - B 

18 - E 

19 - D 

20 - B 

21 - C 

22 - E 

23 - D 

24 - A 

25 - C 

26 - D 

27 - E 

28 - A 

29 - B 

30 - E 

31 - A 

32 - B 

33 - D 

34 - B 

35 - C 

36 - E 

37 - A 

38 - C 

39 - E 

40 - C 

41 - A 

42 - B 

43 - D 

44 - B 

45 - D 

46 - C 

47 - B 

48 - E 

49 - D 

50 - A 

 
 
 
 
 
 

CESP0901 

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-gabarito.pdf-html.html

 

A

NALISTA DE 

A

DMINISTRAÇÃO

 

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - C 

12 - D 

13 - E 

14 - E 

15 - D 

16 - C 

17 - A 

18 - E 

19 - A 

20 - B 

21 - C 

22 - D 

23 - B 

24 - B 

25 - C 

26 - C 

27 - A 

28 - E 

29 - B 

30 - C 

31 - E 

32 - D 

33 - B 

34 - A 

35 - E 

36 - E 

37 - B 

38 - D 

39 - C 

40 - E 

41 - C 

42 - B 

43 - D 

44 - A 

45 - A 

46 - D 

47 - B 

48 - A 

49 - C 

50 - E 

 
 
 

A

NALISTA DE 

C

OMUNICAÇÃO

 

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - E 

12 - A 

13 - C 

14 - B 

15 - E 

16 - B 

17 - D 

18 - A 

19 - D 

20 - C 

21 - E 

22 - B 

23 - A 

24 - A 

25 - C 

26 - B 

27 - D 

28 - E 

29 - E 

30 - C 

31 - D 

32 - A 

33 - B 

34 - E 

35 - C 

36 - B 

37 - D 

38 - A 

39 - C 

40 - D 

41 - E 

42 - D 

43 - A 

44 - C 

45 - B 

46 - C 

47 - E 

48 - E 

49 - B 

50 - A 

 
 
 

A

NALISTA DE 

I

NFORMÁTICA 

(B

ANCO DE 

D

ADOS

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - B 

12 - A 

13 - D 

14 - D 

15 - A 

16 - C 

17 - B 

18 - B 

19 - E 

20 - A 

21 - D 

22 - B 

23 - E 

24 - C 

25 - D 

26 - A 

27 - C 

28 - E 

29 - C 

30 - D 

31 - A 

32 - E 

33 - C 

34 - D 

35 - B 

36 - E 

37 - E 

38 - D 

39 - B 

40 - A 

41 - D 

42 - B 

43 - E 

44 - C 

45 - B 

46 - A 

47 - C 

48 - C 

49 - A 

50 - E 

 
 
 

A

NALISTA DE 

I

NFORMÁTICA 

(R

EDES

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - C 

12 - C 

13 - E 

14 - B 

15 - A 

16 - D 

17 - N 

18 - E 

19 - C 

20 - E 

21 - D 

22 - D 

23 - E 

24 - B 

25 - A 

26 - A 

27 - B 

28 - D 

29 - A 

30 - D 

31 - B 

32 - A 

33 - E 

34 - C 

35 - A 

36 - B 

37 - D 

38 - B 

39 - C 

40 - B 

41 - B 

42 - E 

43 - D 

44 - C 

45 - D 

46 - A 

47 - E 

48 - A 

49 - C 

50 - C 

 
 
 

A

NALISTA DE 

I

NFORMÁTICA 

(S

ISTEMAS

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - A 

12 - A 

13 - E 

14 - D 

15 - E 

16 - B 

17 - A 

18 - E 

19 - D 

20 - D 

21 - B 

22 - C 

23 - C 

24 - E 

25 - A 

26 - B 

27 - A 

28 - C 

29 - B 

30 - E 

31 - C 

32 - A 

33 - C 

34 - B 

35 - E 

36 - D 

37 - C 

38 - D 

39 - B 

40 - D 

41 - B 

42 - B 

43 - D 

44 - D 

45 - E 

46 - C 

47 - C 

48 - B 

49 - A 

50 - E 

 
 

CESP0901 

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-gabarito.pdf-html.html

 

A

NALISTA DE 

M

EIO 

A

MBIENTE 

(F

LORA

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - A 

12 - A 

13 - D 

14 - D 

15 - A 

16 - C 

17 - C 

18 - A 

19 - A 

20 - B 

21 - E 

22 - E 

23 - B 

24 - B 

25 - D 

26 - E 

27 - A 

28 - B 

29 - B 

30 - D 

31 - D 

32 - B 

33 - E 

34 - A 

35 - C 

36 - B 

37 - C 

38 - A 

39 - C 

40 - A 

41 - E 

42 - B 

43 - A 

44 - D 

45 - C 

46 - E 

47 - D 

48 - D 

49 - B 

50 - D 

 
 

A

NALISTA DE 

M

EIO 

A

MBIENTE 

(H

IDROBIOLOGIA

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - C 

12 - D 

13 - E 

14 - A 

15 - D 

16 - C 

17 - D 

18 - B 

19 - E 

20 - N 

21 - C 

22 - C 

23 - D 

24 - D 

25 - C 

26 - E 

27 - C 

28 - B 

29 - A 

30 - E 

31 - E 

32 - C 

33 - D 

34 - D 

35 - B 

36 - B 

37 - E 

38 - B 

39 - B 

40 - D 

41 - E 

42 - A 

43 - A 

44 - B 

45 - B 

46 - C 

47 - D 

48 - D 

49 - B 

50 - D 

 
 
 

A

NALISTA DE 

M

EIO 

A

MBIENTE 

(T

ECNOLOGIA 

A

MBIENTAL

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - B 

12 - B 

13 - A 

14 - B 

15 - E 

16 - A 

17 - D 

18 - A 

19 - A 

20 - D 

21 - E 

22 - A 

23 - C 

24 - C 

25 - A 

26 - A 

27 - A 

28 - C 

29 - E 

30 - B 

31 - B 

32 - B 

33 - D 

34 - E 

35 - A 

36 - B 

37 - B 

38 - A 

39 - C 

40 - E 

41 - C 

42 - A 

43 - C 

44 - D 

45 - D 

46 - B 

47 - D 

48 - B 

49 - D 

50 - C 

 
 

A

NALISTA DE 

M

EIO 

A

MBIENTE 

(V

ETERINÁRIA

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - A 

12 - D 

13 - A 

14 - D 

15 - C 

16 - B 

17 - E 

18 - C 

19 - D 

20 - A 

21 - C 

22 - E 

23 - C 

24 - A 

25 - D 

26 - B 

27 - A 

28 - B 

29 - C 

30 - E 

31 - C 

32 - E 

33 - B 

34 - E 

35 - C 

36 - D 

37 - E 

38 - B 

39 - B 

40 - D 

41 - C 

42 - D 

43 - D 

44 - A 

45 - E 

46 - D 

47 - E 

48 - A 

49 - E 

50 - A 

 
 

A

NALISTA DE 

M

EIO 

A

MBIENTE 

REAS 

P

ROTEGIDAS

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - A 

12 - D 

13 - B 

14 - A 

15 - B 

16 - D 

17 - C 

18 - E 

19 - A 

20 - D 

21 - A 

22 - C 

23 - D 

24 - N 

25 - B 

26 - C 

27 - A 

28 - A 

29 - E 

30 - B 

31 - B 

32 - E 

33 - D 

34 - D 

35 - D 

36 - A 

37 - D 

38 - D 

39 - B 

40 - D 

41 - C 

42 - E 

43 - D 

44 - C 

45 - C 

46 - A 

47 - D 

48 - B 

49 - D 

50 - E 

 
 
 
 
 

CESP0901 

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-gabarito.pdf-html.html

 

A

NALISTA DE 

R

ECURSOS 

H

UMANOS 

(A

DMINISTRAÇÃO

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - E 

12 - D 

13 - D 

14 - A 

15 - B 

16 - C 

17 - D 

18 - A 

19 - E 

20 - B 

21 - E 

22 - B 

23 - D 

24 - B 

25 - D 

26 - B 

27 - C 

28 - D 

29 - D 

30 - A 

31 - D 

32 - B 

33 - D 

34 - B 

35 - E 

36 - D 

37 - C 

38 - E 

39 - E 

40 - B 

41 - C 

42 - D 

43 - C 

44 - C 

45 - B 

46 - D 

47 - E 

48 - B 

49 - C 

50 - D 

 
 

A

NALISTA DE 

R

ECURSOS 

H

UMANOS 

(P

SICOLOGIA

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - A 

12 - E 

13 - B 

14 - C 

15 - C 

16 - A 

17 - D 

18 - E 

19 - B 

20 - C 

21 - B 

22 - A 

23 - E 

24 - C 

25 - D 

26 - E 

27 - A 

28 - C 

29 - B 

30 - E 

31 - B 

32 - A 

33 - D 

34 - E 

35 - A 

36 - C 

37 - E 

38 - E 

39 - B 

40 - D 

41 - E 

42 - A 

43 - C 

44 - B 

45 - D 

46 - B 

47 - D 

48 - A 

49 - C 

50 - E 

 
 

A

NALISTA DE 

S

UPRIMENTOS

 

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - C 

12 - E 

13 - C 

14 - D 

15 - B 

16 - A 

17 - E 

18 - D 

19 - E 

20 - B 

21 - A 

22 - D 

23 - B 

24 - C 

25 - A 

26 - D 

27 - E 

28 - B 

29 - E 

30 - B 

31 - C 

32 - A 

33 - E 

34 - A 

35 - B 

36 - D 

37 - C 

38 - A 

39 - B 

40 - E 

41 - A 

42 - B 

43 - D 

44 - C 

45 - D 

46 - E 

47 - C 

48 - A 

49 - C 

50 - D 

 
 

A

UDITOR 

(O

PERACIONAL

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - E 

12 - B 

13 - C 

14 - E 

15 - B 

16 - A 

17 - E 

18 - C 

19 - D 

20 - A 

21 - B 

22 - D 

23 - E 

24 - C 

25 - E 

26 - A 

27 - C 

28 - A 

29 - C 

30 - B 

31 - D 

32 - B 

33 - E 

34 - B 

35 - B 

36 - A 

37 - D 

38 - A 

39 - C 

40 - E 

41 - D 

42 - B 

43 - C 

44 - B 

45 - A 

46 - D 

47 - C 

48 - D 

49 - E 

50 - D 

 
 

A

UDITOR 

(S

ISTEMAS

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - D 

12 - B 

13 - C 

14 - D 

15 - C 

16 - A 

17 - A 

18 - B 

19 - E 

20 - D 

21 - C 

22 - E 

23 - B 

24 - D 

25 - E 

26 - C 

27 - A 

28 - B 

29 - C 

30 - A 

31 - E 

32 - C 

33 - E 

34 - A 

35 - A 

36 - E 

37 - A 

38 - B 

39 - B 

40 - E 

41 - E 

42 - C 

43 - E 

44 - A 

45 - D 

46 - D 

47 - B 

48 - D 

49 - B 

50 - C 

 
 
 
 
 
 

CESP0901 

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-gabarito.pdf-html.html

 

E

NFERMEIRO DO 

T

RABALHO

 

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - B 

12 - A 

13 - C 

14 - E 

15 - A 

16 - C 

17 - B 

18 - E 

19 - C 

20 - D 

21 - C 

22 - A 

23 - E 

24 - B 

25 - D 

26 - B 

27 - A 

28 - D 

29 - D 

30 - E 

31 - B 

32 - B 

33 - D 

34 - C 

35 - D 

36 - C 

37 - E 

38 - B 

39 - E 

40 - A 

41 - B 

42 - E 

43 - D 

44 - D 

45 - D 

46 - A 

47 - C 

48 - A 

49 - A 

50 - C 

 
 

E

NGENHEIRO 

(C

IVIL

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - B 

12 - E 

13 - A 

14 - E 

15 - B 

16 - C 

17 - D 

18 - D 

19 - D 

20 - E 

21 - B 

22 - A 

23 - D 

24 - E 

25 - C 

26 - C 

27 - A 

28 - B 

29 - D 

30 - A 

31 - B 

32 - C 

33 - B 

34 - D 

35 - E 

36 - E 

37 - A 

38 - B 

39 - C 

40 - A 

41 - E 

42 - A 

43 - A 

44 - B 

45 - E 

46 - B 

47 - C 

48 - D 

49 - C 

50 - C 

 
 

E

NGENHEIRO 

(E

LETROTÉCNICA

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - D 

12 - D 

13 - C 

14 - A 

15 - A 

16 - B 

17 - B 

18 - A 

19 - C 

20 - A 

21 - E 

22 - N 

23 - E 

24 - E 

25 - D 

26 - A 

27 - B 

28 - C 

29 - A 

30 - N 

31 - N 

32 - N 

33 - N 

34 - B 

35 - E 

36 - B 

37 - D 

38 - A 

39 - C 

40 - C 

41 - D 

42 - E 

43 - A 

44 - A 

45 - D 

46 - B 

47 - C 

48 - D 

49 - E 

50 - B 

Questões anuladas em virtude do problema na impressão das provas. 

 
 

E

NGENHEIRO 

(M

ECÂNICA 

-

 

E

STUDOS

E

NGENHEIRO 

(M

ECÂNICA 

-

 

M

ANUTENÇÃO

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - C 

12 - D 

13 - B 

14 - B 

15 - A 

16 - E 

17 - A 

18 - B 

19 - E 

20 - A 

21 - A 

22 - E 

23 - C 

24 - D 

25 - B 

26 - E 

27 - A 

28 - E 

29 - A 

30 - B 

31 - B 

32 - C 

33 - A 

34 - D 

35 - B 

36 - B 

37 - C 

38 - B 

39 - B 

40 - C 

41 - B 

42 - E 

43 - D 

44 - A 

45 - B 

46 - C 

47 - E 

48 - A 

49 - D 

50 - D 

 
 

E

NGENHEIRO 

(R

ECURSOS 

H

ÍDRICOS

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - B 

12 - C 

13 - D 

14 - C 

15 - C 

16 - E 

17 - D 

18 - C 

19 - B 

20 - D 

21 - A 

22 - B 

23 - C 

24 - C 

25 - C 

26 - E 

27 - D 

28 - C 

29 - D 

30 - E 

31 - C 

32 - D 

33 - E 

34 - E 

35 - D 

36 - A 

37 - D 

38 - B 

39 - C 

40 - E 

41 - A 

42 - D 

43 - B 

44 - C 

45 - D 

46 - E 

47 - C 

48 - B 

49 - E 

50 - A 

 
 
 
 

CESP0901 

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-gabarito.pdf-html.html

 

E

NGENHEIRO 

E

SPECIALISTA 

(M

ECÂNICA

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - D 

12 - D 

13 - C 

14 - C 

15 - D 

16 - E 

17 - B 

18 - A 

19 - D 

20 - A 

21 - E 

22 - D 

23 - A 

24 - C 

25 - B 

26 - B 

27 - B 

28 - C 

29 - A 

30 - E 

31 - E 

32 - E 

33 - B 

34 - D 

35 - A 

36 - B 

37 - D 

38 - C 

39 - A 

40 - B 

41 - C 

42 - C 

43 - B 

44 - D 

45 - C 

46 - D 

47 - D 

48 - E 

49 - B 

50 - B 

 
 

E

NGENHEIRO 

E

SPECIALISTA 

(M

ERCADO DE 

E

NERGIA

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - E 

12 - D 

13 - C 

14 - C 

15 - A 

16 - A 

17 - B 

18 - E 

19 - B 

20 - B 

21 - A 

22 - A 

23 - C 

24 - D 

25 - C 

26 - B 

27 - E 

28 - D 

29 - B 

30 - E 

31 - A 

32 - E 

33 - D 

34 - D 

35 - A 

36 - A 

37 - D 

38 - E 

39 - D 

40 - C 

41 - E 

42 - A 

43 - C 

44 - C 

45 - B 

46 - E 

47 - C 

48 - E 

49 - B 

50 - D 

 
 

E

NGENHEIRO DE 

S

EGURANÇA DO 

T

RABALHO

 

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - B 

12 - A 

13 - E 

14 - C 

15 - D 

16 - D 

17 - E 

18 - B 

19 - A 

20 - C 

21 - E 

22 - B 

23 - D 

24 - A 

25 - C 

26 - D 

27 - A 

28 - B 

29 - D 

30 - E 

31 - A 

32 - D 

33 - B 

34 - C 

35 - E 

36 - C 

37 - B 

38 - A 

39 - D 

40 - E 

41 - B 

42 - E 

43 - D 

44 - C 

45 - A 

46 - A 

47 - D 

48 - E 

49 - B 

50 - C 

 
 

E

SPECIALISTA 

E

CONÔMICO 

F

INANCEIRO 

(C

ONTABILIDADE

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - A 

12 - D 

13 - C 

14 - B 

15 - B 

16 - A 

17 - B 

18 - D 

19 - B 

20 - A 

21 - D 

22 - D 

23 - B 

24 - A 

25 - A 

26 - D 

27 - A 

28 - B 

29 - C 

30 - E 

31 - D 

32 - C 

33 - E 

34 - A 

35 - E 

36 - C 

37 - A 

38 - B 

39 - E 

40 - E 

41 - C 

42 - E 

43 - C 

44 - E 

45 - B 

46 - A 

47 - D 

48 - D 

49 - E 

50 - D 

 
 

E

SPECIALISTA 

E

CONÔMICO 

F

INANCEIRO 

(R

ELAÇÕES COM 

I

NVESTIDORES

E

SPECIALISTA 

E

CONÔMICO 

F

INANCEIRO

 

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - D 

12 - A 

13 - C 

14 - B 

15 - D 

16 - E 

17 - C 

18 - B 

19 - A 

20 - E 

21 - A 

22 - C 

23 - B 

24 - D 

25 - E 

26 - A 

27 - B 

28 - E 

29 - D 

30 - C 

31 - A 

32 - B 

33 - C 

34 - E 

35 - D 

36 - A 

37 - C 

38 - E 

39 - B 

40 - D 

41 - A 

42 - C 

43 - B 

44 - D 

45 - E 

46 - B 

47 - A 

48 - D 

49 - C 

50 - E 

 
 
 
 
 

CESP0901 

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-gabarito.pdf-html.html

CESP0901 

 

E

SPECIALISTA EM 

S

UPRIMENTOS

 

 

1 - C 

2 - A 

3 - C 

4 - D 

5 - A 

6 - D 

7 - B 

8 - B 

9 - E 

10 - E 

11 - E 

12 - C 

13 - A 

14 - C 

15 - A 

16 - B 

17 - D 

18 - D 

19 - A 

20 - E 

21 - D 

22 - A 

23 - E 

24 - B 

25 - D 

26 - A 

27 - C 

28 - E 

29 - C 

30 - B 

31 - C 

32 - A 

33 - B 

34 - C 

35 - B 

36 - D 

37 - B 

38 - C 

39 - B 

40 - C 

41 - D 

42 - A 

43 - E 

44 - A 

45 - E 

46 - D 

47 - E 

48 - B 

49 - D 

50 - E 

 
 

M

ÉDICO DO 

T

RABALHO

 

 

1 - E 

2 - A 

3 - A 

4 - C 

5 - B 

6 - A 

7 - E 

8 - B 

9 - C 

10 - D 

11 - D 

12 - E 

13 - D 

14 - A 

15 - C 

16 - B 

17 - C 

18 - A 

19 - A 

20 - B 

21 - C 

22 - D 

23 - E 

24 - A 

25 - C 

26 - D 

27 - E 

28 - E 

29 - B 

30 - A 

31 - A 

32 - D 

33 - C 

34 - A 

35 - B 

36 - D 

37 - C 

38 - B 

39 - C 

40 - A 

41 - D 

42 - B 

43 - C 

44 - D 

45 - E 

46 - B 

47 - E 

48 - E 

49 - E 

50 - B 

 

Prova

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-prova.pdf-html.html

Companhia

Energética de

São Paulo

SECRETARIA DE

SANEAMENTO E ENERGIA

C

ONCURSO

 P

ÚBLICO

7. P

ROVA

O

BJETIVA

T

ÉCNICO DE

 A

DMINISTRAÇÃO

 (B

IBLIOTECONOMIA

)

INSTRUÇÕES

Š

V

OCÊ RECEBEU SUA FOLHA DE RESPOSTAS E ESTE CADERNO CONTENDO

 50 

QUESTÕES OBJETIVAS

.

Š

P

REENCHA COM SEU NOME E NÚMERO DE INSCRIÇÃO OS ESPAÇOS RESERVADOS NA CAPA DESTE CADERNO

.

Š

L

EIA CUIDADOSAMENTE AS QUESTÕES E ESCOLHA A RESPOSTA QUE VOCÊ CONSIDERA CORRETA

.

Š

R

ESPONDA A TODAS AS QUESTÕES

.

Š

M

ARQUE

NA FOLHA INTERMEDIÁRIA DE RESPOSTAS

QUE SE ENCONTRA NO VERSO DESTA PÁGINA

A LETRA CORRESPONDENTE À ALTERNATIVA

QUE VOCÊ ESCOLHEU

.

Š

T

RANSCREVA PARA A FOLHA DE RESPOSTAS

,

COM CANETA DE TINTA AZUL OU PRETA

,

TODAS AS RESPOSTAS ANOTADAS NA FOLHA INTERME

-

DIÁRIA DE RESPOSTAS

.

Š

A

DURAÇÃO DA PROVA É DE

 3 

HORAS

.

Š

A

SAÍDA DO CANDIDATO DO PRÉDIO SERÁ PERMITIDA APÓS TRANSCORRIDA A METADE DO TEMPO DE DURAÇÃO DA PROVA OBJETIVA

.

Š

A

O SAIR

,

VOCÊ ENTREGARÁ AO FISCAL A FOLHA DE RESPOSTAS E ESTE CADERNO

,

PODENDO DESTACAR ESTA CAPA PARA FUTURA CONFERÊNCIA

COM O GABARITO A SER DIVULGADO

.

A

GUARDE A ORDEM DO FISCAL PARA ABRIR ESTE CADERNO DE QUESTÕES

.

29.11.2009

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-prova.pdf-html.html

2

CESP0901/07-TécAdmBiblioteconomia

Companhia

Energética de

São Paulo

SECRETARIA DE

SANEAMENTO E ENERGIA

F

OLHA

I

NTERMEDIÁRIA DE

R

ESPOSTAS

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-prova.pdf-html.html

3

CESP0901/07-TécAdmBiblioteconomia

LÍNGUA PORTUGUESA

Leia o texto para responder às questões de números 01 a 05.

Com ajuda dos meus amigos

A necessidade atávica do ser humano de ter amigos prova 

que a amizade pode ser uma das mais poderosas forças de trans-
formação de uma sociedade. Ela é capaz de mudar trajetórias, 
encorajar decisões e iluminar pensamentos. É com os amigos que 
se espera comemorar o sucesso ou lamentar um fracasso. É com 
eles que valores, experiências e interesses são compartilhados sem 
cobrança ou obrigação. Com o apoio dos amigos, diz-se, tudo dá 
certo. O que sempre inspirou escritores, pensadores e filósofos 
passou a ser medido por estatísticas. Dezenas de estudos dos 
mais respeitados centros de pesquisa do mundo constatam que 
a amizade influencia, de maneira ainda mais decisiva do que se 
supunha, a vida pessoal e profissional de cada um. Está provado 
que um sólido círculo social é capaz de evitar doenças, amenizar 
o sofrimento, prolongar a vida, catapultar carreiras e até mesmo 
melhorar a forma física.

Um dos maiores levantamentos já feitos sobre o efeito das 

amizades na vida prática é o do pesquisador americano Tom 
Rath, coordenador de pesquisas da Gallup Organization, um dos 
maiores institutos de pesquisas do mundo. Segundo ele, quem 
tem um grande amigo no trabalho é sete vezes mais produtivo, 
mais criativo e mais engajado nas propostas da empresa do que 
aquele funcionário que não consegue se relacionar com os colegas.

A maioria das pessoas passa no trabalho 70% do tempo em 

que estão acordadas. Quem trabalha fora costuma conviver mais 
com os colegas e com o chefe do que com a própria família. 
Portanto, ter alguém com quem conversar, trocar confidências, 
pedir conselhos ou mesmo partilhar um olhar de cumplicidade 
faz toda a diferença. O amigo pode até desconhecer detalhes da 
vida íntima do outro, entretanto é um porto seguro para enfrentar 
intempéries da carreira.

Em qualquer idade, a amizade é tida como coisa seriíssima. 

Cerca de 60% das pessoas respondem que ter amigos é mais 
importante do que carreira, dinheiro ou família. Ainda assim, 
amizades verdadeiras estão cada vez mais difíceis. Como dizia 
Santo Agostinho, “quando uma amizade é verdadeira, nada mais 
santo e vantajoso se pode desejar no mundo”.

(Daniela Pinheiro, Veja, 27.12.2006. Adaptado)

01. De acordo com o texto, é correto afirmar que

(A) passamos a maior parte do tempo com amigos do tra-

balho, pois é difícil encontrarmos verdadeiras amizades 
entre os familiares.

(B) os funcionários que não conseguem se relacionar com os 

colegas são indivíduos que preferem a família à empresa.

(C) embora pesquisas sobre o poder da amizade tenham   

sido feitas por instituições de pouca visibilidade, há um 
consenso de que a amizade é essencial.

(D) as empresas têm se responsabilizado pelo fortalecimento 

da amizade entre funcionários, pois assim obtêm mais 
produtividade e lucro.

(E) se tem comprovado que amizades sólidas são um porto 

seguro que minimiza situações adversas vividas pelo 
indivíduo.

02. 1RVWUHFKRVGRžSDUiJUDIRí$QHFHVVLGDGHatávica do ser 

KXPDQRGHWHUDPLJRVSURYDTXHíHíSURORQJDUDYLGD
catapultarFDUUHLUDVíRVWHUPRVHPGHVWDTXHSRGHPVHU
correta e respectivamente, substituídos, sem alteração de 
sentido do texto, por
(A) exagerada; projetar.
(B) exagerada; acelerar.
(C) ancestral; acelerar.
(D) ancestral; comprometer.
(E) crescente; acelerar.

03. Considere os trechos do 3.º parágrafo.

Portanto, ter alguém com quem conversar...
... entretanto é um porto seguro para enfrentar...

As expressões em destaque estabelecem entre as orações, 
correta e respectivamente, as relações de
(A) causa e advertência.
(B) conclusão e condição.
(C) consequência e concessão.
(D) conclusão e oposição.
(E) causa e condição.

04. Considere os trechos e as circunstâncias adverbiais que as 

palavras em destaque estabelecem nesses trechos.

I. É com os amigos que se espera comemorar... (companhia) 

(1.º parágrafo)

II. ... são compartilhados sem cobrança ou obrigação.

(modo) (1.º parágrafo)

III. O que sempre inspirou escritores, pensadores e filósofos... 

(tempo) (1.º parágrafo)

IV. ... é sete vezes mais produtivo, mais criativo... (intensi-

dade) (3.º parágrafo)

Está correto o que se afirma em
(A) I, apenas.
(B) III, apenas.
(C) II, III e IV, apenas.
(D) I, II e IV, apenas.
(E) I, II, III e IV.

05. 1DIUDVHíEm qualquer idade, a amizade é tida como coisa 

seriíssimažSDUiJUDIRíDMRUQDOLVWD

I. construiu a frase na voz ativa;

II. empregou o adjetivo sério no grau superlativo;

III. escolheu o pronome qualquer que se classifica como 

possessivo.

É correto o que se afirma em
(A) I, apenas.
(B) II, apenas.
(C) I e III, apenas.
(D) II e III, apenas.
(E) I, II e III.

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-prova.pdf-html.html

4

CESP0901/07-TécAdmBiblioteconomia

Considere os textos para responder às questões de números 06 a 09.

T

EXTO

 I

Há três amigos fiéis: uma velha esposa, um velho cão e 

dinheiro na mão.

(Benjamin Franklin, séc. XVIII)

T

EXTO

 II

Falar sobre dinheiro parece simples. Afinal, tudo gira em torno 

dele, é o que usamos para comprar as coisas que queremos e de 
que precisamos. Somos pagos por nossos empregos e usamos esse 
dinheiro para pagar contas, comprar comida, nos divertir. Lionel 
Trilling, crítico literário, já dizia: “Nós inventamos o dinheiro e 
o usamos, porém não podemos entender suas leis nem controlar 
suas ações. Ele tem vida própria”.

(Valdomiro Nenevê, Veja, 23.09.2009)

06. As opiniões de Franklin e Trilling apresentam ideias

(A) opostas, pois Trilling critica o poder do dinheiro, enquanto 

Franklin aprecia esse poder.

(B) opostas, pois Trilling afirma que não sabe acumular 

dinheiro, enquanto Franklin sabe fazê-lo.

(C) semelhantes, pois os autores admitem que o dinheiro é 

um valor importante para a sociedade.

(D) semelhantes, pois os autores reconhecem que o dinheiro 

garante status e prestígio social.

(E) semelhantes, pois os autores afirmam que gostam muito 

de falar sobre dinheiro.

07. (Pí)DODUVREUHGLQKHLURpareceVLPSOHVíRDXWRUHPSUHJRX

o verbo em destaque para expressar

(A) um equívoco, pois o dinheiro não é tão importante quanto 

parece.

(B) um juízo, pois expõe seu ponto de vista sobre o assunto.

(C) uma incoerência, pois as pessoas deveriam economizar 

e não gastar.

(D) um apelo, pois é necessário alterar as leis do dinheiro.

(E) uma crítica, pois o dinheiro corrompe as pessoas.

08. (Pí)DODUsobre dinheiro parece simples. Afinal, tudo gira 

em torno dele, é o que usamos paraFRPSUDUDVFRLVDVíDV
preposições destacadas – sobreempara – estabelecem entre 
as ideias, respectivamente, as relações de

(A) referência, causa e tempo.

(B) referência, modo e finalidade.

(C) causa, lugar e referência.

(D) assunto, lugar e finalidade.

(E) assunto, causa e modo.

09. (PípRTXHXVDPRVSDUDFRPSUDUDVFRLVDVque queremos... 

íSRGHVHVXEVWLWXLUDH[SUHVVmRHPGHVWDTXHVHPSUHMXt]R
para o sentido do texto, por

(A) para que desejamos.

(B) por que desejamos.

(C) em que aspiramos.

(D) com que almejamos.

(E) que almejamos.

10. Na frase – O dinheiro tem controlado as pessoas, e o ser huma-

no não consegue entender as leis desse poderoso instrumento.

Assinale a alternativa em que os pronomes substituem cor-
retamente as expressões em destaque e obedecem às regras 
de colocação pronominal.

(A) as tem controlado; lhes entender.

(B) lhes tem controlado; as entender.

(C) as tem controlado; entendê-las.

(D) tem controlado-as; entendê-las.

(E) lhes tem controlado; entender-lhes.

Considere as frases para responder às questões de números 11 a 13.

Faço com meus amigos o que faço com meus livros: guardo-os 

onde os posso encontrar, mas uso-os raramente. 

(Emerson, séc. XIX)

De vez em quando a gente precisa sacudir a árvore das ami-

zades para caírem as podres. 

(Mário da Silva Brito, séc. XX)

11. Na frase de Mário da Silva Brito, encontra-se o sentido

(A) figurado das palavras, pois se emprega uma linguagem 

simbólica para expressar as ideias.

(B) figurado das palavras, pois o autor não acredita que é 

possível fazer amigos.

(C) próprio, pois as frutas podres representam os amigos que, 

infelizmente, se distanciaram do autor.

(D) próprio, pois o significado das palavras confirma-se pelo 

sentido literal que apresentam.

(E) próprio, pois a frase está escrita de acordo com as regras 

da norma padrão.

12. Interpretando o pensamento dos dois autores, conclui-se que 

ambos utilizaram a ideia de

(A) simultaneidade: desprezam-se alguns frutos e livros, 

assim como se desprezam alguns amigos.

(B) comparação: os verdadeiros amigos correspondem aos 

bons frutos e aos bons livros.

(C) condição: se não houver bons frutos e bons livros, o 

indivíduo terá uma vida solitária.

(D) advertência: achar uma amizade verdadeira é tão difícil 

como encontrar bons frutos e bons livros.

(E) temporalidade: adquirir verdadeiros amigos demora tanto 

como adquirir bons frutos e bons livros.

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-prova.pdf-html.html

5

CESP0901/07-TécAdmBiblioteconomia

13. 1DIUDVHGH(PHUVRQí)DoRFRPPHXVDPLJRVRTXHIDoRFRP

meus livros: guardo-os onde os posso encontrar, mas uso-os 
UDUDPHQWHíDRUDomRHPGHVWDTXHSRGHVHUVXEVWLWXtGDVHP
prejuízo para o sentido do texto, por

(A) em que os possa encontrar.

(B) em que se possa encontrá-los.

(C) de onde eu possa encontrá-los.

(D) onde os pudesse encontrar.

(E) onde possam ser encontrados.

14. Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente,

as lacunas do texto quanto ao emprego ou não do acento 
indicativo de crase.

Se passamos 70% do tempo no trabalho, devemos levar 
sério as relações que se constroem nesse ambiente. É impor-
tante dar o devido valor 

 cada um que está 

 nossa 

volta, pois não se encontram verdadeiras amizades 

 toa.

(A) à … a … à … à

(B) à … à … a … a

(C) à … a … à … à

(D) a … a … à … à

(E) a … à … a … à

15. Assinale a alternativa correta quanto às regras de concordância 

verbal e nominal.

(A) Sempre havia discussões inúteis nesse grupo, por isso 

laços de amizade eram raros.

(B) Por causa do apego ao dinheiro, ocorre várias inimizades.

(C) Devem fazer meses que não encontramos uns amigos 

para jantar fora.

(D) A coordenadora do grupo ficou meia decepcionada com 

a atitude de alguns integrantes.

(E) 70% do tempo sno trabalho equivalem a menas horas no 

ambiente familiar.

16. Assinale a alternativa cujas palavras completam, correta e 

respectivamente, as lacunas do texto a seguir.

O pesquisador recomendou para 

 aplicar os testes 

e, depois, verificar se há 

 a fazer, já que muitas

pessoas não entendem como preencher as páginas. O 

 adequado de todos os passos do processo é 

fundamental para a validade da pesquisa.

(A) eu … retificações … cumprimento

(B) eu … ratificações … comprimento

(C) mim … retificações … comprimento

(D) mim … ratificações … cumprimento

(E) mim … retificações … cumprimento

17. Assinale a alternativa em que a frase está correta de acordo 

com a norma padrão.

(A) Durante a viajem, conquistamos vários amigos novos.

(B) Desejamos ganhar dinheiro por que parte dele gastamos 

em diversão.

(C) Todos se questionam por que o dinheiro é tão poderoso.

(D) Já havia colegas esperando para abraçá-lo pelo aniver-

sário, mau ele chegou à empresa.

(E) O funcionário agiu mau ao distorcer os fatos que envol-

viam seu colega de departamento.

18. Assinale a alternativa correta quanto à regência nominal das 

frases.

(A) Seu ponto de vista sobre o projeto é oposto com aquele 

da diretoria da empresa.

(B) Sempre imbuído de bom humor, Sílvio contagia nosso 

ambiente de trabalho.

(C) Verdadeiras amizades são inerentes com um ser humano.

(D) As secretárias ficaram descontentes no que aconteceu na 

reunião.

(E) Todos a veem com reservas, pois ela é perita de fazer 

comentários maldosos.

19. Assinale a alternativa cujas palavras preenchem, correta e 

respectivamente, as lacunas do texto.

Embora 60% das pessoas 

 que quem possui amigos 

é mais feliz do que aqueles que 

 apenas dinheiro 

e sucesso na carreira, verdadeiras amizades 

 algo 

raro de se fazer. Mas quem 

 amigos ao longo da 

vida, com certeza, estará amparado diante das dificuldades 
que surgirão.

(A) digam … têm … são … mantiver

(B) digam … tem … são … manter

(C) digam … tem … é … mantiver

(D) dizem … têm … é … manter

(E) dizem … tem … são … mantiver

20. 1DIUDVHGRSHQVDGRUURPDQR&tFHURD&íO

amigo certo se reconhece numa situação incerta.íRHPSUHJR
dos antônimos expressa

(A) concessão.

(B) incoerência.

(C) hipótese.

(D) condição.

(E) oposição.

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-prova.pdf-html.html

6

CESP0901/07-TécAdmBiblioteconomia

MATEMÁTICA

21. Em uma estação são tratados 30000 litros de água por segundo 

e, na fase da sedimentação com coagulação, utiliza-se o sulfato 
de alumínio cuja concentração máxima não deve exceder 15 
miligramas por litro de água. A quantidade máxima desse 
coagulante, que pode ser utilizada no volume de água tratada 
em uma hora, é

(A) 270 kg.

(B) 810 kg.

(C) 1 240 kg.

(D) 1 450 kg.

(E) 1 620 kg.

22. Três representantes de indústrias farmacêuticas visitam 

regularmente clínicas médicas. O primeiro retorna a uma 
determinada clínica a cada 40 dias; o segundo, a cada 50 
dias, e o terceiro, a cada 60 dias. Se os três representantes se 
encontrarem nessa clínica num certo dia, então eles irão se 
encontrar novamente na mesma clínica a cada

(A) 630 dias.

(B) 600 dias.

(C) 540 dias.

(D) 360 dias.

(E) 300 dias.

23. Na construção de um grande conjunto habitacional, trabalhan-

do 8 horas por dia, trinta operários constroem 36 casas, em
6 meses. Para manter o mesmo ritmo (mesma produtividade) 
ao construir 25 casas, em 5 meses, vinte operários precisariam 
trabalhar, por dia,

(A) 6 horas.

(B) 8 horas.

(C) 9 horas.

(D) 10 horas.

(E) 11 horas.

24. No processo seletivo de ingresso de uma universidade, para 

classificar os vestibulandos, é utilizada a média ponderada 
entre o número de pontos obtidos no próprio vestibular com 
peso 4 e o número de pontos no Exame Nacional do Ensino 
Médio (ENEM) com peso 1. Se um vestibulando faz 50 pontos 
no vestibular e 60 pontos no ENEM, então a sua média é

(A) 57,5.

(B) 55,0.

(C) 52,0.

(D) 51,5.

(E) 50,5.

25. Um certo capital aplicado a juros simples de 5% ao ano du-

plicará seu valor em

(A) 25 anos.

(B) 20 anos.

(C) 18 anos.

(D) 15 anos.

(E) 12 anos.

26. Pelos valores obtidos em uma balança digital, verificou-se 

que José pesa mais do que Maria. Observou-se também que 
o produto dessas leituras é 3 000 e a soma é 110. A metade 
da leitura correspondente ao peso de Maria é

(A) 25.

(B) 24.

(C) 23.

(D) 22.

(E) 20.

27. Para verificar o nível de aprovação de um prefeito, foram en-

trevistadas 1 000 pessoas que opinaram sobre a administração 
da cidade, escolhendo uma e apenas uma, dentre as seguintes 
possíveis respostas: ótima, boa, regular, ruim e indiferente.

De acordo com o gráfico, que mostra o resultado da pesquisa, 
e calculando-se o percentual de pessoas que consideram a 
administração ótima ou boa e o percentual de pessoas que 
consideram a administração regular ou ruim, pode-se afirmar 
que a diferença entre esses dois percentuais é de

(A) 18%.

(B) 24%.

(C) 32%.

(D) 38%.

(E) 65%.

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-prova.pdf-html.html

7

CESP0901/07-TécAdmBiblioteconomia

28. As dimensões internas de um salão foram obtidas em unidades 

não muito usuais: 0,007 km de largura, 80 dm de comprimento 
e 400 cm de altura. Para pintar apenas o teto e as paredes in-
ternas, descontando-se o vão de uma porta de 5,0 m

2

 de área 

e o vão de uma janela de 3,0 m

2

 de área, vai se utilizar uma 

tinta cujo rendimento é tal que 1 litro pinta 0,06 dam

2

. Para 

essa pintura, são necessários exatamente

(A) 18 litros.

(B) 21 litros.

(C) 24 litros.

(D) 28 litros.

(E) 36 litros.

29. O piloto de um avião que voa horizontalmente e em linha 

reta localiza, por meio de seu radar, um objeto no solo por 
um ângulo de 45

o

. Voando a 900 km/h, depois de 2 minutos, 

observa que está exatamente sobre o objeto. A distância do 
avião ao objeto, quando da sua primeira observação, é

(A) 60

 km.

(B) 45

 km.

(C) 30

 km.

(D) 20

 km.

(E) 15

 km.

30. Uma pessoa pretende comprar um apartamento e um automó-

vel. Se comprar apenas o automóvel ficará com R$ 60.000,00, 
mas para comprar somente o apartamento precisará de mais 
R$ 10.000,00. Se para comprar os dois, essa pessoa precisa 
de R$ 50.000,00, então ela possui

(A) R$ 100.000,00.

(B) R$ 95.000,00.

(C) R$ 90.000,00.

(D) R$ 85.000,00.

(E) R$ 82.500,00.

ATUALIDADES

31. O novo modelo de exploração de petróleo da camada pré-sal, 

proposto pelo governo brasileiro em agosto de 2009, apoia-se na

(A) privatização da Petrobras.

(B) criação de uma empresa estatal.

(C) concessão total a petrolíferas estrangeiras.

(D) exclusividade para empresas privadas.

(E) pequena participação da União.

32. A senadora Marina Silva, do (...), causou um abalo amazô-

nico ao Partido dos Trabalhadores. Depois de trinta anos de 
militância aguerrida, abandonou a legenda e marchou para o 
Partido Verde, seduzida por um convite para ser a candidata 
da agremiação à Presidência da República em 2010.

(Sandra Brasil, Veja, 02.09.2009)

A senadora representa o

(A) Pará.

(B) Maranhão.

(C) Acre.

(D) Amazonas.

(E) Mato Grosso.

33. A AmBev conseguiu suspender na Justiça a multa recorde de 

R$ 352,7 milhões aplicada pelo Cade (Conselho Administra-
tivo de Defesa Econômica) à empresa no dia 22 de julho deste 
ano.

(Folha de S.Paulo, 03.09.2009)

A multa foi aplicada porque o Cade considerou que a empresa

(A) praticou concorrência desleal.

(B) comprou matéria prima sem nota fiscal.

(C) empregava mão de obra infantil.

(D) remetia lucros excessivos para o exterior.

(E) sonegava impostos federais.

34. (...) divulgação do mega-acordo militar entre Brasil e (...).

No principal negócio do país na área desde a Segunda Guerra 
Mundial, o Brasil comprará helicópteros, submarinos conven-
cionais e tecnologia para desenvolver um modelo nuclear. 
(...) acordo de R$ 22,5 bilhões – a serem pagos em 20 anos.

(Folha de S.Paulo, 08.09.2009)

Esse “mega-acordo” foi feito com

(A) o Canadá.

(B) a Suécia.

(C) os Estados Unidos.

(D) a Alemanha.

(E) a França.

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-prova.pdf-html.html

8

CESP0901/07-TécAdmBiblioteconomia

35. A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 

2008, divulgada em setembro de 2009 pelo IBGE, revelou 
que a região brasileira com maior taxa de analfabetismo é o

(A) Centro-Oeste.

(B) Sudeste.

(C) Norte.

(D) Nordeste.

(E) Sul.

36. (...) realizou ontem testes com alguns de seus mísseis de mais 

longo alcance – capazes até de atingir Israel –, em mais um 
capítulo da escalada das tensões entre (...) e as potências do 
Ocidente, que criticaram a demonstração de força.

A rodada de exercícios com projéteis começou anteontem (...), 
dois dias depois de ter sido revelada ao público a construção 
de uma instalação nuclear (...) na cidade de Qom.

(Folha de S.Paulo, 29.09.2009)

Esses testes foram feitos

(A) pela Coreia do Norte.

(B) pelo Paquistão.

(C) pelo Irã.

(D) pelo Iraque.

(E) pela Líbia.

37. Os eleitores (...) aprovaram em referendo o Tratado de Lisboa, 

abrindo caminho para a adoção do documento que pretende 
transformar a União Europeia (UE) num bloco mais forte e 
eficiente. (...)

A vitória foi conseguida quinze meses após o texto ter sido 
rejeitado numa primeira consulta popular.

(...) foi o único dos 27 países da UE a submeter o texto a 
consulta popular.

(Folha de S.Paulo, 04.10.2009)

Esse tratado foi aprovado pelos eleitores da

(A) Hungria.

(B) Irlanda.

(C) República Tcheca.

(D) Holanda.

(E) Dinamarca.

38. Isolado fisicamente na embaixada brasileira, [Manuel] Ze-

laya foi alvo da solidariedade da comunidade internacional, 
indignada com o golpe de Estado e com o risco de essa receita 
prosperar na América Latina. (...). Mas, politicamente, Zelaya 
também está isolado. Conta com apenas um número limitado 
de colaboradores fiéis e sabe que não pode se apoiar na FNR 
[Frente Nacional de Resistência] para voltar à presidência.

(O Estado de S.Paulo, 04.10.2009)

O motivo alegado para esse golpe foi

(A) o fechamento do Congresso pelo presidente da República, 

devido a divergências ideológicas.

(B) a assinatura de um acordo com os Estados Unidos para 

a instalação de bases militares.

(C) o apoio dado à Colômbia nas disputas territoriais e eco-

nômicas com a Venezuela.

(D) a tentativa de realizar uma consulta popular sobre a 

convocação de uma Assembleia Constituinte.

(E) o superfaturamento na compra de armas para o Exército, 

denunciada pelo Ministério Público.

39. O Supremo Tribunal Federal dará posse no próximo dia 23 

ao seu 162.º ministro da era republicana, o advogado (...) – a 
oitava e mais polêmica indicação feita pelo presidente Lula. 
Advogado-geral da União, (...) foi aprovado pelo plenário do 
Senado (...).

(Veja, 07.10.2009)

O mais novo integrante do STF é

(A) Joaquim Barbosa.

(B) Carlos Ayres Britto.

(C) Ricardo Lewandowski.

(D) Gilmar Mendes.

(E) José Antonio Toffoli.

40. Até três mil pessoas podem estar soterradas nos escombros 

dos milhares de prédios que foram destruídos pelo terremoto 
que arrasou (...), na quarta-feira, e já matou 1.100 pessoas.

(O Estado de S.Paulo, 03.10.2009)

Esse terremoto atingiu a

(A) Indonésia.

(B) Somália.

(C) Tailândia.

(D) Austrália.

(E) Etiópia.

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-prova.pdf-html.html

9

CESP0901/07-TécAdmBiblioteconomia

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

41. Visando à segurança de objetos digitais na Internet, foi criado 

o DOI (Digital Object Identifier) pela Associação de Publi-
cadores Americanos (AAP) que serve como um sistema para

(A) localizar e acessar materiais na web, em especial publi-

cações em períódicos e obras protegidas por copyright,
muitas delas localizadas em bibliotecas virtuais.

(B) adaptar ao universo de bibliotecas digitais a estrutura 

de classificação presente tanto na CDU como na CDD, 
já com as especificidades exigidas pelo novo modelo de 
metadados.

(C) substituir o atual código MARC, representando um novo 

modelo de catalogação específico para livros em formato 
de acesso aberto e presente livremente na web.

(D) garantir e assegurar às atuais bibliotecas digitais a pre-

servação digital dos documentos segundo norma ISO.

(E) facilitar o empréstimo entre bibliotecas, agregando ao 

sistema COMUT uma funcionalidade espefícica do 
mundo digital.

42. A operação que consiste em extrair os conceitos que carac-

terizam o conteúdo de um texto para se obter uma síntese, 
mediante a representação da informação relevante por meio 
de descritores, se intitula

(A) classificação.

(B) catalogação.

(C) resumo.

(D) disseminação.

(E) indexação.

43. Durante o processo de desenvolvimento de coleções e 

constituição do acervo, é realizado o tombamento, que visa 
proceder ao

(A) inventário dos bens já existentes de modo a não duplicar 

e garantir, assim, melhor uso dos recursos orçamentários 
da biblioteca.

(B) registro do material adquirido, em ordem sequencial de 

entrada no acervo, seguindo numeração própria gerada 
pela biblioteca.

(C) trabalho de identificação e classificação temática do 

material para posterior recuperação pelos usuários.

(D) tratamento preventivo de higienização e restauro, pre-

servando assim a saúde dos futuros usuários.

(E) controle bibliográfico e de produção interna da instituição 

que abriga a biblioteca.

44. O preparo físico do material impresso de uma biblioteca, a 

saber, livros, periódicos ou outros tipos de documentos, visa 
identificar a propriedade e garantir a segurança, antes que esse 
material seja encaminhado para o setor de circulação. Nesse 
momento, portanto, cada material deverá

(A) ser registrado na listagem de novas aquisições, seguindo 

a norma de referência bibliográfica utilizada pela biblio-
teca.

(B) receber tratamento especial de digitalização, visando 

inseri-lo no universo web quando a biblitoeca se tornar 
eletrônica.

(C) ser devidamente etiquetado com o número de chamada/

identificação e código de barra, receber o carimbo de 
registro e, em alguns casos, também, o alarme contra 
roubo.

(D) passar por uma segunda seleção, agora feita pelo biblio-

tecário de referência, visando identificar se ele se adequa 
às normas, políticas e ética da biblioteca.

(E) ser identificado conforme seu grau de complexidade 

temática e enquadrado nas normas de empréstimo da 
biblioteca específica conforme sua tipologia e suporte.

45. O setor de circulação de uma biblioteca tem, dentre suas 

incumbências, o(s) seguinte(s) serviço(s):

(A) atendimento às questões de referência dos usuários.

(B) disseminação seletiva da informação recém adquirida.

(C) planejamento do espaço físico, visando facilitar seu uso 

e trânsito interno.

(D) empréstimo, devolução, reserva e renovação dos mate-

riais do acervo.

(E) estruturação da comunicação visual de modo a garantir 

a usabilidade da biblioteca.

46. O serviço LIGDOC, implementado por meio do software

ARIEL, para o desenvolvimento de serviços cooperativos 
entre bibliotecas brasileiras e latinoamericanas, é um inte-
ressante exemplo de comutação bibliográfica eletrônica para 

(A) aquisiçao planificada de periódicos.

(B) desenvolvimento do acervo de e-books.

(C) consolidaçao da memória intelectual latino-americana.

(D) formatação de um modelo de biblioteca latino-americano, 

independente do modelo norte-americano.

(E) troca de documentos entre as bibliotecas consorciadas.

vunesp-2009-cesp-tecnico-de-administracao-biblioteconomia-prova.pdf-html.html

10

CESP0901/07-TécAdmBiblioteconomia

47. A busca e recuperação de material do acervo pode se dar por 

meio de diversos produtos/serviços desenvolvidos pela biblio-
teca especificamente para tal finalidade como, por exemplo,

(A) catálogo bibliográfico e exposição de novos materiais.

(B) google acadêmico e lista de novas aquisições.

(C) índices/abstracts especializados internacionais e orkut

ou facebook.

(D) ferramentas tipo youtube e boletins de alerta.

(E) programa COMUT e coleções digitais especiais.

48. Uma das atividades desenvolvidas pelas bibliotecas, para 

disseminar a informação recém-adquirida e/ou ingressada no 
acervo, é 

(A) a catalogação de livros novos.

(B) o empréstimo entre bibliotecas.

(C) a aquisição cooperativa.

(D) o boletim de sumários correntes.

(E) o tratamento diferenciado de acervo especializado.

49. Uma das formas encontradas pelas instituições e profissionais 

bibliotecários, para diminuir ou dividir os custos orçamen-
tários e ampliar o universo de informações disponíveis aos 
usuários, tem sido a adoção

(A) de ferramentas disponíveis e gratuitas na internet, como 

google e yahoo.

(B) do movimento de acesso aberto, que busca exterminar o 

negócio de venda de informações de interesse público.

(C) da prática de união de interesses por meio de consórcio 

de bibliotecas.

(D) de estratégias para formação de acervos exclusivamente 

por doação e permuta. 

(E) da ideia de só trabalhar com informações em formatos 

digitais, eliminando todo acervo impresso existente.

50. Para que, no futuro, possamos ser capazes de identificar um 

documento digital, ler os arquivos que o compõem, entender 
sua estrutura e interpretá-lo corretamente, além de termos se-
gurança de que se trata de uma cópia autêntica do documento, 
é necessário prever ações no que se refere à

(A) consolidação de uma biblioteca digital universal.

(B) preservação digital do conteúdo informacional.

(C) migração de todo conteúdo impresso para o suporte 

eletrônico.

(D) formalização de parcerias com outras bibliotecas inter-

nacionais.

(E) adoção de um sistema único e universal de classificação 

de conteúdo.