Prova Concurso - Arquitetura - 2009-IFC-ARQUITETO - IESES - IFC - 2009

Prova - Arquitetura - 2009-IFC-ARQUITETO - IESES - IFC - 2009

Detalhes

Profissão: Arquitetura
Cargo: 2009-IFC-ARQUITETO
Órgão: IFC
Banca: IESES
Ano: 2009
Nível: Superior

Downloads dos Arquivos

prova.pdf
gabarito.pdf

Provas relacionadas

ARQUITETOEBSERH2018
ESPECIALISTA-PORTUARIO-ARQUITETURAEMAP2018
ARQUITETOPREFEITURA2018

Gabarito

ieses-2009-ifc-arquiteto-gabarito.pdf-html.html

Número

 da

 Qu

e

st

ão

Admi

ni

st

ra

dor

An

alist

de

 Tecnologia

 da

 Informação

A

rqui

teto

 e

 U

rbani

st

a

Audi

tor

Bib

liot

e

cário/Docu

m

e

n

ta

list

a

Contador

En

genhei

ro

 Civil

Jornalist

a

Nu

tricion

ist

a

Médi

co

 Veter

in

ár

io

Pedagogo/O

rient

ador

 E

ducaci

o

nal

P

e

dagogo/Super

vi

sor

 E

ducaci

o

nal

P

sicólogo

Tr

adutor

 In

rp

re

te

Técnico

 em

 As

suntos

 E

ducaci

o

nai

s

01

C

C

D

D

C

A

C

B

B

A

D

A

A

B

D

02

D

C

D

D

B

C

A

A

C

B

C

B

C

A

C

03

C

A

A

A

C

C

B

C

B

C

A

B

A

D

A

04

D

C

A

B

B

B

C

A

A

B

A

A

B

A

C

05

C

D

B

C

C

D

D

B

B

A

C

A

C

A

D

06

B

C

C

D

A

D

B

D

B

C

D

D

A

B

C

07

A

D

D

B

D

A

D

D

D

D

B

D

A

D

B

08

D

B

A

A

A

B

A

A

A

D

D

C

C

C

A

09

C

C

B

A

B

A

C

B

B

C

D

B

B

D

B

10

A

B

D

B

D

D

A

D

B

D

C

B

B

B

A

11

D

B

C

C

C

B

C

C

A

A

D

A

D

C

B

12

D

A

A

C

B

A

D

C

A

B

A

A

D

B

A

13

A

A

C

A

D

D

A

D

B

B

C

D

C

C

A

14

B

B

B

D

A

B

D

D

D

D

B

C

B

C

D

15

A

A

C

C

D

A

B

C

C

D

C

D

B

A

D

16

A

B

D

B

A

B

B

B

D

B

A

C

D

C

A

17

B

C

D

C

C

D

D

C

D

A

C

A

C

D

B

18

A

A

A

D

C

D

B

C

A

B

B

A

D

B

A

19

C

A

D

C

A

C

D

D

A

A

D

B

A

A

C

20

A

D

B

C

D

B

B

C

C

B

B

C

C

B

C

21

D

B

D

B

D

C

C

A

C

D

B

A

B

A

B

22

D

D

C

C

A

C

C

B

A

D

C

B

B

D

D

23

A

B

D

B

D

A

D

B

D

C

C

D

A

A

B

24

B

A

A

A

B

D

D

C

C

D

A

D

A

B

D

25

D

D

C

A

A

C

B

A

A

A

C

B

C

A

B

26

D

D

B

C

B

B

C

B

D

D

B

D

D

D

C

27

B

A

D

A

A

A

A

B

B

B

B

C

C

A

B

28

B

C

B

B

B

C

D

A

D

B

D

B

D

C

D

29

A

A

A

A

D

A

B

C

C

A

C

D

D

D

A

30

C

B

A

C

C

B

C

D

D

A

B

C

B

B

C

31

D

C

B

B

C

C

D

A

A

C

D

A

C

D

D

32

B

C

C

A

B

B

C

D

A

C

C

A

C

C

C

33

C

D

D

D

A

C

A

A

D

A

D

B

B

D

D

34

B

A

C

C

D

C

B

A

C

D

B

A

C

D

B

35

C

D

B

B

C

B

A

B

D

C

A

A

D

C

D

36

B

C

D

A

B

C

D

D

C

C

D

B

A

C

B

37

D

D

A

D

C

D

C

A

B

A

B

B

D

A

A

38

B

C

C

A

B

A

C

C

C

D

A

C

D

A

D

39

B

A

A

B

C

B

A

D

B

C

A

D

A

D

C

40

C

B

B

B

B

D

A

B

C

B

D

C

A

B

C

Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul ‐ IESES

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense ‐ IFC

Gabarito das Provas de Nível Superior (E) ‐ Realizadas em 02.08.2009

ieses-2009-ifc-arquiteto-gabarito.pdf-html.html

me

ro

 da

 Questão

Assiste

n

te

 de

 A

lunos

Au

xilia

de

 Bib

lio

te

ca

01

D

D

02

C

B

03

B

C

04

B

B

05

A

C

06

B

A

07

B

C

08

A

D

09

B

A

10

A

B

11

C

A

12

B

C

13

C

D

14

A

C

15

C

C

16

B

B

17

D

B

18

B

A

19

D

D

20

B

D

21

B

A

22

A

C

23

C

B

24

A

C

25

D

B

26

D

B

27

B

D

28

D

D

29

B

A

30

A

D

31

D

C

32

C

D

33

A

B

34

C

B

35

C

D

36

D

B

37

C

A

38

A

A

39

D

B

40

A

A

Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul ‐ IESES

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense ‐ IFC

Gabarito das Provas de Nível Médio (C) ‐ Realizadas em 02.08.2009

ieses-2009-ifc-arquiteto-gabarito.pdf-html.html

Número

 da

 Qu

e

stão

Assist

ent

e

 em

 Adm

inist

ra

çã

o

Téc

n

ic

o

 em

 Ag

ro

pecuá

ria

Téc

n

ic

o

 de

 Tecnolog

ia

 da

 Informação

Téc

n

ic

o

 em

 Lab

o

rató

rio

rea

 Qu

ím

ic

a

Téc

n

ic

o

 em

 Lab

o

rató

rio

rea

 Aut

o

m

açã

o

 Indust

rial

Téc

n

ic

o

 em

 Aliment

o

e

 Lat

icínios

01

B

C

C

A

A

A

02

D

D

B

D

D

B

03

C

B

D

C

C

C

04

D

A

D

D

D

C

05

C

D

C

C

A

A

06

B

C

C

A

D

D

07

B

D

A

A

C

B

08

A

A

D

B

B

A

09

C

B

D

C

B

B

10

B

A

B

D

A

D

11

A

C

A

B

A

C

12

D

C

C

C

D

B

13

A

B

C

B

B

A

14

D

A

D

B

D

B

15

C

C

B

C

C

C

16

B

D

C

D

A

D

17

C

D

C

C

B

C

18

A

B

D

D

C

D

19

B

D

D

D

A

D

20

A

C

C

B

A

A

21

C

D

A

C

C

D

22

A

D

B

A

B

A

23

A

C

A

D

C

C

24

D

C

C

D

B

B

25

B

D

B

A

D

B

26

C

B

B

C

C

A

27

D

C

C

C

A

D

28

D

C

B

A

C

A

29

B

D

C

A

B

D

30

C

A

A

D

C

C

31

A

C

D

B

A

D

32

C

D

B

B

B

C

33

A

D

D

D

D

C

34

A

A

A

A

A

B

35

D

B

B

B

C

A

36

A

B

A

C

A

B

37

D

A

B

B

D

A

38

B

B

D

A

B

C

39

A

A

B

A

A

D

40

C

A

A

C

C

A

Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul ‐ IESES

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense ‐ IFC

Gabarito das Provas de Nível Médio (D) ‐ Realizadas em 02.08.2009

ieses-2009-ifc-arquiteto-gabarito.pdf-html.html

Núm

e

ro

 da

 Qu

e

st

ão

Ad

mi

n

istração/Ge

stão

Ad

mi

n

istração/Ge

stão

 da

 Agri

cu

lt

u

ra

 F

am

ilia

r

Agr

o

ec

ol

ogi

a

B

iol

ogi

a

B

ioquí

m

ic

a

Des

enho

 Té

cn

ic

o

Sis

tem

as

 CAE

/CAD

/CAM

Eletr

o

téc

n

ic

a

Eletr

o

eletr

ô

nic

a

Educação

 Matem

áti

ca

Fi

totec

n

ia

Fi

tos

sa

ni

dade

si

ca

Fi

si

ol

ogi

V

e

ge

ta

l/

M

e

lh

o

ra

m

en

to

 Ve

ge

ta

l

Ge

omáti

ca/Agri

me

nsura

Ge

omáti

ca/S

e

nsori

ame

nto

 R

e

m

o

to/Agr

om

eteor

o

logi

a

H

ard

w

are

 e

 Re

d

e

de

 C

o

m

putador

es

Hi

dr

ol

ogi

a

Infor

m

áti

ca

ngua

 B

ra

sileir

de

 Sina

is

 –

 LIB

R

A

S

Letr

as

 (Língua

 Por

tugues

e

 Lí

ngua

 Es

panhol

a)

Matem

áti

ca

 I

Matem

áti

ca

 II

Medi

ci

na

 Ve

te

ri

n

ári

– 

Co

mu

m

 a

 todas

 as

 s

ubár

e

as

Me

cân

ica

P

e

dagogi

a

Q

u

ím

ic

a

Segur

anç

no

 Trabal

ho

Soc

iol

ogi

a

Solos

Zootec

ni

a

01

A

C

C

D

D

C

D

C

C

B

A

D

A

D

A

C

D

A

B

C

D

A

C

C

D

C

B

B

D

C

02

B

B

D

D

A

A

C

C

D

B

C

D

A

D

C

B

A

D

D

D

D

C

B

C

B

D

C

A

D

B

03

D

D

B

B

C

A

C

A

B

A

B

B

D

A

A

D

D

C

D

C

A

C

B

A

D

D

D

B

C

C

04

A

B

B

C

C

B

B

B

C

B

A

B

B

D

B

D

A

A

C

A

D

B

C

A

A

A

D

C

D

B

05

D

B

A

C

A

C

A

D

D

A

D

D

B

C

D

A

D

A

D

B

A

D

A

C

D

A

B

B

B

A

06

D

A

D

D

B

B

B

D

A

C

A

D

D

B

C

B

C

C

A

D

D

C

B

B

C

D

D

D

C

A

07

A

C

D

A

B

A

D

A

B

C

A

C

A

A

D

C

D

C

A

A

A

D

C

C

B

D

A

C

D

C

08

C

A

C

D

D

D

A

B

B

B

B

D

C

D

A

B

C

D

D

B

B

A

A

B

C

C

D

D

B

A

09

D

D

A

A

B

B

C

D

D

D

A

D

B

C

C

A

D

C

C

B

A

C

C

C

A

A

B

B

C

D

10

B

B

C

D

B

C

B

C

B

D

C

C

A

D

A

A

A

B

A

A

A

A

B

D

A

B

B

D

B

C

11

A

C

A

A

C

D

D

B

C

C

D

B

D

C

C

D

B

C

C

A

B

A

D

C

D

C

D

A

C

A

12

B

C

B

B

A

A

C

A

B

C

B

C

A

C

B

D

C

B

B

C

C

C

A

A

B

C

C

C

D

A

13

C

B

B

B

C

B

D

B

D

D

B

A

D

B

A

C

B

A

D

B

D

A

D

A

C

B

C

A

D

B

14

C

D

D

D

A

B

D

D

C

D

C

C

C

B

B

B

B

C

D

C

A

A

A

C

A

C

D

D

A

A

15

A

A

D

A

D

C

A

B

A

B

A

B

C

A

A

C

C

B

A

D

C

C

A

A

B

A

B

A

A

C

16

D

A

C

A

C

D

B

B

A

A

D

C

D

C

D

D

A

C

A

A

A

A

D

B

B

A

C

C

B

D

17

C

C

C

C

D

A

C

D

C

C

B

C

D

C

B

A

C

D

B

B

C

C

C

A

C

B

B

D

A

A

18

D

C

A

A

D

B

A

A

B

B

B

D

B

D

C

A

C

B

C

C

D

A

B

D

D

D

D

C

A

D

19

C

D

B

A

B

D

A

C

A

C

D

C

C

B

D

B

D

B

B

B

C

D

C

D

A

A

D

D

C

C

20

B

A

B

D

B

C

C

A

B

A

C

D

B

C

D

A

B

A

A

C

B

C

A

A

C

D

A

D

D

D

21

C

B

A

C

C

A

B

D

D

B

B

A

A

B

C

D

D

C

A

A

B

A

B

D

A

B

A

A

C

B

22

B

B

A

D

A

D

C

B

C

A

B

A

B

A

B

C

D

D

B

C

D

A

A

B

C

C

D

A

B

A

23

C

D

D

C

D

A

A

A

B

D

D

C

C

D

A

D

A

C

C

B

B

D

C

D

A

A

B

C

A

D

24

B

D

A

B

B

B

A

C

A

A

B

B

A

C

D

B

B

A

A

D

A

B

B

A

C

A

C

B

D

D

25

C

B

B

A

A

B

C

D

D

C

D

A

B

D

C

C

B

B

C

A

C

B

D

B

D

B

D

C

B

A

26

D

D

D

D

C

C

C

B

C

C

C

B

C

A

B

A

D

D

D

A

B

C

A

A

C

D

A

D

D

B

27

D

C

D

C

D

B

B

D

A

D

D

D

C

A

D

C

A

C

A

B

B

B

C

C

B

C

B

B

C

A

28

C

C

C

B

D

A

A

A

B

D

B

B

D

C

C

B

B

C

B

D

D

C

C

D

D

C

D

A

A

A

29

D

D

B

C

A

D

B

C

A

B

A

A

D

C

B

B

B

A

C

B

C

A

B

A

B

D

A

A

A

C

30

B

A

A

A

B

A

D

D

B

C

B

D

C

A

D

C

D

D

B

A

A

B

B

A

A

B

C

B

B

D

31

D

C

D

B

C

D

B

C

D

C

A

B

D

A

B

B

B

D

B

A

D

D

D

D

D

A

B

C

C

B

32

D

D

C

C

C

C

D

A

C

B

D

D

B

A

D

A

A

A

D

D

B

A

D

D

A

D

A

B

B

D

33

A

C

D

B

D

A

A

C

C

D

D

B

A

B

A

B

B

C

A

C

A

B

C

C

C

B

D

A

A

B

34

B

B

B

A

A

B

D

A

B

A

C

C

D

C

B

B

A

D

A

A

C

D

B

B

C

A

A

C

A

A

35

A

A

C

B

D

A

C

C

C

A

D

A

B

B

A

C

C

D

D

D

D

B

C

B

D

B

B

A

C

D

36

B

A

A

A

C

B

A

C

D

D

A

C

C

C

D

A

C

B

D

C

C

D

D

C

C

C

A

D

A

B

37

A

D

B

C

B

C

A

D

A

D

C

A

B

D

C

D

B

D

C

D

A

D

B

A

B

B

C

D

A

B

38

D

A

C

C

C

A

C

A

D

B

B

A

A

B

D

C

C

D

D

B

A

B

B

B

D

C

C

B

D

C

39

C

B

B

B

A

D

D

D

B

B

C

C

C

D

B

A

B

B

C

C

C

B

C

D

C

B

A

C

C

B

40

A

A

A

B

C

D

D

B

A

D

A

A

A

A

C

D

C

D

D

D

B

D

D

C

D

B

A

C

C

D

Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul ‐ IESES

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense ‐ IFC

Gabarito das Provas de Nível Magistério ‐ Realizadas em 02.08.2009

Prova

ieses-2009-ifc-arquiteto-prova.pdf-html.html

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 

 
 

 

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA 

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE 
REITORIA, CAMPUS CONCÓRDIA, RIO DO SUL, SOMBRIO E VIDEIRA 
CONCURSO PÚBLICO – EDITAL 001/2009 

C

ARGO

:

 

A

RQUITETO E 

U

RBANISTA

 

 
PROVA OBJETIVA - 02 DE AGOSTO DE 2009. 

INSTRUÇÕES PARA O CANDIDATO 

1.

 

O caderno de prova contém 40 (quarenta) questões objetivas, numeradas de 01 (um) a 40 (quarenta). Confira-o, se ele não estiver completo, chame o 

fiscal. 

2.

 

Para evitar possíveis enganos no preenchimento do cartão-resposta oficial, anote, primeiramente no caderno de prova, as alternativas que entender      

corretas, para, somente então, proceder o preenchimento definitivo. Observe atentamente as instruções de preenchimento. 

3.

 

Somente serão consideradas para avaliação as questões respondidas no cartão-resposta. 

IMPORTANTE 

A.

 

O CARTÃO-RESPOSTA NÃO PODE SER SUBSTITUÍDO. Portanto, somente marque a resposta quando você tiver certeza que ela é correta. 

B.

 

O cartão-resposta não pode ser rasurado, sob pena de anulação das respostas. 

C.

 

Você deve marcar uma e apenas uma letra em cada questão objetiva, de todas as questões, de 01 (um) a 40 (quarenta), no cartão-resposta. 

D.

 

Não é admitido usar qualquer outro material estranho ao caderno de prova, mesmo para rascunho. 

E.

 

Você dispõe de 4 (quatro) horas para concluir a prova. 

F.

 

Ao final da prova você deverá devolver ao fiscal, este caderno de prova e o cartão-resposta devidamente assinado, sob pena de caracterização de sua 

desistência no Concurso. 

G.

 

O IESES, responsável pelo planejamento e execução desse concurso público, deseja-lhe BOA PROVA.

1. Qual 

alternativa 

apresenta um exemplo de ambigüidade? 

a)  Homens e mulheres têm direitos iguais. 
b)  Regras não devem ser descumpridas. 
c)  Os fins justificam os meios. 
d)  O vereador conversou com a adversária na sua cidade. 

 
2.  Qual alternativa reúne TODAS as palavras com grafia correta? 

a)  abcesso, emtrospecção, reivindicar 
b)  abscesso, introspeção, revindicar 
c)  abcesso, introspecção, revindicar 
d)  abscesso, introspecção, reivindicar 

 
3.  Assinale a alternativa INCORRETA

a)  Ficou sobre cuidados médicos. 
b)  Daqui a cerca de um ano viajarei aos Estados Unidos. 
c)  As notas estavam sobre o balcão. 
d)  Estava sob sua proteção. 

 
4.  Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas: 

...........anos que não vejo um bom programa de debates; ..........algum 
problema com a emissora. 

 

a)  Faz, deve haver 
b)  Faz, devem haver 
c)  Fazem, devem haver 
d)  Fazem, deve haver 

 
5.  Preencha V para Verdadeiro e F para Falso e em seguida assinale a 

alternativa que corresponde à sequência correta: 

(  )  Os preços mantiveram-se estáveis na zona do euro - grupo de 

países que utilizam o euro como moeda única - nos últimos 12 

meses, o que nunca tinha ocorrido antes na história do indicador. 

Segundo o primeiro cálculo divulgado pelo Eurostat em 29 de 

maio de 2009, o escritório estatístico comunitário, o índice de 

inflação anualizado nos países que compartilham a moeda única 

se situou em maio em 0%, contra alta de 0,6% de abril. 

(  )  O aumento dos preços do petróleo preocupa o governo dos EUA 

porque pode prejudicar a recuperação da economia do país.

(  ) 

A dívida pública federal - que engloba os endividamentos interno e 

externo - caiu 1,02% em abril na comparação com março, para R$ 

1,384 trilhão, segundo dados do Tesouro Nacional. A queda se 

deve ao resgate de títulos e à recente valorização do real ante o 

dólar. 

(  ) 

A economia subterrânea aumentou em 13,6% sua participação no 

Produto Interno Bruto (PIB, soma de todos os bens e serviços 

produzidos no país) entre setembro e dezembro do ano passado, 

período em que a crise internacional começou a atingir o Brasil. 

a)  V, F, F, V. 
b)  V, V, V, V. 
c)  V, F, V, F. 
d)  F, V, F, F. 

 

6.  O índice de desigualdade social é chamado de: 

a) IDS. 
b) PIB. 
c) Gini. 
d) Ides. 

 
 

7.  Assinale a alternativa correta: 

a)  É vedado ao servidor público civil o direito à livre associação 

sindical, salvo com expressa autorização da autoridade a que 
estiver subordinado. 

b)  O prazo de validade do concurso público será de até três anos, 

prorrogável uma vez, por igual período. 

c)  Os recursos públicos serão destinados às escolas públicas e 

privadas, podendo ser dirigidos a escolas comunitárias, 
confessionais ou filantrópicas, definidas em lei. 

d)  A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes 

da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios 
obedecerá, entre outros, aos princípios de legalidade, 
impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência. 

 
 
8.  Assinale a alternativa correta: 

a)  É assegurado ao servidor o direito de requerer aos Poderes 

Públicos, em defesa de direito ou interesse legítimo.   

b)  É direito do servidor público da união promover manifestação de 

apreço ou desapreço no recinto da repartição. 

c)  O servidor responde apenas civil e administrativamente pelo 

exercício irregular de suas atribuições. 

d)  Não será aplicada ao servidor público da união a pena de cassação 

de aposentadoria ou disponibilidade. 

 
 
9.  Assinale a alternativa correta: 

a)  O interessado poderá, mesmo depois da tomada da decisão, juntar 

documentos e pareceres bem como aduzir alegações referentes à 
matéria objeto do processo administrativo.  

b)  Os atos do processo administrativo poderão ser concluídos depois 

do horário normal, quando já iniciados e cujo adiamento prejudique 
o curso regular do procedimento. 

c)  Antes da tomada de decisão, a juízo da autoridade, diante da 

relevância da questão, não poderá ser realizada audiência pública 
para debates sobre a matéria do processo administrativo. 

d)  Quando a matéria do processo administrativo envolver assunto de 

interesse geral, o órgão competente poderá, sem motivação, abrir 
período de consulta pública para manifestação de terceiros. 

 
 

 

ieses-2009-ifc-arquiteto-prova.pdf-html.html

 

 

 

ARQUITETO E URBANISTA                                                                                                                                                                                           Página 2 

10.  Assinale a alternativa correta: 

a)  Toda ausência do servidor de seu local de trabalho é fator de 

desmoralização do serviço público, o que sempre conduz à 
desordem nas relações humanas. 

b)  Não é dever do servidor público procurar prioritariamente resolver 

situações procrastinatórias, principalmente diante de filas ou de 
qualquer outra espécie de atraso na prestação dos serviços pelo 
setor em que exerça suas atribuições. 

c)  Não é dever do servidor público manter-se atualizado com as 

instruções, as normas de serviço e a legislação pertinentes ao 
órgão onde exerce suas funções.  

d)  A remuneração do servidor público é custeada pelos tributos pagos 

direta ou indiretamente por todos, até por ele próprio, e por isso se 
exige que a moralidade administrativa se integre no Direito, como 
elemento indissociável de sua aplicação e de sua finalidade, 
erigindo-se, como conseqüência, em fator de legalidade. 

 
 
11. O documento preliminar do projeto que contem o levantamento das 

informações necessárias, incluindo a relação dos setores que o 
compõem, suas ligações, necessidades de área, características gerais 
é denominado de: 
a) Partido 

arquitetônico. 

b) Memorial 

justificativo. 

c) Programa 

de 

necessidades. 

d) Memorial 

descritivo. 

 
 
12. Numa barreira de vegetação, para efeitos de condicionamento 

acústico, possui efeito de barreira considerado baixo, para cada dez 
metros de vegetação densa é atenuado em torno de: 
a) 10 

dB. 

b) 20 

dB. 

c) 15 

dB. 

d) 30 

dB. 

 
 
13.  Em um projeto arquitetônico, a função da planta de situação é indicar: 

a)  A declividade, arruamento e a especificação da cobertura da 

edificação, situando-os em relação ao lote e à quadra. 

b)  A localização e as dimensões exatas da projeção da edificação em 

relação ao lote, bem como a localização deste em relação à quadra 
e à esquina mais próxima. 

c)  A configuração do terreno e da quadra, os níveis dos planos de 

corte do terreno e a situação da edificação dentro do lote em 
relação ao lote e à quadra.  

d)  A orientação solar do lote e da edificação, também a configuração 

geométrica da quadra e do sistema viário de sua vizinhança. 

 
14. O coeficiente de aproveitamento básico de um terreno é a relação 

entre: 
a)  A área da projeção de uma edificação e a área total do terreno. 
b)  A área edificável e a área do terreno. 
c)  A área do terreno e a área resultante da aplicação da taxa de 

ocupação. 

d)  A área edificável e a área não edificável do terreno. 

 
15. Sabendo-se que a função dos absorventes acústicos é reduzir a 

energia de um som refletido por uma superfície do mesmo ambiente 
indique, entre os materiais abaixo relacionados, aquele que apresenta 
maior coeficiente de absorção:  
a) Revestimento 

cerâmico. 

b) Granito. 
c)  Argila expandida.  
d) Concreto 

aparente. 

 
16. Com o objetivo de propiciar maior conforto térmico aos compartimentos 

de uma edificação, o arquiteto deverá projetar aberturas junto ao piso e 
junto ao teto porque o ar:  
a)  Frio é menos denso e com tendência a subir. 
b)  Frio é menos denso e com tendência a descer. 
c)  Aquecido é mais denso e com tendência a descer. 
d)  Aquecido é menos denso e tem tendência a subir. 

 
17. Regra clássica que rege o equilíbrio através da repetição da forma das 

partes de uma edificação em torno e um eixo é denominada de: 
a) Proporção. 
b) Equilíbrio. 
c) Ajuste. 
d) Simetria. 

18. As formas espaciais essenciais utilizadas em uma modelagem digital 

das formas reais são:  
a)  O ponto, a linha e polígono. 
b)  A latitude, a longitude e o azimute. 
c)  O ponto nodal, o marco e área. 
d)  O ponto, a linha e marco zenital. 

 

 
19. Indique, a iluminância em lux ( l. ) no valor médio,  que  devemos 

projetar para  escritórios de  desenho, engenharia mecânica e 
arquitetura. Considerando por tipo de atividade em serviço, conforme 
as normas técnicas:  
a) 2.000 

l. 

b) 600 

l. 

c) 850 

l. 

d) 1.000 

l. 

 
 
20. A Norma que fixa os níveis de ruído compatíveis com o conforto 

acústico em ambientes diversos, NBR 10152, indica que para o 
ambiente de um dormitório residencial, o nível de ruído ponderado de 
ficar entre: 
a)  20 -  30 dB. 
b)  35 -  45 dB. 
c)  45 -  55 dB. 
d)  40 -  50 dB. 

 
 
21. Em um projeto arquitetônico o aspecto do conforto térmico, é de vital 

importância, devemos nos ater nas trocas higrotérmicas entre o homem 
e o seu entorno, um das principais trocas é a por convecção, sua 
definição é: 
a)  Entre a abóboda terrestre e a construção e entre o corpo a e as 

paredes. 

b)  Entre o sol e a construção e entre o corpo a e as paredes. 
c)  São aquelas entre e toda a superfície em que ele toca nas paredes. 
d)  São aquelas entre o corpo e ar que esta em seu contato direto, 

entre o ar e as paredes. 

 
 
22. Indique, dos materiais citados abaixo qual possui o menor índice de 

absorção para radiação solar: 
a)  Telha de barro vermelha. 
b)  Telha de barro vermelha com verniz. 
c)  Telha de fibrocimento nova. 
d)  Telha de concreto. 

 
 
23.  A relação entre o fluxo luminoso [

√] de uma fonte e seu fluxo energético 

[P], denotado pela letra [

], e expresso em lúmen por Watt [Lm/W], é a 

definição de: 
a) Curva 

fotométrica. 

b) Iluminância. 
c) Luminância. 
d) Eficácia 

Luminosa. 

 
 
24.  Uma folha de desenho do tamanho A1 tem uma área de: 

a) 0,50 

m² 

b) 1,00 

m² 

 

c) 0,25 

m² 

 

d) 0,75 

m² 

 

 
25. Uma divisória com altura que apenas permite a visualização do 

ambiente estando à pessoa em pé, proporcionando privacidade visual 
parcial é chamada de divisória média, a altura do módulo desta, pela 
norma técnica deve ficar entre: 
a)  1401 e 1600 mm. 
b)  701 e 1350 mm. 
c)  901 e 1400 mm. 
d)  801 e 1500 mm. 

 

26. Pela norma técnica de acessibilidade, os corrimãos devem ter largura 

entre_____ cm, sem arestas vivas. Deve ser deixado um espaço livre 
de no mínimo ____ cm entre a parede e o corrimão. Assinale a 
alternativa que completa corretamente as lacunas: 
a)  3,0 e 4,0    -   3,5 
b)  3,0 e 4,5    -   4,0 
c)  2,5 e 4,0    -   5,0 
d)  2,0 e  3,5   -   4,0 

ieses-2009-ifc-arquiteto-prova.pdf-html.html

 

 

 

ARQUITETO E URBANISTA                                                                                                                                                                                           Página 3 

27. A linha das margens esquerda de folha de desenho tipo A, é fixada em 

25 mm. As demais linhas variam por tipo de folha, as folhas do tipo A2 
e A0, devem ter estas linhas afastadas de____ mm. e _____ mm 
respectivamente. 
a)  10  - 10 
b)    7 -    7 
c)  10 -    7   
d)    7  - 10 

 
 
28. A reta de maior declive é________   ao traço do plano (sua intersecção 

com o plano  horizontal) e  é ________ às suas retas horizontais. 
Assinale a alternativa que completa corretamente as lacunas 
a)  perpendicular   -   paralelo 
b)  perpendicular   -   perpendicular 
c)  paralelo – paralelo 
d)  paralelo – perpendicular 

 
 
29. As perspectivas axonométricas são os desenhos resultantes da 

projeção cilíndrica ortogonal quando o objeto encontra-se inclinado em 
relação ao plano de projeção. Considerando-se que, conforme a 
inclinação do objeto, podemos ter diferentes fatores de redução de 
suas medidas reais em relação às projeções, podemos classificar as 
perspectivas axonométricas em:  
a)  Trimétrica, Dimétrica e Isométrica. 
b)  Cavaleira, Trimétrica e Isométrica. 
c)  Cavaleira, Dimétrica e Isométrica. 
d)  Cavaleira, Trimétrica e Dimétrica. 

 
 
30. Pela norma de desenho arquitetônico, NBR 6492, o  documento escrito 

do projeto, que, de forma precisa, completa e ordenada, descreve os 
materiais de construção a serem utilizados, indica os locais onde estes 
materiais devem ser aplicados e determina as técnicas exigidas para o 
seu emprego, é denominado de: 
a) Discriminação 

técnica. 

b) Memorial 

técnico. 

c) Programa 

de 

necessidades. 

d) Memorial 

justificativo. 

 
 
31. Definição do partido arquitetônico e dos elementos construtivos, 

considerando os projetos complementares (estrutura, instalações, etc.). 
Nesta etapa, o projeto deve receber aprovação final do cliente e dos 
órgãos oficiais envolvidos e possibilitar a contratação da obra. São 
elementos a serem representados em uma fase chamada _________. 
a)  Projeto executivo.   
b) Anteprojeto. 

 

 

c) Estudo 

preliminar. 

d)  Projeto final.   

 
 

32. Pela norma (NBR 6492). Representação de projetos de arquitetura. As 

cotas devem ser representadas em que unidade de medida? 
a) Metros. 
b) Milímetros. 
c)  Em metros para dimensões iguais ou superiores a um metro e 

centímetros para dimensões menores que um metro.  

d) Centímetros. 

 
 
33. Pela norma técnica de acessibilidade, as rampas devem ter piso 

antiderrapante e inclinação de acordo com os limites estabelecidos em 
tabela. Para inclinação entre ________devem ser previstas áreas de 
descanso nos patamares, a cada_______ de percurso.  
a)  5,25% e 7,33%  - 50 m 
b)  7,25% e 9,33%  - 35m 
c)  6,25% e 9,33%  - 40 m 
d)  6,25% e 8,33%  - 50 m 

 
 
34. O sistema de projeções americano, que NÃO é adotado do Brasil, tem 

suas projeções (vistas), representadas no: 
a) 1º 

diedro. 

b) 4º 

diedro. 

c) 3º 

diedro. 

d) 2º 

diedro. 

 

35. Dada as vistas abaixo, numeradas de um a três, indique, sua posição 

correta, pela ordem: 

 

 

 

a)  lateral esquerda, frontal, superior. 
b)  frontal, lateral esquerda, superior. 
c)  frontal, lateral direita, superior. 
d)  frontal, lateral direita, inferior. 

 

 
36. Em uma apresentação de projeto, em AutoCAD, as hachuras são 

bastante utilizadas para representar diversas texturas, com qual botão 
selecionamos alguma hachura já existente no desenho, e após 
selecionadas, todas as propriedades desta aparecerão dentro de suas 
respectivas áreas , ou seja, poderemos construir uma nova hachura 
com as mesma propriedades da selecionada, sem precisar acertar 
todos seus parâmetros 
a) Hatch 

origin. 

b) Inherit 

options. 

c)  Islands Detection Style. 
d) Inherit 

Properties. 

 
 
37. Numa apresentação digitalizada, um dos programas mais utilizados é o 

3D Max, a modelagem é a principal parte do 3D Max, que é criar uma 
primitiva (Box, Sphere, Cylinder, etc) e vértices, faces e linhas, para dar 
a forma desejada ao objeto que você quer. Há vários tipos de 
modelagem, entre eles, um deles, cria várias splines, dando forma à 
figura, e é usado um modificador chamado surface para que essas 
splines se transformem em faces. A este tipo de modelagem é 
chamado de:  
a) NURBs 
b) Box 

Modeling 

c) Poly 

Modeling 

d) CURBs 

 
 
38. Em uma vista, de frente, superior ou lateral, todas as arestas devem 

ser representadas, as arestas não visíveis devem ser representas por: 
a) Linhas 

pontilhas. 

b)  Traços e pontos. 
c) Linhas 

tracejadas. 

d)  Não devem ser representadas. 

 
 
39. O tipo de projeção usada em projetos arquitetônicos e seus 

complementares é a: 
a) Cilíndrica 

ortogonal. 

b) Cônica 

ortogonal. 

c) Cilíndrica 

oblíqua. 

d) Cônica 

oblíqua. 

 
 
40. Para efeitos de projeto, o que queremos saber é, no período desejado, 

onde está o Sol, ou seja, conhecer a direção de seus raios e, 
sobretudo, suas projeções horizontal e vertical. Desta forma 
poderemos trabalhar em planta e em corte a edificação: dimensionando 
as fachadas mais expostas à radiação, os prismas, prevendo 
aberturas, calculando a forma de suas proteções. A posição espacial 
do Sol pode ser reproduzida no projeto se soubermos qual _______ e 
________. Assinale a alternativa que completa corretamente as 
lacunas: 
a)  a radiação solar  -   o seu  posicinamento 
b)  a sua  altura solar -   o seu azimute 
c)  a sua inclinação  -  intensidade de radiação solar 
d)  a posição do sol    - o seu azimute 

 

 

ieses-2009-ifc-arquiteto-prova.pdf-html.html

 

 

 

ARQUITETO E URBANISTA                                                                                                                                                                                           Página 4 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

PÁGINA 

 

EM 

 

BRANCO 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

PÁGINA 

 

EM 

 

BRANCO