Prova Concurso - Pedagogia - 2009-SED-SC-PROFESSOR-DE-ENSINO-FUNDAMENTAL-EDUCACAO-ESPECIAL - ACAFE - SED - 2009

Prova - Pedagogia - 2009-SED-SC-PROFESSOR-DE-ENSINO-FUNDAMENTAL-EDUCACAO-ESPECIAL - ACAFE - SED - 2009

Detalhes

Profissão: Pedagogia
Cargo: 2009-SED-SC-PROFESSOR-DE-ENSINO-FUNDAMENTAL-EDUCACAO-ESPECIAL
Órgão: SED
Banca: ACAFE
Ano: 2009
Nível: Superior

Downloads dos Arquivos

prova.pdf
gabarito.pdf

Provas relacionadas

PEDAGOGOUFPA2018
PEDAGOGOUNIFESSPA2018
PEDAGOGOEBSERH2018

Gabarito

acafe-2009-sed-sc-professor-de-ensino-fundamental-educacao-especial-gabarito.pdf-html.html

PROCESSO SELETIVO PROFESSORES ACTs 

SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO 

 

GABARITO PRELIMINAR 

EDUCAÇÃO ESPECIAL – FCEE 

 

CONHECIMENTOS GERAIS 

 

QUESTÕES ALTERNATIVAS

01 B 
02 C 
03 A 
04 D 
05 B 
06 E 
07 D 
08 C 
09 B 
10 E 

 

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 

(todas disciplinas) 

 

QUESTÕES ALTERNATIVAS

11 D 
12 A 
13 E 
14 B 
15 C 
16 D 
17 A 
18 C 
19 B 
20 C 

 

acafe-2009-sed-sc-professor-de-ensino-fundamental-educacao-especial-gabarito.pdf-html.html

PROCESSO SELETIVO PROFESSORES ACTs 

SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO 

 

GABARITO PRELIMINAR 

EDUCAÇÃO ESPECIAL – SED 

 

CONHECIMENTOS GERAIS 

 

QUESTÕES ALTERNATIVAS

01 B 
02 C 
03 A 
04 D 
05 B 
06 E 
07 D 
08 C 
09 B 
10 E 

 

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 

(todas disciplinas) 

 

QUESTÕES ALTERNATIVAS

11 D 
12 A 
13 E 
14 B 
15 C 
16 D 
17 A 
18 C 
19 B 
20 C 

 

acafe-2009-sed-sc-professor-de-ensino-fundamental-educacao-especial-gabarito.pdf-html.html

PROCESSO SELETIVO PROFESSORES ACTs 

SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO 

 

GABARITO PRELIMINAR 

EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS 

 

CONHECIMENTOS GERAIS 

 

QUESTÕES ALTERNATIVAS

01 B 
02 C 
03 D 
04 A 
05 E 
06 A 
07 B 
08 C 
09 E 
10 B 

 

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 

(todas disciplinas) 

 

QUESTÕES ALTERNATIVAS

11 D 
12 A 
13 E 
14 C 
15 B 
16 A 
17 C 
18 D 
19 E 
20 B 

 

acafe-2009-sed-sc-professor-de-ensino-fundamental-educacao-especial-gabarito.pdf-html.html

PROCESSO SELETIVO PROFESSORES ACTs 

SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO 

 

GABARITO PRELIMINAR 

EDUCAÇÃO PROFISSIONAL 

 

CONHECIMENTOS GERAIS 

 

QUESTÕES ALTERNATIVAS

01 E 
02 D 
03 C 
04 A 
05 D 
06 E 
07 B 
08 A 
09 E 
10 B 

 

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 

(todas disciplinas) 

 

QUESTÕES ALTERNATIVAS

11 C 
12 D 
13 A 
14 E 
15 B 
16 D 
17 C 
18 A 
19 D 
20 E 

 

acafe-2009-sed-sc-professor-de-ensino-fundamental-educacao-especial-gabarito.pdf-html.html

PROCESSO SELETIVO PROFESSORES ACTs 

SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO 

 

GABARITO PRELIMINAR 

ENSINO FUNDAMENTAL 

 

CONHECIMENTOS GERAIS 

 

QUESTÕES ALTERNATIVAS

01 C 
02 A 
03 E 
04 D 
05 C 
06 B 
07 D 
08 E 
09 B 
10 A 

 

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 

(todas disciplinas) 

 

QUESTÕES ALTERNATIVAS

11 C 
12 B 
13 A 
14 D 
15 E 
16 B 
17 C 
18 A 
19 D 
20 C 

 

acafe-2009-sed-sc-professor-de-ensino-fundamental-educacao-especial-gabarito.pdf-html.html

PROCESSO SELETIVO PROFESSORES ACTs 

SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO 

 

GABARITO PRELIMINAR 

ENSINO MÉDIO 

 

CONHECIMENTOS GERAIS 

 

QUESTÕES ALTERNATIVAS

01 E 
02 D 
03 A 
04 B 
05 C 
06 B 
07 D 
08 A 
09 B 
10 C 

 

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 

(todas disciplinas) 

 

QUESTÕES ALTERNATIVAS

11 B 
12 C 
13 E 
14 C 
15 B 
16 A 
17 E 
18 D 
19 E 
20 A 

 

Prova

acafe-2009-sed-sc-professor-de-ensino-fundamental-educacao-especial-prova.pdf-html.html

EDUCAÇÃO ESPECIAL - 2

PROFESSOR 

 

11)  O Decreto Federal 5.296/04 em seu artigo 
61 define ajuda técnica como: “Produtos, ins-
trumentos e equipamentos ou tecnologias adap-
tadas ou especialmente projetadas para melho-
rar a funcionalidade de pessoa portadora de 
deficiência ou com mobilidade reduzida, favore-
cendo autonomia pessoal total ou assistida”
 

 

  Assim, todos os instrumentos abaixo se 
constituem em ajuda técnica, exceto
 

A

 

⇒ Comunicação alternativa. 

B

 

⇒ Produtos e acessórios adaptados. 

C

 

 Livros de literatura. 

D

 

⇒ Transcrição em Braile. 

E

 

⇒ Sala informatizada. 

 
 
12) É correto afirmar que as práticas escolares 
inclusivas são as que: 
 

A

 

 aceitam o ingresso de alunos “diferentes”, 

entre os quais os com alguma deficiência, sa-
bendo que a compaixão é inerente ao processo 
de sua aprendizagem. 

B

 

⇒ reconduzem os alunos “diferentes”, entre 

os quais os que têm uma deficiência, ao lugar 
do saber de que foram excluídos, na escola ou 
fora delas. 

C

 

 entendem que algumas crianças e jovens 

“diferentes”, entre os quais os com alguma defi-
ciência, têm direito a permanecer na escola, 
pelo contato com as outras crianças, mas reco-
nhecem que suas aprendizagens são sempre 
limitadas. 

D

 

  reconhecem que o trabalho com alunos 

“diferentes”, entre os quais os com alguma defi-
ciência, devem ser feitos em escolas especiali-
zadas, para potencializar suas aprendizagens. 

E

 

⇒ conduzem os alunos “diferentes”, entre os 

quais os com alguma deficiência, ao mesmo 
processo de ensino dos outros alunos, tranquili-
zando-se frente a possíveis fracassos, pois es-
tes são de ordem pessoal. 
______________________________________ 
 
13)  São algumas das atribuições do segundo 
Professor, exceto
 

A

 

 Assumir ou ser designado para outras fun-

ções na escola. 

B

 

⇒ Quando em atuação nas séries iniciais do 

Ensino Fundamental, planejar e executar ativi-

dades pedagógicas em conjunto com o profes-
sor titular. 

C

 

  Participar com o professor regente das 

assessorias e orientações prestadas pela SAED 
e/ou SAESP. 

D

 

⇒ Cumprir carga horária na escola, mesmo 

em eventual ausência do aluno. 

E

 

⇒ Propor adaptações curriculares nas ativi-

dades pedagógicas. 

 

 
14)  Pedagogicamente, para que uma escola 
responda as necessidades educacionais de 
seus alunos, ela necessita (...) 

 

 A 

alternativa 

correta que completa o enun-

ciado acima é: 
 

A

 

 ter rituais pedagógicos pré-estabelecidos, 

adaptar salas e banheiros, independente da 
legislação, homogeneizar os processos peda-
gógicos. 

B

 

⇒ produzir processos pedagógicos para que 

os ritmos de aprendizagem sejam idênticos no 
grupo de alunos por classe. 

C

 

⇒ ter ensino especializado individualizado e 

adaptado para todos os alunos fora da idade 
própria. 

D

 

⇒ ter currículos flexíveis, modificações orga-

nizacionais, estratégicas teórico metodológicas 
eficientes, recursos e parcerias com a comuni-
dade. 

E

 

⇒ ter currículos que diluam as diferenças, 

adaptações ambientais, ajuda técnica e profis-
sionais especializados em distúrbios globais. 
______________________________________ 
 
15)  Grupo de transtorno, caracterizado pela 
combinação de comportamento hiperativo, im-
pulsivo com desatenção marcante é o (...) 

 

 A 

alternativa 

correta que completa o enun-

ciado acima é: 
 

A

 

  transtorno global com hiperatividade e 

déficit de atenção. 

B

 

⇒ transtorno invasivo do desenvolvimento 

com hiperatividade e déficit de atenção. 

C

 

  transtorno BIPOLAR com hiperativida-

de/impulsividade e déficit de atenção. 

D

 

⇒ transtorno de ASPEN com hiperativida-

de/impulsividade e déficit de atenção. 

E

 

  transtorno hipercinético ou do déficit de 

atenção por hiperatividade/impulsividade. 

acafe-2009-sed-sc-professor-de-ensino-fundamental-educacao-especial-prova.pdf-html.html

16)  O aluno com altas Habilidades é o que   
apresenta notável desempenho e elevada po-
tencialidade em qualquer dos seguintes aspec-
tos, isolados ou combinados (...) 

 

 A 

alternativa 

correta que completa o enun-

ciado acima é: 
 

A

 

⇒ aptidão acadêmica específica, aprendiza-

gem de música sem estudos específicos, criati-
vidade, memorização de fórmulas e códigos. 

B

 

⇒ capacidade intelectual geral; aptidão aca-

dêmica específica; pensamento criativo ou pro-
dutivo; capacidade de liderança; talento especial 
para artes e capacidade psicomotora. 

C

 

  capacidade para memorizar fórmulas e 

códigos, resolver enigmas, talento especial para 
artes e esportes individualizados. 

D

 

⇒ capacidade intelectual para resolução de 

problemas matemáticos, aprendizagem de mú-
sica sem estudos específicos, capacidade psi-
comotora fina. 

E

 

  aptidão acadêmica específica, entende 

filosofia e antropologia sem desenvolvimento de 
estudos específicos, aprende sem mediação 
docente e tem potencialidade psicomotora. 
______________________________________ 
 
17)  Alfabetização e letramento são processos 
imbricados, no entanto, é possível diferenciá-
los. Assim, alfabetizar na perspectiva do letra-
mento significa:  
 

A

 

  Ensinar a codificar através da escrita e 

decodificar através da leitura. 

B

 

⇒ Ensinar a decifrar códigos fonéticos para a 

aquisição da leitura e da escrita.  

C

 

 Ensinar a ler e escrever nos contextos das 

práticas sociais da leitura e escrita. 

D

 

⇒ Ensinar o sistema convencional de escrita, 

para posterior leitura. 

E

 

 Ensinar o aluno para que ele fique versado 

em letras e literatura. 
______________________________________ 
 
18)  São conteúdos do processo de alfabetiza-
ção nas séries iniciais do Ensino Fundamental, 
exceto
 

A

 

⇒ Proporção e volume. 

B

 

⇒ Sequência e paragrafação. 

C

 

⇒ Ortografia e sinais de pontuação. 

D

 

⇒ Concordância verbal e nominal. 

E

 

⇒ Idéia de representação e função social da 

escrita. 
 

19)  A Política Nacional de Educação Especial, 
na perspectiva da Educação Inclusiva, tem 

 

 

como objetivo o acesso, a participação e a   
aprendizagem dos alunos com deficiência, 
transtornos globais do desenvolvimento e altas 
habilidades/superdotação nas escolas regula-
res, orientando os sistemas de ensino para 
promover respostas às necessidades educacio-
nais especiais garantindo, exceto
 

A

 

  Atendimento educacional especializado; 

continuidade da escolarização nos níveis mais 
elevados de ensino. 

B

 

⇒ Participação da família e da comunidade; 

articulação intersetorial na implementação das 
políticas públicas. 

C

 

 Formação de professores para atendimen-

to educacional especializado e outros profissio-
nais da educação para a inclusão escolar.  

D

 

  Transversalidade da Educação Especial 

desde o Ensino Fundamental até a Educação 
Superior. 

E

 

 

Acessibilidade urbanística e arquitetônica 

nos mobiliários e equipamentos, nos transpor-
tes, na comunicação e informação. 
_____________________________________ 
 
20) Dentre as atividades de atendimento educa-
cional especializado são disponibilizados pro-
gramas de enriquecimento curricular, o ensino 
de linguagens e códigos específicos de comuni-
cação e sinalização e tecnologia assistiva.  

 

  Para o sucesso deste trabalho é necessário 
que (...) 

 

 A 

alternativa 

correta que completa o enun-

ciado acima é: 
 

A

 

⇒ sistematicamente, durante todo processo 

de escolarização, o planejamento seja isolado 
para assegurar as especificidades curriculares. 

B

 

⇒ pontualmente articule-se com a proposta 

do ensino comum das séries iniciais e sistemati-
camente nas demais séries da Educação Bási-
ca. 

C

 

 ao longo de todo o processo de escolari-

zação esse atendimento se articule com a pro-
posta pedagógica do ensino comum. 

D

 

 em toda parada pedagógica a Política Na-

cional e Estadual de Educação Especial seja 
detalhadamente estudada pelos professores 
com alunos incluídos. 

E

 

  só os especialistas manuseiem as tecno-

logias assistivas, pois os professores do ensino 
comum devem interagir apenas no que tange à 
cognição dos alunos.