Prova Concurso - Arquitetura - 2010-TRE-BA-ANALISTA-JUDICIARIO-ARQUITETURA - CESPE - TRE - 2010

Prova - Arquitetura - 2010-TRE-BA-ANALISTA-JUDICIARIO-ARQUITETURA - CESPE - TRE - 2010

Detalhes

Profissão: Arquitetura
Cargo: 2010-TRE-BA-ANALISTA-JUDICIARIO-ARQUITETURA
Órgão: TRE
Banca: CESPE
Ano: 2010
Nível: Superior

Downloads dos Arquivos

prova.pdf
gabarito.pdf

Provas relacionadas

ARQUITETOEBSERH2018
ESPECIALISTA-PORTUARIO-ARQUITETURAEMAP2018
ARQUITETOPREFEITURA2018

Gabarito

cespe-2010-tre-ba-analista-judiciario-arquitetura-gabarito.pdf-html.html

PODER JUDICIÁRIO

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA BAHIA

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DOS CARGOS EFETIVOS DE ANALISTA JUDICIÁRIO E DE

TÉCNICO JUDICIÁRIO E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA

Aplicação: 21/2/2010

41

42

43

44

45

46

47

48

49

50

51

52

53

54

55

56

57

58

59

60

C

E

C

E

E

C

E

E

C

C

E

C

E

E

C

E

E

E

C

C

61

62

63

64

65

66

67

68

69

70

71

72

73

74

75

76

77

78

79

80

E

C

E

C

C

E

C

E

E

E

E

C

C

E

C

C

E

E

C

E

81

82

83

84

85

86

87

88

89

90

91

92

93

94

95

96

97

98

99

100

E

C

E

E

C

C

C

E

C

C

E

C

E

E

C

E

C

E

X

C

101

102

103

104

105

106

107

108

109

110

111

112

113

114

115

116

117

118

119

120

C

E

E

E

E

C

E

C

E

X

E

E

C

C

C

E

X

E

E

C

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Gabarito

Gabarito

GABARITOS OFICIAIS DEFINITIVOS DA PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS (PARTE II)

Item

Gabarito

Item

0

0

Obs.: ( X ) item anulado.

Item

CARGO 4: ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: APOIO ESPECIALIZADO – ESPECIALIDADE: ARQUITETURA

Item

Gabarito

Prova

cespe-2010-tre-ba-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html
cespe-2010-tre-ba-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – TRE/BA

Cargo 4: Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Arquitetura

 – 1 –

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Julgue os itens a seguir, a respeito da representação de projetos de

arquitetura.

41

Uma planta de situação deve conter obrigatoriamente a indicação

de norte. 

42

Os cortes devem conter necessariamente a indicação dos materiais

de acabamento utilizados.

43

As hachuras de 1 a 4 na figura a seguir correspondem,

respectivamente, a concreto em corte, aço, isolamento térmico e

aterro, e estão entre os tipos de hachuras recomendadas na referida

norma.

           

O programa de necessidades é estabelecido a partir da listagem

do que se pretende fazer ou do que será necessário prever para o projeto

a ser elaborado, indo, no entanto, muito além de medidas-padrão ou de

uma razão determinada pela área do espaço físico destinado a cada

indivíduo. Incorporados ao programa estão, também, as variáveis

sociais, culturais, econômicas e artísticas do momento histórico.

Portanto, ao programa de necessidades, além do caráter quantitativo,

pode-se atribuir o caráter qualitativo, na medida em que a interpretação

dos dados fornecidos para a sua elaboração surge a partir de

referenciais distintos que integram as atividades e as intenções que

farão parte do projeto. Projetar os espaços físicos destinados à justiça

eleitoral implica considerar a existência de dois momentos particulares:

um pico de menor intensidade de funcionamento e um pico de

funcionamento máximo durante o período eleitoral, que começa de seis

a oito meses antes da realização do pleito.

J. Abrahão e C. Patterson. Ergonomia e arquitetura: interfaces na elaboração de
programas de necessidades. Internet: <www.ibrajus.or.br> (com adaptações).

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os itens que se

seguem.

44

Um programa de necessidades para a justiça eleitoral deve ser

flexível, já que a mudança temporária de uso dos espaços constitui

uma estratégia capaz de substituir o superdimensionamento dos

espaços calculados, tendo em vista o auge do período de

funcionamento do órgão.

45

Embora possa levar em conta as necessidades de funcionamento do

órgão, a distribuição dos espaços destinados à justiça eleitoral

deverá priorizar o critério de hierarquia organizacional. Nesse

caso, o fluxograma poderá ser substituído pelo organograma.

No programa Autocad 2D, no grupo pull down, o menu 

Format

apresenta uma série de comandos. Acerca desses comandos,

julgue os próximos itens.

46

O comando 

Multiline Style

 — 

 — permite que as linhas

múltiplas sejam obtidas como ferramenta de agilização de

algumas tarefas repetitivas. Elas podem ser configuradas

em até 6 linhas paralelas com distância determinada entre

elas, como um offset, do centro para as extremidades.

47

O comando 

Dim Style

 — 

 — permite configurar e criar

estilos de dimensionamento ou cotas que serão usados no

projeto ou em outros arquivos. Na aba 

Primary Units

,

encontram-se funcionalidades que permitem construir uma

série de cotas lineares (verticais ou horizontais) a partir de

um ponto base comum inicial. A distância vertical entre

cada cota é formatada usando-se esse comando.

O abrigo humano, a princípio, é concebido para criar condições

desejáveis de segurança, habitabilidade e salubridade por meio

do isolamento ou, ao menos, do distanciamento das variáveis

climáticas e ambientais externas. A esse respeito, julgue o item

abaixo. 

48

Devido à sua eficiência no controle da insolação e,

consequentemente, da diminuição dos ganhos de calor no

interior dos edifícios, os brises são considerados elementos

de controle ativo das edificações.

Acerca dos fenômenos físicos da condução, convecção,

radiação e evaporação, que subsidiam os princípios do desenho

térmico, julgue os próximos itens.

49

Em contato com uma superfície mais quente, o ar se aquece

e sobe, deixando lugar para um ar mais frio. O movimento

resultante desse processo é denominado convecção natural.

50

A ventilação, fator preponderante para a existência do

processo de convecção, pode ser viabilizada no projeto de

arquitetura tanto por meio da posição das aberturas como

pela criação do efeito chaminé nos telhados.

51

Na transmissão de calor por condução, a propriedade

fundamental de um material é a condutibilidade térmica,

cujo índice depende, sobretudo, da densidade e natureza

química e da umidade do material. A condutibilidade

térmica, em geral, é inversamente proporcional à densidade

do material.

cespe-2010-tre-ba-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – TRE/BA

Cargo 4: Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Arquitetura

 – 2 –

O isolamento acústico consiste em dificultar a transmissão sonora e

é feito com o uso de elemento que tenha capacidade de vedação e se

oponha à transmissão do ruído. O isolamento é feito, em geral, por meio

de paredes simples ou compostas. Com relação a esse assunto, julgue

os itens subsequentes.

52

No caso das paredes simples, funciona a lei da massa, segundo a

qual, cada vez que a espessura da parede é dobrada, o isolamento

aumenta cerca de 4 dB. Para uma mesma espessura da parede, o

isolamento também aumenta aproximadamente 4 dB cada vez que

a frequência é dobrada. 

53

No caso das paredes compostas, o ar, por sua alta condutibilidade,

pode, substituindo outros materiais, funcionar como massa.

54

Quando se deseja evitar o uso de paredes espessas e pesadas, deve-

se empregar o efeito mola/massa/mola, ou seja, utilizar materiais

absorventes entre painéis rígidos.

A planta topográfica, que serve para efetivar o direito de posse e a

ocupação do solo conforme a legislação local, é a representação gráfica

de uma área territorial levantada em campo. Desenhar uma planta

topográfica consiste em um conjunto de operações que objetivam

traçar, no papel, uma figura semelhante à do terreno levantado. A esse

respeito, julgue o item abaixo.

55

Na planta topográfica de um terreno, os ângulos aparecem em

verdadeira grandeza e as distâncias aparecem reduzidas segundo

uma razão constante determinada pela escala de representação.

Quanto aos sistemas de ar condicionado, julgue o item abaixo.

56

Nos sistemas centrais, a água é resfriada no fan coil, instalado na

casa de máquinas, e, depois, segue para os andares por meio de

dutos isolados termicamente. A água utilizada retorna à central e

é novamente resfriada.

Acerca dos subsistemas de cabeamento estruturado de dados e voz em

uma edificação, julgue os itens de 57 a 59.

57

Na entrada do edifício, existe uma interface entre o cabeamento

interno e o cabeamento backbone. A sala de equipamentos é o

local, dentro de um prédio, onde são alojados os elementos de

cabeamento. 

58

O cabeamento backbone consiste nos meios de transmissão (cabos

e fios), conectores de cruzamento e terminadores mecânicos,

utilizados para fazer a interface entre o cabeamento externo e o

cabeamento interno e armário de telecomunicações. Esse armário

abriga os equipamentos de telecomunicações, de conexão e

instalações, de aterramento e de proteção.

59

O cabeamento horizontal consiste no subsistema de

cabeamento horizontal e compreende os cabos que vão

desde a tomada de telecomunicações da área de trabalho

até o armário de telecomunicações. Na área de trabalho, os

componentes de cabeamento entre a tomada de

telecomunicações e a estação de trabalho permitem a

flexibilidade de deslocamento, sem comprometer a

conexão física.

Em geral, em uma obra, os carpinteiros são pagos por

empreitada ou por área de forma, os armadores, por quilograma

de ferro aplicado, e o pessoal que lança o concreto é

remunerado por metro cúbico lançado. Para simplificar os

cálculos, mede-se entre eixos, ou seja, de meio de viga a meio

de viga. Em uma obra, uma laje de 6,00 m × 6,00 m × 0,10 m

descarrega em um quadro de vigas de seção 0,20 m × 0,50 m

sustentada por 4 pilares. Os quantitativos obtidos para

remuneração da execução dessa laje e das 4 vigas estão

apresentados a seguir.

<

peso do aço: 100 kg/m

3

 do volume calculado;

<

área de formas: 10 m

2

/m

3

 do volume estrutural;

<

agregados para concreto: 1,50 m

3

 é a soma dos

volumes de areia mais brita 1 e mais brita 2, para a

preparação de 1 m

3

 de concreto.

Com base nas informações acima, julgue os itens a seguir,

relativos a medição, quantitativos e fiscalização de obras.

60

O peso da armadura é igual a 0,6 tonelada.

61

A área de formas é igual a 6,0 m

2

.

62

O volume de concreto lançado é igual a 9,0 m

3

.

Com base na Lei n.º 8.666/1993, que institui normas para

licitações e contratos da administração pública, julgue os itens

que se seguem.

63

Para efeito de licitação pública de obras e serviços, o

projeto básico e o projeto executivo significam a mesma

coisa.

64

Como pessoa física, o autor do projeto básico ou executivo

não poderá participar da licitação como consultor ou

técnico, nas funções de fiscalização, supervisão ou

gerenciamento.

cespe-2010-tre-ba-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – TRE/BA

Cargo 4: Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Arquitetura

 – 3 –

Internet: <www.metalica.com.br>

    

corte 1

corte 2

    

vista 1

vista 2

    

1 - Área de serviço e

dependências

2 - Garagem, hall, cozinha e

sala de refeições

    

Planta 3 – Sala de estar e

varanda

  Planta 4 – Quartos

Com relação às fotos e figuras apresentadas acima e ao lado,

julgue os itens seguintes, referentes à Casa Serrana,

considerando que, nessa casa, haja duas tipologias básicas

quanto a coberturas e impermeabilização: cobertura curva,

metálica e cobertura-terraço horizontal.

65

A estratégia de suspender a residência acima do solo e das

árvores não teve a intenção principal de economizar com

os serviços de terraplenagem, e sim de preservar o perfil

natural do terreno e sua vegetação.

66

A opção pela estrutura metálica, fruto de um processo

totalmente industrializado, é inadequada à área de

preservação ambiental onde se localiza a Casa Serrana.

67

A parte íntima da Casa Serrana está localizada no último

pavimento.

68

Para a cobertura curva da casa em questão, uma solução é

o uso da telha metálica calandrada termoacústica, pré-

pintada. A pintura de fábrica garante acabamento perfeito,

o tratamento termoacústico é feito em forma de sanduíche

de EPS e ela se ajusta à forma curva do projeto mediante

a calandragem.

69

Os terraços de lajes planas de concreto são

impermeabilizados mediante o seguinte procedimento:

sobre as placas de EPS, coloca-se um véu de poliéster; em

seguida, aplica-se a manta de impermeabilização a ser

fixada com o próprio impermeabilizante ou com asfalto de

baixo ponto de fusão; sobre esta é executada a proteção

mecânica de argamassa desempenada; e o terraço, quando

transitável, recebe por cima um contrapiso para fixação do

piso de acabamento.

70

O esqueleto estrutural da Casa Serrana é composto de uma

retícula de perfis metálicos I que contém grandes panos de

vidro, subdivididos por colunas finas e vigotas.

71

O projeto de esgoto da Casa Serrana é dificultado pelo fato

de as áreas molhadas estarem localizadas no balanço. Se o

caminhamento dos tubos de queda for mal resolvido,

interferirá na leitura da estrutura.

cespe-2010-tre-ba-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – TRE/BA

Cargo 4: Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Arquitetura

 – 4 –

A revolução da imagem em 3D chegará aos lares

neste ano, após o bem-sucedido desembarque nas salas de cinema

em 2009, onde vários filmes de sucesso acabaram com qualquer

dúvida sobre a atrativa e rentável tecnologia. De qualquer forma,

serão necessários óculos polarizados ao estilo dos utilizados

atualmente nos cinemas para assistir as imagens em 3D no conforto

da sala de casa. 

Internet: <http://ultimosegundo.ig.com.br/economia/> (com adaptações).

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os próximos

itens.

72

Uma maquete eletrônica obtida em programa Revit ou

SKETCH-UP, a rigor, não é maquete, mas imagem 2D na tela.

Ela prescinde de óculos polarizados, pois cria uma realidade

virtual 3D deduzida mentalmente a partir dessa imagem.

73

O SKETCH-UP pode ser usado para criar a volumetria, e o

AutoCAD, para criar desenhos técnicos. Com o uso do Revit

é possível acelerar esse processo.

classe

declividade

(em %)

declividade

(em graus)

interpretação

A

< 3

< 1,7

fraca

B

3 a 6

1,7 a 3,4

moderada

C

6 a 12

3,4 a 6,8

moderada a forte

D

12 a 20

6,8 a 11,3

forte

E

20 a 40

11,3 a 21,8

muito forte

F

> 40

> 21,8

extremamente forte

Considerando a figura e os dados na tabela acima, relativos à

declividade (d) da inclinação de um terreno, em que dn é a

diferença de nível entre dois pontos e dh, a distância horizontal que

separa esses dois pontos, julgue os itens que se seguem.

74

A declividade entre os pontos indicados por I e II na figura é

forte.

75

Mantendo-se inalterados os demais dados, se a distância

horizontal entre os pontos indicados por I e II na figura fosse

superior a 360 m, a declividade seria menor.

A respeito de acessibilidade universal a espaços e mobiliários,
julgue os itens a seguir.

76

Em locais onde o atendimento ao público é realizado em
mesas, pelo menos 5% do total de mesas, com um mínimo de
uma, deve ser acessível.

77

A instalação de bebedouros acessíveis por pavimento deve
ser de 20% do total de bebedouros, respeitando-se o mínimo de
um bebedouro por pavimento, além de outros aspectos de
acessibilidade.

78

Os corredores próximos a balcões de caixas para pagamento,
bilheterias ou similares, acessíveis a pessoas com deficiência,
devem garantir áreas de circulação e manobra seguras com
largura de, no mínimo, 0,70 m.

79

No mínimo 5% do total de cada peça instalada nos sanitários
devem ser acessíveis, respeitado o mínimo de uma peça de
cada tipo. Quando houver distinção entre sanitário masculino
e feminino, as peças devem ser consideradas separadamente
para efeito de cálculo.

De acordo com a Lei n.º 6.766/1979, que dispõe sobre o
parcelamento do solo urbano, julgue os itens que se seguem.

80

Ao poder público competente não cabe, complementarmente,
exigir, em cada loteamento, a reserva de faixa non aedificandi
destinada a equipamentos urbanos.

81

É vedado vender ou prometer vender parcela do loteamento ou
desmembramento registrado.

82

Nas desapropriações, não devem ser considerados como
loteados ou loteáveis, para fins de indenização, os terrenos
ainda não vendidos ou compromissados, objetos de loteamento
ou desmembramento não registrado.

83

Não serão considerados de interesse público os parcelamentos
vinculados a planos ou programas habitacionais de iniciativa
das prefeituras municipais e do Distrito Federal, ou entidades
autorizadas por lei, em especial as regularizações de
parcelamentos e de assentamentos.

Quanto à metodologia de projeto de arquitetura e de desenho
urbano, julgue os itens seguintes.

84

O projeto de arquitetura pode ser definido como o
pré-requisito de uma obra a ser construída.

85

Um organograma, além de enumerar os elementos de um
programa de necessidades, inclui uma representação gráfica
das relações desejáveis entre os elementos do programa.

86

O processo projetual implica uma série de operações com
gradação de representações desde as de maior generalidade até
as de maior definição.

87

A criação da moderna cidade compacta rejeita o modelo de
desenvolvimento monofuncional, defendendo a predominância
do automóvel. A questão é de como planejar cidades onde as
comunidades prosperem e a mobilidade aumente, e como
intensificar o uso de sistemas eficientes de transporte,
reequilibrando o uso das ruas em favor do pedestre e da
comunidade.

cespe-2010-tre-ba-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – TRE/BA

Cargo 4: Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Arquitetura

 – 5 –

No que se refere a conforto humano e ergonomia nas edificações,

julgue os próximos itens.

88

Ergonomia é a ciência que trata especificamente dos padrões

de medidas do corpo humano com o objetivo de determinar as

diferenças entre indivíduos que trabalham nos mesmos

ambientes executando as mesmas tarefas.

89

A variação dos movimentos das articulações do corpo humano

é um parâmetro importante no dimensionamento dos espaços

interiores.

90

Escadas devem ser seguras e confortáveis. A relação ideal

entre a altura do degrau (espelho) e a profundidade do piso

para subida normal (passo confortável) é igual a duas vezes o

espelho mais uma vez a profundidade do piso, resultando em

63 cm.

No que concerne a industrialização e racionalização das

construções, julgue os itens a seguir.

91

A argila, apesar de ser considerada material construtivo

ecologicamente adequado, é pouco utilizada no mundo e não

pode ser encontrada no mercado como produto acabado.

92

As estruturas de esqueletos independentes e as paredes de

simples vedação materializam de maneira inovadora o espaço

habitável. Além da economia de material, é introduzido um

novo valor: a redução do peso dos edifícios na busca de uma

produção industrial do espaço habitável.

93

Placas de gesso são constituídas de um núcleo de gesso coberto

com papel ou outro material. O acabamento dessas placas pode

ser feito com pintura ou com uma cobertura flexível, mas não

podem ser utilizados azulejos no acabamento, pois não existem

placas de gesso resistentes à umidade.

Acerca de representação de projeto, julgue os itens subsequentes.

94

A desvantagem do uso de desenhos ortográficos reside no

fato de que as facetas de uma forma paralela à superfície do

desenho são representadas com distorção, por não manterem a

grandeza, a forma e a proporção originais.

95

Plantas são normalmente desenhadas nas escalas 1:100 ou

1:50, mas, para edificações maiores e complexas, as escalas

podem ser menores.

96

Plantas e fachadas não são suficientes para mostrar as divisões

internas de um projeto de arquitetura. Para melhor definir os

espaços internos, são necessários cortes feitos por planos

horizontais.

97

A planta de locação serve, comumente, como ponto de partida

para a marcação da construção no terreno.

Com relação a urbanização de logradouros e paisagismo, julgue os

itens a seguir.

98

Os caminhos e as escadas em jardins devem ser seguros e

compor harmoniosamente com as plantações de arbustos e

subarbustos. Os degraus não devem ter nenhuma inclinação

para facilitar a circulação de pedestres.

99

Depois de aterros, são necessárias medidas de compactação,

principalmente após a execução dos trabalhos técnicos de

jardinagem, plantação de grama e de espécies em geral.

Acerca de noções de design de interiores e de decoração, julgue os

itens subsequentes.

100

Arquitetura de interiores consiste no planejamento, no leiaute

e no projeto de espaços internos às edificações, buscando

melhoria funcional, aprimoramento estético e harmonia dos

espaços internos.

101

As necessidades de espaço devem ser estimadas a partir da

análise do número de pessoas servidas, dos acessórios e dos

equipamentos de que elas precisam e associadas à natureza das

atividades que serão desenvolvidas dentro de cada espaço.

102

A ventilação natural nos espaços internos depende das

diferenças de pressão do ar e da temperatura. Os padrões de

fluxo de ar independem da geometria da edificação e da

velocidade do vento. O fluxo de ar é mais intenso quando, nas

edificações, as entradas de ar são maiores do que as saídas.

103

As cores, os materiais e as texturas das diferentes superfícies

em um ambiente não interferem na quantidade de luz refletida

e na consequente claridade dentro desse ambiente.

104

Superfícies mais porosas captam mais poeira e são de

manutenção mais difícil que as lisas. Superfícies claras

mostram mais a poeira, enquanto as de tonalidades escuras a

escondem.

A respeito de noções de engenharia e arquitetura judiciária, julgue

os itens seguintes.

105

O processo de descentralização do Poder Judiciário é uma

nova fase para a arquitetura judiciária, na qual os princípios e

as diretrizes dos projetos devem se preocupar somente com a

representatividade de um único poder.

106

Já existem edificações de juizados no Brasil projetadas para

atender a um programa de necessidades diferenciado, com

espaços para acolhimento que contam com a presença de

psicólogos, assistentes sociais, ambulatório e bibliotecas.

107

Para o projeto de espaços físicos destinados ao Conselho de

Justiça Federal, devem ser considerados dois momentos

particulares: um pico de menor intensidade de funcionamento

e um pico de funcionamento máximo durante o período

eleitoral.

cespe-2010-tre-ba-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – TRE/BA

Cargo 4: Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Arquitetura

 – 6 –

Com relação a princípios de planejamento e orçamento público,

julgue os itens que se seguem.

108

Na avaliação de custos com mão de obra é importante

considerar que a sua produtividade aumenta à medida que a

quantidade a ser produzida aumenta, porque a execução da

tarefa é repetida várias vezes.

109

A conveniência da troca de sistemas industrializados por

sistemas artesanais tende a diminuir o custo com mão de obra

e, consequentemente, aumentar o custo do posto de trabalho.

110

À medida que a altura de um edifício aumenta, a relação

superfície da fachada/superfície de piso também aumenta.

Acerca do regime jurídico dos servidores públicos, estabelecido na

Lei n.º 8.112/1990, julgue os itens que se seguem.

111

Os substitutos dos servidores investidos em cargo ou função de

direção ou chefia e dos ocupantes de cargo em natureza

especial devem ser indicados no regimento interno ou, no caso

de omissão, designados previamente pela chefia imediata do

substituído.

112

As diárias são devidas ao servidor que se ausenta a serviço da

sede da repartição para outro ponto do território nacional em

caráter eventual ou transitório. Se o deslocamento em caráter

eventual ou transitório se der para o exterior, o servidor fará

jus ao recebimento de ajuda de custo.

No que se refere ao processo administrativo disciplinar,
estabelecido na Lei n.º 8.112/1990, julgue os itens subsequentes.

113

É proibido ao servidor retirar, sem prévia anuência da
autoridade competente, qualquer documento ou objeto da sua
repartição.

114

O servidor em gozo de licença para tratamento de assuntos
particulares pode participar da gerência ou administração de
sociedade privada, personificada ou não personificada, bem
como exercer o comércio.

115

O rito sumário do processo administrativo disciplinar aplica-se
apenas à apuração das irregularidades de acumulação ilícita de
cargos públicos, abandono de cargo e inassiduidade habitual.

Em relação ao regimento interno do TRE/BA, estabelecido pela
Resolução Administrativa n.º 3/1997, e a suas alterações procedidas
pelas Resoluções Administrativas n.

os

 4/1, 5/5, 6/6, 6/8 e 8/8 de

1997, julgue os itens a seguir.

116

O julgamento dos feitos ocorre quando há o mínimo de cinco
juízes, incluído, nesse quorum, o seu presidente.

117

Os processos conexos devem ser julgados simultaneamente, e
os processos que tratam de uma mesma questão jurídica podem
ser julgados simultaneamente.

118

O TRE/BA responde às consultas sobre matéria eleitoral
formuladas em tese, por autoridade pública ou partido político,
notadamente durante o processo eleitoral, visando assegurar o
correto trâmite do pleito.

119

O juiz efetivo que servir por dois biênios consecutivos não
pode voltar a integrar o TRE/BA na mesma classe, podendo
fazê-lo apenas em classe diversa.

120

A eleição do presidente e do vice-presidente do TRE/BA
ocorre por maioria absoluta de votos, e a escolha recai
necessariamente sobre os juízes da classe de desembargador.

cespe-2010-tre-ba-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – TRE/BA

Cargo 4: Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Arquitetura

 – 7 –

PROVA DISCURSIVA

Nesta prova, faça o que se pede, usando os espaços para rascunho indicados no presente caderno. Em seguida, transcreva o texto para
o  CADERNO DE TEXTO DEFINITIVO DA PROVA DISCURSIVA, nos locais apropriados, pois não serão avaliados
fragmentos de texto escritos em locais indevidos.

Qualquer fragmento de texto além da extensão máxima de quarenta e cinco linhas será desconsiderado.

No caderno de texto definitivo, identifique-se apenas no cabeçalho da primeira página, pois não será avaliado texto que tenha
qualquer assinatura ou marca identificadora fora do local apropriado. 

Eupalinos divide os edifícios entre aqueles que são mudos, aqueles que falam e aqueles que cantam,

e assim distingue a sua arte das outras meras construções. Os edifícios que nada falam merecem desdém,

apesar de serem eles os que ocupam quase toda a cidade que vemos. Eles nada dizem a respeito de nossa
arché, não nos dão decoro e reconhecimento, nem movem nosso corpo e nossa alma: são coisas mortas,
inferiores, na hierarquia, aos montões de pedra vomitados pelas carroças dos empreiteiros. Neles, o humano

do homem não obra, a ordem da cultura não emerge e, mais, fazem perder a pedreidade das pedras, a

ordem da natureza em que elas primeiramente se encontravam. Os edifícios que falam traduzem as

instituições humanas, como os mercados, os tribunais, as prisões, as praças, os pórticos ou os portos e

diques em que o homem se agiganta e se faz quase divindade. Mas há os edifícios que cantam, que celebram

e impõem o espírito à natureza, evidenciando-o aos nossos olhos e nos revelando melhores do que nós

mesmos somos. Neles habita a beleza mais própria da arquitetura, pois vemos aí não apenas o edifício que

se impõe contra a natureza, mas o edifício que se impõe contra o próprio homem, tal como ele é, ao

mostrar-nos e conduzir-nos ao homem melhor do que ele é ou tal como deveria ser, como nas tragédias.

Essa beleza da arquitetura, portanto, é, de alguma forma, tirânica: seu edifício é como o homem raro, capaz

de um esforço contra si próprio, isto é, o homem capaz de escolher e impor a si um certo si-mesmo.

Carlos Antônio Leite Brandão. Filosofia do arquiteto. ADC
Comunidade. 

In: Internet: <www.arq.ufmg.br> (com adaptações).

Redija um texto dissertativo comparando os princípios explicitados no texto acima com os requisitos da arquitetura conforme definidos
por Vitrúvio: forma, construção e função. Avalie a importância do requisito construção para a arquitetura e para o desenvolvimento da
tecnologia. Ao elaborar seu texto, aborde, necessariamente, os seguintes aspectos:

<

a forma na arquitetura, citando três exemplos de edifícios conhecidos que primam pela boa forma;

<

a função na arquitetura, citando três exemplos de edifícios conhecidos onde a função esteja explícita no exterior; 

<

a construção na arquitetura, citando três exemplos de edifícios conhecidos onde a construção apresente um caráter inovador, seja
do ponto de vista da opção estrutural seja do uso dos materiais.

cespe-2010-tre-ba-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – TRE/BA

Cargo 4: Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Arquitetura

 – 8 –

R

ASCUNHO

 – 1/2

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

cespe-2010-tre-ba-analista-judiciario-arquitetura-prova.pdf-html.html

UnB/CESPE – TRE/BA

Cargo 4: Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Arquitetura

 – 9 –

R

ASCUNHO 

– 2/2

26

27

28

29

30

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

41

42

43

44

45