Prova Concurso - Arquitetura - 2012-BANCO-DA-AMAZONIA-TECNICO-CIENTIFICO-ARQUITETURA - CESPE - BANCO - 2012

Prova - Arquitetura - 2012-BANCO-DA-AMAZONIA-TECNICO-CIENTIFICO-ARQUITETURA - CESPE - BANCO - 2012

Detalhes

Profissão: Arquitetura
Cargo: 2012-BANCO-DA-AMAZONIA-TECNICO-CIENTIFICO-ARQUITETURA
Órgão: BANCO
Banca: CESPE
Ano: 2012
Nível: Superior

Downloads dos Arquivos

prova.pdf
gabarito.pdf

Provas relacionadas

ARQUITETOEBSERH2018
ESPECIALISTA-PORTUARIO-ARQUITETURAEMAP2018
ARQUITETOPREFEITURA2018

Gabarito

cespe-2012-banco-da-amazonia-tecnico-cientifico-arquitetura-gabarito.pdf-html.html

BANCO DA AMAZÔNIA S.A.

CONCURSO PÚBLICO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA OS

CARGOS DE TÉCNICO CIENTÍFICO E DE TÉCNICO BANCÁRIO

EDITAL Nº 1 – BANCO DA AMAZÔNIA, DE 30 DE ABRIL DE 2012.

Aplicação: 15/7/2012

51

52

53

54

55

56

57

58

59

60

61

62

63

64

65

66

67

68

69

70

E

C

E

C

E

E

C

E

E

C

C

E

E

E

C

E

E

C

C

E

71

72

73

74

75

76

77

78

79

80

81

82

83

84

85

86

87

88

89

90

E

C

C

E

C

E

E

C

C

C

E

C

E

C

C

C

E

E

E

C

91

92

93

94

95

96

97

98

99

100

101

102

103

104

105

106

107

108

109

110

C

E

E

E

E

C

E

E

X

E

C

C

E

E

E

E

E

C

C

E

111

112

113

114

115

116

117

118

119

120

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

C

E

E

C

C

C

C

E

C

E

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Item

Gabarito

Gabarito

BASA12_002_04

0

Cargo 2: Técnico Científico — Área: Arquitetura

Gabarito

0

Item

Item

Gabarito

Item

GABARITOS OFICIAIS DEFINITIVOS

Obs.: ( X ) item anulado.

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Prova

cespe-2012-banco-da-amazonia-tecnico-cientifico-arquitetura-prova.pdf-html.html

||BASA12_002_04N130411||

CESPE/UnB – Banco da Amazônia S.A.

 – 5 –

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Acerca de desenho arquitetônico, julgue os itens a seguir.

51

Os desenhos em planta baixa e em elevação e a perspectiva de
um ponto de fuga caracterizam as projeções ortográficas.

52

A projeção em desenho é uma técnica de representação
tridimensional de um objeto, na qual são projetados, sobre seu
plano, todos os seus pontos por meio de linhas retas, paralelas
ou convergentes.

53

A planta longitudinal de um objeto tridimensional corresponde
à secção do objeto que está sobre um plano segundo o eixo
menor do objeto.

Considerando a história da arquitetura e do urbanismo e a
multiplicidade de aspectos a ela relacionados, julgue os itens
seguintes.

54

A perspectiva de um ponto de fuga, técnica desenvolvida por
mestres do Renascimento, renovou o desenho da cidade,
tendo-se originado em Florença, na Itália.

55

O urbanismo com características barrocas persistiu por vários
séculos, influenciando a configuração espacial da Barcelona de
Cerda, da Paris de Haussmann, da Chandigarh de Le Corbusier
e da Washington do século XIX.

56

O desenho barroco influenciou a proposta de Lucio Costa para
o Plano Piloto de Brasília, Distrito Federal, em 1967. O
principal representante desse tipo de urbanismo é o Eixo
Monumental, mais tarde definido, no Documento de
Tombamento pela UNESCO, como escala gregária.

57

O desenho em perspectiva, desenvolvido no período
renascentista, constituiu avanço significativo para a
representação e os projetos de novos espaços urbanos.

Sabe-se que a influência do positivismo representa, para a
arquitetura brasileira, o estímulo ao desenvolvimento tecnológico
e que o ecletismo, como um movimento de conciliação, facilitava
a transformação provocada pelo positivismo. Com relação ao
ecletismo, julgue os itens subsequentes.

58

O arquiteto italiano Antonio Landi, autor de projetos para
igrejas e reformas de palácios em Manaus, foi o grande
representante do período arquitetônico eclético na Amazônia.

59

Entre as grandes obras arquitetônicas representantes do
ecletismo no norte do Brasil, pode-se destacar o Teatro da Paz
e o Teatro Amazonas, ambos em Manaus.

60

As cidades de Manaus, no estado do Amazonas, e Belém, no
estado do Pará, são algumas das principais representantes da
arquitetura eclética no Brasil.

No que tange às normas de desenho e representação, julgue os itens
subsecutivos.

61

A indicação da linha de cota é realizada por setas ou traços.

62

A escala X:3 é utilizada para a redução dos desenhos.

63

A reta tracejada estreita é utilizada em contornos e em arestas
visíveis.

Julgue os itens seguintes, acerca de desenho em AutoCAD.

64

Cotas do tipo linear medem distâncias nas direções vertical e
horizontal e nos ângulos de 45º e 60º.

65

Embora o comando 

Extend

  trabalhe exatamente da mesma

forma que o comando 

Trim

, os resultados de cada um dos

comandos são opostos.

De suas casas, a grande maioria dos brasileiros avistam

ruas iluminadas e pavimentadas e não têm nas proximidades lixo ou
esgoto a céu aberto, embora essa realidade não seja compartilhada
de modo igual por todas as regiões do país. 

Esse é o retrato de 82,5% dos domicílios, conforme dados

coletados pela primeira vez pelo IBGE no censo de 2010. 

Olhando sob outra ótica, ressaltada pelo próprio IBGE, em

pleno século XXI, 11% das moradias ainda convivem com ausência
de saneamento e 5% delas, com lixo à porta.

Folha de S.Paulo, 26/5/2012 (com adaptações). 

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando a
multiplicidade de temas que ele suscita, julgue os itens que se
seguem. 

66

O crescimento e adensamento urbano em núcleos
verticalizados é um dos problemas mais graves encontrados
nas cidades brasileiras há várias décadas. Esse padrão de
desenvolvimento resulta na ociosidade e subutilização da
infraestrutura urbana. 

67

A vegetação é fundamental na implantação de parcelamentos
urbanos. Os tipos vegetais serão mais adequados se de copa
perene e que retenha pouco a água das chuvas, como forma de
proteger subsistemas de infraestrutura a eles relacionados. 

68

O número de vias está diretamente relacionado ao custo total
dos parcelamentos, uma vez que a pavimentação e a drenagem
são responsáveis por mais de 50% do custo total de
infraestrutura. 

69

A infraestrututra urbana tem relação direta com a organização
do espaço da cidade tanto quanto com a valorização de imóveis
e a alteração da destinação de uso do solo. Nesse sentido, o
Estatuto da Cidade apresenta, entre seus princípios
fundamentais, a justa distribuição de ônus e benefícios
decorrentes do processo de urbanização e a recuperação dos
investimentos do poder público que tenham resultado em
valorização de imóveis urbanos.

Julgue os itens a seguir, relativos a gestão urbana, instrumentos de
planejamento e planos diretores, bem como à Lei n.

o

 6.766/1979,

também conhecida como Lei de Parcelamento do Solo Urbano.

70

De acordo com a lei em questão, o poder público competente
poderá exigir complementarmente, em cada loteamento, a
construção de equipamentos públicos, de acordo com a escala
do empreendimento, a exemplo dos parcelamentos do
programa Minha Casa Minha Vida.

71

A legislação brasileira dispõe de instrumentos que tratam do
georreferenciamento de imóveis rurais a partir de uma lei
específica, que possui uma correspondente direta e também
específica para áreas urbanas. 

72

A preservação do patrimônio material e imaterial depende,
entre outros aspectos, de políticas voltadas para um
planejamento urbano sustentável, que concilie de maneira
equilibrada aspectos do desenvolvimento econômico e social.

73

A referida lei proíbe o parcelamento das áreas de preservação
permanente, em razão de seus atributos ambientais, embora
apresente exceções expressas a essa vedação, como nos casos
de utilidade pública e interesse social.

Cargo 2: Técnico Científico — Área: Arquitetura

cespe-2012-banco-da-amazonia-tecnico-cientifico-arquitetura-prova.pdf-html.html

||BASA12_002_04N130411||

CESPE/UnB – Banco da Amazônia S.A.

 – 6 –

20,0m

20,0m

20,0m

20,0m

8,35m

intermediária

comprimento da trena = 20m

vante

B

A

P. Faggioni, L. Veiga M. Zanetti. Fundamentos de topografia. Internet: <www.ufpr.br>.

A figura acima apresenta o corte esquemático de um terreno em que

está sendo feito levantamento topográfico por três profissionais.

Considere que, nessa figura, a distância horizontal (DH) entre os

pontos A e B seja dada pela equação DH = (4 × 20) + 8.35 e que a

diferença de nível — a distância vertical entre A e B — seja de

30 m. A respeito dessas informações, de aspectos referentes a

topografia e de temas correlatos, julgue os itens subsequentes.

74

A partir do levantamento topográfico feito por meio de estacas

e balizas, são assinalados pontos no terreno com cotas

conhecidas. A linha que liga os referidos pontos é denominada

curva de nível.

75

Conforme a Lei de Parcelamento do Solo Urbano, é proibida

a ocupação de terreno com perfil semelhante àquele

apresentado acima, salvo quando forem atendidas exigências

específicas das autoridades competentes. 

76

A equidistância das curvas de nível está definida pela posição

das estacas apresentadas e depende diretamente das hastes e da

trena empregada na triangulação dos pontos. 

Com referência a planejamento e sistemas de infraestrutura urbana,

julgue os itens que se seguem. 

77

A pavimentação em concreto requer custos menores de

implantação e manutenção para vias de circulação de veículos

do que a pavimentação asfáltica.

78

De acordo com o Estatuto da Cidade, um município com

população de seiscentos mil habitantes deverá contar com um

plano de transporte urbano integrado, compatível com o plano

diretor ou nele inserido.

A partir da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio

Ambiente Humano de 1972, foram feitos avanços significativos no

que diz respeito à inserção de parâmetros nos instrumentos de

gestão urbana que resultaram no documento conhecido como

Agenda 21, em 1992. Da Conferência Habitat II, em Istambul, em

1996, até o presente, passou-se a considerar sustentáveis as cidades

cujo desenvolvimento busque o equilíbrio entre crescimento

econômico, equidade social e preservação ambiental.

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os itens que se

seguem, relativos à Agenda 21 e à Agenda Habitat. 

79

Devido aos desequilíbrios provenientes da acumulação de

problemas urbanos em décadas recentes, a Agenda Habitat, por

meio do desenvolvimento econômico e social associado à

proteção ambiental, estabelece metas para o desenvolvimento

de habitações humanas sustentáveis.

80

O novo modelo de desenvolvimento configurado pela Agenda

21 objetiva conciliar justiça social, eficiência econômica e

equilíbrio ambiental, daí resultando o que se entende hoje por

desenvolvimento sustentável. 

A forte estiagem que há meses castiga o interior do

Nordeste tem provocado racionamento ou falta de água em áreas

urbanas. Isso já ocorre em ao menos 158 cidades, de acordo com

levantamento feito nos nove estados da região. Como os

reservatórios estão em colapso, os carros-pipa, que até então

abasteciam somente a zona rural do semiárido, agora são obrigados

a circular nos centros dos municípios.

Folha de S.Paulo, 4/6/2012 (com adaptações).

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando temas

a ele relacionados, julgue os itens seguintes.

81

A construção de cisternas contribui para a economia urbana

por reduzir ou eliminar o uso de água potável para lavagem de

pisos, razão pela qual a lei federal não exige licença ambiental

para construção de cisternas.

82

O Estatuto da Cidade estabelece, entre suas diretrizes

fundamentais, a adoção de padrões de produção e de expansão

urbana compatíveis com os limites de sustentabilidade

ambiental, social e econômica do município, por meio da

utilização racional dos recursos naturais, renováveis e não

renováveis.

83

Em um loteamento com unidades de 500 m

2

, a reciclagem das

águas servidas e a utilização do sistema de fossas sépticas

ligadas a ramais ou redes condominiais representa economia

significativa para o sistema de esgotamento sanitário. 

cespe-2012-banco-da-amazonia-tecnico-cientifico-arquitetura-prova.pdf-html.html

||BASA12_002_04N130411||

CESPE/UnB – Banco da Amazônia S.A.

 – 7 –

A respeito da acessibilidade e dos elementos de comunicação visual
nos edifícios e na cidade, julgue os itens que se seguem. 

84

Para garantir acessibilidade na área de entrada de um edifício
que esteja passando por reforma, se esgotadas todas as
possibilidades de soluções que atendam integralmente as
inclinações normais de uma rampa, admitem-se, até certo
limite, inclinações superiores a 8,33% (1:12).

85

A norma que trata de acessibilidade em edificações contempla
os elementos de comunicação visual dos edifícios — caso dos
símbolos internacionais de acesso —, a qual descreve sua
forma, cor e tamanho. 

Do mesmo modo que os edifícios são caracterizados por paredes,
pisos e tetos, nos projetos de paisagismo, os espaços livres também
são caracterizados morfologicamente pelos planos horizontais e
verticais, por “paredes, pisos e tetos”. Relativamente à arquitetura
de paisagismo, julgue o item seguinte.

86

Quando se trata de espaços livres, os planos “paredes e tetos”
são formados por elementos naturais, tais como as encostas dos
morros, os arvoredos, os arbustos. Os planos horizontais,
“pisos”, são constituídos por diferentes tipos de pavimentos,
incluindo gramas, e até por superfícies de água e céu,
formando horizontes.

Figura 1 – Terraço-jardim

Figura 2 – Foto

Roberto Burle Marx. Edifício Gustavo Capanema, Rio de Janeiro,
1936-1945. Internet:<catracalivre . f o l h a . u o l .com.br>.

Considerando as figuras acima, julgue o item a seguir.

87

O terraço-jardim projetado para o edifício Gustavo Capanema

é considerado um marco do paisagismo brasileiro. Definido

por formas racionais e modernistas, o jardim possui uma

configuração inédita no país e no mundo. Nesse projeto, Burle

Marx trabalhou com uma linguagem modulada, identificada

com as vanguardas artísticas da época, como a arte abstrata, o

concretismo e o construtivismo. As plantas baixas de seus

projetos lembram, muitas vezes, telas abstratas, como se pode

verificar no projeto de jardim da figura 1.

Julgue os itens a seguir, referentes a programas complexos.

88

A construção do Conjunto Residencial Pedregulho, em 1947,

projetou o arquiteto Affonso Eduardo Reidy

internacionalmente e, ao mesmo tempo, evidenciou a sua

desenvoltura na solução de programas complexos.

89

Na criação de um programa complexo, o programa de

necessidades é a primeira fase do trabalho do arquiteto e

destina-se à elaboração de análises e avaliações das

alternativas para a concepção da edificação e de seus

elementos, instalações e componentes.

Julgue o item subsequente, que trata de áreas restritas.

90

No centro cirúrgico de um hospital, existem três tipos de áreas

quanto aos níveis de restrição: área irrestrita — constituída por

secretaria, vestiário e corredor de entrada; área semirrestrita —

composta por expurgo, sala de estar médico interno e sala de

preparo de material; área restrita — que inclui salas de

cirurgias, lavabos, sala de recuperação pós-anestésica, sala de

depósito e corredor interno.

As estruturas metálicas resultam de processos

industrializados nos quais a repetitividade, as padronizações e

simplificações operacionais são altamente desejáveis. Ao contrário

dos demais tipos, ditos convencionais de construção, elas se

caracterizam pelo fato de serem executadas em uma oficina ou em

uma fábrica (linha de produção), onde os controles são muito mais

eficazes que os sistemas construtivos executados no próprio

canteiro de obra.

Internet: <www.metalica.com.br>.

Com referência à racionalização da construção e às informações

acima, julgue os itens a seguir.

91

Os perfis estruturais para vigas de concreto e de aço ilustrados
na figura abaixo foram concebidos para aumentar a espessura
nas regiões onde há mais esforço, deixando-as mais delgadas
no restante para reduzir o peso próprio.

92

O concreto pré-moldado de canteiro de obras vale-se das

mesmas vantagens das estruturas metálicas referentes ao

controle de qualidade enumeradas no texto acima.

93

Uma construção racionalizada sempre faz uso de

pré-moldados, já que se pode considerar uma estrutura

metálica padronizada como um pré-moldado metálico.

cespe-2012-banco-da-amazonia-tecnico-cientifico-arquitetura-prova.pdf-html.html

||BASA12_002_04N130411||

CESPE/UnB – Banco da Amazônia S.A.

 – 8 –

A

E

B

C

D

Leiaute do pavimento térreo de uma agência bancária.

Julgue os itens que se seguem, relativos ao leiaute mostrado na

figura acima, no qual foram assinalados os seguintes setores:

A – entrada;

B – autoatendimento;

C – sanitários PNE, feminino e masculino;

D – atendimentos pessoal e negocial;

E – escada interna.

94

Para acessar os caixas de atendimento ao público, não é

necessário passar pela porta giratória localizada próximo à

entrada.

95

Apesar de a planta ser simples, existem áreas restritas, como a

circulação que abastece os caixas de autoatendimento e o

atendimento negocial.

96

O acesso público aos sanitários só é possível no horário de

expediente bancário.

   

(c) Gaisma.com

330

300

N

30

60

18:00

17:56

E

05:49

06:01

05:59

120

187.65.189.122, 2012-05-31T08:03

S

150

210

240

18

15

15

15

12

12

80

o

70

o

60

o

50

o

40

o

30

o

20

o

10

o

09

09

09

12

18:08

W

(c) Gaisma.com

330

300

N

30

60

06:38

06:32

17:49

17:47

E

06:38

120

S

187.65.189.122, 2012-05-31T08:01

150

210

240

18

15

15

15

12

12

80

o

70

o

60

o

50

o

40

o

30

o

20

o

10

o

09

09

09

12

19:42

W

Carta solar de Brasília

    Carta solar de Manaus

Com referência à interpretação de cartas solares e às cartas solares

acima; ao desenho de brises; a ventilação e exaustão; e a iluminação
natural e artificial, julgue os itens de 

97 a 99.

97

De acordo com as cartas solares acima, para as duas cidades,

nas fachadas leste e oeste, que recebem, respectivamente, o Sol

da manhã e o Sol da tarde, devem ser empregados brises com
aletas verticais. Na fachada norte, que recebe Sol durante todo

o dia na maior parte do ano, mas em uma posição mais a pino,

são mais adequados os brises horizontais. Para a fachada sul,
os brises são de muito pouca utilidade.

98

Em uma habitação construída em regiões sob climas quentes e

úmidos, deve-se evitar a ventilação natural em seu interior,

para, com isso, impedir a umidade excessiva e assegurar a

ventilação cruzada.

99

Sabendo que, do ponto de vista ergonômico, em ambientes de

trabalho, um número maior de luminárias com pequenas

densidades luminosas é mais eficiente que poucas luminárias

com grandes densidades, é correto afirmar que, caso dez

luminárias fluorescentes 4 × 40 W sejam substituídas por vinte

luminárias de 2 × 40 em um escritório com pé-direito baixo,

com o objetivo de diminuir o ofuscamento, não haverá redução

do iluminamento.

Com relação ao desempenho acústico e à geometria de auditórios,

bem como à visibilidade nesse tipo de ambiente, julgue os itens que

se seguem.

100

Para uma visibilidade adequada em auditórios, recomenda-se

uma diferença de 15 cm entre uma fileira e outra, medida na

altura da cabeça das pessoas sentadas, se a distância entre

fileiras for de 1,00 m. Tendo como referência essa

recomendação, considere os seguintes dados, relativos a um

auditório hipotético:

número de fileiras: 10;

borda do palco como referência visual única;

altura do espectador sentado: 1,10 m;

altura do piso do palco: 0,90 m;

distância entre a frente do palco e a primeira fileira: 3 m.

Em face dessa situação hipotética, mantendo-se rigorosamente

os dados descritos e a recomendação que os antecede, é correto

afirmar que a última fileira estará a 12 m de distância e 60 cm

acima do piso do palco.

101

Um auditório para 125 pessoas, destinado à apresentação de

palestras, terá um bom desempenho acústico se sua planta tiver

a forma trapezoidal e seu volume for adequado. Contudo, se

esse auditório destinar-se à apresentação de recitais e solos

musicais, além do volume adequado, sua planta deverá ter

forma retangular.

A NR 17, que trata de Ergonomia, refere-se, no item 17.4, a

equipamentos dos postos de trabalho. Em relação aos

computadores, assevera, na alínea b desse item, que o teclado deve

ser independente e ter mobilidade, permitindo ao trabalhador

ajustá-lo de acordo com as tarefas a serem executadas. De acordo

com essa asseveração, para que um trabalhador possa executar suas

tarefas em um notebook,

102

é necessário que esse equipamento seja acoplado a um teclado

suplementar e posto sobre um suporte ergonômico. 

cespe-2012-banco-da-amazonia-tecnico-cientifico-arquitetura-prova.pdf-html.html

||BASA12_002_04N130411||

CESPE/UnB – Banco da Amazônia S.A.

 – 9 –

Figura 1

Figura 2

Com referência à leitura e interpretação de projetos de instalações

hidrossanitárias e às figuras acima, julgue os seguintes itens.

103

A figura 1 mostra uma instalação de água quente e outra de

água fria, com todos os registros a 0,60 m de altura, saídas para

o lavatório a 1,90 m, e todas as curvas e tês com diâmetro de

25 mm.

104

As imagens mostram uma perspectiva isométrica e a planta

baixa de partes do projeto de água de um banheiro.

Os sistemas de ar condicionado podem ser classificados em dois

modelos básicos: de expansão direta, em que o ar é refrigerado

diretamente pelo fluido refrigerante; e de expansão indireta, em que

o fluido refrigerante é a água previamente resfriada em um chiller.

Com relação a esses sistemas, julgue o item abaixo.

105

Nos sistemas de expansão direta, está incluído o fan coil; nos

de expansão indireta, são usados, entre outros, os aparelhos

split e os self contained.

420

417

417

N35 4ø10

N35 4ø10

N34ø 21 ø 8 c/15

N34  21 ø 8 c=154

N35  8 ø 10 c=146

N31 3ø 16 c=507

N32 4ø 20 c=487

N33 2 x 2 ø 8 c=417

3 ø 16

4 ø 20

45

45

35

35

52

52

60

30

22

22

Viga de concreto armado

Julgue os itens a seguir, relativos à leitura e interpretação de

projetos de cálculo estrutural de concreto e às informações contidas

no projeto de armação de viga acima reproduzido.

106

O recobrimento dos estribos é de 2,5 cm.

107

Todos os estribos têm o mesmo diâmetro da pos. N33.

108

A armação principal da viga é constituída de quatro ferros com

20 mm de diâmetro cada um.

Julgue os itens seguintes, referentes a sistemas de prevenção e de

proteção contra incêndio e à NBR 9077/2001. 

109

Nas saídas de emergência, as escadas enclausuradas devem ser

dotadas de portas corta-fogo na entrada e ventiladas por dutos

de entrada e saída de ar; a abertura de entrada de ar do duto

respectivo deve-se situar junto ao piso ou, no máximo, 15 cm

acima deste, e a abertura de saída de ar do duto respectivo

deve-se situar junto ao teto ou, no máximo, 15 cm abaixo

deste.

110

O objetivo de um sistema de sprinklers é reagir ao princípio de
incêndio, atacando-o antes que se propague. Nesse sentido, o

número de sprinklers por área depende do risco da instalação.
Para os riscos leves, médios e pesados, recomenda-se um

sprinkler para cada 8 m

2

, 9 m² e 18 m², respectivamente.

Considerando que todo e qualquer tipo de instalação elétrica predial

deve possuir um sistema de aterramento, julgue o item abaixo.

111

Eletrodo de aterramento é o condutor ou conjunto de

condutores enterrados no solo e eletricamente ligados à terra.

O tipo de eletrodo mais comumente usado é a haste de

aterramento.

Quanto a instalações de proteção contra descargas atmosféricas

(para-raios), julgue o item a seguir.

112

A função de um sistema de proteção contra descarga

atmosféricas é impedir a propagação de raios, atraindo-os ao

para-raios.

cespe-2012-banco-da-amazonia-tecnico-cientifico-arquitetura-prova.pdf-html.html

||BASA12_002_04N130411||

CESPE/UnB – Banco da Amazônia S.A.

 – 10 –

Figura 1: Esqueleto

    Figura 2. Paredes portantes

Julgue os itens a seguir, que tratam dos dois sistemas construtivos

acima ilustrados.

113

O sistema de paredes portantes, ilustrado na figura 2,

possibilita economia no tempo de execução e na mão de obra.

Nele, as paredes se unem às lajes, criando um efeito de pórtico

que reduz o momento positivo no meio do vão e, em

consequência, os custos.

114

Na estrutura em esqueleto, ilustrada na figura 1, o sistema

portante independe dos subsistemas complementares da

edificação, como fechamentos, sistemas hidráulicos e elétricos

etc. Tal independência facilita a adaptação da edificação para

mudanças no seu uso.

Julgue os itens subsequentes, relativos a orçamento, cronograma

físico-financeiro e fiscalização de obras.

115

O entendimento de um cronograma físico-financeiro realizado

pelo método de barras (Gantt) é extremamente simples,

imediato. O físico (as barras) refere-se ao desenvolvimento dos

serviços na obra, enquanto o financeiro (os valores)

corresponde à previsão de gastos mensais.

116

Sobre o total de um orçamento deve incidir uma porcentagem

a título de BDI, que é composto de benefícios (B), incluindo o

lucro dos diretores da empresa, e de despesas indiretas (DI),

incluindo os custos administrativos.

De acordo com a lei pertinente, exercerá ilegalmente a profissão de

engenheiro, arquiteto ou engenheiro agrônomo o profissional que

117

emprestar seu nome a pessoas, firmas, organizações ou

empresas executoras de obras e serviços sem sua real

participação nos trabalhos dessas obras.

Com referência a detalhes e sua representação, especificação e

cotagem, julgue o item subsequente.

118

O detalhe de um marco de porta representado em escala 1:1

integra o projeto básico.

Figura 1: Mapa

Figura 2: Detalhe

As figuras acima, reproduzidas da revista 

Téchne, mostram o mapa

e o detalhe da junta vertical dos vidros em uma fachada do tipo

cortina pele de vidro. O desafio na montagem desse tipo de

esquadria é garantir a estanqueidade. Na parte inferior do detalhe

(figura 2), aparece a especificação “silicone estrutural”. Com

referência a essas imagens, julgue os itens seguintes.

119

No detalhe, figura 2, os quadros do vidro margeiam as juntas

nas duas direções em sua totalidade, fazendo que o silicone,

além de trabalhar como adesivo, desempenhe simultaneamente

a função de vedação, impedindo a entrada de água entre o

vidro e a esquadria.

120

Para esquadrias do tipo pele de vidro, como a proposta na

figura 2, deve-se optar por estruturas metálicas em aço.