Prova Concurso - Administração - CENSUS-2004-CNEN-ANALISTA-EM-C-T-SENIOR-ADMINISTRACAO - TRADE - CENSUS - 2004

Prova - Administração - CENSUS-2004-CNEN-ANALISTA-EM-C-T-SENIOR-ADMINISTRACAO - TRADE - CENSUS - 2004

Detalhes

Profissão: Administração
Cargo: CENSUS-2004-CNEN-ANALISTA-EM-C-T-SENIOR-ADMINISTRACAO
Órgão: CENSUS
Banca: TRADE
Ano: 2004
Nível: Superior

Downloads dos Arquivos

prova.pdf
gabarito.pdf

Provas relacionadas

AGENTE-ADMINISTRATIVO-PREVIDENCIARIOCONCURSOS2018
ASSISTENTE-DE-ADMINISTRACAOFUNPAPA2018
AUXILIAR-DE-ADMINISTRACAOFUNPAPA2018

Gabarito

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ QUÍMICA NUCLEAR

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-B] [02-C] [03-D] [04-A] [05-B] [06-B] [07-D] [08-A] [09-A] [10-C] 

[11-D] [12-E] [13-C] [14-A] [15-B] [16-D] [17-E] [18-E] [19-E] [20-C] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ QUÍMICA NUCLEAR

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ NEUTRÔNICA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-A] [02-B] [03-E] [04-C] [05-E] [06-D] [07-A] [08-B] [09-E] [10-D] 

[11-B] [12-C] [13-B] [14-C] [15-D] [16-A] [17-C] [18-A] [19-E] [20-D] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ NEUTRÔNICA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ BIOFÍSICA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-B] [02-C] [03-E] [04-A] [05-C] [06-D] [07-E] [08-A] [09-B] [10-D] 

[11-A] [12-C] [13-E] [14-D] [15-B] [16-A] [17-E] [18-C] [19-A] [20-B] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ BIOFÍSICA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ MONITORAÇÃO AMBIENTAL

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-B] [02-D] [03-C] [04-E] [05-C] [06-A] [07-B] [08-D] [09-C] [10-A] 

[11-D] [12-A] [13-D] [14-B] [15-E] [16-C] [17-B] [18-A] [19-E] [20-C] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ MONITORAÇÃO AMBIENTAL

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ MÉTODOS ANALÍTICOS

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-B] [02-C] [03-E] [04-A] [05-C] [06-D] [07-E] [08-A] [09-B] [10-D] 

[11-A] [12-C] [13-E] [14-D] [15-B] [16-A] [17-E] [18-C] [19-A] [20-B] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ MÉTODOS ANALÍTICOS

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ GESTÃO DE QUALIDADE

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-B] [02-A] [03-D] [04-D] [05-C] [06-B] [07-E] [08-D] [09-E] [10-B] 

[11-C] [12-C] [13-E] [14-A] [15-E] [16-D] [17-D] [18-E] [19-C] [20-C] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ GESTÃO DE QUALIDADE

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ CICLO

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-C] [02-D] [03-E] [04-A] [05-E] [06-A] [07-B] [08-E] [09-D] [10-B] 

[11-E] [12-D] [13-A] [14-D] [15-A] [16-E] [17-E] [18-C] [19-D] [20-B] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ CICLO

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ ANÁLISE DE ACIDENTES

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-C] [02-A] [03-B] [04-E] [05-B] [06-C] [07-E] [08-C] [09-D] [10-A] 

[11-D] [12-B] [13-E] [14-B] [15-D] [16-A] [17-C] [18-E] [19-D] [20-A] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ ANÁLISE DE ACIDENTES

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ REATORES NUCLEARES

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-C] [02-A] [03-B] [04-E] [05-B] [06-C] [07-E] [08-C] [09-D] [10-A] 

[11-D] [12-B] [13-E] [14-B] [15-D] [16-A] [17-C] [18-E] [19-D] [20-A] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ REATORES NUCLEARES

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ INSTALAÇÕES RADIATIVAS

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-B] [02-C] [03-E] [04-A] [05-C] [06-D] [07-E] [08-A] [09-B] [10-D] 

[11-A] [12-C] [13-E] [14-D] [15-B] [16-A] [17-E] [18-C] [19-A] [20-B] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ INSTALAÇÕES RADIATIVAS

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ RADIOPROTEÇÃO AMBIENTAL

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-D] [02-B] [03-C] [04-D] [05-A] [06-A] [07-D] [08-E] [09-C] [10-A] 

[11-A] [12-E] [13-E] [14-B] [15-D] [16-B] [17-C] [18-C] [19-E] [20-B] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ RADIOPROTEÇÃO AMBIENTAL

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ METROLOGIA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-E] [02-D] [03-B] [04-A] [05-A] [06-D] [07-E] [08-A] [09-D] [10-B] 

[11-A] [12-A] [13-E] [14-C] [15-A] [16-B] [17-D] [18-C] [19-E] [20-C] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ASSISTENTE DE PESQUISA/ METROLOGIA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TECNOLOGISTA PLENO 1/ INSTRUMENTAÇÃO NUCLEAR

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-B] [02-C] [03-E] [04-A] [05-C] [06-D] [07-E] [08-A] [09-B] [10-D] 

[11-A] [12-C] [13-E] [14-D] [15-B] [16-A] [17-E] [18-C] [19-A] [20-B] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TECNOLOGISTA PLENO 1/ INSTRUMENTAÇÃO NUCLEAR

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TECNOLOGISTA PLENO 1/ PROCESSOS INDUSTRIAIS

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-C] [02-A] [03-B] [04-E] [05-B] [06-C] [07-E] [08-C] [09-D] [10-A] 

[11-D] [12-B] [13-E] [14-B] [15-D] [16-A] [17-C] [18-E] [19-D] [20-A] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TECNOLOGISTA PLENO 1/ PROCESSOS INDUSTRIAIS

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TECNOLOGISTA PLENO 1/ ANÁLISES AMBIENTAIS

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-C] [02-A] [03-D] [04-A] [05-C] [06-D] [07-B] [08-A] [09-B] [10-C] 

[11-B] [12-E] [13-B] [14-E] [15-D] [16-C] [17-A] [18-E] [19-D] [20-E] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TECNOLOGISTA PLENO 1/ ANÁLISES AMBIENTAIS

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TECNOLOGISTA PLENO 1/ ENGENHARIA ELÉTRICA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-B] [02-A] [03-B] [04-A] [05-D] [06-B] [07-D] [08-B] [09-E] [10-E] 

[11-D] [12-A] [13-C] [14-D] [15-C] [16-E] [17-C] [18-E] [19-C] [20-A] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TECNOLOGISTA PLENO 1/ ENGENHARIA ELÉTRICA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TECNOLOGISTA PLENO 1/ DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-C] [02-E] [03-A] [04-D] [05-C] [06-B] [07-D] [08-E] [09-C] [10-A] 

[11-B] [12-A] [13-E] [14-E] [15-D] [16-C] [17-B] [18-A] [19-C] [20-E] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TECNOLOGISTA PLENO 1/ DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T SÊNIOR/ ADMINISTRAÇÃO

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-E] [02-D] [03-C] [04-B] [05-E] [06-C] [07-A] [08-B] [09-B] [10-C] 

[11-E] [12-A] [13-D] [14-D] [15-A] [16-E] [17-B] [18-E] [19-B] [20-B] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T SÊNIOR/ ADMINISTRAÇÃO

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 2/ TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-E] [02-A] [03-C] [04-B] [05-D] [06-C] [07-B] [08-A] [09-B] [10-E] 

[11-C] [12-B] [13-D] [14-B] [15-C] [16-A] [17-A] [18-D] [19-E] [20-E] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 2/ TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ COMUNICAÇÃO SOCIAL

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-C] [02-B] [03-D] [04-E] [05-B] [06-A] [07-E] [08-D] [09-B] [10-D] 

[11-D] [12-E] [13-A] [14-E] [15-A] [16-E] [17-C] [18-B] [19-C] [20-C] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ COMUNICAÇÃO SOCIAL

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ ENGENHARIA DE SEGURANÇA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-C] [02-B] [03-A] [04-D] [05-E] [06-B] [07-D] [08-B] [09-A] [10-C] 

[11-E] [12-E] [13-C] [14-D] [15-A] [16-B] [17-A] [18-D] [19-C] [20-E] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ ENGENHARIA DE SEGURANÇA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ GESTÃO DE PESSOAS

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-A] [02-A] [03-D] [04-E] [05-C] [06-E] [07-A] [08-C] [09-A] [10-B] 

[11-C] [12-D] [13-D] [14-B] [15-A] [16-C] [17-E] [18-D] [19-C] [20-A] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ GESTÃO DE PESSOAS

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ QUALIDADE DE VIDA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-A] [02-B] [03-D] [04-B] [05-E] [06-A] [07-C] [08-B] [09-E] [10-C] 

[11-A] [12-D] [13-B] [14-C] [15-E] [16-A] [17-D] [18-B] [19-C] [20-A] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ QUALIDADE DE VIDA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ FINANÇAS PÚBLICAS

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-C] [02-D] [03-A] [04-D] [05-C] [06-E] [07-D] [08-A] [09-D] [10-B] 

[11-C] [12-A] [13-D] [14-E] [15-D] [16-E] [17-C] [18-B] [19-B] [20-E] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ FINANÇAS PÚBLICAS

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ EXECUÇÃO FINANCEIRA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-C] [02-D] [03-A] [04-D] [05-C] [06-C] [07-A] [08-D] [09-E] [10-D] 

[11-E] [12-C] [13-B] [14-B] [15-E] [16-B] [17-B] [18-A] [19-A] [20-E] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ EXECUÇÃO FINANCEIRA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ CAPACITAÇÃO DE PESSOAL

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-C] [02-A] [03-D] [04-A] [05-C] [06-B] [07-E] [08-A] [09-D] [10-C] 

[11-E] [12-A] [13-D] [14-C] [15-B] [16-A] [17-C] [18-E] [19-D] [20-B] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ CAPACITAÇÃO DE PESSOAL

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ COMPRAS

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-D] [02-A] [03-B] [04-C] [05-A] [06-B] [07-D] [08-D] [09-A] [10-E] 

[11-A] [12-D] [13-D] [14-C] [15-A] [16-E] [17-B] [18-B] [19-C] [20-C] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ COMPRAS

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-A] [02-B] [03-E] [04-D] [05-C] [06-D] [07-D] [08-E] [09-A] [10-C] 

[11-A] [12-D] [13-B] [14-E] [15-A] [16-B] [17-C] [18-D] [19-B] [20-B] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-B] [02-A] [03-B] [04-C] [05-B] [06-E] [07-D] [08-A] [09-C] [10-B] 

[11-C] [12-D] [13-A] [14-D] [15-C] [16-E] [17-D] [18-A] [19-D] [20-B] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ AUDITORIA 

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-D] [02-D] [03-A] [04-D] [05-C] [06-E] [07-E] [08-D] [09-A] [10-B] 

[11-C] [12-D] [13-D] [14-B] [15-E] [16-A] [17-C] [18-C] [19-E] [20-A] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ AUDITORIA 

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ GESTÃO ORGANIZACIONAL

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-D] [02-D] [03-D] [04-D] [05-D] [06-A] [07-B] [08-A] [09-C] [10-D] 

[11-A] [12-E] [13-E] [14-D] [15-A] [16-A] [17-E] [18-E] [19-B] [20-A] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ GESTÃO ORGANIZACIONAL

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ MARKETING

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-D] [02-A] [03-B] [04-D] [05-D] [06-C] [07-E] [08-D] [09-A] [10-D] 

[11-B] [12-E] [13-A] [14-C] [15-C] [16-D] [17-D] [18-C] [19-A] [20-C] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ MARKETING

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-B] [02-A] [03-E] [04-A] [05-D] [06-C] [07-C] [08-D] [09-E] [10-B] 

[11-A] [12-D] [13-C] [14-A] [15-B] [16-C] [17-B] [18-E] [19-E] [20-A] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ MANUTENÇÃO

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-C] [02-A] [03-C] [04-A] [05-E] [06-A] [07-B] [08-E] [09-E] [10-E] 

[11-D] [12-D] [13-A] [14-B] [15-B] [16-C] [17-E] [18-A] [19-C] [20-A] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ MANUTENÇÃO

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ CONTROLE DE QUALIDADE

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-B] [02-C] [03-D] [04-D] [05-B] [06-A] [07-A] [08-D] [09-B] [10-C] 

[11-B] [12-E] [13-E] [14-B] [15-E] [16-A] [17-E] [18-A] [19-B] [20-E] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ CONTROLE DE QUALIDADE

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ SECRETARIA DE DIRETORIA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-C] [02-A] [03-B] [04-C] [05-D] [06-D] [07-A] [08-C] [09-E] [10-D] 

[11-C] [12-A] [13-D] [14-C] [15-A] [16-E] [17-B] [18-B] [19-C] [20-C] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T PLENO 1/ SECRETARIA DE DIRETORIA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T JÚNIOR/ GESTÃO DE DOCUMENTAÇÃO

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-A] [02-A] [03-B] [04-D] [05-C] [06-E] [07-D] [08-A] [09-B] [10-E] 

[11-A] [12-D] [13-E] [14-C] [15-B] [16-C] [17-E] [18-C] [19-B] [20-D] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T JÚNIOR/ GESTÃO DE DOCUMENTAÇÃO

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T JÚNIOR/ CONT.PATRIMONIAL E SUPRIMENTOS

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-D] [02-A] [03-E] [04-D] [05-E] [06-B] [07-C] [08-E] [09-C] [10-A] 

[11-B] [12-B] [13-C] [14-C] [15-A] [16-E] [17-B] [18-B] [19-C] [20-C] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T JÚNIOR/ CONT.PATRIMONIAL E SUPRIMENTOS

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T JÚNIOR/ SECRETARIA EXECUTIVA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-C] [02-A] [03-B] [04-C] [05-D] [06-D] [07-A] [08-C] [09-E] [10-D] 

[11-C] [12-A] [13-D] [14-C] [15-A] [16-E] [17-B] [18-B] [19-C] [20-C] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T JÚNIOR/ SECRETARIA EXECUTIVA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T JÚNIOR/ CIÊNCIAS HUMANAS 

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-A] [02-C] [03-B] [04-B] [05-E] [06-A] [07-C] [08-A] [09-B] [10-D] 

[11-C] [12-A] [13-B] [14-D] [15-E] [16-B] [17-A] [18-D] [19-A] [20-D] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T JÚNIOR/ CIÊNCIAS HUMANAS 

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T JÚNIOR/ ARQUIVOLOGIA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-A] [02-E] [03-C] [04-A] [05-B] [06-C] [07-D] [08-C] [09-D] [10-B] 

[11-A] [12-B] [13-D] [14-E] [15-B] [16-D] [17-B] [18-E] [19-A] [20-E] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T JÚNIOR/ ARQUIVOLOGIA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T JÚNIOR/ CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-B] [02-E] [03-D] [04-C] [05-A] [06-A] [07-E] [08-C] [09-D] [10-B] 

[11-C] [12-C] [13-A] [14-E] [15-A] [16-D] [17-D] [18-D] [19-E] [20-B] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-C] [22-B] [23-E] [24-D] [25-A] [26-C] [27-B] [28-A] 

[29-D] [30-E] [31-D] [32-C] [33-B] [34-A] [35-E] [36-A] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[37-C] [38-D] 

[39-A] [40-B] [41-C] [42-E] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

ANALISTA C&T JÚNIOR/ CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

LÍNGUA INGLESA

[43-D] [44-A] [45-E] [46-A] 

[47-C] [48-B] [49-E] [50-B] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TÉCNICO 2/ DESENHISTA PROJETISTA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-D] [02-A] [03-B] [04-E] [05-A] [06-C] [07-E] [08-D] [09-E] [10-B] 

[11-C] [12-E] [13-A] [14-D] [15-B] [16-B] [17-A] [18-C] [19-D] [20-C] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-E] [22-A] [23-C] [24-D] [25-B] [26-C] [27-A] [28-E] [29-B] [30-D] 

[31-A] [32-D] [33-B] [34-E] [35-D] [36-E] [37-B] [38-C] [39-A] [40-D] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[41-E] [42-C] [43-A] [44-B] 

[45-A] [46-D] [47-C] [48-E] [49-B] [50-D] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TÉCNICO 2/ ELETRÔNICA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-E] [02-C] [03-B] [04-A] [05-C] [06-D] [07-C] [08-E] [09-D] [10-E] 

[11-A] [12-D] [13-B] [14-A] [15-E] [16-B] [17-D] [18-C] [19-B] [20-A] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-E] [22-A] [23-C] [24-D] [25-B] [26-C] [27-A] [28-E] [29-B] [30-D] 

[31-A] [32-D] [33-B] [34-E] [35-D] [36-E] [37-B] [38-C] [39-A] [40-D] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[41-E] [42-C] [43-A] [44-B] 

[45-A] [46-D] [47-C] [48-E] [49-B] [50-D] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TÉCNICO 2/ TELECOMUNICAÇÕES

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-D] [02-B] [03-B] [04-C] [05-A] [06-E] [07-C] [08-C] [09-D] [10-D] 

[11-B] [12-A] [13-A] [14-B] [15-E] [16-A] [17-C] [18-D] [19-E] [20-E] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-E] [22-A] [23-C] [24-D] [25-B] [26-C] [27-A] [28-E] [29-B] [30-D] 

[31-A] [32-D] [33-B] [34-E] [35-D] [36-E] [37-B] [38-C] [39-A] [40-D] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[41-E] [42-C] [43-A] [44-B] 

[45-A] [46-D] [47-C] [48-E] [49-B] [50-D] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TÉCNICO 2/ QUÍMICA ANALÍTICA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-D] [02-A] [03-E] [04-C] [05-B] [06-E] [07-A] [08-D] [09-E] [10-A] 

[11-D] [12-D] [13- Anulada] [14-A] [15-B] [16-A] [17-C] [18-A] [19-C] [20-D] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-E] [22-A] [23-C] [24-D] [25-B] [26-C] [27-A] [28-E] [29-B] [30-D] 

[31-A] [32-D] [33-B] [34-E] [35-D] [36-E] [37-B] [38-C] [39-A] [40-D] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[41-E] [42-C] [43-A] [44-B] 

[45-A] [46-D] [47-C] [48-E] [49-B] [50-D] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TÉCNICO 2/ RADIOQUÍMICA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-D] [02-B] [03-E] [04-C] [05-B] [06-A] [07-C] [08-D] [09-E] [10-E] 

[11-D] [12-A] [13-C] [14-B] [15-D] [16-D] [17-B] [18-E] [19-C] [20-D] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-E] [22-A] [23-C] [24-D] [25-B] [26-C] [27-A] [28-E] [29-B] [30-D] 

[31-A] [32-D] [33-B] [34-E] [35-D] [36-E] [37-B] [38-C] [39-A] [40-D] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[41-E] [42-C] [43-A] [44-B] 

[45-A] [46-D] [47-C] [48-E] [49-B] [50-D] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TÉCNICO 2/ OPERAÇÃO DE IRRADIADORES

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-D] [02-C] [03-B] [04-A] [05-C] [06-D] [07-C] [08-E] [09-D] [10-B] 

[11-A] [12-D] [13-B] [14-A] [15-E] [16-E] [17-E] [18-C] [19-B] [20-A] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-E] [22-A] [23-C] [24-D] [25-B] [26-C] [27-A] [28-E] [29-B] [30-D] 

[31-A] [32-D] [33-B] [34-E] [35-D] [36-E] [37-B] [38-C] [39-A] [40-D] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[41-E] [42-C] [43-A] [44-B] 

[45-A] [46-D] [47-C] [48-E] [49-B] [50-D] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TÉCNICO 2/ MINERAÇÃO

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-A] [02-C] [03-A] [04-B] [05-C] [06-D] [07-D] [08-B] [09-A] [10-C] 

[11-E] [12-D] [13-E] [14-B] [15-E] [16-A] [17-C] [18-B] [19-A] [20-B] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-E] [22-A] [23-C] [24-D] [25-B] [26-C] [27-A] [28-E] [29-B] [30-D] 

[31-A] [32-D] [33-B] [34-E] [35-D] [36-E] [37-B] [38-C] [39-A] [40-D] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[41-E] [42-C] [43-A] [44-B] 

[45-A] [46-D] [47-C] [48-E] [49-B] [50-D] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TÉCNICO 1/ ELETRÔNICA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-C] [02-E] [03-B] [04-A] [05-C] [06-E] [07-D] [08-C] [09-E] [10-D] 

[11-C] [12-A] [13-D] [14-B] [15-A] [16-E] [17-B] [18-D] [19-A] [20-B] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-E] [22-A] [23-C] [24-D] [25-B] [26-C] [27-A] [28-E] [29-B] [30-D] 

[31-A] [32-D] [33-B] [34-E] [35-D] [36-E] [37-B] [38-C] [39-A] [40-D] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[41-E] [42-C] [43-A] [44-B] 

[45-A] [46-D] [47-C] [48-E] [49-B] [50-D] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TÉCNICO 1/ DOSIMETRIA TERMOLUMINESCENTE

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-B] [02-C] [03-D] [04-C] [05-B] [06-A] [07-C] [08-C] [09-D] [10-D] 

[11-A] [12-B] [13-D] [14-A] [15-E] [16-A] [17-E] [18-E] [19-E] [20-B] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-E] [22-A] [23-C] [24-D] [25-B] [26-C] [27-A] [28-E] [29-B] [30-D] 

[31-A] [32-D] [33-B] [34-E] [35-D] [36-E] [37-B] [38-C] [39-A] [40-D] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[41-E] [42-C] [43-A] [44-B] 

[45-A] [46-D] [47-C] [48-E] [49-B] [50-D] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TÉCNICO 1/ CONTROLE DE QUALIDADE

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-D] [02-B] [03-C] [04-B] [05-A] [06-E] [07-B] [08-B] [09-D] [10-E] 

[11-E] [12-B] [13-A] [14-A] [15-C] [16-B] [17-B] [18-E] [19-A] [20-D] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-E] [22-A] [23-C] [24-D] [25-B] [26-C] [27-A] [28-E] [29-B] [30-D] 

[31-A] [32-D] [33-B] [34-E] [35-D] [36-E] [37-B] [38-C] [39-A] [40-D] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[41-E] [42-C] [43-A] [44-B] 

[45-A] [46-D] [47-C] [48-E] [49-B] [50-D] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TÉCNICO 1/ QUÍMICA ENSAIOS

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-D] [02-B] [03-A] [04-E] [05-C] [06-D] [07-C] [08-B] [09-E] [10-A] 

[11-D] [12-E] [13-D] [14-A] [15-E] [16-E] [17-B] [18-C] [19-B] [20-D] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-E] [22-A] [23-C] [24-D] [25-B] [26-C] [27-A] [28-E] [29-B] [30-D] 

[31-A] [32-D] [33-B] [34-E] [35-D] [36-E] [37-B] [38-C] [39-A] [40-D] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[41-E] [42-C] [43-A] [44-B] 

[45-A] [46-D] [47-C] [48-E] [49-B] [50-D] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TÉCNICO 1/ QUÍMICA LABORATORIAL

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-D] [02-A] [03-B] [04-E] [05-E] [06-C] [07-C] [08-A] [09-D] [10-B] 

[11-E] [12-C] [13-D] [14-A] [15-B] [16-A] [17-E] [18-D] [19-C] [20-B] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-E] [22-A] [23-C] [24-D] [25-B] [26-C] [27-A] [28-E] [29-B] [30-D] 

[31-A] [32-D] [33-B] [34-E] [35-D] [36-E] [37-B] [38-C] [39-A] [40-D] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[41-E] [42-C] [43-A] [44-B] 

[45-A] [46-D] [47-C] [48-E] [49-B] [50-D] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TÉCNICO 1/ ANÁLISE QUÍMICA LABORATORIAL

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-D] [02-A] [03-B] [04-E] [05-E] [06-C] [07-C] [08-A] [09-D] [10-B] 

[11-E] [12-C] [13-D] [14-A] [15-B] [16-A] [17-E] [18-D] [19-C] [20-B] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-E] [22-A] [23-C] [24-D] [25-B] [26-C] [27-A] [28-E] [29-B] [30-D] 

[31-A] [32-D] [33-B] [34-E] [35-D] [36-E] [37-B] [38-C] [39-A] [40-D] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[41-E] [42-C] [43-A] [44-B] 

[45-A] [46-D] [47-C] [48-E] [49-B] [50-D] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TÉCNICO 1/ FOTOGRAFIA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-E] [02-B] [03-A] [04-E] [05-D] [06-A] [07-A] [08-C] [09-E] [10-D] 

[11-A] [12-B] [13-B] [14-C] [15-A] [16-B] [17-D] [18-C] [19-B] [20-D] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-E] [22-A] [23-C] [24-D] [25-B] [26-C] [27-A] [28-E] [29-B] [30-D] 

[31-A] [32-D] [33-B] [34-E] [35-D] [36-E] [37-B] [38-C] [39-A] [40-D] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[41-E] [42-C] [43-A] [44-B] 

[45-A] [46-D] [47-C] [48-E] [49-B] [50-D] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TÉCNICO 1/ EDIFICAÇÕES

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-E] [02-A] [03-C] [04-D] [05-B] [06-E] [07-D] [08-B] [09-B] [10-A] 

[11-D] [12-E] [13-B] [14-D] [15-A] [16-C] [17-E] [18-B] [19-C] [20-A] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-E] [22-A] [23-C] [24-D] [25-B] [26-C] [27-A] [28-E] [29-B] [30-D] 

[31-A] [32-D] [33-B] [34-E] [35-D] [36-E] [37-B] [38-C] [39-A] [40-D] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[41-E] [42-C] [43-A] [44-B] 

[45-A] [46-D] [47-C] [48-E] [49-B] [50-D] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TÉCNICO 1/ CONSTRUÇÃO CIVIL

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-E] [02-A] [03-C] [04-D] [05-B] [06-E] [07-D] [08-B] [09-B] [10-A] 

[11-D] [12-E] [13-B] [14-D] [15-A] [16-C] [17-E] [18-B] [19-C] [20-A] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-E] [22-A] [23-C] [24-D] [25-B] [26-C] [27-A] [28-E] [29-B] [30-D] 

[31-A] [32-D] [33-B] [34-E] [35-D] [36-E] [37-B] [38-C] [39-A] [40-D] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[41-E] [42-C] [43-A] [44-B] 

[45-A] [46-D] [47-C] [48-E] [49-B] [50-D] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TÉCNICO 1/ BIOTÉRIO

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-E] [02-B] [03-D] [04-C] [05-C] [06-C] [07-A] [08-C] [09-B] [10-B] 

[11-C] [12-A] [13-C] [14-D] [15-B] [16-D] [17-B] [18-D] [19-D] [20-A] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-E] [22-A] [23-C] [24-D] [25-B] [26-C] [27-A] [28-E] [29-B] [30-D] 

[31-A] [32-D] [33-B] [34-E] [35-D] [36-E] [37-B] [38-C] [39-A] [40-D] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[41-E] [42-C] [43-A] [44-B] 

[45-A] [46-D] [47-C] [48-E] [49-B] [50-D] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TÉCNICO 1/ INSTRUMENTAÇÃO

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-A] [02-D] [03-C] [04-D] [05-A] [06-C] [07-B] [08-A] [09-C] [10-E] 

[11-B] [12-E] [13-B] [14-C] [15-A] [16-D] [17-B] [18-E] [19-E] [20-D] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-E] [22-A] [23-C] [24-D] [25-B] [26-C] [27-A] [28-E] [29-B] [30-D] 

[31-A] [32-D] [33-B] [34-E] [35-D] [36-E] [37-B] [38-C] [39-A] [40-D] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[41-E] [42-C] [43-A] [44-B] 

[45-A] [46-D] [47-C] [48-E] [49-B] [50-D] 

Realização:

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO CNEN 2004

titulo:

Comissão Nacional de Energia Nuclear

TÉCNICO 1/ INFORMÁTICA

GABARITO DA PROVA OBJETIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

[01-C] [02-D] [03-A] [04-C] [05-D] [06-A] [07-C] [08-E] [09-B] [10-E] 

[11-A] [12-A] [13-D] [14-B] [15-B] [16-E] [17-B] [18-E] [19-D] [20-C] 

LÍNGUA PORTUGUESA

[21-E] [22-A] [23-C] [24-D] [25-B] [26-C] [27-A] [28-E] [29-B] [30-D] 

[31-A] [32-D] [33-B] [34-E] [35-D] [36-E] [37-B] [38-C] [39-A] [40-D] 

RACIOCÍNIO LÓGICO

[41-E] [42-C] [43-A] [44-B] 

[45-A] [46-D] [47-C] [48-E] [49-B] [50-D] 

Realização:

Prova

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-prova.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO

Comissão Nacional de Energia Nuclear

CADERNO DE QUESTÕES

ATENÇÃO

NesteCadernodeQuestões,vocêencontra:

20(vinte)questõesdeConhecimentosEspecíficos;
16(dezesseis)questõesdeLínguaPortuguesa;
6(seis)questõesdeRaciocínioLógico;
8(oito)questõesdeLínguaInglesa.

SóinicieaprovaapósaautorizaçãodoFiscaldeSala.

Duraçãomáximadaprova:4(quatro)horas.

Saídadoscandidatosdasala:após1(uma)horadoinício.

Somente serápermitidolevar seuCadernodeQuestõesfaltando1(uma)horaparao
términodaProva.

OsFiscaisdeSalanãoestãoautorizadosa prestarqualquer esclarecimento sobre a
resoluçãodasquestões.

Não é permitido que os candidatos se comuniquem entre si. É proibida também a
utilizaçãodeequipamentoseletrônicos.

Em cada questão só há uma opção correta de resposta, portanto evite rasurar seu
CartãodeRespostas,poisemhipótesealgumaeleserásubstituído.

Não dobre, amasse ou escreva em seu Cartão de Respostas; apenas confira seus
dados, leia as instruções para seu preenchimento e assine no local indicado. É
obrigatóriasuaassinaturanoCartãodeRespostas.

O gabarito Oficial daprovaobjetiva demúltipla-escolha será publicado noendereço
eletrônicohttp://www.tradecensus.com.brnodiaseguinteàrealizaçãodaprova.

Paraexercerodireitoderecorrercontraqualquerquestão,ocandidatodeveráseguir
asorientaçõesconstantesdoitem10doEdital/ManualdoCandidato.

BOA PROVA

Confiraseestaprovacorrespondeaocargo/perfilnoqualvocêseinscreveu.

Prova para o Cargo:

Analista em C&T Sênior

Perfil: Analista Administração

Informaçõestel.:

(21)2722-1815

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-prova.pdf-html.html

01)Pode-sedizerqueaTeoriaGeraldaAdministração-
TGA-começoucomachamada“ênfasenastarefas”,e
foi seguida pela “ênfase na estrutura”, “ênfase nas
pessoas”, “ênfase no

ambiente” e, finalmente,

culminando com a chamada “ênfase na tecnologia”.
Cada uma dessas cinco variáveis provocou a seu
tempo umadiferente teoriaadministrativa,marcando
umgradativopassonodesenvolvimentodaTGA.Com
base nessas variáveis e nas diversas teorias e seus
principaisenfoques,écorretoafirmarquea:
A)

B)

C)

D)

E)

02) Enquanto

Taylor desenvolvia

a

chamada

Administração Científica nos Estados Unidos da
América, s u r g i a c o m Fayol parte de uma abordagem
sintética, global e universaldaempresa,inaugurando
u m a abordagem

anatômica

e

estrutural que

rapidamente suplanta a abordagem analítica e
concreta de Taylor. C o m r e l a ç ã o a o e s t u d o d e F a y o l ,
pode-seafirmarque:
A)

B)

C)

D)

E)

dinâmica de grupo, a motivação e a liderança são
algunsdosprincipaisenfoquesdaTeoriadasRelações
Humanas,quepossuisuaênfasenoambiente;
racionalizaçãodo trabalhononíveloperacionaléum
dos principais enfoques da Teoria das Relações
Humanas,quepossuisuaênfasenaspessoas;
teoriadasdecisõeseosestilosdaadministraçãosão
algunsdosprincipaisenfoquesdaTeoriadasRelações
Humanas,quepossuisuaênfasenaspessoas;
racionalização do trabalho e a racionalidade
organizacionalsãoalgunsdosprincipaisenfoquesda
Teoria da Burocracia, que possui sua ênfase nas
tarefas;
análiseintra-organizacionaleaanáliseambientalsão
alguns dos principais enfoques da Teoria Neo-
estruturalista,quepossuisuaênfasenoambiente.

toda a empresa pode ser dividida em cinco grupos:
funçõestécnicas,comerciais,financeiras,contábeise
administrativas;
as funções universais administrativas são prevenir,
organizar,comandar,coordenarecontrolar;
a funçãoadministrativaconcentra-senormalmenteno
topodaempresa,sendoumdospoucosprivilégiosdos
diretores;
aorganizaçãoabrangesomenteoestabelecimentoda
estrutura e da forma, sendo, portanto, estática e
limitada;
a organização formal emerge naturalmente entre a s
pessoasqueocupamposiçõesnaorganizaçãoformal
e a partir dos relacionamentos como ocupantes de
cargos.

03) A Teoria das Relações Humanas surgiu nos
Estados Unidos da América como conseqüência
imediata das conclusões obtidas na Experiência de
Hawthorne, desenvolvida por Elton Mayo e seus
colaboradores. Foi basicamente um movimento de
reação e de oposição

à

Teoria

Clássica da

Administração.

De suma importância para a

Administração, essa experiência havia sido dividida
em etapas. Em uma dessasetapas,forarealizado um
programa que compreendia entrevista com

os

e m p r e g a d o s

p a r a

o b t e n ç ã o

d e

m a i o r e s

conhecimentos sobre suas atitudes e sentimentos,
suas opiniões quanto ao seu trabalho e quanto ao
tratamento que recebiam. A etapa descrita acima
correspondeuà:
A)
B)
C)
D)
E)

04)Aliderançaconstituiumdostemasadministrativos
mais pesquisados e estudados nos últimos anos.
Váriasteoriasforamdesenvolvidaspormuitosautores
e acompanharam o desenvolvimento da Teoria das
Organizações, influenciando sensivelmente a teoria
administrativa. Uma dessas teorias foi baseada nos
estilos de liderança autoritária, liberal e democrática.
Destaforma,écertoafirmarquenoestilodeliderança:
A)

B)

C)

D)

E)

primeirafasedaExperiênciadeHawthorne;
segundafasedaExperiênciadeHawthorne;
terceirafasedaExperiênciadeHawthorne;
quartafasedaExperiênciadeHawthorne;
quintafasedaExperiênciadeHawthorne.

democrática há liberdade completa paraasdecisões
grupais ou individuais, com participação mínima do
líder e a divisãodastarefas fica a critériodopróprio
grupo;
liberal hátotaleabsolutafaltadeparticipaçãodolíder
na divisão das tarefas, bem como na escolha dos
companheiros,eolídernãofaznenhumatentativade
avaliarouregularocursodosacontecimentos;
autocrática, o líderdetermina q u a l a t a r e f a q u e c a d a
um deve executar e qual o seu companheiro de
trabalho,alémdefixarasdiretrizes,comaparticipação
apenasdeseu

;

liberalháliberdadecompletaparaasdecisõesgrupais
ou individuais, mas as diretrizes são debatidas e
decididaspelogrupo,estimuladoeassistidopelolíder;
democrática, a divisão das tarefas fica a critério do
próprio grupo e a participação do líder no debate é
limitada, apresentando apenas materiais variados ao
grupo,esclarecendoquepoderiafornecerinformações
desdequeaspedissem.

staff

Conhecimentos Específicos

Tel.:(21)2722-1815

02

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-prova.pdf-html.html

05) Uma das características básicas da organização
formal é o seu racionalismo. Uma organização é
substancialmente um

conjunto

de encargos

funcionais e hierárquicos a cujas prescrições e
normas de comportamento todos os seus membros
devem se sujeitar. Pode-se distinguir três tipos
tradicionais de organização, que são a organização
linear,afuncionalealinha-

.Sãocaracterísticasda

organizaçãofuncional:
A)

B)

C)

D)

E)

06)Adepartamentalização é uma característicatípica
das grandes organizações. Ela está diretamente
relacionada com o tamanho da organização e com a
complexidade das operações. Com o conceito de
departamentalização,pode-sedizerquea:
A)

B)

C)

D)

E)

07) Num sistema social existem três elementos que
estão

intimamente relacionados entre si.

Uma

mudança em

qualquer desses três elementos

provocará alguma mudança nos outros dois, e são
essenciais para queumaempresapossa existir. São
t a r e f a s

q u e

as

p e s s o a s

r e a l i z a m ,

s ã o

o s

comportamentosqueocorrementreaspessoasesão
as atitudes que se desenvolvem entre indivíduos e
dentrodegrupos,sendoeles,respectivamente:
A)
B)
C)
D)
E)

staff

estrutura simples e de fácil compreensão e
implementação,bastanteestávelepresençadenítida
e claradelimitaçãodasresponsabilidadesdosórgãos
oucargosenvolvidos;
estrutura simples e de fácil compreensão e
implementação, comunicações diretas e p r e s e n ç a d e
nítida e clara delimitação dasresponsabilidades dos
órgãosoucargosenvolvidos;
melhor supervisão técnica possível e comunicações
diretas e presença de nítida e claradelimitação das
responsabilidadesdosórgãosoucargosenvolvidos;
máximo de especialização nos diversos cargos ou
órgãos da organização, melhor supervisão técnica
possívelepresençadenítidaeclaradelimitaçãodas
responsabilidadesdosórgãosoucargosenvolvidos;
máximo de especialização nos diversos cargos ou
órgãos da organização, melhor supervisão técnica
possívelecomunicaçõesdiretas.

especialização verticalocorrequandoseverifica,em
uma organização, a necessidade de aumentar a
perícia,aeficiênciaeamelhorqualidadedotrabalho
emsi;
especialização horizontal é também denominada
processoescalarerefere-seaocrescimentodacadeia
decomando;
especializaçãohorizontalse faz à c u s t a d e u m m a i o r
número de órgãos especializados, no mesmo nível
hierárquico,cadaqualemsuatarefa;
departamentalização heterogênea não pode ocorrer
emqualquernívelhierárquicodaorganizaçãoformal;
especialização vertical é também

denominada

processo funcional e caracteriza-se pela sua
tendênciaincríveldecriardepartamentos.

atividades,interaçõesesentimentos;
interações,atividadesesentimentos;
sentimentos,atividadeseinterações;
atividades,sentimentoseinterações;
interações,sentimentoseatividades.

08)Asempresasestãopercebendoqueseupatrimônio
maisimportantesão:
A)
B)
C)
D)
E)

09)NosprimeirosanosdoséculoXX,umdostécnicos
da administração mais lidos era Frederick Winslow
Taylor. A base dasuaadministração científica e r a d e
natureza:
A)
B)
C)
D)
E)

10) O que representa a capacidade de a empresa
coordenar constantemente, no tempo, esforços e
energias, tendo em vista o alcance dos resultados
globais e a manutenção da empresa no ambiente, é
denominado:
A)
B)
C)
D)
E)

11) O estabelecimento de objetivos e desafios é o
primeiro

passo

do instrumento

prescritivo

do

planejamento

estratégico.

D e acordo

com

a

necessidade, as principais características dos
objetivose desafios apresentam-seemconformidade
comositensabaixo,EXCETO:
A)
B)
C)
D)
E)

12) Uma empresa de menor porte poderá ser
constituída de três níveis, cujo guia de competência
poderiaser:
A)

B)
C)

D)
E)

13) A descentralização é um tema do processo
administrativo, apresentando-se multifacetada
q u a n d o

s e

p e s q u i s a

s u a

e s s ê n c i a .

E s s a

multiformidaderesultadeadescentralizaçãoenvolver
problemasdenatureza:
A)
B)
C)
D)
E)

osequipamentos;
osrecursoshumanos;
oscapitais;
asfábricas;
osclientes.

humana;
tecnológica;
instrumental;
empírica;
histórica.

eficiência;
eficácia;
efetividade;
recurso;
planejamento.

hierárquicas;
quantitativas;
realistas;
consistentes;
nãodesmembradasemobjetivosfuncionais.

gerência superior, chefia intermediária e nível de
supervisão;
nívelestratégico,nívelsetorialeníveldesupervisão;
diretoria executiva,

divisão de

produção e

departamento;
departamento,gerênciaeprodução;
nívelestratégico,níveldesupervisãoeprodução.

formaleinformal;
declientelaematerial;
deautoridade,responsabilidadeecorrespondência;
estratégica,estruturalecomportamental;
decontrole,equilíbrioecontinuidade.

www.tradecensus.com.br

03

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-prova.pdf-html.html

14) Organização é um tipo deassociação em que os
indivíduos - emnúmero tal quecontatos pessoaisse
tornam difíceis de ocorrer - se dedicam a tarefas
complexas e estão entre si relacionados por um
consciente

e

sistemático

estabelecimento

de

consecução de objetivos, mutuamente aceitos. A
definição apresenta umaabordagem daorganização
pormeiodoestudodequatrovariáveis,quesão:
A)
B)
C)
D)

E)

15) Os planos de serviços e benefícios sociais são
elaboradosparaauxiliaroempregado,sendovoltados
para a preservação das suas condições físicas e
mentais. Restaurante no local de trabalho, música
ambiente e h o r á r i o m ó v e l de trabalho são exemplos,
respectivamente,deplanosdebenefícios:
A)
B)
C)
D)
E)

16)Asprovasdeconhecimentooudecapacidadesão
instrumentos p a r a a valiar objetivamente

os

conhecimentos e habilidades adquiridas através do
estudo, da prática ou do exercício. Com relação à
classificação das provas, pode-se afirmar que as
tradicionais:
A)

B)

C)

D)

E)

17) Tendo sido elaborada a projeção de receitas de
vendas de produtos ou da prestação deserviços da
empresa,épreparadaaprojeçãodasunidadesfísicas
necessárias de cada produto, que é denominado
orçamentode:
A)
B)
C)
D)
E)

segurança,facilidades,consciênciaeobjetivo;
razão,complexidade,consciênciaeobjetivo;
razão,segurança,conscienteracionalidadeeobjetivo;
tamanho, complexidade, consciente racionalidade e
presençadeobjetivo;
tamanho, segurança, consciência e presença de
objetivo.

supletivos,recreativosesupletivos;
supletivos,recreativoseassistenciais;
supletivos,supletivoserecreativos;
recreativos,recreativoseassistenciais;
recreativos,recreativosesupletivos.

são compostasporrespostasdeterminadasecurtas,
condições determinadas e constantes deaplicação e
sãodeavaliaçãorápida;
são compostas por respostas indeterminadas,
condições determinadas e constantes d e a p l i c a ç ã o e
possuemumcritériosubjetivoevariável;
examinam todoocampodamatéria,sãodeaplicação
demorada e trabalhosa e possuem

um critério

subjetivoevariável;
sãocompostasporperguntasamplaseabrangentes,
são deaplicaçãodemoradaetrabalhosaepossuem
umcritériopredeterminadoeobjetivo;
sãocompostasporrespostasindeterminadas,sãode
aplicação demorada e trabalhosaepossuemcritério
subjetivoevariável.

vendas;
produção;
comprasdematéria-primadireta;
despesascommão-de-obradireta;
custosindiretosdeprodução.

Tel.:(21)2722-1815

04

18)Sãofontesdefinanciamentodecurtoprazo:
A)

B)

C)

D)

E)

19) Localizaçãodoestoquefísicoeadministraçãode
depósitos são

atividades da administração

de

materiais.Nessesentido,écorretoafirmarque:
A)

B)

C)

D)

E)

20) J. R. Tony Arnold apresenta os princípios de
previsão em seu livro “AdministraçãodeMateriais”.
Baseadonestesprincípiosécertoafirmarque:
A)

B)
C)

D)
E)

desconto de duplicatas, empréstimos bancários em
conta corrente, crédito direto ao consumidor e
debêntures;
empréstimos bancários em conta corrente, crédito
diretoaoconsumidor,debênturesecréditomercantil;
descontode duplicatas,créditodireto ao consumidor,
debênturesecréditomercantil;
desconto de duplicatas, empréstimos bancários em
contacorrente,debênturesecréditomercantil;
desconto de duplicatas, empréstimos bancários em
contacorrente,créditodireto aoconsumidorecrédito
mercantil.

os sistemasdelocalizaçãoflutuantesão geralmente
utilizados

em

pequenos

depósitos,

onde o

aproveitamentodoespaçonãoécrucial;
existem dois sistemas básicos para atribuir locais
específicosparaitensindividuais:odelocalizaçãofixa
eodelocalizaçãoflutuante;
o sistema de localização fixa apresenta como
vantagem considerável a melhor utilização cúbica do
depósito;
no armazenamento ponto-de-uso, todo estoque é
armazenado e m u m l u g a r c e n t r a l , o q u e f a c i l i t a s e u
controle;
na produção repetitiva e no ambiente

o

estoqueéarmazenadopróximodeondeseráutilizado,
ocasionando maiorfacilidade para manteraprecisão
doregistrodeestoqu e.

previsõessãomenosprecisasparaperíodosdetempo
maispróximos;
asprevisõesgeralmenteestãoerradas;
previsões são mais imprecisas para famílias ou
grupos;
cadaprevisãonãonecessitaumaestimativadeerro;
previsõesevitamerros.

just-in-time

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-prova.pdf-html.html

05

01
02
03
04

06
07
08
09

11
12
13
14

16
17
18
19

21
22
23
24

26
27
28
29

31
32
33
34

36
37
38
39

41

42
43
44

46
47
48
49

51
52

05

10

15

20

25

30

35

40

45

50

Leiaotextoabaixoerespondaàsperguntasque

seguem.

Texto:

PREFEITURAMUNICIPALDEPALMEIRADOSÍNDIOS

RelatórioaoGovernodoEstadodeAlagoas

(fragmento)

Exmo.Sr.Governador:

Trago a V. Exª. um resumo dos trabalhos

realizados pela Prefeitura de Palmeira dos Índios em
1928.

Nãoforammuitos,queosnossosrecursossão

exíguos. Assim

minguados, entretanto, quase

insensíveisaoobservador afastado, que desconheça
ascondiçõesemqueoMunicípioseachava,muitome
custaram.

COMEÇOS

O PRINCIPAL, o quesem demora iniciei, o de

que dependiam todos os outros, segundo creio, foi
estabeleceralgumaordemnaadministração.

Havia em Palmeira inúmeros prefeitos: os

cobradores de

impostos,

o

Comandante do

Destacamento, os soldados, outrosquedesejassem
administrar. Cada pedaço do Município tinha a sua
administração particular, com Prefeitos Coronéis e
Prefeitosinspetoresdequarteirões.Osfiscais,esses,
resolviamquestõesdepolíciaeadvogavam.

Paraquesemelhanteanomaliadesaparecesse

luteicomtenacidadeeencontreiobstáculosdentroda
Prefeitura e fora dela - dentro, uma resistência mole,
suave, de algodão em rama; fora, uma campanha
sorna, oblíqua, carregadadebílis.Pensavamunsque
tudo ia bem nas mãos de Nosso Senhor, que
administramelhordoquetodosnós;outrosmedavam
trêsmesesparalevarumtiro.

Dos funcionários queencontreiemjaneirodo

ano passado restam poucos: saíram os que faziam
políticaeosquenãofaziamcoisanenhuma.Osatuais
nãosemetemondenãosãonecessários,cumpremas
suas obrigações e, sobretudo, não se enganam em
contas.Devomuitoaeles.

NãoseiseaadministraçãodoMunicípioéboa

ouruim.Talvezpudesseserpior.

RECEITAEDESPESA

Areceita,orçadaem50:000$000,subiu,apesar

deoanotersidopéssimo,a71:649$290,quenãoforam
sempre bem aplicadospordois motivos: porquenão
me gabo de empregar dinheiro com inteligência e
porque fiz despesas que não faria se elas não
estivessemdeterminadasnoorçamento.(...)

EVENTUAIS

Houve1:069$700dedespesaseventuais:feitio

econsertodemedidas,materiaisparaaferição,placas.

724$000foram-separauniformizarasmedidas

pertencentesaoMunicípio.Oslitrosaquitinhammile
quatrocentosgramas.Emalgumasaldeiassubiam,em
outras desciam. Os negociantes de cal usavam
caixões de querosene e caixões de sabão, a que
arrancavam tábuas, para enganar o comprador. Fui
descaradamenteroubadoemcomprasde cal para os

trabalhospúblicos.

CEMITÉRIO

Nocemitérioenterrei189$000 - pagamentoao

coveiroeconservação.(...)

ADMINISTRAÇÃO

A

a d m i n i s t r a ç ã o

m u n i c i p a l

a b s o r v e u

11:457$497 - vencimentos do Prefeito, de dois
secretários (um efetivo, outro aposentado), de dois
fiscais, de um servente; impressão de recibos,
publicações, assinatura de jornais, livros, objetos
necessáriosàsecretaria,telegramas.

Relativamenteàquantiaorçada,ostelegramas

custaram pouco. De ordinário vai para eles dinheiro
considerável. Não há vereda aberta pelos matutos,
forçadospelosinspetores, que prefeitura do interior
nãoponhanoarame,proclamandoqueacoisafoifeita
porela;comunicam-seasdatashistóricasaoGoverno
do Estado, que não

precisa disso; todos os

acontecimentos políticos são badalados. Porque se
derrubouaBastilha umtelegrama; porquesedeitou
umapedranarua umtelegrama;porqueodeputadoF.
esticouacanela umtelegrama.Dispêndioinútil.Toda
agentesabequeistoporaquivaibem,queodeputado
morreu, que nós choramos e que em 1559 D. Pedro
Sardinhafoicomidopeloscaetés.(...)

CONCLUSÃO

Procureisempreoscaminhosmaiscurtos.Nas

estradasqueseabriramhácurva sondeasretasforam
inteiramenteimpossíveis.

Eviteiemaranhar-meemteiasdearanha.
Certos indivíduos, não sei por que,imaginam

que devem ser consultados; outros se julgam
autoridade bastante para dizer aoscontribuintes q u e
nãopaguemimpostos.

Nãomeentendicomesses.
H á

q u e m

a c h e

t u d o

r u i m ,

e

r i a

constrangidamente, e escreva cartas anônimas, e
adoeça, e se morda por não

ver a infalível

maroteirazinha, a abençada canalhice,preciosa para
quem a pratica,mais preciosa aindaparaosquedela
se servem como assunto invariável; há quem não
compreendaqueumatoadministrativosejais entode
lucropessoal;háatéquempretendaembaraçar-meem
coisatãosimplescomomandarquebraraspedrasdos
caminhos.

Fechei os ouvidos, deixei gritarem, arrecadei

1:325$500demultas.

Não favoreci ninguém. Devo ter cometido

numerososdisparates.Todos os meuserros, porém,
foramdainteligência,queéfraca.

Perdi vários amigos, ou

indivíduos que

possamtersemelhantenome.

Nãomefizeramfalta.
Há descontentamento. Se a minha estada na

Prefeitura por estes dois anos dependesse de um
plebiscito, talvez eu não obtivesse dez votos. Paz e
prosperidade.

PalmeiradosÍndios,10dejane irode1929.

GracilianoRamos

(RAMOS,Graciliano.

.14ed.SãoPaulo:

Record,1984,p.165-174.)

ViventesdasAlagoas

Tel.:(21)2722-1815

Língua Portuguesa

53

53
54

56
57
58
59

61
62
63
64

66
67
68
69

71
72
73

74

76
77
78
79

81
82
83
84

86
87
88
89

91
92
93
94

96
97
98
99

101
102
103
104

106
107

55

60

65

70

75

80

85

90

95

100

105

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-prova.pdf-html.html

21)OescritorGracilianoRamosexerceuomandatode
Prefeito emPalmeiradosÍndios,interiordeAlagoas,
por dois anos, ao fim dos quais redigiu o relatório
acima, encaminhado ao Sr. Governador do Estado,
dando conta de sua administração. Lendo-se com
atenção as partes do relatório transcritas acima e
considerando-se as normas estabelecidas para a
redaçãode relatórios,pode-se afirmarque o textodo
PrefeitoGracilianoRamos:

22) No item “Começos”, o autor refere-se aos
obstáculosqueencontrou,dentroeforadaPrefeitura,
para poder organizá-la administrativamente. Pela
maneiracomoosdescreve,épossívelentenderqueos
obstáculoseram,respectivamente:

A)

B)

C)

D)

E)

A)

B)

C)

D)

E)

está rigorosamente de acordo com as normas de
redação de relatórios, em razão da objetividade e
daclarezadotexto;
contraria por completo as normas de redação de
relatórios, pela falta de exatidão das informações
apresentadas;
é uma peçaderedaçãotécnica,masproduzidacom
elementos

de redação literária, por força da

combinação de dados objetivos c o m o u t r o s repletos
desubjetividade;
tem a extensão própria dos relatórios técnicos, mas
limita-seaapresentaraopiniãodoenunciadorsobre
osdadosquesãoobjetodeinformação;
não pode ser considerado um relatório, no sentido
exato da palavra, mas uma peça literária produzida
para impressionar Sua Excelência o Governador d o
Estado.

aincompetênciadefuncionárioseafaltadeeducação
departedoshabitantesdacidade;
ainsídiaarquitetadaporfuncionárioseamaledicência
espalhadaporcidadãosdescontentes;
a insatisfação dos barnabés por causa dos baixos
salários e a falta de perspectiva dos habitantes por
causadamisériaemqueviviam;
odescontentamentodosfuncionários em virtude da
carga maior de trabalho e as manifestações dos
contribuintes contrários ao aumento da carga
tributária;
arevoltadefuncion áriosameaçadosdedemissãoea
ameaçadecoronéisinsatisfeitoscomanovaordem.

23)Noitem“ReceitaeDespesas”,depoisdereferir-se
aumareceitaobtidadequase50%superioràprevista
noorçamento,oautoratribuiadoisfatoresaaplicação
nem

sempre

adequada

do

dinheiro

público

arrecadado. Tais fatores podem ser resumidos da
seguinteforma:

24) No item “Eventuais”, fica c l a r o q u e a s d e s p e s a s
referidastiveram,essencialmente,efeito:

25) No item “Cemitério”, explica-se o emprego do
verbo

como:

26) No item “Administração”, o autor relacionou os
vários motivos utilizados pelos esbanjadores do
dinheiro público para justificar a remessa de
telegramas,entreosquaisNÃOseencontra:

27) No item “Conclusão”, com a expressão “Evitei
emaranhar-me em teias de aranha” o Prefeito quis
dizerque:

A)

B)

C)

D)

E)

A)
B)
C)
D)
E)

A)
B)
C)

D)
E)

A)
B)
C)
D)
E)

A)

B)

C)

D)

E)

a incompetência do Prefeito para realizar obras
públicas e a desonestidade dos antecessores na
aplicaçãododinheiropúblico;
aimodéstiadoadministradornavisãodacoisapública
eaprodigalidadedopoderlegislativoaodeterminaras
prioridadesdegastospúblicos;
as amarras legais a que estão submetidos os
administradores e a inversão de prioridades em
orçamentosmalelaborados;
aslimitaçõesdeterminadasporumbaixoquocientede
intelectualidade e a inconsistência de um orçamento
elaboradoparalevaroMunicípioàfalência;
a modéstia do gestor quanto à própria capacidade
administrativa e a falta de zelo na elaboração do
orçamento.

moralizadorepolicialesco;
punitivoeexcludente;

disciplinadoreantiinflacionário;

reguladorecorretivo;

preventivoedenunciativo.

umametáforasugeridapelocontexto;

umdesviosemânticoinvoluntáriodoautor;

uma forma de desvalorizar gastos públicos com
necrópoles;
umavisãonegativaquesetemdamorte;
umdesvioinsólitodeestilodeumescritorclássico.

divulgaçãodeobraspúblicas;

informaçõessobreeventoshistóricos;
anúnciodecrimesdesvendadospelapolícia;

comunicaçãodeacontecimentospolíticos ;

comunicadodefalecimento.

furtou-se deempreenderobraspúblicas de fachada,
seminteresseparaapopulação;
esquivou-sedecondutasquepudessemcomprometer
asuaautoridade;
desviou-sedeadotarpolíticasquepermitissemaseus
adversáriospediracassaçãodeseumandato;
preservou-se da contaminação de opiniões que
desafiavamasuaautoridade;
relegouasegundoplanoasmanifestaçõescontrárias
àsuagestão.

enterrei

www.tradecensus.com.br

06

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-prova.pdf-html.html

34)Notrecho“Oslitrosaquitinhammilequatrocentos
gramas” (linhas 45-46), o autor usou o substantivo

(unidade de peso) no gênero masculino,

conforme determina a norma culta da língua. Das
frases baixo, aquela em que há impropriedade de
empregodesubstantivoquantoaogênerogramatical
é:

35)Aformagrifadanotrecho“Certosindivíduos,não
sei

, imaginam que devem ser consultados”

(linhas 78-79) está corretamente grafada, com os
elementos separados. A mesma forma terá os
elementosgrafadosjuntos,enãoseparados,nafrase:

36)Dasalteraçõespropostasabaixoparaaredaçãoda
parte sublinhada no trecho “Se a minha estada na
Prefeitura por estes dois anos dependesse de um
plebiscito,

”(linhas

101-103),háerrodeflexãoverbalem:

grama

por que

talvez eu não obtivessedezvotos

A)
B)
C)
D)

E)

A)

B)

C)

D)

E)

A)
B)
C)
D)
E)

Omaridodenunciousuacônjugeaodelegado.

Amarcadacalestavaestampadanomonumento.

Ojogadortinhafraturadoaomoplata.
Descobriu-se um novo estratagema para atrair a
freguesia.
Ochampanhefrancêsenobreceuafesta.

Tenho para mim que a medida por que lutei era
desnecessária.
O Prefeito quer saber por que os funcionários não
compareceram.
Ainda se discutia por que a o b r a n ã o t i n h a s a í d o d o
papel.
As razões por q u e o P r e f e i t o executou a obra eram
muitas.
Porquenãoqueriaouvi-los,fecheiosouvidos.

talvezeunãorequisessedezvotos;

talvezeunãodispusessededezvotos;

talvezeunã oantevissedezvotos;

talvezeunãointerviesseemdezvotos;
talvezeunãodesfizessedezvotos.

28) No trecho “Não foram muitos,

os nossos

recursos são exíguos” (linhas 5-6), para que se
mantenha o sentido original do texto, a palavra
sublinhadasóNÃOpodesersubstituídapor:

29)Paraoadequadoentendimentodotexto,épreciso
interpretarqueosujeitodoverbo

(linha9)é:

30) Nos itensabaixo,alterou-se a r e d a ç ã o d a o r a ç ã o
sublinhada no trecho “o

” (linhas 10-11), observando-se as normas de

regência quanto ao emprego do pronome relativo. A
opçãoemqueseconstataerroderegênciaé:

31)Dirigindo-seaoGovernadordeAlagoas,oPrefeito
usouaformadetratamento VossaExcelência. Se ele
estivesse dirigindo-se ao Presidente do Tribunal de
JustiçadaqueleEstado,usariaaformadetratamento:

32) Entre as duas orações que compõem o trecho
“Para que semelhante anomalia desaparecesse lutei
com tenacidade” (linhas 20-21), depreende-se uma
relaçãodesentidode:

33)Aosereescrever a partesublinhada dotrecho“A
receita,orçadaem50:000$000,subiu,

,a71:649$290”(linhas36-37),alterou-

seosentidooriginalem:

que

custaram

dequedependiam todos os

outros

apesardeoano

tersidopéssimo

A)
B)
C)
D)
E)

A)
B)
C)
D)
E)

A)
B)
C)
D)
E)

A)
B)
C)
D)
E)

A)
B)
C)
D)
E)

A)
B)
C)
D)
E)

portanto;

porque;

pois;

porquanto;
dadoque.

“nossosrecursos”;

“PrefeituradePalmeiradosÍndios”;

“ascondiçõesemqueoMunicípioseachava”;
“trabalhosrealizados”;

“oobservadorafastado”.

oaquerecorremtodososoutros;

ocomquepartilhamtodososoutros;

oparaondesedirigemtodososoutros;

oemqueconfiamtodososoutros;

osobrequesereferemtodososoutros.

SuaMajestade;

VossaEminência;
SuaMagnificência;

VossaExcelência;

VossaSenhoria.

concessãoerestrição;

causaeconseqüência;

finalidadeemeio;

condiçãoepressuposição;

comparaçãoefiguração.

adespeito deoanotersidopéssimo;

contantoqueoanotenhasidopéssimo;
aindaqueoanotenhasidopéssimo;

péssimoquetenhasidooano;

tendosidopéssimooano.

Tel.:(21)2722-1815

07

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-prova.pdf-html.html

37)Senforumnúmerointeiro,pode-seconcluirque:

38) Aplicou-se um teste de aptidão esportiva a 1.240
crianças e constatou-se que 31 tinham forte aptidão
paranatação.Nestecaso,pode-seconcluirqueataxa
decriançascomforteaptidãoparanataçãoé:

39) Em um tanque com 200 litros de água, foram
derramados 50 litros de álcool. A mistura resultante
ficoucom:

40) Os n ú m e r o s x são definidos pela seguinte lei de
formação: x = 1; x = 2x

+ x , se n > 1. Neste caso,

pode-seafirmarque:

A)
B)
C)
D)
E)

A)
B)
C)
D)
E)

A)
B)
C)
D)
E)

A)
B)
C)
D)
E)

Se1

n<100,entãonassume100valores;

Se3<n<99,entãonassume94valores;

Se2

n<104,entãonassume102valores;

Se1

n

100,entãonassume101valores;

Se1

n

97,entãonassume96valores.

5%;

20pormil;

4%;
25pormil;

30pormil.

20%deálcool;
25%deálcool;

23%deálcool;

18%deálcool;

15%deálcool.

x = 6 4 ;

x = 3 1 ;
x = 5 ;

x = 11;

x = 2 .

n

1

n

n - 1

1

6

5

3

4

2

41)Joãotinhaqueembarcaremumaviãonomáximo
até10horas.Calculouotempo disponíveleconcluiu
que, se antes fosse visitar a irmã, ele chegaria para
embarcaràs9horase40minutos.Nestescálculosele
considerouumamargemdeerroedecidiufazeravisita
sem medo de perder o avião. Sabendo que esta
margem é a maior possível dentre as que estão
transcritasabaixo, pode-seconcluirqueamargemfoi
de:

42)Éfatobemconhecidoquetodasasbaleiasvivem
naágua.Considerando-se apenas este fato, pode-se
concluirque:

A)
B)
C)
D)
E)

A)
B)
C)
D)
E)

5minutos;

9minutos;
15minutos;

21minutos;

25minutos.

peixesnãosãobaleiasporquenãotêmpulmões;

baleiasnãosãopeixesporquetêmpulmões;

cavalosnãosãobaleiasporquesãoquadrúpedes;

baleiassãomamíferosporqueosfilhotesmamam;

boisnãosãobaleiasporquenãovivemnaágua.

www.tradecensus.com.br

Raciocínio Lógico

≤ ≤

≤ ≤

08

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-prova.pdf-html.html

01
02
03
04

06
07
08
09

11
12
13
14

16
17
18
19

21
22
23
24

26

27
28
29

31
32
33
34

36
37
38
39

41
42
43
44

46
47
48
49

51
52
53
54

05

10

15

20

25

30

35

40

45

50

Readtwoofthevarious“FrequentlyAskedQuestions”
ontheuseofNuclearEnergyintheUSA,foundatand
adapted from

,

and choose the most appropriate option for each
questionaccordingtothetext.

1 - Why hasn't the waste disposal question been
resolvedbeforenow?

Thehigh-levelradioactivewastedisposalquestion

has not been resolved because it has neither been
politically advantageous nor physically necessary to
do so.Used fuel fromcommercialreactors has been
safely kept in water-filled p o o l s at the reactor sites.
However,several methods for handlingthese wastes
havebeenworkedoutscientifically.

The federal government is responsible for

disposing of high-level radioactive waste. These
wastes include used fuel or materials left after
reprocessingthe u s e d f u e l . The waste willbeinsolid
form.

The Nuclear Waste Policy Act of 1982 details a

methodandtimetable forsiteselection,construction,
andoperationofhigh-levelnuclearwasterepositories.
Thefirstsiteisexpectedtobeinoperationaroundthe
turnofthecentury.Thiswillbeforpermanentgeologic
disposal inastableformationfarbelowthesurfaceof
the earth. Safe waste processing and handling
techniquesareknown;itisaquestionofresolvingthe
political and location issues, and then putting the
techniquesintopractice.

2 - What are low-level wastes and how are they
disposedof?

Low-level wastes contain little radioactivity. They

require little or no shielding, and no cooling. They
consist of the discarded disposable protective
clothingfromthemedicalfacilitiesandnuclearpower
plants,water-treatmentresins and filters,compacted
trash, contaminated lab equipment, plastics, metals,
andliquids.Theyaretheresultofgoodhousekeeping
practice in whichnon-radioactive waste is separated
fromslightlycontaminatedwaste.

Mostlow-levelwastesaresolidified,putintodrums

andburied at a commercialdisposalsite. There they
are placed at the bottom of trenches (about 20 feet
deep).AttheBarnwell,SC,site,forexample,trenches
arebackfilledwithsandandcoveredinclayeachday
to keep moisture from getting in. Whenfull, trenches
are mounded and capped with clay, and finished off
withafootoftop-soil.Grassisplantedtohelpprevent
erosion. The collection, transportation and burial of
low-levelradioactive wastesareallcloselymonitored
and controlled by the Department of Transportation
andtheNuclearRegulatoryCommission.

When properly managed, these low-level wastes

donotposeahazard.Theindustrynowhas30ye arsof
experience inhandlingand shipping these materials.
There has never been an accident with these wastes
thathadserioushealthresultsduetoradioactivity.

The 1980Low-LevelWaste PolicyActmakeseach

stateresponsibleforprovidingthedisposalofitsown

http://www.nuc.umr.edu/~ans/QA.html

waste.Alsoencouragedarejointeffortsamongseveral
statesforasharedsite.

(adaptedfrom

)

http://www.nuc.umr.edu/~ans/pages41-.html

43) The text above contains two questions which
discussthefollowingtopicsrespectively:

44)In“necessarytodoso”(lines5-6),

refersto:

45)Water-filledpoolsareusedtokeep:

46) How is low-level waste processed inorder to be
disposedof?Afterbeingsolidified,itis:

47)Buryinglow-levelwasterequiresthatthetrenches
shouldbe:

48)Clayisconstantlyspreadoverthesandinpartially
filledtrenchesinorderto:

A)
B)

C)

D)

E)

A)
B)
C)
D)
E)

A)
B)
C)
D)
E)

A)
B)
C)
D)
E)

A)
B)
C)

D)

E)

A)
B)
C)
D)
E)

high-levelnuclearwaste/commercialreactors;

commercialreactors/thedisposaloflow-levelnuclear
waste;
the disposal of nuclear waste in general / running
nuclearpowerplants;
the disposal of high-levelwaste/thedisposaloflow-
levelwaste;
the disposal of high-level wastes / the 1980 Waste
PolicyAct.

resolvingthequestion;

discussingthequestion;

disposingofthewaste;

readdressingthequestion;

usingnuclearreactors.

low-levelwasteinsolidform;

low-levelwasteinanyform;

commercialreactors;

reprocessedlow-levelfuel;
high-levelnuclearwaste.

packedint odrumsandburied;

buriedatacommercialsite;
wrappedupandburiedintrenches;

keptinwater-filledtanks;

putintodrumsandkeptinwater-filledtanks.

filledwithalayerofclayandanotherofcement;
filledwithtwothicklayersofconcretemixedwithclay;

filledwithalayerofsand,alayerofclayandanotherof
earth;
covered with a special kind of grass that grows on
layersofclay;
coveredinclaybeforebeingfilledwithsoilandalayer
ofconcrete.

avoiderosion;

keepthetrenchesdry;

keepthetrenchesdamp;
keepthetrencheswet;

preventradioactivityfromleaking.

so

Tel.:(21)2722-1815

Língua Inglesa

55

56
57

09

trade-census-2004-cnen-analista-em-c-t-senior-administracao-prova.pdf-html.html

www.tradecensus.com.br

49)Thehandlingoflow-levelwastehasoverthepast
threedecadesproventobe:

50) The phrase “goodhousekeepingpractice” (lines
33-34)hasbeenusedtoreferto:

A)
B)
C)
D)
E)

A)

B)
C)

D)

E)

prettyharmful;

fartoorisky;

terriblydamaging;

verydangerous;

fairlysafe.

the adequate process of cooling used fuel from
reactors;
theappropriatewayofhandlingradioactivematerial;

thecorrectwayofrunningmedicalfacilitiesaswellas
watertreatmentplants;
therecommended way of dealingwith usedfuelfrom
reactors;
the adequate choice ofprotective clothing at medical
facilities.

10