Prova Concurso - Administração - RIO-2015-IF-RJ-ASSISTENTE-EM-ADMINISTRACAO - BIO - RIO - 2015

Prova - Administração - RIO-2015-IF-RJ-ASSISTENTE-EM-ADMINISTRACAO - BIO - RIO - 2015

Detalhes

Profissão: Administração
Cargo: RIO-2015-IF-RJ-ASSISTENTE-EM-ADMINISTRACAO
Órgão: RIO
Banca: BIO
Ano: 2015
Nível: Superior

Downloads dos Arquivos

prova.pdf
gabarito.pdf

Provas relacionadas

AGENTE-ADMINISTRATIVO-PREVIDENCIARIOCONCURSOS2018
ASSISTENTE-DE-ADMINISTRACAOFUNPAPA2018
AUXILIAR-DE-ADMINISTRACAOFUNPAPA2018

Gabarito

bio-rio-2015-if-rj-assistente-em-administracao-gabarito.pdf-html.html

  Fundação BIO-RIO – Concursos   

 

 

 

07/12/2015

 

   INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO  
   CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS TÉC. ADM.  EM  EDUCAÇÃO

 

    

            

 

  Gabarito Preliminar 

 

 

 
 
ASSISTENTE DE ADMINISTRAÇÃO 
 
CADERNO 1

  

 

01  02  03  04  05  06  07  08  09  10  11  12  13  14  15  16  17  18  19  20 

A 

B 

B  D  C 

C 

E 

E 

C 

C  A  A  D  B  D  C 

E 

D 

E 

A 

 

21  22  23  24  25  26  27  28  29  30  31  32  33  34  35  36  37  38  39  40 

B 

A  B 

B 

E 

D  A 

C  A 

E 

C 

E 

A  D  B 

B 

B 

A  D  C 

 

41  42  43  44  45  46  47  48  49  50 

E 

C 

B 

A  D  B 

E 

E 

C  A 

 
 
 

Prova

bio-rio-2015-if-rj-assistente-em-administracao-prova.pdf-html.html

LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES

1 - A duração das provas será de 4 (quatro) horas, já incluído o tempo de 

preenchimento do Cartão de Respostas. 

2 - O candidato que, na primeira hora de prova, se ausentar da sala e a ela 

não retornar, será eliminado. 

3 - Os 3 (três) últimos candidatos a terminar a prova deverão permanecer na 

sala até que todos tenham finalizado suas provas e somente poderão sair 

juntos do recinto, após aposição em ata de suas respectivas assinaturas. 

4  -  O  candidato  NÃO  poderá  levar  o  seu  Caderno  de  Questões  (Provas 

Objetivas) e NÃO poderá copiar o gabarito (assinalamentos).  A imagem 

do seu Cartão de Respostas será disponibilizada na página do concurso 

em http://concursos.biorio.org.br na data prevista no cronograma. 

INSTRUÇÕES - PROVA OBJETIVA

1 -  Confira  atentamente  se  este  Caderno  de  Questões  (Provas),  que 

contém 50 (cinquenta) questões objetivas, está completo.

2 -  Cada questão da Prova Objetiva conterá 5 (cinco) opções e somente 

uma correta.

3 -  Confira se os seus dados pessoais, o cargo escolhido, indicados no cartão 

de  respostas,  estão  corretos.  Se  notar  qualquer  divergência,  notifique 

imediatamente  ao  Fiscal  de  Sala  ou  ao  Chefe  de  Local.  Terminada  a 

conferência, você deve assinar o cartão de respostas no espaço apropriado.

4 -  Confira atentamente se o cargo e o número do caderno que estão 

no caderno de questões é o mesmo do que consta em seu cartão de 

respostas e na etiqueta com seus dados colada na mesa/cadeira onde 

foi  designado  para  sentar.  Se  notar  qualquer  divergência,  notifique 

imediatamente ao Fiscal de Sala ou ao Chefe de Local.

5 -  Cuide  de  seu  cartão  de  respostas.  Ele  não  pode  ser  rasurado, 

amassado, dobrado nem manchado.

6 -  Se você marcar mais de uma alternativa, sua resposta será considerada 

errada mesmo que uma das alternativas indicadas seja a correta.

7 -  No decorrer da prova objetiva o fiscal de sala irá colher a sua digital no 

selo que está no seu cartão de respostas.

8 -  O fiscal de sala não poderá prestar qualquer esclarecimento sobre o 

conteúdo da prova.  Caso discorde de qualquer questão o candidato 

deverá entrar com recurso administrativo contra as questões na data 

prevista no cronograma.

AGENDA

 

l

  06/12/2015  (Manhã  e  Tarde),  PROVAS 

OBJETIVAS/RECEBIMENTO DE TITULOS. 

l

  07/12/2015, Divulgação do Gabarito Preliminar 

das Provas Objetivas/Exemplares das Provas.

l

  10/12/2015,  Disponibilização  das  Imagens 

dos Cartões Respostas das Provas Objetivas.

l

  11/12 e 14/12/2015, Interposição de Recursos 

contra as questões das Provas Objetivas.

l

  23/12/2015,  Divulgação  dos  Gabaritos 

Definitivos das Provas Objetivas.

l

  23/12/2015, Resultado do Recurso contra 

as questões das Provas Objetivas.

l

  29/12/2015, Divulgação Relação Preliminar 

das Notas das Provas Objetivas.

l

  05/01  a  06/01/2016,  Interposição  de 

Recursos  contra  a  Relação  Preliminar  de 

Notas da Prova Objetiva.

l

  07/01/2016,  Resultado  do  Recurso  contra  a 

Relação Preliminar de Notas da Prova Objetiva.

l

  07/01/2016,  Divulgação  da  Relação  Final 

das Notas das Provas Objetivas.

l

  16/01/2016,  Relação  dos  candidatos  que 

terão os seus títulos analisados.

l

  18/01  a  19/01/2016,  Interposição  de 

Recursos  contra  a  Relação  Preliminar  de 

Notas da Avaliação de Títulos.

l

  25/01/2016, Resultado do Recurso contra as 

Notas Preliminares da Avaliação de Títulos.

l

  25/01/2016,  Divulgação  da  Relação  Final 

das Notas da Avaliação de Títulos.

l

  26/01/2016, Resultado Final do Concurso.

INFORMAÇÕES: 

Tel: (21) 3525-2480 das 09 às 18h

 

Internet: http://concursos.biorio.org.br 

E-mail: ifrj2015@biorio.org.br

CÓDIGO:  ND-01, ND-02, ND-03, ND-04, ND-05, ND-06, ND-07, 

ND-08, ND-09 e ND-10.

ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO

CADERNO: 1

 

bio-rio-2015-if-rj-assistente-em-administracao-prova.pdf-html.html

ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO                                                                                                                                                                  CADERNO 1    

2

LÍNGUA PORTUGUESA

TEXTO

 

ENTREVISTA

PERGUNTA – O que nos dá o direito de submeter outros 

seres vivos indefesos ao sofrimento em pesquisas médicas?

RESPOSTA  –  O  fato  de  que  existe  um  meio  termo  entre 

abusar  dos  animais  e  acreditar  que  eles  não  devem 

ser usados em pesquisas de maneira nenhuma. E não é 

preciso ser médico, ou estar envolvido nas pesquisas, para 

pensar  assim.  O  caso  do  Dalai  Lama,  um  líder  espiritual 

que  não  come  carne,  é  interessante  nesse  aspecto.  Ele 

afirma que devemos tratar os animais com respeito e que 

não devemos explorá-los. Especificamente em resposta à 

experimentação animal, ele já disse que as perdas são de 

curto prazo, mas os benefícios de longo prazo são muitos. 

Se surgir a necessidade de sacrificar um animal, afirma o 

Dalai  Lama,  devemos  fazê-lo  com  empatia,  causando  o 

mínimo de dor possível. Menciono o Dalai Lama como um 

exemplo de que é possível desenvolver um raciocínio ético 

a respeito deste assunto, compatível inclusive com outras 

formas de respeito à vida animal, como o vegetarianismo.

PERGUNTA – Há quem diga que o único motivo por que os 

cientistas se preocupam com o bem-estar dos animais é 

porque o estresse e o sofrimento alteram o resultado das 

pesquisas. É assim que os cientistas agem?

ENTREVISTADO  –  Penso  que  os  cientistas  são  pessoas 

extremamente morais. Em nosso laboratório, por exemplo, 

os  cientistas  tratam  os  animais  como  indivíduos  muito 

especiais.  Passamos  muito  tempo  cuidando  deles,  pois 

vivemos da pesquisa de animais. Nós nos certificamos de 

que eles estão confortáveis e suas necessidades, supridas. 

As instalações nas quais a maioria dos animais de pesquisas 

são acomodados são muito superiores às dos animais de 

estimação.

A  entrevista  acima  é  realizada  com  Michael  Conn,  que 

defende a ideia do uso de cobaias nos laboratórios como 

essencial ao progresso da medicina.

QUESTÃO 1

A primeira pergunta do entrevistador indica:

(A)  um posicionamento contrário ao do entrevistado.

(B)  uma  posição  simpática  ao  sacrifício  de  animais  nos 

laboratórios.

(C)  um pensamento religioso apoiado na Bíblia.

(D)  uma  defesa  das  pesquisas  com  animais  em  função  do 

progresso.

(E)  uma  visão  muito  sentimentalista  sobre  o  sacrifício  de 

animais.

QUESTÃO 2

A finalidade de o entrevistado citar o posicionamento do Dalai 

Lama é:

(A)  indicar uma crítica ao que pensam os religiosos.

(B)  citar  uma  famosa  liderança  religiosa  em  apoio  de  suas 

opiniões.

(C)  mostrar amplo conhecimento a respeito do assunto.

(D)  apelar para uma opinião científica semelhante à sua.

(E)  demonstrar a sabedoria oriental a respeito do assunto.

QUESTÃO 3

 “O fato de que existe um meio termo entre abusar dos animais 

e acreditar que eles não devem ser usados em pesquisas de 

maneira nenhuma”.

As posições citadas nesse trecho da resposta do entrevistado 

indicam:

(A)  respectivamente, uma posição favorável e outra contrária 

ao sacrifício de animais.

(B)  duas  posições  contrárias  ao  emprego  de  animais  em 

pesquisas.

(C)  duas  posições  favoráveis  ao  emprego  de  animais  em 

pesquisas.

(D)  respectivamente, uma posição contrária e uma favorável 

ao sacrifício de animais.

(E)  a  apresentação  de  posicionamentos  extremamente 

sentimentais.

QUESTÃO 4

 “...é possível desenvolver um raciocínio ético a respeito deste 

assunto”;  a  forma  de  reescrever-se  essa  frase  do  texto  que 

mostra incorreção ou modificação do sentido original é:

(A)  é  possível  o  desenvolvimento  de  um  raciocínio  ético  a 

respeito deste assunto.

(B)  é  possível,  a  respeito  deste  assunto,  desenvolver  um 

raciocínio ético

(C)  há possibilidade de que se desenvolva um raciocínio ético 

a respeito deste assunto.

(D)  é  possível  que  se  desenvolvesse  um  raciocínio  ético  a 

respeito deste assunto.

(E)  é possível desenvolver-se um raciocínio  ético sobre este 

assunto.

QUESTÃO 5

O entrevistado destaca o fato de que o Dalai Lama não come 

carne; a finalidade desse destaque é:

(A)  indicar que o Dalai Lama despreza os animais em geral.

(B)  mostrar  que  os  hábitos  alimentares  no  mundo  variam 

bastante.

(C)  comprovar que a opinião do Dalai Lama é imparcial.

(D)  demonstrar  que  as  pesquisas  com  animais  são 

universalmente aceitas.

(E)  ironizar uma contradição na opinião do Dalai Lama.

bio-rio-2015-if-rj-assistente-em-administracao-prova.pdf-html.html

3

ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO                                                                                                                                                                  CADERNO 1    

QUESTÃO 6

  “Ele  afirma  que  devemos  tratar  os  animais  com  respeito  e 

que  não  devemos  explorá-los.  Especificamente  em  resposta 

à  experimentação  animal,  ele  já  disse  que  as  perdas  são  de 

curto prazo, mas os benefícios de longo prazo são muitos. Se 

surgir a necessidade de sacrificar um animal, afirma o Dalai 

Lama, devemos fazê-lo com empatia, causando o mínimo de 

dor  possível.  Menciono  o  Dalai  Lama  como  um  exemplo  de 

que é possível desenvolver um raciocínio ético a respeito deste 

assunto...”.

Entre as formas verbais sublinhadas, aquela que não corresponde 

a um infinitivo, mas sim ao futuro do subjuntivo, é:

(A)  tratar.

(B)  explora(r).

(C)  surgir.

(D)  sacrificar.

(E)  desenvolver.

QUESTÃO 7

  “...ele  já  disse  que  as  perdas  são  de  curto  prazo,  mas  os 

benefícios  de  longo  prazo  são  muitos”.  Nesse  segmento  do 

texto há a presença de uma figura de linguagem denominada:

(A)  pleonasmo.

(B)  hipérbole.

(C)  eufemismo;

(D)  metáfora.

(E)  antítese.

QUESTÃO 8

O texto é um exemplo de um modo de organização discursiva, 

que é:

(A)  descritivo com segmentos narrativos.

(B)  dissertativo expositivo.

(C)  narrativo com segmentos argumentativos.

(D)  descritivo com segmentos argumentativos.

(E)  dissertativo argumentativo.

QUESTÃO 9

“Ele  afirma  que  devemos  tratar  os  animais  com  respeito”; 

a  forma  de  reescrever  essa  frase  do  texto  que  apresenta 

incorreção ou modificação do sentido original é:

(A)  Afirma ele que devemos tratar com respeito os animais.

(B)  Ele afirma que os animais devem ser tratados com respeito.

(C)  Ele afirma respeitosamente que devemos tratar os animais.

(D)  Ele  afirma  que  os  animais  devem  ser  tratados 

respeitosamente.

(E)  Devemos tratar os animais com respeito, é o que afirma 

ele.

QUESTÃO 10

  “O  fato  de  que  (1)  existe  um  meio  termo  entre  abusar  dos 

animais  e  acreditar  que  (2)  eles  não  devem  ser  usados  em 

pesquisas de maneira nenhuma. E não é preciso ser médico, 

ou estar envolvido nas pesquisas, para pensar assim. O caso 

do Dalai Lama, um líder espiritual que (3) não come carne, é 

interessante nesse aspecto. Ele afirma que (4) devemos tratar 

os animais com respeito e que (5) não devemos explorá-los”.

O vocábulo numerado que pertence a uma classe gramatical 

diferente das demais é:

(A)  1

(B)  2

(C)  3

(D)  4

(E)  5

QUESTÃO 11

“Há  quem  diga  que  o  único  motivo  por  que  os  cientistas  se 

preocupam com o bem-estar dos animais é porque o estresse 

e o sofrimento alteram o resultado das pesquisas”.

Sobre as duas formas gráficas sublinhadas, podemos dizer que:

(A)  As duas formas estão corretas.

(B)  As duas formas estão erradas.

(C)  Só a primeira forma está errada.

(D)  Só a segunda forma está errada.

(E)  As duas formas pertencem à mesma classe gramatical.

QUESTÃO 12

O segmento abaixo que apresenta forma de voz passiva é:

(A)  “eles  não  devem  ser  usados  em  pesquisas  de  maneira 

nenhuma”.

(B)  “E  não  é  preciso  ser  médico,  ou  estar  envolvido  nas 

pesquisas...”.

(C)  “Nós  nos  certificamos  de  que  eles  estão  confortáveis  e 

suas necessidades supridas”.

(D)  “Ele afirma que devemos tratar os animais com respeito e 

que não devemos explorá-los...”.

(E)  “Penso  que  os  cientistas  são  pessoas  extremamente 

morais”.

QUESTÃO 13

 “O segmento sublinhado que exemplifica um complemento e 

não um adjunto, é:

(A)  bem-estar dos animais.

(B)  resultado das pesquisas.

(C)  o caso do Dalai Lama.

(D)  pesquisa de animais.

(E)  animais de estimação.

bio-rio-2015-if-rj-assistente-em-administracao-prova.pdf-html.html

ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO                                                                                                                                                                  CADERNO 1    

4

QUESTÃO 14

“Nós  nos  certificamos  de  que  eles  estão  confortáveis  e  suas 

necessidades, supridas”. 
Justifica-se o emprego de vírgula nesse período porque há:

(A)  uma inversão de termos.

(B)  a omissão de um verbo.

(C)  a necessidade de esclarecer uma ambiguidade.

(D)  um aposto.

(E)  um vocativo.

QUESTÃO 15

O vocábulo abaixo que não mostra a presença de um sufixo é:

(A)  cientista.

(B)  sofrimento.

(C)  extremamente.

(D)  laboratório.

(E)  espiritual.

RACIOCÍNIO LÓGICO

QUESTÃO 16

Observe  os  cinco  primeiros  termos  da  sequência  a  seguir:   

5, 8, 13, 21, 34, ...

O sétimo termo é:

(A)  87

(B)  88

(C)  89

(D)  90

(E)  91

QUESTÃO 17

Em uma urna há quatro bolas azuis, três bolas brancas e seis 

bolas  vermelhas.  O  número  mínimo  de  bolas  que  temos  de 

retirar da urna para termos certeza de que há ao menos uma 

bola de cada cor é:

(A)  7

(B)  8

(C)  9

(D)  10

(E)  11

QUESTÃO 18

João come pipoca sempre que vai ao cinema. Sempre que vai 

ao teatro, João toma um sorvete. Hoje João não foi ao cinema 

nem tomou sorvete. Assim, avalie se as seguintes afirmativas 

são falsas (F) ou verdadeiras (V)

  João não comeu pipoca.

  João não foi ao teatro.

  João comeu pipoca.

As afirmativas são respectivamente:

(A)  V, V e V.

(B)  V, V e F.

(C)  F, V e V.

(D)  F, V e F.

(E)  F, F e F.

QUESTÃO 19

Marcelo é 3 anos mais velho que Moreira, que é 3 anos mais 

velho que Alcir. Daqui a 5 anos, Moreira terá 32 anos. Daqui a 

20 anos, a soma das idades de Alcir, Marcelo e Moreira será 

igual a:

(A)  111

(B)  114

(C)  131

(D)  134

(E)  141

QUESTÃO 20

Com  a  inflação,  mês  passado  um  comerciante  aumentou  o 

preço de seus produtos em 20%. Agora ele está arrependido 

porque as vendas caíram muito. Assim, ele resolveu baixar os 

preços atuais em 20%. Dessa forma, o preço final a ser cobrado 

depois  desse  desconto,  comparado  com  o  preço  inicial,  de 

antes do aumento, será:

(A)  4% mais barato.

(B)  2% mais barato.

(C)  igual.

(D)  2% mais caro.

(E)  4% mais caro.

QUESTÃO 21

Um anagrama de uma palavra é qualquer reordenação de suas 

letras. Por exemplo, LAVO é um anagrama de OVAL. A palavra 

CASCA tem a seguinte quantidade de anagramas:

(A)  24

(B)  30

(C)  64

(D)  72

(E)  120

QUESTÃO 22

A  negação  de  “Se  hoje  não  fizer  sol,  então  amanhã  a  gente 

enterra as minhocas” é:

(A)  Hoje não faz sol e amanhã a gente não enterra as minhocas.

(B)  Hoje faz sol e amanhã a gente não enterra as minhocas.

(C)  Hoje não faz sol e amanhã a gente enterra as minhocas.

(D)  Se hoje não fizer sol, então amanhã a gente não enterra as 

minhocas.

(E)  Hoje não faz sol ou amanhã a gente enterra as minhocas.

bio-rio-2015-if-rj-assistente-em-administracao-prova.pdf-html.html

5

ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO                                                                                                                                                                  CADERNO 1    

QUESTÃO 23

Nas três primeiras linhas do quadro abaixo, o terceiro número 

foi obtido a partir dos dois primeiros usando-se certa regra.

5

3

16

3

2

5

8

7

15

9

?

56

Se  a  mesma  regra  foi  usada  na  quarta  linha,  a  interrogação 

substitui o seguinte número:

(A)  4

(B)  5

(C)  6

(D)  7

(E)  8

LEGISLAÇÃO E ÉTICA

QUESTÃO 24

De  acordo  com  a  Lei  11.892/08,  os  Institutos  Federais  são 

instituições  de  educação  superior,  básica  e  profissional, 

pluricurriculares  e  multicampi,  especializados  na  oferta 

de  educação  profissional  e  tecnológica  nas  diferentes 

modalidades  de  ensino,  com  base  na  conjugação  de 

conhecimentos técnicos e tecnológicos com as suas práticas 

pedagógicas. Nesse sentido, avalie se as afirmativas a seguir 

são falsas (F) ou verdadeiras (V):

  Para  efeito  da  incidência  das  disposições  que  regem  a 

regulação,  avaliação  e  supervisão  das  instituições  e  dos 

cursos  de  educação  superior,  os  Institutos  Federais  são 

equiparados às universidades federais.

  É  vedado  aos  Institutos  Federais  exercer  o  papel  de 

instituições acreditadoras e certificadoras de competências 

profissionais.

  Os Institutos Federais têm autonomia para criar e extinguir 

cursos,  nos  limites  de  sua  área  de  atuação  territorial, 

bem  como  para  registrar  diplomas  dos  cursos  por  eles 

oferecidos,  mediante  autorização  do  seu  Conselho 

Superior,  aplicando-se,  no  caso  da  oferta  de  cursos  a 

distância, a legislação específica

As afirmativas são respectivamente:

(A)  V, V e V.

(B)  V, F e V.

(C)  F, V e F.

(D)  F, F e V.

(E)  F, F e F.

QUESTÃO 25

Avalie se, de acordo com a Lei 11.892/08, os Institutos Federais 

têm, entre outras, as seguintes finalidades e características:

I.  Ofertar  educação  profissional  e  tecnológica,  em  todos 

os  seus  níveis  e  modalidades,  formando  e  qualificando 

cidadãos com vistas na atuação profissional nos diversos 

setores  da  economia,  com  ênfase  no  desenvolvimento 

socioeconômico local, regional e nacional.

II.  Desenvolver a educação profissional e tecnológica como 

processo educativo e investigativo de geração e adaptação 

de soluções técnicas e tecnológicas às demandas sociais e 

peculiaridades regionais.

III.  Promover a produção, o desenvolvimento e a transferência 

de  tecnologias  sociais,  notadamente  as  voltadas  à 

preservação do meio ambiente.

Estão corretos:

(A)  I, apenas.

(B)  III, apenas.

(C)  II e III, apenas.

(D)  I e II, apenas.

(E)  I, II e III.

QUESTÃO 26

De acordo com a Lei 11.892/08, são objetivos dos Institutos 

Federais, entre outros, os a seguir listados, EXCETO UM, que 

está ERRADO. Assinale-o.

(A)  Ministrar  educação  profissional  técnica  de  nível  médio, 

prioritariamente na forma de cursos integrados, para os 

concluintes  do  ensino  fundamental  e  para  o  público  da 

educação de jovens e adultos.

(B)  Ministrar  cursos  de  formação  inicial  e  continuada 

de  trabalhadores,  objetivando  a  capacitação,  o 

aperfeiçoamento,  a  especialização  e  a  atualização  de 

profissionais,  em  todos  os  níveis  de  escolaridade,  nas 

áreas da educação profissional e tecnológica.

(C)  Realizar 

pesquisas 

aplicadas, 

estimulando 

desenvolvimento  de  soluções  técnicas  e  tecnológicas, 

estendendo seus benefícios à comunidade.

(D)  Apoiar  processos  educativos  que  levem  à  emancipação 

do  cidadão  na  perspectiva  do  desenvolvimento 

socioeconômico  local  e  regional  e  desestimular  os  que 

levem à geração de trabalho e renda.

(E)  Desenvolver  atividades  de  extensão  de  acordo  com 

os  princípios  e  finalidades  da  educação  profissional  e 

tecnológica,  em  articulação  com  o  mundo  do  trabalho 

e  os  segmentos  sociais,  e  com  ênfase  na  produção, 

desenvolvimento e difusão de conhecimentos científicos e 

tecnológicos.

bio-rio-2015-if-rj-assistente-em-administracao-prova.pdf-html.html

ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO                                                                                                                                                                  CADERNO 1    

6

QUESTÃO 27

De  acordo  com  a  Lei  8027/90,  que  dispõe  sobre  normas  de 

conduta dos servidores públicos civis da União, das Autarquias 

e das Fundações Públicas, são faltas administrativas puníveis 

com a pena de demissão a bem do serviço público, entre outras, 

as seguintes, EXCETO UMA, que está ERRADA. Assinale-a.

(A)  recusar fé a documentos públicos.

(B)  valer-se,  ou  permitir  dolosamente  que  terceiros  tirem 

proveito  de  informação,  prestígio  ou  influência,  obtidos 

em função do cargo, para lograr, direta ou indiretamente, 

proveito  pessoal  ou  de  outrem,  em  detrimento  da 

dignidade da função pública.

(C)  utilizar  pessoal  ou  recursos  materiais  da  repartição  em 

serviços ou atividades particulares.

(D)  apresentar inassiduidade habitual, assim entendida a falta 

ao  serviço,  por  vinte  dias,  interpoladamente,  sem  causa 

justificada no período de seis meses.

(E)  aceitar  ou  prometer  aceitar  propinas  ou  presentes,  de 

qualquer tipo ou valor, bem como empréstimos pessoais ou 

vantagem de qualquer espécie em razão de suas atribuições.

QUESTÃO 28

Avalie se são deveres dos servidores públicos civis:
I.  Exercer  com  zelo  e  dedicação  as  atribuições  legais  e 

regulamentares inerentes ao cargo ou função.

II.  Cumprir  as  ordens  superiores,  exceto  quando 

manifestamente ilegais.

III.  Atender com presteza ao público em geral, prestando as 

informações  requeridas,  sejam  elas  protegidas  ou  não 

pelo sigilo.

IV.  Manter conduta compatível com a moralidade pública.
Estão corretos:

(A)  I e II, apenas.

(B)  III e IV, apenas.

(C)  I, II e IV, apenas.

(D)  II, III e IV, apenas.

(E)  I, II, III e IV.

QUESTÃO 29

A  Lei  nº  12.527/11  preconiza  que  os  procedimentos  nela 

previstos  destinam-se  a  assegurar  o  direito  fundamental  de 

acesso à informação e devem ser executados em conformidade 

com  os  princípios  básicos  da  administração  pública  e  com  as 

seguintes diretrizes, EXCETO UMA, que está ERRADA. Assinale-a. 

(A)  Observância da publicidade como exceção e do sigilo como 

preceito geral. 

(B)  Divulgação  de  informações  de  interesse  público, 

independentemente de solicitações. 

(C)  Utilização  de  meios  de  comunicação  viabilizados  pela 

tecnologia da informação.

(D)  Fomento ao desenvolvimento da cultura de transparência 

na administração pública. 

(E)  Desenvolvimento  do  controle  social  da  administração 

pública. 

QUESTÃO 30

Avalie se, de acordo com a Lei nº 12.527/11, cabe aos órgãos 

e  entidades  do  poder  público,  observadas  as  normas  e 

procedimentos específicos aplicáveis, assegurar a: 

I.  Gestão  transparente  da  informação,  propiciando  amplo 

acesso a ela e sua divulgação. 

II.  Proteção da informação, garantindo-se sua disponibilidade, 

autenticidade e integridade. 

III.  Proteção  da  informação  sigilosa  e  da  informação 

pessoal,  observada  a  sua  disponibilidade,  autenticidade, 

integridade e eventual restrição de acesso. 

Está correto o que se afirma em:

(A)  I, apenas.

(B)  II, apenas.

(C)  I e II, apenas.

(D)  II e III, apenas.

(E)  I, II e III.

INFORMÁTICA

QUESTÃO 31

Um funcionário de nível médio do IFRJ está trabalhando em 

um microcomputador com sistema operacional Windows 8.1 

BR e executou um atalho de teclado, que permite a alternância 

de acesso a programas em execução concorrente, por meio de 

uma janela de diálogo. Esse atalho de teclado corresponde a 

pressionar, em sequência, as teclas 

 e:

(A)   

(B)   

(C)   

(D)   

(E)   

bio-rio-2015-if-rj-assistente-em-administracao-prova.pdf-html.html

7

ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO                                                                                                                                                                  CADERNO 1    

QUESTÃO 32

No Word 2013 BR, para alterar a cor do texto, deve-se acionar 

o seguinte ícone:

(A)   

(B)   

(C)   

(D)   

(E)   

QUESTÃO 33

Observe a planilha abaixo, criada no Excel 2013 BR.

 

Para  determinar  o  menor  número  entre  todos  os  números 

no intervalo de A3 a E3, deve ser inserida em F3 a seguinte 

expressão: 

(A)  =MENOR(A3:E3;1) 

(B)  =MENOR(A3:E3) 

(C)  =MENOR(A3:E3:1) 

(D)  =MENOR(A3;E3) 

(E)  =MENOR(A3;E3:1) 

QUESTÃO 34

No uso dos recursos do browser Firefox Mozilla, um ícone deve 

ser acionado para verificar o andamento dos downloads. Esse 

ícone é: 

(A)   

(B)   

(C)   

(D)   

(E)   

QUESTÃO 35

No  trabalho  com  computadores,  os  funcionários  do  IFRJ  têm 

preocupação com a segurança de dados e, por isso, geram cópias 

de  segurança  por  meio  do  uso  de  pen-drives  e  discos  rígidos 

como  mídias  no  armazenamento  das  informações.  Tendo  por 

objetivo garantir a integridade dos dados, essa é uma atividade 

de alta importância no contexto da informática conhecida como:

(A)  firewall.

(B)  backup. 

(C)  swap.

(D)  sniffer.

(E)  spyware. 

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

QUESTÃO 36

Em processos licitatórios os projetos básicos exercem um papel 

fundamental. O projeto básico é um conjunto de elementos:

(A)  necessários  e  suficientes  à  execução  completa  de  uma 

obra, elaborados de forma livre.

(B)  necessários e suficientes, com nível de precisão adequado, 

para caracterizar a obra ou serviço, ou complexo de obras 

ou serviços objeto da licitação. 

(C)  para caracterizar e executar obra ou serviço, ou complexo 

de obras ou  serviços  objeto  da  licitação, elaborado  com 

base em estudos realizados a sentimento.

(D)  necessários  e  suficientes  à  execução  completa  de  uma 

obra, elaborados de acordo com as normas pertinentes da 

Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT.

(E)  para caracterizar a obra ou serviço, ou complexo de obras 

ou  serviços  objeto  da  licitação,  elaborado  com  base  em 

estudos  preliminares  desenvolvidos  a  sentimento,  que 

assegurem a viabilidade financeira.

QUESTÃO 37

O projeto básico de um processo licitatório deve conter, entre 

outros, o seguinte elemento:

(A)  orçamento  preliminar  do  custo  global  da  obra,  com 

estimativas de quantitativos de serviços e fornecimentos 

preliminarmente avaliados.

(B)  desenvolvimento da solução escolhida de forma a fornecer 

visão global da obra e identificar todos os seus elementos 

constitutivos com clareza. 

(C)  métodos construtivos detalhados e projetos de instalações, 

bem  como  condições  organizacionais  para  a  obra,  sem 

frustrar o caráter competitivo para a sua execução.

(D)  soluções  técnicas  globais  e  localizadas,  cujo  detalhamento 

será produzido por ocasião do projeto executivo, quando será 

minimizada a necessidade de reformulação ou de variantes.

(E)  identificação  dos  tipos  de  serviços  executados  e  de 

materiais  e  equipamentos  incorporados  à  obra,  bem 

como  suas  especificações  que  assegurem  os  melhores 

resultados para o  empreendimento, sem frustrar o caráter 

competitivo para a sua execução.

bio-rio-2015-if-rj-assistente-em-administracao-prova.pdf-html.html

ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO                                                                                                                                                                  CADERNO 1    

8

QUESTÃO 38

O projeto básico de um processo licitatório deve conter, entre 

outros, o seguinte elemento obrigatório:

(A)  orçamento  detalhado  do  custo  global  da  obra, 

fundamentado  em  quantitativos  de  serviços  e 

fornecimentos propriamente avaliados. 

(B)  métodos  construtivos  gerais  e  projetos  de  instalações 

detalhados, bem como condições organizacionais para a 

obra, e previsão inicial de cronograma.

(C)  soluções técnicas globais, sem detalhamento, e soluções 

técnicas  localizadas,  cujo  detalhamento  será  produzido 

por ocasião do projeto executivo, quando será minimizada 

a necessidade de reformulação ou de variantes.

(D)  plano  de  licitação  e  gestão  da  obra  completos, 

compreendendo  a  sua  programação,  a  estratégia  de 

comunicação, formulários de fiscalização e outros dados 

necessários em cada caso.

(E)  identificação  dos  tipos  de  serviços  executados,  evitando 

detalhar materiais e equipamentos a serem incorporados 

à obra.

QUESTÃO 39

As licitações para a execução de obras e para a prestação de 

serviços  obedecerão  à  seguinte  sequência:  projeto  básico; 

projeto executivo; execução das obras e serviços. Quanto ao 

projeto básico, é correto afirmar que:

(A)  conterá  plano  para  a  obtenção  de  recursos  financeiros 

para a execução das obras ou serviços nele previstos.

(B)  o  produto  das  obras  ou  serviços  por  ele  definidos  se 

sobrepõem  às  metas  estabelecidas  no  Plano  Plurianual, 

por se tratar de processo licitatório.

(C)  as obras e os serviços poderão ser licitados no momento 

em que a comissão de licitação elaborar o projeto básico e 

este estiver disponível para exame dos qualificados para o 

certame.

(D)  as  obras  e  os  serviços  somente  poderão  ser  licitados 

quando ele estiver aprovado pela autoridade competente 

e disponível para exame dos interessados em participar do 

processo licitatório. 

(E)  nele estará contida a previsão de recursos orçamentários 

que assegurem o pagamento das obrigações decorrentes 

de  obras  ou  serviços  a  serem  executadas  no  exercício 

financeiro  seguinte,  independentemente  de  cronograma 

de execução.

QUESTÃO 40

Quanto ao projeto básico, é correto afirmar que:

(A)  é vedada a realização de licitação cujo objeto inclua bens 

e serviços com similaridade ou de marcas, características e 

especificações comuns no mercado.

(B)  será computado como valor da obra ou serviço, para fins 

de  julgamento  das  propostas  de  preços,  a  atualização 

monetária  das  obrigações  de  pagamento  definidas  no 

projeto básico.

(C)  é vedada a inclusão, no objeto da licitação, de fornecimento 

de materiais e serviços sem previsão de quantidades ou 

cujos quantitativos não correspondam às previsões reais 

nele contidas. 

(D)  é permitida a realização de licitação cujo objeto inclua bens 

e serviços sem similaridade ou de marcas, características e 

especificações exclusivas, mesmo nos casos em que não 

for tecnicamente justificável tal procedimento.

(E)  é  permitida  a  inclusão,  no  objeto  da  licitação,  de 

fornecimento  de  materiais  e  serviços  sem  previsão  de 

quantidades  ou  cujos  quantitativos  não  correspondam 

às  previsões  reais,  mediante  justificativas  a  posteriori 

aditadas.

QUESTÃO 41

Com relação ao autor do projeto básico, é correto afirmar que 

não poderá participar:

(A)  diretamente da licitação ou da execução de obra ou serviço 

e do fornecimento de bens a eles necessários, permitindo-

se  a  participação  indireta  apenas  no  caso  de  eventual 

vínculo trabalhista entre o autor do projeto e o licitante.

(B)  diretamente da licitação ou da execução de obra ou serviço 

e do fornecimento de bens a eles necessários, permitindo-

se  a  participação  indireta  apenas  no  caso  de  vínculo  de 

natureza comercial entre o autor do projeto e o licitante.

(C)  diretamente da licitação ou da execução de obra ou serviço, 

mas  poderá  participar  indiretamente  do  fornecimento 

de  bens  a  eles  necessários,  desde  que  o  vínculo  seja 

apenas comercial com o licitante e seja anterior à data da 

publicação do edital.

(D)  diretamente da licitação ou da execução de obra ou serviço, 

mas poderá participar indiretamente do fornecimento de 

bens a eles necessários, desde que o vínculo seja apenas 

trabalhista  com  o  licitante  e  seja  anterior  à  data  da 

publicação do edital.

(E)  direta  ou  indiretamente,  da  licitação  ou  da  execução 

de  obra  ou  serviço  e  do  fornecimento  de  bens  a  eles 

necessários. 

QUESTÃO 42

Não poderá participar, direta ou indiretamente, da licitação ou 

da execução de obra ou serviço e do fornecimento de bens a 

eles necessários, uma empresa, isoladamente ou em consórcio, 

da qual o autor do projeto seja acionista ou detentor de mais 

de um determinado percentual do capital com direito a voto 

ou controlador. Esse limite percentual de participação é de:

 

(A)  1%

(B)  2%

(C)  5% 

(D)  10%

(E)  20%

bio-rio-2015-if-rj-assistente-em-administracao-prova.pdf-html.html

9

ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO                                                                                                                                                                  CADERNO 1    

QUESTÃO 43

O edital do processo licitatório conterá no preâmbulo o número 

de ordem em série anual, o nome da repartição interessada e 

de seu setor, a modalidade, o regime de execução e o tipo da 

licitação,  a  menção  de  que  será  regida  por  esta  Lei,  o  local, 

dia  e  hora  para  recebimento  da  documentação  e  proposta, 

bem  como  para  início  da  abertura  dos  envelopes,  e  indicará, 

obrigatoriamente, a seguinte informação sobre o projeto básico:

(A)  condições para sua consulta ou retirada.

(B)  local onde poderá ser examinado e adquirido. 

(C)  instância administrativa responsável por sua divulgação.

(D)  instância administrativa responsável por sua elaboração.

(E)  instância  administrativa  responsável  por  prestar 

esclarecimentos complementares.

QUESTÃO 44

Um dos gêneros de redação oficial é o “aviso”, e quanto a essa 

modalidade de comunicação, é correto afirmar que pode ser 

expedido exclusivamente por:

(A)  servidores em nível de Ministro de Estado, para autoridades 

de mesma hierarquia. 

(B)  diretores do serviço público a seus subordinados.

(C)  gerentes de serviço a seus subordinados.

(D)  diretores  do  serviço  público  a  outro  servidor  de  mesma 

hierarquia.

(E)  gerentes  de  serviço  a  outro  servidor  público  de  mesma 

hierarquia.

QUESTÃO 45

O “ofício” é um dos gêneros de redação oficial, sendo correto 

afirmar que:

(A)  pode ser usado também na forma de “aviso”, indistintamente.

(B)  é expedido exclusivamente entre autoridades do serviço 

público.

(C)  é um gênero ou forma de comunicação muito diferente do 

“aviso”.

(D)  tem  como  finalidade  o  tratamento  de  assuntos  oficiais 

pelos órgãos de Administração Pública entre si, ou entre 

eles e órgãos privados. 

(E)  é expedido exclusivamente de uma autoridade do serviço 

público a entidades particulares, privadas, que podem ser 

pessoas físicas ou jurídicas.

QUESTÃO 46

O “memorando” é um dos gêneros de redação oficial, sendo 

correto afirmar que se destina à comunicação entre:

(A)  diferentes órgãos da administração pública.

(B)  unidades administrativas de um mesmo órgão. 

(C)  uma unidade administrativa a outra de nível hierárquico 

inferior.

(D)  uma unidade administrativa a outra de nível hierárquico 

superior.

(E)  setor público e setor privado, por exemplo, como forma de 

intimação.

QUESTÃO 47

Os atos administrativos classificados como “decreto”:

(A)  estão em situação superior à lei.

(B)  são da competência exclusiva dos Chefes do Judiciário.

(C)  são da competência exclusiva dos Chefes do Legislativo.

(D)  possuem  a  mesma  normatividade  da  lei,  inclusive  quando 

ultrapassam a alçada regulamentar de que dispõe o Executivo.

(E)  são da competência exclusiva dos Chefes do Executivo. 

QUESTÃO 48

As “resoluções” são atos administrativos:

(A)  sem  caráter  normativo  expedidos  pelo  Chefe  do  Poder 

Executivo.

(B)  sem  caráter  normativo,  sempre  atos  superiores  ao 

regulamento e ao regimento.

(C)  sem  caráter  normativo,  sempre  atos  inferiores  ao 

regulamento mas superiores ao regimento.

(D)  sem  caráter  normativo,  sempre  atos  superiores  ao 

regulamento mas inferiores ao regimento.

(E)  normativos expedidos pelas altas autoridades do Executivo, 

dentre outras, mas não pelo Chefe do Executivo, que só 

deve expedir decretos. 

QUESTÃO 49

As “portarias” são atos administrativos:

(A)  internos  pelos  quais  os  chefes  de  órgãos  iniciam 

sindicâncias e processos administrativos, mas sem função 

assemelhada à da denúncia do processo penal.

(B)  externos  internos  pelos  quais  os  chefes  de  órgãos 

expedem determinações especiais e designam servidores 

para funções e cargos da alta administração.

(C)  internos  pelos  quais  os  chefes  de  serviços  expedem 

determinações gerais ou especiais a seus subordinados, ou 

designam servidores para funções e cargos secundários. 

(D)  externos  pelos  quais  os  chefes  de  órgãos  expedem 

determinações gerais a seus subordinados, mas sem poder 

de designação de servidores para funções e cargos mesmo 

que secundários.

(E)  externos  pelos  quais  os  chefes  de  repartições  expedem 

determinações gerais a seus subordinados, mas sem poder 

de designação de servidores para funções e cargos mesmo 

que secundários. 

QUESTÃO 50

As instruções normativas são atos administrativos expedidos pelos:

(A)  Ministros de Estado para a execução das leis, decretos e 

regulamentos. 

(B)  dirigentes de autarquias para a execução das leis, decretos 

e regulamentos.

(C)  presidentes  de  empresas  públicas  para  regulamentar 

aplicação de leis e decretos.

(D)  presidentes de empresas públicas para a execução das leis, 

decretos e regulamentos.

(E)  dirigentes de órgãos públicos da administração direta para 

a execução das leis, decretos e regulamentos.

bio-rio-2015-if-rj-assistente-em-administracao-prova.pdf-html.html