Prova Concurso - Pedagogia - UFRJ-2005-MINISTERIO-DAS-CIDADES-PEDAGOGO - NCE - UFRJ - 2005

Prova - Pedagogia - UFRJ-2005-MINISTERIO-DAS-CIDADES-PEDAGOGO - NCE - UFRJ - 2005

Detalhes

Profissão: Pedagogia
Cargo: UFRJ-2005-MINISTERIO-DAS-CIDADES-PEDAGOGO
Órgão: UFRJ
Banca: NCE
Ano: 2005
Nível: Superior

Downloads dos Arquivos

prova.pdf
gabarito.pdf

Provas relacionadas

PEDAGOGOUFPA2018
PEDAGOGOUNIFESSPA2018
PEDAGOGOEBSERH2018

Gabarito

nce-ufrj-2005-ministerio-das-cidades-pedagogo-gabarito.pdf-html.html

CONCURSO PÚBLICO DO MINISTÉRIO DAS CIDADES 

Gabarito da Prova Objetiva 

PEDAG - PEDAGOGO 

 

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ 

   

 

 
 

Questão  01 02 03 04 05 06 07

08

09

10

11

12

13

14 15 16 17 18

19

20

Gabarito B C D A C B C A D E E B D E B D B B D C 

 

Questão  21 22 23 24 25 26 27

28

29

30

31

32

33

34 35 36 37 38

39

40

Gabarito A C E A D C E A C B C D D C A A D D B A 

 

Questão  41 42 43 44 45 46 47

48

49

50

51

52

53

54 55 

Gabarito E D E C B B D B A B D A D A D 

 
 

Prova

nce-ufrj-2005-ministerio-das-cidades-pedagogo-prova.pdf-html.html

PEDAGOGO

PEDAG

 

   

INSTRUÇÕES GERAIS

• 

Você recebeu do fiscal:

- Um caderno de questões contendo 55 (cinqüenta e cinco) questões de múltipla escolha da Prova Objetiva e 2 (duas) questões para
a Prova Discursiva;
- Um cartão de respostas personalizado para a Prova Objetiva;
- Um caderno de respostas para a Prova Discursiva contendo área reservada para a resposta das 2 (duas) questões discursivas.

• 

É responsabilidade do candidato certificar-se de que o código e o nome do cargo informado nesta capa de prova

corresponde ao código e ao nome do cargo informado em seu  cartão de respostas e seu caderno de respostas.

• 

Ao ser autorizado o início da prova, verifique, no caderno de questões se a numeração das questões e a paginação estão corretas.

• 

Você dispõe de 4:30h (quatro horas e trinta minuto) para fazer a Prova Objetiva e a Prova Discursiva. Faça-as com tranqüilidade, mas controle

o seu tempo. Este tempo inclui a marcação do cartão de respostas e a transcrição das respostas das questões da Prova Discursiva.

• 

Após o início da prova, será efetuada a coleta da impressão digital de cada candidato (Edital 01/2005 – Item 9.9 alínea a).

• 

Não será permitido ao candidato copiar seus assinalamentos feitos no cartão de respostas ou no caderno de respostas (Edital 01/2005

– Item 9.9 alínea e).

• 

Somente após decorrida uma hora do início da prova, o candidato poderá entregar seu  cartão de respostas e seu  caderno de

respostas  e retirar-se da sala de prova (Edital 01/2005 – Item 9.9 alínea c).

• 

Somente será permitido levar seu  caderno de questões ao final da prova, desde que o candidato permaneça em sua sala até este

momento (Edital 01/2005 – Item 9.9 alínea d).

• 

Após o término de sua prova, entregue obrigatoriamente ao fiscal o  cartão de respostas devidamente  assinado e o  caderno de

respostas  desindentificado.

• 

Os 3 (três) últimos candidatos de cada sala só poderão ser liberados juntos.

• 

Se você precisar de algum esclarecimento, solicite a presença do  responsável pelo local.

  

    INSTRUÇÕES - PROVA OBJETIVA

• 

Verifique se os seus dados estão corretos no cartão de respostas. Solicite ao fiscal para efetuar as correções na Ata de Aplicação de Prova.

• 

Leia atentamente cada questão e assinale no cartão de respostas a alternativa que mais adequadamente a responde.

• 

cartão de respostas NÃO pode ser dobrado, amassado, rasurado, manchado ou conter qualquer registro fora dos locais destinados às respostas.

• 

A maneira correta de assinalar a alternativa no cartão de respostas é cobrindo, fortemente, com caneta esferográfica azul ou preta, o

espaço a ela correspondente, conforme o exemplo a seguir:

Atenção:
Formas de marcação diferentes da que foi determinada implicarão a rejeição do cartão de respostas da Prova Objetiva pela leitora ótica.

A

C

D

E

  

    INSTRUÇÕES - PROVA DISCURSIVA

• 

Verifique se os seus dados estão corretos no caderno de respostas. Solicite ao fiscal para efetuar as correções na Ata de Aplicação de Prova.

• 

Efetue a desidentificação do seu caderno de respostas, destacando a filipeta que se encontra na parte inferior do mesmo, onde constam

os seus dados pessoais.

• 

Somente será objeto de correção da Prova Discursiva o que estiver contido na área reservada para resposta. NÃO será considerado o

que estiver contido na área reservada para rascunho.

• 

caderno de respostas NÃO pode ser dobrado, amassado, rasurado, manchado ou conter qualquer forma de identificação do candidato.

• 

Use somente caneta esferográfica azul ou preta.

Cronograma Previsto

Atividade

Data

Local

Divulgação dos gabaritos das Provas Objetivas

01/11/2005

www.nce.ufrj.br/concursos

Interposição de recursos contra os gabaritos das Provas Objetivas

  Divulgação do resultado final das Provas Objetivas

14/11

www.nce.ufrj.br/concursos

  Divulgação da relação dos candidatos que terão a Prova Discursiva corrigida

14/11

www.nce.ufrj.br/concursos

  Divulgação do resultado preliminar das Provas Discursivas

23/11

www.nce.ufrj.br/concursos

* Demais atividades consultar Manual do Candidato ou pelo endereço eletrônico www.nce.ufrj.br/concursos

03 e  04/11/2005

por meio de e-mail para

concursomcidades@nce.ufrj.br ou via

fax, 21 2598-3145/2598-3152

por meio de e-mail para

concursomcidades@nce.ufrj.br ou via

fax, 21 2598-3145/2598-3152

24 e  25/11/2005

  Pedido de vista das Provas Discursivas

nce-ufrj-2005-ministerio-das-cidades-pedagogo-prova.pdf-html.html

3

 

Concurso Público - 2005

LÍNGUA PORTUGUESA

TEXTO – PIOR QUE CHIMPANZÉ?

    André Petry, Veja,   28/9/2005

Há uma semana, neste mesmo espaço, contou-se a
vergonhosa história de quatro brasileiras, três negras e uma
branca, que estão presas por tentativa de furtar coisas
insignificantes – uma ducha elétrica de 19 reais, três pacotes
de fraldas de 13,80 reais, e assim por diante. Rosimeire Rosa
de Jesus, 33 anos, é uma dessas brasileiras. Ela tentou furtar
a ducha elétrica e está presa desde o dia 20 de agosto do ano
passado.O que chama atenção – e faz com que o assunto
volte a aparecer nesta coluna – é que a Justiça negou um
pedido de habeas corpus para Rosimeire. Isso quer dizer que,
diante do pedido para que fosse posta em liberdade, em nome
do princípio da insignificância de seu crime, a Justiça entendeu
que não. Que Rosimeire tinha de ficar presa. A Justiça não
pediu tempo para pensar. Não deu liminar antes de julgar o
mérito. Não titubeou. Negou a liberdade e pronto, na certeza
de que fazer o contrário era uma injustiça.

E eis que um juiz de Salvador acaba de pedir mais

tempo para analisar um pedido de habeas corpus. O pedido
foi apresentado pela área do meio ambiente do Ministério
Público da Bahia em favor da libertação imediata de “Suíça”,
uma chimpanzé. Suíça mora há dez anos numa jaula do
zoológico da capital baiana e, segundo seus defensores,
anda deprimida. O promotor que assina o pedido de ha-
beas corpus alega que, pelo fato de Suíça ser
geneticamente o primata mais próximo do homem (nossos
genes são 99,6% idênticos), ela não pode ficar enjaulada e
precisa receber um tratamento, digamos, mais humano. A
idéia é que seja libertada e transferida para Sorocaba, no
interior de São Paulo, onde há um santuário de chimpanzés.
O juiz do caso negou o pedido de liminar, mas pediu mais
tempo para julgar o mérito da questão. Quer conhecer
melhor as condições da jaula em que vive Suíça, quer obter
detalhes sobre o tipo de tratamento que o bicho recebe no
zoológico para então decidir, definitivamente, se lhe dá ou
não a liberdade pedida.

O juiz age com o profissionalismo que dele se

espera. O promotor baiano, que cuida de meio ambiente,
também faz o que dele se espera – tentando validar seus
pontos de vista no foro adequado. E o resultado disso tudo,
caso o habeas corpus acabe sendo concedido, pode ser
algo inédito no país: será a primeira vez que a Justiça fará
uso de uma lei dos homens para beneficiar um animal. Só
o fato de o juiz aceitar analisar o pedido de habeas corpus
já significa que entendeu ser legítima a tentativa de proteger
um bicho com leis feitas para proteger seres humanos.

Ninguém há de se opor ao fato de que bichos venham a

ser beneficiados com as leis dos homens, ainda que isso esteja
longe, muito longe, de ser prioridade nacional para uma Justiça
lenta e burocratizada como a nossa. Mas é, aí sim, altamente
perturbadora a impressão de que a Justiça examina com mais
rigor – e mais generosidade – uma medida que beneficia uma
chimpanzé do que uma medida capaz de beneficiar um ser
humano. Rosimeire, por exemplo. Ou qualquer um dos brasileiros
que cumprem pena por cometer crimes de bagatela. Ou que já
cumpriram sua pena e ainda estão atrás das grades. Ou que
vivem em jaulas às quais se convencionou chamar de celas.

1- O título dado ao texto – Pior que chimpanzé? – se
justifica, diante dos elementos do texto, porque:

(A) se refere ao tratamento desumano dado aos animais

em cativeiro;

(B) lamenta que seres humanos não recebam tratamento

jurídico igual ao dispensado a animais;

(C) mostra que a Justiça brasileira é inovadora e criativa,

produzindo uma decisão que iguala juridicamente
homens e animais;

(D) denuncia que pessoas são muito mal tratadas nas

prisões;

(E) destaca o fato de que chimpanzés, por serem geneticamente

semelhantes ao homem, devem ser tratados como seres
humanos.

2 - O vocábulo chimpanzé também pode ser grafado chipanzé;
o vocábulo abaixo que NÃO admite a dupla grafia indicada é:

(A) bêbado / bêbedo;
(B) assoviar / assobiar;
(C) requesito / requisito;
(D) enfarte / infarto;
(E) berruga / verruga.

3 - A alternativa abaixo em que o adjetivo sublinhado NÃO
mostra uma opinião do jornalista autor do texto é:

(A) “contou-se a vergonhosa história de quatro brasileiras”;
(B) “tentativa de furtar coisas insignificantes”;
(C) “Justiça lenta e burocratizada”;
(D) “pode ser algo inédito no país”;
(E) “altamente perturbadora a impressão”.

4 - A alternativa que NÃO mostra uma frase na voz passiva é:

(A) “que estão presas por tentativa de furtar coisas insignificantes”;
(B) “diante do pedido para que fosse posta em liberdade”;
(C) “O pedido foi apresentado pela área do meio ambiente”;
(D) “A idéia é que seja libertada e transferida para Sorocaba”;
(E) “O juiz age com o profissionalismo que dele se espera”.

5 - “onde há um santuário de chimpanzés”; a alternativa abaixo
que mostra o sentido adequado da palavra sublinhada no
contexto em que está inserida é:

(A) lugar consagrado pela religião;
(B) templo, capela;
(C) área de preservação;
(D) espaço de romarias;
(E) local ermo, solitário.

6 - O segundo parágrafo em relação ao primeiro mostra
uma idéia de:

(A) conseqüência;
(B) oposição;
(C) finalidade;
(D) explicação;
(E) modo.

nce-ufrj-2005-ministerio-das-cidades-pedagogo-prova.pdf-html.html

4

 

Concurso Público - 2005

7 - Habeas corpus é um latinismo que equivale a uma garantia
jurídica de liberdade que evita prisão ilegal; o latinismo abaixo
que tem seu significado erradamente explicado é:

(A) habitat – ambiente onde há vida vegetal ou animal;
(B) quorum – número mínimo obrigatório de pessoas para

deliberação;

(C) alibi – justificativa de um delito;
(D) superávit – diferença a mais entre receita e despesa;
(E) a priori – antecipadamente.

8. “Ou qualquer um dos muitos brasileiros que cumprem
pena por cometer crimes de bagatela”; o verbo cumprir,
neste caso, também poderia aparecer na forma singular
(cumpre). A frase abaixo em que o verbo destacado também
pode ser usado, optativamente, no singular e no plural é:

(A) Um grupo de brasileiros foi libertado;
(B) A moça e o chimpanzé vivem presos;
(C) Chegou o promotor após os presos;
(D) Vieram com atraso os pedidos de habeas corpus;
(E) O juiz ou o promotor partiu primeiro.

9 - “crimes de bagatela” equivale a “crimes:

(A) de ocorrência recente;
(B) que envolvem gente importante;
(C) da área financeira;
(D) de pouca significação;
(E) de falsidade ideológica.

10 - O vocábulo ou expressão que NÃO caracteriza a área
de estudos jurídicos é:

(A) habeas corpus;
(B) liminar;
(C) mérito;
(D) foro;
(E) rigor.

11 - “A Justiça não deu liminar antes de consultar o mérito”;
a forma INCORRETA de reproduzir o mesmo conteúdo dessa
frase é:

(A) Antes de consultar o mérito, a Justiça não deu liminar;
(B) A Justiça, antes de consultar o mérito, não deu liminar;
(C) A liminar não foi dada pela Justiça antes de o mérito ser

consultado;

(D) Antes de o mérito ser consultado, a liminar não foi

dada pela Justiça;

(E) Só depois de consultar o mérito a Justiça não deu liminar.

12 - “ela não pode ficar enjaulada e precisa receber um
tratamento, digamos, mais humano”; o emprego da palavra
sublinhada indica um(a):

(A) brincadeira do autor do texto;
(B) emprego contraditório do vocábulo;
(C) crítica ao tratamento dispensado aos presos;
(D) prova de afetividade em relação aos animais;
(E) deboche das decisões judiciais.

13 - Entre as críticas feitas à Justiça brasileira pelo autor
do texto só NÃO está:

(A) a morosidade com que atua;
(B) o excesso de burocracia;
(C) a presença de dois pesos e duas medidas;
(D) o preconceito racial;
(E) a injustiça de certas decisões.

14 - “. Isso quer dizer que, diante do pedido para que fosse
posta em liberdade, em nome do princípio da insignificância
de seu crime, a Justiça entendeu que não...”. O que
completa de forma inadequada essa frase do texto é:

(A) devia colocar Rosimeire em liberdade;
(B) achava insignificante o seu crime;
(C) aceitava a tese do advogado;
(D) aceitava o pedido de habeas corpus;
(E) examinou o pedido do advogado.

15. O fato de o chimpanzé ser geneticamente o primata
mais próximo do homem serve de argumento para:

(A) libertar os chimpanzés em cativeiro;
(B) requerer o mesmo tratamento dado aos humanos;
(C) permitir a contratação de advogados para animais;
(D) retirar os animais de jaulas e colocá-los em celas;
(E) conceder aos chimpanzés certa liberdade de movimento.

RACIOCÍNIO LÓGICO

16 - a

aa
aaaa
aaaaaaaa
aaaaaaaaaaaaaaaa
.  .  .
.  .  .

A décima linha dessa configuração terá a seguinte quantidade
de a’s:

(A) 64;
(B) 128;
(C) 256;
(D) 512;
(E) 1.024.

17 -  Se “por trás de todo lobo há sempre uma grande
raposa e toda grande raposa está por trás de algum lobo

então:

(A) se a raposa não é grande então ela não está por trás

de algum lobo;

(B) se há raposas que não são grandes então há mais raposas

do que lobos;

(C) há lobos sem raposas por trás;
(D) todo grande lobo tem sempre uma pequena raposa por trás;
(E) a raposa pode ser pequena, mas o lobo à frente dela é

grande.

nce-ufrj-2005-ministerio-das-cidades-pedagogo-prova.pdf-html.html

5

 

Concurso Público - 2005

18 -  Vamos escrever os números inteiros positivos em
seqüência, mas todo número múltiplo de 3 ou terminado
em 3 será convertido em X:

   1   2   X    4    5   X   7   8   X   10   11   X    X   14   X

Dos próximos dez números da seqüência, a quantidade
que será convertida em X é igual a:

(A) 3;
(B) 4;
(C) 5;
(D) 6;
(E) 7.

19 - Se cada gato tem sete vidas e, em nossa vila, para
cada gato há quatro cachorros, cada um dos quais só vive
uma vez, então se há sete gatos na vila, é a seguinte
quantidade total de vidas de gatos e cachorros na vila:

(A) 34;
(B) 49;
(C) 58;
(D) 77;
(E) 196.

20 - Para cada moeda que tenho num certo dia, ponho
mais duas no dia seguinte. Se hoje, domingo, tenho 21
moedas, então na próxima quinta-feira terei a seguinte
quantidade de moedas:

(A) 105;
(B) 336;
(C) 1.701;
(D) 3.780;
(E) 9.321.

21 - As casas do lado par de minha rua são numeradas de
2 em 2, mas começam no número 6, ou seja, tem a casa
n

o

 6, a n

o

 8, a n

o

 10, e assim sucessivamente. A última

casa do lado par de minha rua é a de número 124. O número
de casas desse lado de minha rua é então igual a:

(A) 60;
(B) 61;
(C) 62;
(D) 63;
(E) 64.

22 - Uma seqüência de números inteiros positivos é formada
do seguinte modo: primeiro, dois números inteiros distintos
são escolhidos e são os dois primeiros termos da seqüência.

O terceiro termo é a média aritmética dos dois anteriores,
e assim sucessivamente, cada novo termo é a média
aritmética dos dois anteriores. Um exemplo:

         3   ,    5  ,    4  ,   4,5  ,   4,25  ,   4,375  , ....

Quaisquer que sejam os dois números iniciais, é correto
afirmar que, EXCETO:

(A) nunca ocorrerá de um termo ser maior que os dois

termos que o antecedem;

(B) nenhum termo será maior nem menor que os dois

números, escolhidos, que dão início à seqüência;

(C) a partir do quarto termo, todo termo da seqüência é

sempre maior que a média dos dois primeiros;

(D) o valor absoluto da diferença entre dois termos

consecutivos quaisquer diminui a medida que sua
posição na seqüência aumenta;

(E) um termo qualquer da seqüência pode ser menor que

seus dois termos vizinhos na seqüência.

23 - Em futebol, se um jogo tem um vencedor, este ganha
3 pontos e o perdedor não ganha nenhum ponto. Se há
empate, cada time ganha 1 ponto.

Um torneio de futebol foi disputado por N times em turno e
returno, ou seja, cada time jogou duas vezes com cada um
dos outros.  Ao final do campeonato constatou-se que 25%
das partidas terminaram empatadas. Assinale o item que
NÃO indica um valor possível para N, o número de times
no campeonato:

(A) 4;
(B) 5;
(C) 8;
(D) 9;
(E) 10.

24 - Uma matriz de 1.731 linhas e 329 colunas será
composta apenas pelos elementos A e B, alternadamente.

A 1

a

 linha será:   A  B  A  B  A  B  A  B  A  B  A ...,

a 2

a

 linha será:   B  A  B  A  B  A  B  A  B  A  B ..,

a 3

a

 linha será:   A  B  A  B  A  B  A  B  A  B  A ...,

e assim por diante.  Ao final, teremos então um total de
1.731´329 elementos. Se N é o número total de vezes em
que o elemento A aparece na matriz e se M é o número
total de vezes em que o elemento B aparece, então:

(A) N – M = 1;
(B) N – M = 0;
(C) N – M = –1;
(D) N – M = 329;
(E) N – M = 1.731.

nce-ufrj-2005-ministerio-das-cidades-pedagogo-prova.pdf-html.html

6

 

Concurso Público - 2005

CONHECIMENTOS GERAIS

25 - Alguns dos mais graves problemas mundiais têm por
origem uma combinação entre as necessidades de
mercados consumidores cada vez mais estruturados e as
novas tecnologias, que propiciam a confecção de produtos
cada vez mais descartáveis e baratos. O resultado é a
utilização e exploração crescente e danosa dos recursos
naturais - renováveis ou não - e a poluição, que degrada,
ameaça a vida, promove doenças e impacta marcadamente
os grandes centros urbanos.

As atuais políticas de combate ao desperdício, à poluição
e, em especial, ao lixo urbano, têm se baseado no princípio
dos 3 R, três verbos de comando iniciados com a letra R
que são as principais armas para combater tais problemas.
Identifique-os, na lista a seguir, e assinale a opção que os
apresenta na correta ordem de prioridade:

- Reduzir
- Reciclar
- Renovar
- Reutilizar
- Reestruturar

(A) reduzir, reciclar, renovar;
(B) reciclar, reestruturar, renovar;
(C) reutilizar, reduzir, reestruturar;
(D) reduzir, reutilizar, reciclar;
(E) reciclar, reutilizar, renovar.

26 - A música é essencial para o engrandecimento do
espírito humano. Alguns dos principais compositores do
século passado estão listados a seguir. Identifique-os:

(A) Beethoven, Scarlatti, Ravel;
(B) Shostakovich, J. S. Bach, Verdi;
(C) Gershwin, Stravinsky, Villa-Lobos;
(D) Dvorak, Brahms, Schubert;
(E) Paganinni, Schumann, R. Bach.

27 - O cenário político nacional tem sido abalado, nos
últimos meses, por uma sucessão de denúncias e
escândalos. Um dos casos mais polêmicos resultou na
renúncia ao mandato de deputado do então Presidente da
Câmara dos Deputados e a conseqüente eleição de novo
Presidente para aquela casa legislativa federal. Num
momento em que a crise ronda o Governo Federal, o cargo
de Presidente da Câmara é fundamental não só por suas
responsabilidades intrínsecas como também porque ele, o
Presidente da Câmara, é o terceiro na linha sucessória da
Presidência da República.  O atual Presidente da Câmara
dos Deputados e seu antecessor são, respectivamente:

(A) Tarso Genro e Renan Calheiros;
(B) Renan Calheiros e Severino Cavalcânti;
(C) Aldo Rebelo e José Dirceu;
(D) José Dirceu e Aloísio Mercadante;
(E) Aldo Rebelo e Severino Cavalcânti.

28 - Nesse ano de 2005, comemoram-se os cem anos de
publicação de alguns dos mais importantes resultados
científicos obtidos por Albert Einstein, o mais notável
cientista do século XX. Duas de suas descobertas foram:

(A) a teoria da relatividade geral e a teoria da relatividade restrita;
(B) a 1ª lei da termodinâmica e a teoria da relatividade geral;
(C) a teoria dos jogos e a teoria da relatividade restrita;
(D) a evolução das espécies e a teoria da relatividade geral;
(E) a estrutura molecular do DNA e a teoria dos jogos.

29 - Os especialistas são quase unânimes em afirmar que
os fundamentos atuais da economia brasileira são sólidos
e que o país poderia aproveitar o bom momento vivido pela
economia mundial, notadamente nos países emergentes,
para alcançar crescimento econômico de médio e longo
prazo, em bases sustentáveis. Alguns fatores de nossa
política econômica dificultam, entretanto, nosso
crescimento, como por exemplo:

I – as altas taxas de juros praticadas no país.
II – o balanço de pagamentos.
III – os fracos volumes das exportações.
IV – o dólar supervalorizado.
V – os graves problemas de infra-estrutura.

Dentre os listados estão corretos:

(A) II e III, apenas;
(B) I e IV, apenas;
(C) I e V, apenas;
(D) I, II e V;
(E) III, IV e V.

30 - Alguns de nossos mais importantes escritores têm
suas obras marcadas por uma íntima relação com suas
cidades. São autores com obras associadas com Curitiba,
São Paulo e Rio de Janeiro, respectivamente:

(A) Monteiro Lobato, Lima Barreto e Mário de Andrade;
(B) Dalton Trevisan, Oswald de Andrade e Machado de Assis;
(C) Guimarães Rosa, João Ubaldo Ribeiro e José de Alencar;
(D) Mário Quintana, Jorge Amado e Fernando Sabino;
(E) Márcio de Souza, Nelson Rodrigues e Érico Veríssimo.

nce-ufrj-2005-ministerio-das-cidades-pedagogo-prova.pdf-html.html

7

 

Concurso Público - 2005

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

31 - Há diferenças importantes entre treinamento e
desenvolvimento. Sobre esta diferença, é correto afirmar:

(A) treinamento é feito dentro da empresa e desenvolvimento

é feito fora do local de trabalho;

(B) treinamento envolve um custo muito alto e o

desenvolvimento não necessita de custos elevados;

(C) treinamento é orientado para o presente e o

desenvolvimento focaliza os cargos a serem ocupados
futuramente na organização e as novas habilidades e
capacidades requeridas;

(D) treinamento é uma técnica utilizada apenas para o  nível

operacional e desenvolvimento para as gerência e
diretoria da empresa;

(E) treinamento tem como foco a capacitação de executivos

da empresa e no desenvolvimento o foco está na
melhoria da performance dos funcionários do nível
operacional.

32 - Na elaboração de um processo de treinamento as
etapas são:

(A) diagnóstico, implementação e controle;
(B) implementação, avaliação e controle;
(C) pesquisa de campo, controle e avaliação;
(D) diagnóstico, desenho, implementação e avaliação;
(E) diagnóstico, implementação, avaliação e controle.

33 - Sobre o ciclo do PDCA (plan, do, check e action)  é
correto afirmar que:

(A) acontece (“gira”) uma única vez durante o planejamento

de treinamento e desenvolvimento de pessoal;

(B) não deve ser usado como ferramenta de planejamento

de treinamento;

(C) não deve ser usado como ferramenta para

desenvolvimento de pessoal;

(D) é uma ferramenta da qualidade e pode ser usada no

processo de planejamento de treinamento e
desenvolvimento de pessoal;

(E) é uma ferramenta que não deve ser utilizada para o

planejamento de treinamento e desenvolvimento de
pessoal.

34 - É uma tendência mundial do mercado de trabalho:

(A) trabalho industrial cada vez mais dependente de

mão-de-obra com habilidades físicas desenvolvidas e
adestramento;

(B) produção industrial menor mais focada e com mais

pessoas;

(C) maior automação nas indústrias e menor número de

pessoas no processo produtivo;

(D) valorização do capital financeiro em relação ao capital

humano;

(E) aumento de demanda por trabalho no setor produtivo e

redução na  migração de trabalhadores para o terceiro
setor.

35 - Os fatores que podem afetar o processo de implantação
da qualidade são:

(A) o clima e a cultura organizacional da empresa, o estilo

participativo de administração, as decisões políticas
pelo tipo de investimento;

(B) a política de investimento, a avaliação de desempenho

e o número de funcionários;

(C) o processo de ensino-aprendizagem, a avaliação de

desempenho e o estilo de liderança;

(D) o clima organizacional, a avaliação de desempenho e

o processo de ensino-aprendizagem;

(E) o estilo participativo, a avaliação de desempenho e o

número de funcionários.

36 - O processo de identificação das necessidades de
treinamento NÃO se utiliza de:

(A) da pesquisa sobre cultura organizacional e do programa

de remuneração;

(B) da solicitação dos gerentes e do consenso entre gerente

e colaborador;

(C) do programa corporativo estabelecido e da solicitação

dos interessados;

(D) do programa Corporativo estabelecido e da solicitação

dos gerentes;

(E) da iniciativa de RH e do consenso entre gerente e

colaborador.

37 -  NÃO são objetivos dos programas de treinamento:

(A) ampliar as possibilidades de carreira e desenvolver os

funcionários;

(B) adaptar-se a um novo modelo de negócios e alcançar

objetivos estratégicos;

(C) alcançar objetivos estratégicos e aumentar a

produtividade;

(D) identificar o nível de insatisfação dos funcionários e

melhorar a remuneração;

(E) aumentar a produtividade, atrair e reter funcionários.

38 - NÃO fazem parte do conjunto de técnicas de treinamento
usualmente usadas em programas de treinamento
empresarial:

(A) participação em cursos, seminários externos e jogos

de empresas;.

(B) rotação de cargos e participação em cursos de curta

duração;

(C) aprendizagem prática (on-the-job) e exercícios de

simulação;

(D) modelagem de cargos e exercícios de simulação;
(E) assignação em projetos multi-departamentais e estudo

de casos.

nce-ufrj-2005-ministerio-das-cidades-pedagogo-prova.pdf-html.html

8

 

Concurso Público - 2005

39 - Assinale o item que NÃO indica uma influência
ambiental externa que determina a necessidade de rever
os programas de desenvolvimento organizacional:

(A) competitividade do mercado;
(B) cultura organizacional;
(C) condição econômica do país;
(D) ação do sindicato;
(E) leis e regulamentos do setor.

40 - Conhecimento tácito é o conhecimento:

(A) existente nos sistemas e manuais da empresa;
(B) oriundo das vivências do trabalhador;
(C) oriundo da experiência pessoal;
(D) baseado na prática;
(E) passível de ser ensinado.

41 - Assinale o item que NÃO se relaciona a expressão
coach:

(A) coach é aquele que dá a instrução;
(B) coach é aquele que guia jogadores ou participantes;
(C)  coaching é uma técnica usualmente utilizada para

produzir melhorias organizacionais de curto prazo;

(D)  coaching é um programa focado na prática de

habilidades úteis para a empresa;

(E) o principal foco de curto prazo de um programa de

coaching é o desenvolvimento do plano de carreira a
longo prazo do funcionário.

42 - Sobre a tendência de criação das Universidades
Corporativas NÃO é correto afirmar que:

(A) as Universidades Corporativas englobam programas de

treinamento e desenvolvimento;

(B) as Universidades Corporativas também podem ser

chamadas Centros de Excelência ou Centros de
Talentos;

(C) as Universidades Corporativas representam uma

tentativa de unificar os programas de treinamento e
desenvolvimento organizacional;

(D) as Universidades Corporativas possuem como objetivo

principal substituir os cursos de graduação existentes
no mercado;

(E) nos últimos cinco anos o número de Universidades

Corporativas tem crescido muito no Brasil.

43 - São cinco premissas da Gestão do Conhecimento
(GC), EXCETO:

(A) organização de processos em que um novo conhecimento

é desenvolvido;

(B) promover a distribuição do conhecimento para aqueles

necessitam;

(C) disponibilizar o conhecimento para uso futuro;
(D) combinar diversas áreas do conhecimento;
(E) diminuir a taxa de turnover da empresa.

44 - NÃO faz parte das premissas de Peter Senge (1990)
sobre learning organization (organizações que aprendem):

(A) as pessoas continuamente expandem suas capacidades

de criar resultados que verdadeiramente desejam;

(B) novos e expandidos modelos de pensamento são gerados;
(C) só há incentivos quando o retorno sobre o investimento

em treinamento (ROI -Return on Investment) for elevado;

(D) as pessoas estão continuamente aprendendo a aprender

juntas;

(E) a aspiração coletiva é liberada.

45 - Garantia da qualidade é:

(A) uma função gerencial que determina e implementa a

política da qualidade (como fazer);

(B) o conjunto de ações sistemáticas e planejadas necessárias

para proporcionar confiança adequada de que um item ou
instalação terá desempenho satisfatório quando em serviço;

(C) um sistema desenvolvido de forma a integrar os esforços

dos vários grupos de uma organização no sentido do
desenvolvimento, manutenção e melhoria da qualidade
visando a obter produtos e serviços nos níveis mais
econômicos e que permitam satisfazer o consumidor;

(D) um indicador de categoria de classe relacionado à

propriedade ou características que cobrem diferentes
conjuntos de necessidade para produtos (bem ou
serviço) destinados ao mesmo uso funcional;

(E) a arte de descobrir como algumas empresas podem

desempenhar mais tarefas e bem melhor do que outras.

46 - Sobre qualidade é correto afirmar:

(A) a qualidade dos processos não afeta a qualidade final

dos produtos que a empresa oferece no mercado;

(B) as certificações ISO representam garantias da qualidade

para as empresas e para os clientes;

(C) qualidade não pode ser definida como a totalidade de

propriedades e características de um produto (bem ou
serviço) que confere sua habilidade em satisfazer
necessidades explícitas ou implícitas;

(D) a função que está no nível gerencial e que determina e

implementa a política da qualidade é chamada de C.
Q. T. (CONTROLE DA QUALIDADE TOTAL) ;

(E)  Benchmarking é uma pesquisa acerca da

responsabilidade social das empresas de um
determinado setor para posterior ação integrada da
política de qualidade de marketing.

47 - Em relação às definições de Desenho de cargos, é
correto afirmar, EXCETO:

(A) o processo de organizar o trabalho através das tarefas

necessárias para desempenhar um específico cargo;

(B) envolve o conteúdo do cargo, as qualificações do ocupante

e as recompensas para cada cargo no sentido de atender
às necessidades dos empregados e da organização;

(C) é a informação utilizada para estruturar e modificar os

elementos, deveres e tarefas de determinados cargos;

(D) é o levantamento total do número de pessoas da

empresa que trabalham em um determinado setor;

(E) é o somatório das informações sobre as atividades,

responsabilidades e habilidades necessárias para o cargo.

nce-ufrj-2005-ministerio-das-cidades-pedagogo-prova.pdf-html.html

9

 

Concurso Público - 2005

48 - Sobre as Teorias Administrativas é correto afirmar:

(A) a teoria das Relações Humanas dava ênfase na variável

estrutura;

(B) as variáveis básicas da Teoria Administrativa proposta

por Chiavenato são: tarefa, pessoas, estrutura,
ambiente e tecnologia;

(C) nas era da industrialização clássica e neoclássica a

composição do emprego era mais instável;

(D) na era da informação não houve o aumento do trabalho

autônomo;

(E) na era da informação não cresceu a exigência de

qualificação dos trabalhadores em todos os setores.

49 - Algumas empresas resolvem diagnosticar alguns
problemas aplicando uma pesquisa de clima. Uma pesquisa
de clima mede:

(A) a satisfação do empregado;
(B) a produtividade;
(C) a eficiência operacional;
(D) a eficácia operacional;
(E) a qualidade dos processos operacionais.

50 - Algumas organizações, mesmo vivendo na Era da
Informação, ainda possuem estruturas organizacionais
mecanísticas. NÃO é  uma característica deste tipo de
estrutura mecanística:

(A) departamentalização funcional para assegurar

especialização;

(B) alta capacidade de processamento da informação;
(C) baixa interdependência entre as redes internas de equipe;
(D) burocratização e centralização dos processos;
(E) estrutura hierarquizada e com muitos níveis.

51 - As áreas de Recursos Humanos já se beneficiam com
programas informatizados para melhor gerenciar os macro-
processos de RH.  Os SIG (Sistemas Integrados de Gestão)
NÃO garantem:

(A) maior agilidade na tomada de decisão;
(B) maior confiabilidade na tomada de decisão;
(C) maior agilidade nos processos;
(D) maior custo para os programas de treinamento;
(E) maior acessibilidade à informação.

52 - Uma empresa pode usar métodos diferentes para medir
suas necessidades de treinamento. Existem indicadores
que apontam necessidades futuras (a priori) e passadas (a
posteriori
). São indicadores a posteriori:

(A) problemas de produção como, por exemplo, a baixa

qualidade da produção;

(B) redução do número de empregados;
(C) faltas, licenças e férias de pessoal;
(D) substituição ou movimentação de pessoal;
(E) modernização dos equipamentos e novas tecnologias.

53 - Dentre as tecnologias educacionais disponíveis para a
execução de um treinamento, existem as técnicas que são
relacionadas ao uso, ao tempo e ao local.  São técnicas
relacionadas ao tempo:

(A) leituras;
(B) instrução programada;
(C) conferências;
(D) programa de integração à empresa;
(E) rodízio de cargos.

54 - Um programa de treinamento bem sucedido pode
proporcionar, internamente e externamente, grandes
melhorias para a empresa. NÃO é correto afirmar que é
uma  melhoria externa:

(A) melhor qualidade de vida no trabalho;
(B) maior competitividade organizacional;
(C) melhoria da imagem da organização;
(D) aumento do percentual de clientes no mercado;
(E) assédio de outras organizações aos funcionários da

empresa.

55 - As organizações estudam maneiras mais apropriadas
para estruturar e implementar as mudanças organizacionais.

Sobre Cultura Organizacional NÃO é correto afirmar que:

(A) possui duas grandes funções: adaptar e integrar;
(B) segundo autor E. Schein, possui três níveis: dos artefatos

visíveis, dos valores que governam o comportamento e
dos pressupostos inconscientes;

(C) é uma densa rede de elementos contidos nos

pressupostos básicos que são estabelecidos pelos
grupos para lidar com os problemas que aparecem no
cotidiano de cada empresa;

(D) é um conjunto de conhecimentos que cada pessoa

adquiriu em treinamentos patrocinados pela empresa;

(E) pode influenciar o clima organizacional.

QUESTÕES DISCURSIVAS

QUESTÃO 1

Conceitue conhecimento tácito e explícito e justifique a
importância dos treinamentos que focam a aprendizagem
prática (on-the-job
) com o acompanhamento de
profissionais especialistas na função.

QUESTÃO 2

Explique a diferença entre os programas de coach e
mentor
 usualmente utilizados nas organizações.

nce-ufrj-2005-ministerio-das-cidades-pedagogo-prova.pdf-html.html

Prédio do CCMN - Bloco C

Cidade Universitária - Ilha do Fundão - RJ

Coordenação de Concurso - (21) 2598-3333

Internet: www.nce.ufrj.br/concursos