Prova Concurso - Administração - UFRJ-2006-SESPA-PA-ADMINISTRADOR-HOSPITALAR - NCE - UFRJ - 2006

Prova - Administração - UFRJ-2006-SESPA-PA-ADMINISTRADOR-HOSPITALAR - NCE - UFRJ - 2006

Detalhes

Profissão: Administração
Cargo: UFRJ-2006-SESPA-PA-ADMINISTRADOR-HOSPITALAR
Órgão: UFRJ
Banca: NCE
Ano: 2006
Nível: Superior

Downloads dos Arquivos

prova.pdf
gabarito.pdf

Provas relacionadas

AGENTE-ADMINISTRATIVO-PREVIDENCIARIOCONCURSOS2018
ASSISTENTE-DE-ADMINISTRACAOFUNPAPA2018
AUXILIAR-DE-ADMINISTRACAOFUNPAPA2018

Gabarito

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-gabarito.pdf-html.html

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA - SESPA

Gabarito da Prova Objetiva 

ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR – AD01

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

A

C

E

B

B

C

B

C

A

D

D

C

A

A

A

C

D

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito E

E

B

E

E

B

A

E

D

A

ANALISTA DE SISTEMA – AS11

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

A

C

E

B

B

C

B

C

A

B

E

D

A

D

C

B

C

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito A

C

A

B

D

D

B

C

C

C

CONTADOR – CO01

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

A

C

E

B

B

C

B

E

C

A

B

E

C

D

B

A

D

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito D

A

E

C

A

B

C

B

D

E

ECONOMISTA – EC01

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2

2

2

2

2

2

2

2

2

3

3

3

3

3

3

3

3

3

3

40

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-gabarito.pdf-html.html

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA - SESPA

Gabarito da Prova Objetiva 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

0

1

2

3

4

5

6

7

8

9

Gabarito C

B

A

A

C

E

B

B

C

B

B

A

A

E

C

B

B

D

D

D

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito E

B

C

A

D

B

A

E

D

C

ENFERMEIRO – CLÍNICA CIRÚRGICA – EN10

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

C

B

E

C

A

D

B

D

C

B

B

D

A

E

A

A

E

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito A

B

D

D

A

C

E

B

C

E

ENFERMEIRO – INFECÇÃO HOSPITALAR EN21 

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

C

B

E

C

A

D

B

B

D

E

C

D

A

C

B

A

A

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito D

B

B

E

A

A

C

B

E

C

ENFERMEIRO – NEFROLOGIA – EN32 

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

C

B

E

C

A

D

B

A

C

B

A

E

C

B

C

A

D

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-gabarito.pdf-html.html

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA - SESPA

Gabarito da Prova Objetiva 

Gabarito D

B

D

A

E

B

D

E

C

E

ENFERMEIRO – NEONATOLOGIA – EN43 

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

C

B

E

C

A

D

B

A

C

D

C

B

C

B

D

E

B

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito E

D

A

D

E

B

D

C

A

E

ENFERMEIRO – OBSTETRÍCIA – EN54 

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

C

B

E

C

A

D

B

D

B

B

D

D

B

B

C

A

A

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito B

C

D

E

D

C

B

C

D

E

ENFERMEIRO – ONCOLOGIA – EN65 

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

C

B

E

C

A

D

B

D

A

B

D

C

C

E

D

A

C

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito E

A

D

B

B

D

E

E

A

A

ENFERMEIRO – PEDIATRIA – EN76 

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-gabarito.pdf-html.html

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA - SESPA

Gabarito da Prova Objetiva 

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

C

B

E

C

A

D

B

D

A

D

C

E

C

A

B

B

D

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito E

A

E

B

B

A

D

C

E

C

ENFERMEIRO – PSIQUIATRIA E SAÚDE MENTAL – EN87 E EN98 

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

C

B

E

C

A

D

B

A

E

A

E

B

A

D

E

C

A

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito B

B

C

C

D

B

E

E

B

C

ENFERMEIRO – UNIDADE DE TRATAMENTO INTENSIVO – EN09 

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

C

B

E

C

A

D

B

D

A

A

B

D

B

B

C

E

D

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito C

C

A

E

E

D

B

A

C

E

OUTROS = ENGENHEIRO – ENGENHARIA AMBIENTAL – GE01

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-gabarito.pdf-html.html

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA - SESPA

Gabarito da Prova Objetiva 

Gabarito C

B

A

A

C

E

B

B

C

B

E

E

C

A

C

E

A

C

C

D

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito A

B

D

E

D

A

B

D

A

A

OUTROS – ENGENHEIRO – SEGURANÇA DO TRABALHO – GE23

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

A

C

E

B

B

C

B

B

A

D

D

A

E

B

D

C

C

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito E

E

C

C

E

B

C

C

E

D

OUTROS – ENGENHEIRO – ENGENHARIA QUÍMICA – GE34

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

A

C

E

B

B

C

B

D

A

B

D

B

C

A

B

B

B

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito A

C

A

D

A

A

C

B

C

D

OUTROS – ESTATÍSTICO – ES31

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

A

C

E

B

B

C

B

E

A

B

B

C

D

C

E

A

D

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito B

A

D

C

A

B

D

E

C

E

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-gabarito.pdf-html.html

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA - SESPA

Gabarito da Prova Objetiva 

MÉDICO – ACUPUNTURA – MO12

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

B

D

A

B

C

E

C

A

D

E

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito B

C

D

A

C

A

E

B

E

D

MÉDICO – ALERGIA E IMUNOLOGIA – M345

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

B

D

E

D

E

D

A

C

E

E

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito B

A

C

A

B

B

D

C

A

C

MÉDICO  - ANESTESIOLOGIA – M678

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

B

A

E

C

D

B

C

D

C

A

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito E

C

E

B

C

B

A

C

A

B

MÉDICO  - CANCEROLOGIA CIRÚRGICA – M234

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-gabarito.pdf-html.html

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA - SESPA

Gabarito da Prova Objetiva 

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

B

D

E

D

B

E

C

A

E

A

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito B

D

B

E

C

A

D

B

B

E

MÉDICO  - CANCEROLOGIA CLÍNICA – M567

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

B

C

D

D

A

A

E

A

C

B

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito A

E

D

E

A

D

C

B

A

C

MÉDICO  - CANCEROLOGIA PEDIÁTRICA – M890

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

B

A

E

D

C

C

B

E

E

A

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito E

A

C

B

B

D

C

A

D

D

MÉDICO – CARDIOLOGIA – M123

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

B

A

D

A

C

B

D

E

A

C

Questão

4

4

4

4

4

4

4

4

4

50

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-gabarito.pdf-html.html

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA - SESPA

Gabarito da Prova Objetiva 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

Gabarito E

B

A

D

C

E

D

B

E

C

MÉDICO – HEMODINÂMICA E CARDIOLOGIA INTERVENCIONISTA M789

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

A

C

A

D

C

E

E

C

B

C

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito A

C

A

B

E

E

B

C

C

A

MÉDICO – CIRURGIA GERAL – M987

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

A

C

C

D

E

D

E

C

E

B

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito D

A

B

D

C

A

E

D

A

D

MÉDICO – CIRURGIA PLÁSTICA – M654

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

A

D

E

D

B

A

C

A

A

D

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito C

D

B

C

E

C

B

E

D

D

MÉDICO – CIRURGIA VASCULAR M321

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-gabarito.pdf-html.html

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA - SESPA

Gabarito da Prova Objetiva 

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

C

E

D

B

C

A

E

D

B

A

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito C

D

B

E

C

C

D

B

E

A

MÉDICO – DERMATOLOGIA – M098

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

B

A

D

B

A

D

C

E

A

D

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito C

E

C

E

C

B

A

D

E

B

MÉDICO – ENDOCRINOLOGIA – M765

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

B

D

E

A

A

E

B

C

D

D

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito A

A

C

D

C

E

C

C

A

E

MÉDICO – GASTROENTEROLOGIA – M432

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2

2

2

2

2

2

2

2

2

3

3

3

3

3

3

3

3

3

3

40

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-gabarito.pdf-html.html

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA - SESPA

Gabarito da Prova Objetiva 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

0

1

2

3

4

5

6

7

8

9

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

E

E

D

C

E

A

E

B

A

B

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito D

E

A

A

C

E

B

E

C

D

MÉDICO – GERIATRIA – M109

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

D

B

C

E

D

C

A

E

B

C

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito D

E

A

B

D

B

E

A

C

A

MÉDICO – GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA – M876

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

B

C

A

A

E

D

B

D

C

E

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito C

A

C

D

E

B

B

D

E

A

MÉDICO – HEMATOLOGIA E HEMOTERAPIA – M543

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

E

A

C

B

D

A

E

A

B

E

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-gabarito.pdf-html.html

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA - SESPA

Gabarito da Prova Objetiva 

Gabarito D

C

B

D

D

E

C

E

D

E

MÉDICO – INFECTOLOGIA E MEDICINA PREVENTIVA E SOCIAL – M210 E M957

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

D

C

E

C

D

B

E

E

A

C

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito A

B

C

B

B

E

D

A

C

A

MÉDICO – MASTOLOGIA – M975

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

B

D

C

A

C

E

B

E

D

E

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito A

D

D

E

A

B

C

E

B

A

MÉDICO – MEDICINA DA FAMÍLIA E COMUNIDADE M753

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

E

C

B

D

A

A

B

E

C

C

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito D

D

E

A

C

D

A

B

B

E

MÉDICO – MEDICINA DO TRABALHO M531
Questão

0

0

0

0

0

0

0

0

0

1

1

1

1

1

1

1

1

1

1

20

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-gabarito.pdf-html.html

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA - SESPA

Gabarito da Prova Objetiva 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

0

1

2

3

4

5

6

7

8

9

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

A

C

B

D

E

E

B

A

C

B

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito E

D

A

D

A

C

B

E

C

D

MÉDICO – MEDICINA INTENSIVA – M642

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

C

E

A

D

B

A

D

C

E

D

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito B

C

E

B

A

D

C

A

E

B

MÉDICO – MEDICINA NUCLEAR E RADIOTERAPIA – M420 E M963

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

B

C

D

E

A

B

A

C

D

E

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito A

B

C

D

E

A

B

C

D

E

MÉDICO – NEFROLOGIA M735

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

B

A

C

E

C

D

D

B

A

D

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-gabarito.pdf-html.html

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA - SESPA

Gabarito da Prova Objetiva 

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito A

B

D

E

C

E

A

C

E

D

MÉDICO – NEUROCIRURGIA – M513

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

D

A

C

D

E

B

A

C

B

D

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito E

A

E

C

B

A

B

B

A

D

MÉDICO – NEUROLOGIA – M846

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

D

C

E

A

B

D

B

C

A

E

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito C

E

D

B

C

B

B

C

C

A

MÉDICO – OFTALMOLOGIA – M402

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

D

B

A

E

C

C

B

E

A

C

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito D

E

D

A

C

B

A

D

E

B

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-gabarito.pdf-html.html

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA - SESPA

Gabarito da Prova Objetiva 

MÉDICO – ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA – M913

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

E

A

D

C

D

B

A

E

C

E

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito E

D

B

C

C

B

D

C

A

B

MÉDICO – OTORRINOLARINGOLOGIA – M135

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

D

B

C

E

A

C

E

C

A

D

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito A

B

E

D

B

D

C

E

A

B

MÉDICO – PATOLOGIA – M357

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

A

C

E

D

B

E

B

C

E

D

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito A

B

E

D

A

B

C

C

B

C

MÉDICO – PATOLOGIA/CITOPATOLOGIA - M579

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-gabarito.pdf-html.html

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA - SESPA

Gabarito da Prova Objetiva 

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

E

D

E

E

A

C

A

A

D

D

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito C

B

C

C

A

A

C

B

E

B

MÉDICO – PEDIATRIA - M024

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

D

C

C

D

B

B

A

A

D

C

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito A

D

E

E

E

B

B

C

D

E

MÉDICO – PNEUMOLOGIA – M246

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

C

B

E

E

A

A

D

A

E

A

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito E

A

B

C

E

B

A

E

B

A

MÉDICO – PSIQUIATRIA – M468

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

D

B

D

E

C

E

A

E

B

D

Questão

4

4

4

4

4

4

4

4

4

50

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-gabarito.pdf-html.html

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA - SESPA

Gabarito da Prova Objetiva 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

Gabarito A

B

E

C

D

A

D

A

C

B

MÉDICO – RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM – M680

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

B

D

E

A

E

B

D

C

B

E

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito E

D

C

A

A

C

A

B

C

E

MÉDICO – REUMATOLOGIA – M630

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

A

D

E

C

B

C

D

E

B

A

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito E

A

B

C

D

D

B

A

E

C

MÉDICO – UROLOGIA – M303

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

C

C

A

E

B

D

D

A

C

A

D

B

E

B

C

E

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito D

B

B

A

C

E

A

C

E

D

ODONTÓLOGO – CIRURGIA E TRAUMATOLOGIA BUCO-MAXILO-FACIAL – OD10

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-gabarito.pdf-html.html

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA - SESPA

Gabarito da Prova Objetiva 

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

D

B

C

A

A

E

C

E

A

D

C

C

A

B

E

D

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito B

E

E

C

A

E

B

C

B

C

ODONTÓLOGO – ENDODONTIA – OD21

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

D

B

C

A

A

E

B

B

B

D

D

C

D

C

A

B

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito E

E

A

B

C

B

A

B

B

A

ODONTÓLOGO – ODONTOLOGIA PARA PACIENTES COM NECESSIDADES 
ESPECIAIS – OD32

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

D

B

C

A

A

E

C

A

E

C

A

C

C

E

C

B

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito C

E

A

D

B

B

E

D

B

D

ODONTÓLOGO – ODONTOPEDIATRIA – OD43

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2

2

2

2

2

2

2

2

2

3

3

3

3

3

3

3

3

3

3

40

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-gabarito.pdf-html.html

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA - SESPA

Gabarito da Prova Objetiva 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

0

1

2

3

4

5

6

7

8

9

Gabarito C

B

A

B

D

B

C

A

A

E

C

A

E

B

A

C

B

D

E

C

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito C

A

A

E

E

B

A

D

D

B

ODONTÓLOGO – ORTODONTIA – OD54

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

D

B

C

A

A

E

B

E

B

A

C

E

B

A

D

C

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito B

B

B

E

D

C

A

E

A

D

ODONTÓLOGO – PERIODONTIA – OD65

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

D

B

C

A

A

E

C

E

B

D

A

A

B

B

C

B

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito D

B

A

E

D

E

A

B

D

C

ODONTÓLOGO – RADIOLOGIA – OD76

Questão

0
1

0
2

0
3

0
4

0
5

0
6

0
7

0
8

0
9

1
0

1
1

1
2

1
3

1
4

1
5

1
6

1
7

1
8

1
9

20

Gabarito B

A

D

A

E

A

C

C

E

B

E

D

C

D

D

C

C

D

E

D

Questão

2
1

2
2

2
3

2
4

2
5

2
6

2
7

2
8

2
9

3
0

3
1

3
2

3
3

3
4

3
5

3
6

3
7

3
8

3
9

40

Gabarito C

B

A

B

D

B

C

A

A

E

E

C

A

A

B

D

C

C

E

E

Questão

4
1

4
2

4
3

4
4

4
5

4
6

4
7

4
8

4
9

50

Gabarito D

B

E

B

A

D

E

C

B

D

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-gabarito.pdf-html.html

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA - SESPA

Gabarito da Prova Objetiva 

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ

Prova

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-prova.pdf-html.html

AD01

ADMINISTRADOR-ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR

CRONOGRAMA PREVISTO

Atividade

Data

Local

Divulgação dos gabaritos das Provas Objetivas

05/06/2006

www.nce.ufrj.br/concursos

Interposição de recursos contra os gabaritos das Provas Objetivas

06 e 07/06/2006

www.nce.ufrj.br/concursos

ou fax até as 17 horas

Divulgação do resultado do julgamento dos recursos contra os

19/06/2006

www.nce.ufrj.br/concursos

gabaritos das Provas Objetivas

Demais atividades consultar o Manual do Candidato ou o endereço eletrônico www.nce.ufrj.br/concursos

INSTRUÇÕES GERAIS

• Você recebeu 

do fiscal:

• 

Um caderno de questões contendo 50 (cinqüenta) questões de múltipla escolha da Prova Objetiva;

• 

Um cartão de respostas personalizado para a Prova Objetiva;

• 

É responsabilidade do candidato certificar-se de que o nome do cargo/especialidade - área de atuação ou cargo informado nesta capa

de prova corresponde ao nome do cargo/especialidade - área de atuação ou cargo informado em seu cartão de respostas.

• 

Ao ser autorizado o início da prova, verifique, no caderno de questões se a numeração das questões e a paginação estão corretas.

• 

Você dispõe de 4 (quatro) horas para fazer a Prova Objetiva. Faça-a com tranqüilidade, mas controle o seu tempo. Este tempo inclui a marcação

do cartão de respostas .

• 

Após o início da prova, será efetuada a coleta da impressão digital de cada candidato (Edital 01/2006 – subitem 9.9 alínea a).

• 

Somente após decorrida uma hora do início da prova, entregar o seu cartão de respostas, e retirar-se da sala de prova (Edital 01/2006 – subitem 9.9 alínea c).

• 

Somente será permitido levar seu caderno de questões ao final da prova, desde que o candidato permaneça em sua sala até este momento

(Edital 01/2006 – subitem 9.9 alínea d).

• 

Não será permitido ao candidato copiar seus assinalamentos feitos no cartão de respostas (Edital 01/2006 – subtem 9.9 alínea e).

• 

Após o término de sua prova, entregue obrigatoriamente ao fiscal o cartão de respostas devidamente assinado.

• 

Os 3 (três) últimos candidatos de cada sala só poderão ser liberados juntos.

• 

Se você precisar de algum esclarecimento, solicite a presença do responsável pelo local.

INSTRUÇÕES - PROVA OBJETIVA

• 

Verifique se os seus dados estão corretos no cartão de respostas. Solicite ao fiscal para efetuar as correções na Ata de Aplicação de Prova.

• 

Leia atentamente cada questão e assinale no cartão de respostas a alternativa que mais adequadamente a responde.

• 

cartão de respostas NÃO pode ser dobrado, amassado, rasurado, manchado ou conter qualquer registro fora dos locais destinados às respostas.

• 

A maneira correta de assinalar a alternativa no cartão de respostas é cobrindo, fortemente, com caneta esferográfica azul ou preta, o espaço a ela

correspondente, conforme o exemplo a seguir:

A

C

D

E

Governo do Estado do Pará

Secretaria Executiva de Estado de Saúde Pública - SESPA

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-prova.pdf-html.html

2

                                                                                                            Concurso Público - 2006

GOVERNO DO PARÁ

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-prova.pdf-html.html

3

                                                                                                            Concurso Público - 2006

GOVERNO DO PARÁ

LÍNGUA PORTUGUESA

Por que o Budismo encanta o Ocidente?

                                                                                   Frei Betto

O budismo faz tanto sucesso no Ocidente porque possui
características que correspondem às tendências da pós-
modernidade neoliberal. Num mundo em que muitas religiões se
sustentam em estruturas autoritárias e apresentam desvios
fundamentalistas, o budismo apresenta-se como uma não-
religião, uma filosofia de vida que não possui hierarquias,
estruturas nem códigos canônicos. No budismo não há a idéia
de Deus, nem de pecado. Centrado no indivíduo e baseado na
prática da yoga e da meditação, o budismo não exige
compromissos sociais de seus adeptos, nem submissão a uma
comunidade ou crença em verdades reveladas. Há, contudo,
muitos budistas engajados em lutas sociais e políticas.
Nessa cultura do elixir da eterna juventude, em que o
envelhecimento e morte são encarados, não como destinos, mas
como fatalidades, o budismo oferece a crença na reencarnação.
Acreditar que será possível viver outras vidas além dessa é
sempre consolo e esperança para quem se deixa seduzir pela
idéia da imortalidade e não se sente plenamente realizado nessa
existência.
Outro aspecto do budismo que o torna tão palatável no Ocidente
é a sua adequação a qualquer tendência religiosa. Pode-se ser
católico ou protestante e abraçar o budismo como disciplina
mental e espiritual, sem conflitos. Mesclar diferentes tradições
religiosas é uma tendência crescente para quem respira a
ideologia pós-moderna do individualismo exacerbado, segundo
a qual cada um de nós pode ser seu próprio papa ou pastor, sem
necessidade de referências objetivas.
Como método espiritual, o budismo é de grande riqueza, pois
nos ensina a lidar, sem angústia, com o sofrimento; a limpar a
mente de inquietações; a adotar atitudes éticas; a esvaziar o
coração de vaidades e ambições desmedidas; a ir ao encontro
do mais íntimo de nós mesmos, lá onde habita aquele Outro que
funda a nossa verdadeira identidade.

01 - Considerando a pergunta presente no título do texto – Por
que o Budismo encanta o Ocidente? 
– pode-se dizer que o texto:

(A) evita respondê-la de forma direta;
(B) indica várias razões que a respondem;
(C) não a responde por tratar-se de tema polêmico;
(D) mostra somente probabilidades de respostas;
(E) em lugar de respondê-la, propõe outras perguntas.

02 - A alternativa abaixo que mostra, segundo o texto, uma
oposição INADEQUADA entre o budismo e outras religiões é:

(A) centrado no indivíduo X não exige compromissos sociais;
(B) estruturas autoritárias X não possui hierarquias;
(C) crença em verdades reveladas X não-religião;
(D) morte encarada como destino X a crença na reencarnação;
(E) desvios fundamentalistas X mesclar diferentes tradições.

03 - “pós-modernidade neoliberal”; em vocábulos como
neoliberal, neocapitalismo etc. o elemento NEO indica algo:

(A) que se repete de forma exagerada;
(B) que é completamente novo na história das idéias;
(C) que se opõe ao tradicional;
(D) que se reapresenta com novos aspectos;
(E) que propõe algo revolucionário.

04 - Para o entendimento de um texto é indispensável conhecermos
o significado dos vocábulos nele presentes; a alternativa em que
o significado do vocábulo destacado está ERRADAMENTE
indicado é:

(A) “apresentam desvios fundamentalistas” – que serve de

fundamento, de base;

(B) “muitos budistas engajados em lutas sociais” – que participam;
(C) “que o torna tão palatável no Ocidente” – aceito;
(D) “Mesclar diferentes tradições religiosas” – misturar;
(E) “não possui  hierarquias” – escala de autoridade num grupo.

05 - “No budismo não há a idéia de Deus, nem de pecado”; uma
forma de reescrever-se essa mesma frase que altera o seu sentido
original é:

(A) Não há, no budismo, a idéia de Deus, nem de pecado;
(B) A idéia de Deus e a de pecado não existem no budismo;
(C) No budismo, as idéias de Deus e de pecado não existem;
(D) No budismo não há a idéia de pecado e nem a de Deus;
(E) As idéias de pecado além de Deus não existem no budismo.

06 - A alternativa abaixo em que ocorre a presença de um só
adjetivo que se refere a um só substantivo é:

(A) “hierarquias, estruturas nem códigos canônicos”;
(B) “lutas sociais e políticas”;
(C) “disciplina mental e espiritual”;
(D) “diferentes tradições religiosas”;
(E) “vaidades e ambições desmedidas”.

07 -– “Há, contudo, muitos budistas engajados em lutas sociais
e políticas”; uma conjunção adversativa, como a que está
sublinhada nesse segmento do texto, opõe idéias. As idéias
opostas nesse caso são:

(A) budistas X não-budistas;
(B) engajados X indiferentes;
(C) individualismo X lutas sociais;
(D) lutas sociais X lutas políticas;
(E) pacifismo X conflitos sociais e políticos.

08 – A palavra engajado aparece comumente grafada erradamente
com um N a mais: enganjado; o vocábulo abaixo cuja grafia está
correta é:

(A) mortandela;
(B) mendingo;
(C) contenção;
(D) prensença;
(E) ingnorante.

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-prova.pdf-html.html

4

                                                                                                            Concurso Público - 2006

GOVERNO DO PARÁ

09 - No último parágrafo do texto aparecem casos de utilização
de ponto-e-vírgula(;); a regra que justifica esse emprego é:

(A) separar blocos de orações que se opõem pelo sentido;
(B) separar orações coordenadas, quando pelo menos uma delas

já tem elementos separados por vírgula;

(C) indicar ordem inversa de termos;
(D) destacar elementos sumamente importantes no texto;
(E) separar orações coordenadas não unidas por conjunção.

10 - A alternativa em que o valor semântico do conectivo
destacado está corretamente indicado é:

(A) “O budismo faz tanto sucesso no Ocidente porque possui

características...” – conseqüência;

(B) “a ideologia pós-moderna do individualismo exacerbado

segundo a qual cada um de nós...” – posterioridade;

(C) “o budismo é de grande riqueza, pois nos ensina a lidar...” –

conclusão;

(D) “se sustentam em estruturas autoritárias e apresentam

desvios...” – alternância;

(E) “são encarados não como destinos, mas como fatalidades” –

conformidade.

11 - A alternativa que mostra uma correspondência ERRADA
entre substantivo e verbo correspondente é:

(A) submissão / submeter;
(B) autoridade / autorizar;
(C) tendência / tender;
(D) mente / mentalizar;
(E) providência / provir.

12 - “Num mundo em que muitas religiões se sustentam em
estruturas autoritárias...”; a frase abaixo em que o emprego do
pronome relativo que precedido de preposição está ERRADO é:

(A) Esse é um pensamento de que todos discordam;
(B) A crença em que todos se baseiam é falsa;
(C) O budismo é uma não-religião sobre que todos discutem;
(D) Tais crenças são aquelas de que todos apreciam;
(E) Essas são as lutas a que todos se dedicam.

13 - Pela estrutura e conteúdo, a melhor definição para esse tipo
de texto é:

(A) narrativo didático, pois ensina e mostra diferentes aspectos

em ordem cronológica;

(B) expositivo preditivo, pois antecipa situações futuras das

relações entre as crenças;

(C) argumentativo polêmico, pois apresenta idéias que defendem

uma posição contra outras possíveis;

(D) descritivo informativo, pois informa características novas

sobre o budismo, que são de interesse geral;

(E) dissertativo normativo, pois visa dar normas de conduta aos

leitores.

14 - O texto apresenta em relação ao budismo uma idéia:

(A) de crença não adaptada ao mundo moderno;
(B) de não-religião, não compreendida pelo Ocidente;
(C) de uma religião antiga, oposta ao Catolicismo dominante;
(D) de um posicionamento mais liberal e menos opressivo;
(E) de uma atividade política contrária a revoluções.

15 - A qualidade do ser humano que NÃO aparece citada como
presente na filosofia budista, segundo o último parágrafo do
texto é:

(A) tranqüilidade;
(B) honestidade;
(C) simplicidade;
(D) previdência;
(E) conformismo.

SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE

16 - A Constituição Federal de 1988 na seção II (da saúde)
preconiza em relação à iniciativa privada que:

(A) a assistência à saúde é vedada à iniciativa privada;
(B) as instituições privadas com fins lucrativos integram uma

rede regionalizada e hierarquizada e constituem um sistema
único de saúde;

(C) as entidades filantrópicas têm preferência sobre as

instituições privadas na participação de forma complementar
do SUS;

(D) a legislação complementar dispõe sobre os casos em que a

comercialização de órgãos, tecidos, sangue e seus derivados
é permitida;

(E) a destinação de recursos públicos para subvenções às

instituições privadas com fins lucrativos é prevista quando
o sistema público não dispuser de leitos.

17 - De acordo com o artigo 200 da Constituição Federal:

(A) ordenar a formação de recursos humanos  na área da saúde

é competência exclusiva das universidades;

(B)  é competência das empresas executar as ações de vigilância

sanitária e da saúde do trabalhador;

(C) é competência do SUS participar da fiscalização da produção,

guarda e utilização de produtos radioativos;

(D) é competência da industria farmacêutica controlar e fiscalizar

a produção de medicamentos e imunobiológicos;

(E) é competência do SUS, mediante contribuição, a cobertura

dos eventos de invalidez, morte, velhice e reclusão.

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-prova.pdf-html.html

5

                                                                                                            Concurso Público - 2006

GOVERNO DO PARÁ

18 - A lei orgânica da saúde estabelece que:

(A)  a direção do SUS deve ser exercida, em todas as esferas de

governo, pelo ministério da saúde;

(B) à direção nacional do SUS compete promover a descentralização,

para os municípios, dos serviços e das ações de saúde;

(C) à direção municipal do SUS compete definir e coordenar as

redes integradas de assistência de alta complexidade no
nível municipal;

(D) a política de recursos humanos na área da saúde visa a organização

de um sistema de formação em todos os níveis de ensino;

(E) a integralidade da assistência é garantida mediante a oferta do

programa de saúde da família e de unidades básicas de saúde.

19  - A lei nº 8142/ 90 estabelece que:

(A) a representação permanente no Conselho Nacional de Saúde

está circunscrita ao Ministério da Saúde e aos representantes
do CONASS, do CONASEMS, das centrais de trabalhadores
e da federação brasileira de hospitais;

(B) a representação dos usuários nos conselhos de saúde será

majoritária em relação aos demais segmentos;

(C) os representantes dos prestadores de serviço compõem o

conselho de saúde em caráter temporário;

(D) os recursos do Fundo Nacional de Saúde serão alocados para

cobertura exclusiva da rede hospitalar de alta complexidade;

(E) a Conferência Nacional de Saúde, instância colegiada do

SUS, se reúne para propor as diretrizes da política de saúde.

20 - No programa de saúde da família, o membro da equipe que
tem como atribuição específica realizar o mapeamento de sua
área e cadastrar as famílias, identificando as que estão expostas
à situações de risco é o:

(A)  auxiliar de enfermagem;
(B)  enfermeiro;
(C)  assistente social;
(D)  agente comunitário de saúde;
(E)  sanitarista.

21 - O Conselho Tutelar é normatizado no título V do Estatuto da
Criança e do Adolescente. Sobre ele são feitas as seguintes
afirmativas:

I – O conselho tutelar é o órgão jurisdicional e temporário

encarregado de julgar os casos de não cumprimento dos
direitos da criança e do adolescente.

II – É atribuição do conselho tutelar determinar que o pai agressor

seja afastado da moradia comum, em caso de abuso sexual.

III – a escolha dos membros do conselho tutelar é realizada sob

a responsabilidade do conselho municipal dos direitos da
criança e do adolescente.

A(s) afirmativa(s) correta(s) é(são):

(A) I, II e III;
(B I e II, apenas;
(C III, apenas;
(D) II, apenas;
(E) I e III, apenas.

22 - De acordo com a Norma Operacional Básica do Sistema
Único de Saúde –NOBSUS 96:

(A) a transferência regular e automática fundo a fundo (Fundo

Nacional de Saúde aos fundos estaduais e municipais)
ocorrerá  mediante convênio ou instrumento congênere;

(B) o Piso Assistencial Básico (PAB)  consiste em um montante

de recursos financeiros destinado ao custeio de
procedimentos e ações de assistência básica, de
responsabilidade tipicamente municipal;

(C)  a transferência total do PAB não poderá ser  suspensa ainda

que em caso da não-alimentação, pela SMS junto à SES, dos
bancos de dados de interesse nacional;

(D) o Incentivo ao Programa de Saúde da Família (PSF) sofrerá

acréscimo de 3% sobre o valor do PAB para cada 5% da
população coberta, até atingir 100% da população  do
município;

(E) a definição do elenco de procedimentos custeados pelo PAB

deve observar o perfil de serviços disponíveis na maioria dos
estados, mantendo  seus valores  até que a atenção integral à
saúde esteja plenamente organizada em todo o país.

23 - A Norma Operacional da Assistência à Saúde – NOAS-SUS
01/2001 tem por finalidade:

(A) ampliar as responsabilidades dos municípios na Atenção

Básica e definir o processo de regionalização da assistência;

(B) ampliar as responsabilidades dos Estados na Atenção Hospitalar

e definir o processo de regionalização da assistência;

(C) ampliar as responsabilidades do nível federal  na Atenção

Hospitalar e definir o processo de centralização  da
assistência hospitalar de alta complexidade;

(D) instituir a estratégia de saúde da família no nível estadual;
(E) desestimular  os consórcios intermunicipais de saúde.

CONHECIMENTOS GERAIS

24 - “A expectativa de uma inflação mais alta nos Estados Unidos
pode levar o Federal Reserve ( o Banco Central norte-americano)
a elevar os juros básicos daquele país. O objetivo é desacelerar
o ritmo de crescimento da maior economia do mundo e, assim,
segurar a alta do custo de vida. A especulação em torno dessa
medida atingiu ontem seu ponto mais crítico, provocando um
abalo global.”

O GLOBO, 23 de maio de 2006.

Entre as reações do mercado financeiro mundial a essa
expectativa temos:

(A) os investidores passaram a comprar títulos do governo norte-

americano, considerados aplicação de risco zero;

(B) os investidores aumentaram suas aplicações em ativos

arriscados de países emergentes, que garantem maiores
lucros com a crise;

(C) o risco-país dos países emergentes caiu, devido à menor

diferença entre o valor dos seus títulos e o dos Estados Unidos;

(D) a insegurança levou os investidores a vender dólares na

expectativa de desvalorização da  moeda americana;

(E) os mercados financeiros pressionaram a queda dos preços do

petróleo o que gerou maiores investimentos nas atividades
produtivas.

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-prova.pdf-html.html

6

                                                                                                            Concurso Público - 2006

GOVERNO DO PARÁ

25 - O Oriente Médio continua sendo uma das regiões de maior
instabilidade política no mundo contemporâneo. Uma das razões
dessa instabilidade decorre do seguinte fato:

(A) as diferenças de renda média entre os países que têm reservas

de petróleo e os demais dão origem a projetos hegemônicos
que provocam conflitos regionais;

(B) as fronteiras traçadas pelo estatuto colonial são contestadas

pelas ações dos governos atuais que tentam estabelecer
fronteiras étnicas;

(C) o estabelecimento de zonas de segurança nos territórios

ocupados por Israel estimula as ações terroristas dos
movimentos radicais islâmicos;

(D) a revolução iraniana incentiva a identidade islâmica mas a

invasão do Kuweit desestabiliza o governo dos aiatolás;

(E) a intervenção dos Estados Unidos no Iraque substitui os

princípios religiosos da sociedade fundamentalista pelos
valores do mundo liberal.

26 - Depois de 13 anos de obras, o governo da China está
inaugurando a maior hidroelétrica do mundo: o Complexo de
Três Gargantas, no rio Yang-tsé.

Sobre os objetivos desse projeto avalie as afirmativas a seguir:

I. A barragem permitirá o controle das cheias do rio que, ao

longo do século XX, provocaram sérios prejuízos à economia
agrícola.

II. A hidrelétrica é o mais importante projeto da China para reduzir

sua dependência de carvão e petróleo como geradores de energia.

III. A regularização do regime do rio irá intensificar os fluxos do

transporte fluvial o que aumentará os riscos de degradação
ambiental.

Assinale:

(A) se apenas a afirmativa I está correta;
(B) se apenas as afirmativas I e III estão corretas;
(C) se apenas as afirmativas I e II estão corretas;
(D) se apenas as afirmativas II e III estão corretas;
(E) se I, II e III estão corretas.

27 - “O movimento de ruptura que sacudiu o ambiente da música
popular brasileira, entre 1967 e 1968, deu um histórico passo
à frente em um meio que ameaçava se tornar regressivo,
dominado pelas posições nacionalistas de esquerda. Ele
retomou o que os modernistas de 22 começaram a fazer e que
ninguém nunca antes havia tido a coragem de tentar: usar
elementos dos mais variados, os arranjos mais diferentes,
usando nas letras discussões estéticas além de pensamentos
revolucionários.”

O movimento a que o texto se refere é denominado:

(A) bossa nova;
(B) tropicalismo;
(C) afro-reggae;
(D) mangue-bit;
(E) maracatu atômico.

28 -        9 / 11       11 / 9

Esses números marcam dois episódios contemporâneos que,
certamente, mudaram os rumos da História mundial. Eles estão
relacionados, respectivamente:

(A) em 1989, à desestruturação da União Soviética e, em 2001, à

abertura da economia da China;

(B) em 1989, à queda do muro de Berlim e, em 2001, ao ataque

terrorista contra os Estados Unidos;

(C) em 1991, à queda do muro de Berlim e, em 2002, ao fim do

mundo bipolar da Guerra Fria;

(D) em 1988, à união política da Alemanha e, em 2001, à abertura

da economia da China;

(E) em 1990, ao início da economia globalizada e, em 2004, ao

ataque terrorista contra os Estados Unidos.

29 - “Nas décadas de 1950 / 1960 certos elementos, recentes ou
surgidos então pela primeira vez, foram percebidos, corretamente,
como prenúncios de mudanças muito profundas na ordem das
coisas, no modo como os seres humanos viviam, pensavam, se
pensavam e comunicavam.”

Entre os elementos surgidos naquelas décadas temos, EXCETO:

(A) a pílula anticoncepcional, que simbolizava o início da

separação entre as idéias de procriação e de prazer sexual;

(B) a difusão da televisão, que significava a universalização da

expectativa de consumo pela publicidade;

(C) o motor à explosão, que abria a possibilidade para o

transporte individual nas grandes cidades;

(D)  o lançamento de satélites artificiais, que marcava o  começo

da era espacial que revolucionaria as comunicações;

(E) os computadores, que começavam a mostrar seu poder de

transformar profundamente o cotidiano das pessoas.

30 - A questão ambiental começou a ganhar destaque nos meios
de comunicação por volta de 1970. Em 1987, o Relatório
Brundtland introduzia o conceito de desenvolvimento
sustentável
, que preconiza um desenvolvimento sócio-
econômico em harmonia com os sistemas de suporte da vida na
Terra.

A partir do texto avalie as afirmativas a seguir:

I – os limites estabelecidos pela sociedade de consumo atendem

aos princípios estabelecidos pelos organismos
internacionais para a questão ambiental.

II – a economia globalizada estabelece ações econômicas que

mantêm o equilíbrio ambiental e a justiça social;

III - as políticas econômicas devem atender às necessidades

básicas da população sem comprometer a qualidade de vida
das futuras gerações.

Assinale:

(A) apenas a afirmativa I está correta;
(B) apenas III está correta;
(C) apenas as afirmativas I e II estão corretas;
(D) apenas as afirmativas II e III estão corretas;
(E) as afirmativas I, II e III estão corretas.

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-prova.pdf-html.html

7

                                                                                                            Concurso Público - 2006

GOVERNO DO PARÁ

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

31- “Ao tomar parte na condução das atividades econômicas, o
governo executa as funções na economia que o Estado precisa
necessariamente exercer”. Didaticamente, podemos dividir essas
funções em:

(A) função alocativa, função reguladora e função distributiva;
(B) função alocativa, função reguladora e função estabilizadora;
(C) função alocativa, função distributiva e função estabilizadora;
(D) função reguladora, função distributiva e função estabilizadora;
(E) função alocativa, função reguladora e função gerencial.

32- A Constituição Federal de 1998 delineou o modelo atual de
ciclo orçamentário, instituindo as três leis a seguir, cuja iniciativa
é prerrogativa do Poder Executivo:

(A) Plano Pluri Anual (PPA), Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO)

e Lei Orçamentária Anual (LOA);

(B) Plano Pluri Anual (PPA), Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO)

e Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF);

(C) Plano Pluri Anual (PPA), Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF)

e Lei Orçamentária Anual (LOA);

(D) Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), Lei de Diretrizes

Orçamentária (LDO) e Lei Orçamentária Anual (LOA);

(E) Plano Pluri Anual (PPA), Lei Orgânica da Saúde (LOS) e Lei

Orçamentária Anual (LOA).

33- “Os princípios orçamentários são aquelas regras mais
fundamentais e que funcionam como norteadoras da prática
orçamentária. O princípio da não-afetação (não vinculação) das
receitas diz que nenhuma parcela da receita poderá ser reservada
ou comprometida para atender a certos ou determinados gastos.”
No caso da saúde este princípio é questionado devido à proposta
de vinculação de receitas por:

(A) Plano Pluri Anual (PPA);
(B) Lei 8080/90;
(C) Lei 8142/90;
(D) Emenda Constitucional nº. 29(EC-29);
(E) Lei Orçamentária Anual (LOA).

34- Todo gasto com ações e serviços médicos privados pode ser
deduzido pelo contribuinte na sua declaração de Imposto de
Renda. Essa renúncia fiscal é classificada como:

(A) desoneração tributária;
(B) benefício financeiro;
(C) benefício creditício;
(D) benefício tributário;
(E) desoneração creditícia.

35- Em relação ao gasto em saúde no Brasil, podemos afirmar que:

I- há maior proporção de gasto privado em relação ao gasto público;
II- há maior proporção do gasto por desembolso direto nos gastos

privados;

III- o gasto estadual é o maior das três esferas de governo.

Assinale a alternativa correta:

(A) apenas a afirmativa I está correta;
(B) apenas a afirmativa III está correta;
(C) apenas as afirmativas I e II estão corretas;
(D) apenas as afirmativas II e III estão corretas;
(E) todas as afirmativas estão corretas.

36- Entre os pressupostos e características gerais do
planejamento estratégico é correto afirmar que:

(A) planejar é realizar um cálculo sistemático, interativo (no

sentido da relação com outros atores) e probabilístico. É um
processo complexo e exige articulação constante entre
presente e futuro;

(B) pode-se fazer predições sobre a realidade social, pois ela é

marcada pela certeza e simplicidade;

(C) planejar não é um processo contínuo, com separação clara

de etapas;

(D) o planejamento é dissociado da execução pois o cálculo

nunca deve presidir a ação;

(E) o ator que planeja sempre controla os recursos necessários

para o sucesso do plano.

37- No campo da Saúde identificam-se quatro grandes grupos
de funções denominadas “macro funções gestoras da saúde”,
que são:

(A) formulação de política/planejamento, financiamento,

regulação/modulação e prestação direta de serviços de
saúde;

(B) formulação de política/planejamento, financiamento,

regulação/modulação e alocação de recursos;

(C) financiamento, regulação/modulação, alocação de recursos

e prestação direta de serviços de saúde;

 (D) formulação de política/planejamento, alocação de recursos,

regulação/modulação e prestação direta de serviços de saúde;

(E) formulação de política/planejamento, financiamento, alocação

de recursos e prestação direta de serviços de saúde.

38- Durante a execução do orçamento, os créditos inicialmente
aprovados pela LOA podem revelar-se insuficientes para
realização de despesa não autorizada inicialmente. Assim, a Lei
Orçamentária Anual poderá ser alterada no decorrer de sua
execução por meio de créditos adicionais. Estes podem
apresentar-se em três espécies:

(A) especiais, extraordinários e suplementares;
(B) especiais, suplementares e complementares;
(C) extraordinários,suplementares e combinados;
(D) extraordinários, especiais e complementares;
(E) especiais, extraordinários e combinados.

39- O contrato de gestão é um instrumento gerencial originado da:

(A) Administração Científica;
(B) Escola das Relações Humanas;
(C) Administração por Objetivos;
(D) Teoria Sistêmica/Contingencial;
(E) Teoria Clássica.

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-prova.pdf-html.html

8

                                                                                                            Concurso Público - 2006

GOVERNO DO PARÁ

40- “Cada uma das diferentes perspectivas organizacionais
“olha” para os elementos que compõem as organizações e
enfatiza alguns como sendo a dimensão problemática da
organização.” A perspectiva racional, que engloba as
contribuições da Administração Científica, da Abordagem
Anatômica e da Teoria da Escolha Racional, enfatiza os seguintes
elementos:

(A) objetivos e pessoas;
(B) ambiente e pessoas;
(C) processo de trabalho e ambiente;
(D) objetivos e estrutura;
(E) estrutura e processo de trabalho.

41- Com relação à administração pública gerencial NÃO é correto
afirmar :

(A) é indutora do controle social;
(B) está voltada para o atendimento ao cidadão;
(C) procura prestar serviços de melhor qualidade;
(D) o seu processo decisório é descentralizado;
(E) possui controles administrativos “a priori”.

42- “A Administração Pública compreende a Administração
Direta e a Administração Indireta. As entidades da Administração
Indireta possuem três características em comum: personalidade
jurídica própria, autonomia administrativa e financeira e
vinculação a órgãos integrantes da Presidência da República ou
do Ministério”. São exemplos de entidades da Administração
Indireta EXCETO:

(A) FUNASA (Fundação Nacional de Saúde);
(B) FIOCRUZ (Fundação Oswaldo Cruz);
(C) ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar);
(D) INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) ;
(E) MS (Ministério da Saúde).

43- Observe as afirmativas a seguir em relação aos modelos de
gestão:

I- o modelo de gestão tradicional ou mecanicista é caracterizado

pela adoção de estruturas horizontalizadas, com processo
decisório descentralizado, focado em custos e na eficiência
de processos;

II- o modelo de gestão estratégico considera a variabilidade de

todos os elementos no processo e tem como objetivo o
desenvolvimento de valores da organização;

III- o modelo de gestão participativo tem como seu principal

foco o ambiente, subutilizando o potencial humano.

Assinale:

(A) apenas a afirmativa I está correta;
(B) apenas a afirmativa II está correta;
(C) apenas as afirmativas I e II estão corretas;
(D) apenas as afirmativas II e III estão corretas;
(E) todas as afirmativas estão corretas.

44- O modelo de Gestão Pública foi concebido a partir da
premissa de que é preciso ser excelente sem deixar de ser
público. Ele está alicerçado em fundamentos constitucionais e
gerenciais. São fundamentos constitucionais da Gestão
Pública EXCETO:

(A) moralidade;
(B) legalidade;
(C) impessoalidade;
(D) publicidade;
(E) efetividade.

45- Observe as afirmativas a seguir em relação à gestão das
organizações públicas:

I-  as organizações devem ser conduzidas e gerenciadas de forma

que a inovação se torne parte da cultura, o que representa
fazer mudanças significativas (tecnologia, métodos, valores)
para melhorar os serviços e produtos da organização;

II- a gestão das organizações públicas tem que estimular o

cidadão e a própria sociedade a exercerem ativamente o seu
papel de guardiões de seus direitos e de seus bens comuns,
isto ocorre através do controle social;

III- o centro prático da ação da gestão pública de excelência é o

processo, entendido como um conjunto de atividades
interrelacionadas ou interativas que transforme insumos
(entradas) em produtos/serviços (saídas) com alto valor
agregado.

Assinale:

(A) apenas a afirmativa I está correta;
(B) apenas a afirmativa II está correta;
(C) apenas as afirmativas I e II estão corretas;
(D) apenas as afirmativas II e III estão corretas;
(E) todas as afirmativas estão corretas.

46- A forma de propriedade nas atividades não exclusivas, de
acordo com o proposto no Plano Diretor da Reforma do Aparelho
do Estado (1995), seria:

(A) estatal;
(B) pública não estatal;
(C) privada;
(D) burocrática;
(E) gerencial.

47- A forma de gerenciar e estruturar o trabalho nas organizações
de saúde leva em conta as características do ambiente. Em
ambientes complexos, instáveis, que exigem muitas interligações
com outras organizações e que tenham baixa coordenação e
estruturação entre estas relações, há maior flexibilidade nos
arranjos organizacionais que se traduzem por:

(A) menor número de níveis hierárquicos;
(B) maior formalização;
(C) maior concentração;
(D) baixa intensidade de comunicação;
(E) todas as afirmativas estão corretas.

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-prova.pdf-html.html

9

                                                                                                            Concurso Público - 2006

GOVERNO DO PARÁ

48- De acordo com  o Art. 20 da Lei 8112/90, que dispõe sobre o
regime jurídico dos servidores públicos civis da União, ao entrar
em exercício, o servidor nomeado para cargo de provimento
efetivo ficará sujeito a estágio probatório por período de 24 (vinte
e quatro) meses, durante o qual a sua aptidão e capacidade
serão objeto de avaliação para o desempenho do cargo,
observados os seguinte fatores, EXCETO:

(A) assiduidade;
(B) disciplina;
(C) capacidade de iniciativa;
(D) responsabilidade;
(E) aptidão física.

49- De acordo com  o Art. 81 da Lei 8112/90, que dispõe sobre o
regime jurídico dos servidores públicos civis da União, conceder-
se-á ao servidor licença, EXCETO:

(A) por motivo de doença em pessoa da família;
(B) para o serviço militar;
(C) para atividade política;
(D) prêmio por assiduidade;
(E) para desempenho de mandato classista.

50 - O Art. 24 da Lei 8666/93, que regulamenta o art. 37, inciso
XXI, da Constituição Federal  institui normas para licitações e
contratos da Administração Pública e dá outras providências.
De acordo com esse artigo é dispensável a licitação, EXCETO:

(A) para obras e serviços de engenharia de valor superior a 10%

do limite previsto na alínea “a”, do inciso I do artigo 23
(convite - até R$ 150.000,00 (cento e cinqüenta mil reais)),
desde que não se refiram a parcelas de uma mesma obra ou
serviço ou ainda para obras e serviços da mesma natureza e
no mesmo local que possam ser realizadas conjunta e
concomitantemente;

(B) nos casos de guerra ou grave perturbação da ordem;
(C) quando a União tiver que intervir no domínio econômico

para regular preços ou normalizar o abastecimento;

(D) nos casos de emergência ou de calamidade pública, quando

caracterizada urgência de atendimento de situação que possa
ocasionar prejuízo ou comprometer a segurança de pessoas,
obras, serviços, equipamentos e outros bens, públicos ou
particulares;

(E) quando não acudirem interessados à licitação anterior e esta,

justificadamente, não puder ser repetida sem prejuízo para a
Administração, mantidas, neste caso, todas as condições
preestabelecidas.

nce-ufrj-2006-sespa-pa-administrador-hospitalar-prova.pdf-html.html

    INFORMAÇÕES ADICIONAIS

Núcleo de Computação Eletrônica
Divisão de Concursos

Endereço: Prédio do CCMN, Bloco C

Ilha do Fundão - Cidade Universitária - Rio de Janeiro/RJ

Caixa Postal: 2324 - CEP 20010-974
Central de Atendimento: 0800 7273333 ou (21) 2598-3333
Informações: Dias úteis, de 9 h às 17 h (horário de Brasília)
Site: 

www.nce.ufrj.br

/concursos